montar pagina em Buerarema


Encontre montar pagina em Buerarema na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Montar

Colocar-se sobre (uma cavalgadura).
Colocar sobre.
Fornecer o que é preciso a; estabelecer: _montar uma fábrica_.
Ser capaz de conter ou abranger.


Montar

Pôr-se a cavalo.


Montar

Ter importância, importar: _que monta isso_?


Montar

Dar lanço em leilão.
Importar ou valer; atingir.


Montar

Elevar-se a certa quantia ou valor: _a despesa montou a dez contos_.


Montar

Apascentar ou fazer lenha em montes.


Montar

Pôr-se a cavalo.
Colocar-se sobre alguma coisa, como sobre um cavalo.

Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.?Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de Buerarema
"Terra da Farinha"Bandeira indisponívelBrasão indisponívelHino
Aniversário17 de setembro
Fundação17 de setembro de 1959 (59 anos)
Gentílicobueraremense ou macuco
Padroeiro(a)Nossa Senhora Santana
CEP45615-000
Prefeito(a)Vinicius Ibrann (PSDB)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Buerarema na BahiaBuerarema Localização de Buerarema no Brasil
14° 57' 32" S 39° 18' 00" O14° 57' 32" S 39° 18' 00" O
Unidade federativaBahia
MesorregiãoSul Baiano IBGE/2008 [1]
MicrorregiãoIlhéus-Itabuna IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofesItabuna, Ilhéus, São José da Vitória, Una e Jussari.
Distância até a capital450 km
Características geográficas
Área209,559 km² [2]
População18 622 hab. IBGE/2010[3]
Densidade88,86 hab./km²
ClimaTropical
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,613 médio PNUD/2010[4]
PIBR$ 82 510,116 mil IBGE/2008[5]
PIB per capitaR$ 3 988,50 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeiturawww.buerarema.ba.gov.br
Câmarawww.camara.buerarema.ba.io.org.brBuerarema é um município situado no sul do estado da Bahia, no Brasil. Localiza-se às margens da rodovia BR-101. Sua população estimada em 2008 era de 20.687 habitantes. Atualmente, a cidade conta com duas agências bancárias e um hospital. É abastecida pelo Rio Una, que também abastece a cidade vizinha de São José da Vitória.
O município já foi chamada de Macuco, devido ao grande número de macucos na região[6].
Os nativos de Buerarema são chamados bueraremenses.Índice1 Topônimo
2 História
3 Reivindicação Indígena
4 Economia
5 Características
6 Calendário de Eventos
7 Referências
8 Bibliografia
9 Ligações externasTopônimo[editar | editar código-fonte]
"Buerarema" é uma palavra originária da língua tupi. Significa "madeira fedida", através da junção dos termos ybyrá (árvore, madeira) e rema (fedido)[7].História[editar | editar código-fonte]
No século XVI, na época da chegada dos primeiros exploradores portugueses à região, a mesma era habitada pelos índios das etnias tupiniquim e aimoré[8]. Com a divisão do Brasil em capitanias hereditárias pelo governo português, a região passou a pertencer à Capitania de Ilhéus[9]. Com o fracasso das capitanias hereditárias, passou a pertencer à Província da Baía.
O povoamento do território iniciou-se por volta de 1910, especialmente por flagelados das secas que assolaram os sertões da Bahia e Sergipe. Estabelecendo-se à margens do ribeirão do Macuco, os imigrantes formaram o povoado com a mesma denominação. A partir de 1922, o arraial tomou novo impulso de crescimento, com a abertura da estrada Pontal-Macuco, via de escoamento da produção. Em 1943, alterou-se o topônimo para Buerarema.[10]Reivindicação Indígena[editar | editar código-fonte]
No período entre 1910 e 1930, surgiu a figura da liderança indígena tupinambá Caboclo Marcelino, que lutava pelo reconhecimento do direito à terra dos índios de sua etnia, os Tupinambá de Olivença[11].
No início do século XXI, ganhou notoriedade o controverso índio Babau, que encabeça o movimento dos índios tupinambás reivindicando territórios de Olivença[11][12]. fazendo uso da violência e coação contra as famílias de pequenos agricultores, obrigando-os a cadastrarem-se como indígenas para fortalecer o movimento indígena. No caso da família do agricultor se recusasse, estariam sujeitos a ameaças de morte e ter suas terras invadidas [13][14] .
O conflito culminou em 2014, quando depois de sofrer diversas ameaças, o pequeno agricultor Juraci Santana, representante do Assentamento Ipiranga, foi assassinado na frente da sua esposa e filha por três homens encapuzados[15]. O assentamento possuía cerca de 40 famílias e os caciques da região frequentemente assediavam os agricultores para que estes se tornassem autodeclarados tupinambás.[14] No evento, a população da cidade foi tomada pela revolta, a tal ponto que o então Governador Jacques Wagner solicitou ao Governo Federal a presença do Exército Brasileiro para exercer a GLO (Garantia da Lei e da Ordem)[16][17]. Por ser considerado suspeito no assassinato do agricultor, foi emitido mandado de prisão para o cacique Babau. Ao tentar solicitar um passaporte para sair do país, foi constatado o mandado de prisão, e o cacique Babau se entregou sem resistência à Polícia Federal, porém cinco dias depois, uma decisão liminar do Superior Tribunal de Justiça determinou sua libertação, por estarem ausentes os requisitos legais exigidos para a aplicação de prisão temporária.[18]
