empresas de sistema em Boa Vista

Encontre empresas de sistema em Boa Vista na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Sistema

Conjunto de partes, coordenadas entre si.
Conjunto de partes similares.
Forma de governo ou constituição política ou social de um Estado: _sistema republicano_.
Combinação de partes, por forma que concorram para certo resultado.
Plano.
Modo de coordenar as noções particulares de uma arte, ciência, etc.
Modo, hábito, uso: _o meu sistema de vida_.
Método.
Conjunto de leis ou de princípios, que regulam certa ordem de fenómenos: _o nosso sistema planetário_.
Conjunto de intervalos musicais elementares, compreendidos entre os dois limites sonoros extremos, apreciáveis ao ouvido.


Boa Vista

Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.?Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico) Nota: Para outros significados, veja Boa Vista.
Coordenadas: 2° 49' 11" N 60° 40' 24" OMunicípio de Boa Vista
"BV""Princesa do Norte"
Centro Cívico de Boa VistaBandeiraBrasãoHino
Fundação9 de julho de 1890 (129 anos)
Gentílicoboa-vistense
LemaSegurança, desenvolvimento e integração
Padroeiro(a)São Sebastião[1]
CEP69300-000 a 69339-999[2]
Prefeito(a)Maria Teresa Saenz Surita (PMDB)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Boa Vista em RoraimaBoa Vista Localização de Boa Vista no Brasil
02° 49' 12" N 60° 40' 19" O02° 49' 12" N 60° 40' 19" O
Unidade federativaRoraima
Região intermediária
Boa Vista IBGE/2017[3]Região imediata
Boa Vista IBGE/2017[3]Região metropolitanaBoa Vista
Municípios limítrofesAmajari, Alto Alegre, Bonfim, Cantá, Mucajaí, Normandia e Pacaraima
Distância até a capital4 275 km[4]
Características geográficas
Área5 687,037 km² [5]
População375 374 hab. (RR: 1º) ? estatísticas IBGE/2018[6]
Densidade66,01 hab./km²
Altitude90 m
ClimaTropical Aw
Fuso horárioUTC?4
Indicadores
IDH-M0,752 (RR: 1º) ? alto PNUD/2010[7]
PIBR$ 8 112 334,39 mil IBGE/2016[8]
PIB per capitaR$ 24 852,52 IBGE/2016[9]
Página oficial
Prefeiturawww.boavista.rr.gov.br
Câmarawww.boavista.rr.leg.brBoa Vista é um município brasileiro e capital do estado de Roraima, Região Norte do país. Concentrando cerca de dois terços dos habitantes do estado, situa-se na margem direita do rio Branco. Sua população, de acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), era de 375 374 habitantes em 2018. É sede da Região Metropolitana de Boa Vista, além de ser a capital estadual mais setentrional do Brasil e a única localizada totalmente ao norte da linha do Equador e a mais distante de Brasília, capital federal.
Moderna, a cidade se destaca pelo traçado urbano organizado de forma radial, planejado no período entre 1944 e 1946 pelo engenheiro civil Darcy Aleixo Derenusson, Boa Vista, assim como diversas cidades brasileiras, tem forte influência europeia e naturalmente, a sua projeção que teve início em 1944 pelo competente Dr. Darcy, foi inspirado nas ruas e avenidas de Paris. O seu projeto foi inspirado também na 1ª cidade projetada do país, Belo Horizonte. As principais avenidas do Centro da cidade convergem para a Praça do Centro Cívico Joaquim Nabuco, onde se concentram as sedes dos poderes executivo, legislativo e judiciário estaduais, além de pontos culturais (teatros e palácios), hotéis, bancos, correios e catedral diocesana.Índice1 História
2 Geografia2.1 Relevo
2.2 Hidrografia
2.3 Horário
2.4 Clima
3 Demografia3.1 Religião
4 Política
5 Subdivisões5.1 Zonas
6 Economia
7 Infraestrutura7.1 Educação
7.2 Transporte
7.3 Criminalidade
8 Cultura8.1 Pontos turísticos
8.2 Esportes
8.3 Arquitetura e urbanismo
9 Ver também
10 Referências10.1 Bibliográficas
11 Ligações externasHistória[editar | editar código-fonte]
Vista aérea da Boa Vista de 1924, pelo explorador Hamilton Rice.
Boa Vista: Avenida Jaime Brasil de 1924.