Em reintegrações de posse, é comum não haver resistência indígena no momento da reintegração; porém após a autoridade policial deixar o local, o agricultor fica novamente à mercê de invasões, inclusive com armas de fogo[19][20][21].Economia[editar | editar código-fonte]
Na agricultura, possui produção expressiva de cacau e mandioca. Na pecuária, destaca-se o rebanho de muares. Conforme registros na Junta Comercial do Estado da Bahia, possui 42 indústrias, ocupando o 99º lugar na posição geral do Estado da Bahia e 459 estabelecimentos comerciais, 106ª posição dentre os municípios baianos. No setor de bens minerais, é produtor de argila. Seu parque hoteleiro registra 42 leitos.Características[editar | editar código-fonte]
DDD: 073
Voltagem: 110
Distância da Capital Estadual: 450 km
Rodovia de Acesso: BR-101
População Total: 18 961
Superfície: 204 km²
Distrito: Buerarema
Temperatura Média: 24,4 °C
Calendário de Eventos[editar | editar código-fonte]
ABRIL
Festa de São Jorge. Evento religioso, dos mais concorridos no município. Consta de procissão, missa e desfile dos Cavaleiros de Jorge. Período: 23 de abril. Local: vias públicas. Organização: comunidade.JUNHO
Festa de São João: festejo popular, com muitos fogos, música, além de bebidas e pratos típicos e próprios do evento. Período: 21 a 24 de junho. Local: vias públicas. Organização: Prefeitura Municipal de Buerarema.JULHO
Festa de Senhora Santana. Evento religioso, louvando a padroeira local, constando de novena, missa solene, procissão e quermesse beneficente. Período: 17 a 26 de julho. Local: Igreja Matriz de Senhora Santana.Organização: paróquia.SETEMBRO
Dia da Cidade: evento cívico e popular, comemorativo da emancipação de Buerarema. Período: 15 a 17 de setembro. Local: vias públicas. Organização: Prefeitura Municipal de Buerarema.Referências[editar | editar código-fonte]? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 ? IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 ? «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 23 de outubro de 2013 ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 ? Sítio Sócio-Estatística? http://www.significadodosnomes.com/cidadesbrasileiras.php? BUENO, E. Brasil: uma História. Segunda edição revista. São Paulo: Ática, 2003. pp.18-19? BUENO, E. Brasil: uma História. Segunda edição revista. São Paulo: Ática, 2003. p.43? Dados do IBGE sobre Buerarema-BA? a b http://www.osollo.com.br/online/index.php/cidadania/3678-buerarema-secretario-se-reune-com-tupinambas-para-negociar-demarcacao-de-terras-? http://pib.socioambiental.org/pt/noticias?id=79921? «BA: pessoas são coagidas a fazer cadastro na Funai Cidades». Noticias Band.com.br. Consultado em 21 de abril de 2016 ? a b «Agricultor assassinado em Buerarema avisou a ministros que estava sob ameaça de morte». www.correio24horas.com.br. Consultado em 21 de abril de 2016 ? «TRÊS DIAS DEPOIS DE CRIME, ASSASSINOS DE JURACI SANTANA CONTINUAM SOLTOS». Consultado em 21 de abril de 2016 ? «Polícia chama o Exército para conter protestos em cidade da BA - Notícias - Cotidiano». Cotidiano. Consultado em 21 de abril de 2016 ? «Área de conflito indígena tem reforço policial da Força Nacional e PM na BA». Bahia. Consultado em 21 de abril de 2016 ? «Apontado como suspeito em crime, Cacique Babau deixa prisão no DF». Bahia. Consultado em 21 de abril de 2016 ? «Índios tupinambás mantêm a ocupação em Buerarema». Portal A TARDE. Consultado em 21 de abril de 2016 ? «Índios reagem a integração de posse e são presos com armas no sul da BA». Bahia. Consultado em 21 de abril de 2016 ? «Ilhéus: Polícia Militar prende cacique Babau». www.bene.blog.br. Consultado em 21 de abril de 2016 
Bibliografia[editar | editar código-fonte]
Rusciolelli, Alexandre Magno (2018). O voo do Macuco: criação cultural, história e memória na região cacaueira (1976-1997) (PDF) (Tese de Mestrado em História). Guarulhos: UNIFESP 
Ligações externas[editar | editar código-fonte]
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Buerarema

Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Portal da Bahia
Controle de autoridade
: Q1761955
OSM: 362518
GeoNames: 3468858

Posts Relacionados


Encontre montar pagina em Bugre na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Cadastrado em: 25/08/2016

Encontre montar pagina em Buíque na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Cadastrado em: 25/08/2016

Encontre montar pagina em Bujari na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Cadastrado em: 25/08/2016

Encontre montar pagina em Bujaru na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Cadastrado em: 25/08/2016