O município de Boa Vista formou o primeiro povoamento caracteristicamente urbano da região do atual estado de Roraima. O Forte São Joaquim (localizado a 32 km da capital), fundado em 1775, deu considerável importância à região.
Boa Vista foi fundada no século XIX, em 1830, pelo capitão Inácio Lopes de Magalhães. Originou-se de uma das inúmeras fazendas de gado situadas ao longo dos rios que compõem a bacia do rio Branco pertencente à jurisdição da então vila de "São José da Barra do Rio Negro", atual Manaus.Reproduzir conteúdo Vídeo sobre Boa Vista, 1975. Arquivo Nacional.
Em 1858 a povoação foi elevada a categoria paroquial com a denominação de freguesia de Nossa Senhora do Carmo do Rio Branco e em 9 de julho de 1890 a freguesia foi elevada à categoria de vila, sede de um novo município denominado Boa Vista do Rio Branco, criado pelo então governador da Província do Amazonas, Augusto Ximeno Villeroy. A área municipal da vila de Boa Vista foi desmembrada do antigo município amazonense de Moura.
Em plena Segunda Guerra Mundial, em 1944, tornou-se a capital do recém-criado Território Federal do Rio Branco e experimentou seu surto de crescimento devido ao garimpo. O então Território Federal do Rio Branco, que em 1962 passou a se chamar Território Federal de Roraima, foi elevado à categoria de Estado, com o mesmo nome de "Roraima" pela Constituição de 1988. Mais tarde o garimpo com máquinas foi proibido (por demasiados danos à natureza), o que prejudicou a economia estadual e municipal.
Quando a cidade pertencia ao Amazonas, o território do município ocupava parte da área correspondente ao atual estado de Roraima, sendo a parte sul do Estado integrante do município de Moura da Serra. Posteriormente foi dividida em dois municípios, com o surgimento de Catrimani (que nunca fora instalado). Outros municípios foram sendo emancipados e Boa Vista passou a ocupar seu atual território.Geografia[editar | editar código-fonte]
Boa Vista situa-se na porção centro-oriental do estado. De acordo com a divisão regional vigente desde 2017, instituída pelo IBGE,[10] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária e Imediata de Boa Vista.[3] Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, fazia parte da microrregião de Boa Vista, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Norte de Roraima.[11]
Com uma área de 5117,9 km² (que corresponde a 2,54% do estado), limita-se com Pacaraima a norte, Normandia a nordeste, Bonfim a leste, Cantá a sudeste, Mucajaí a sudoeste, Alto Alegre a oeste e Amajari a noroeste.
São áreas indígenas são 1447,35 Km² do município (o que corresponde a 25,33% do território total).Relevo[editar | editar código-fonte]
É um município plano em quase sua totalidade, o que favorece seu status de organização. Apenas 10% de suas terras possuem uma pequena inclinação (inclusas as áreas de planície fluvial inundável).
Os principais solos encontrados em Boa Vista são:Latossolo amarelo
Areia Quartzosa Hidromórfica
Litólicos
Latossolo Vermelho Escuro
Areia Quartzosa
Solos Hidromórficos Cinzentos
Latossolo Vermelho-Amarelo
Hidrografia[editar | editar código-fonte]
Os principais rios que compõem sua hidrografia são o Branco, Tacutu, Uraricoera, Amajari e Cauamé (que originou o nome de um bairro).
A bacia do rio Branco possui um regime hidrográfico caracterizado por um período de cheia e outro de seca. No de primeiro, de março a setembro, áreas situadas próximas à margem costumam ser alagadas. No período de seca as águas baixam, diminuindo a navegabilidade do rio Branco e formando belas praias fluviais, bastante frequentadas pela população.Horário[editar | editar código-fonte]
O horário oficial de Boa Vista é UTC-4, ou seja, -1 hora em relação ao horário brasileiro oficial. A cidade de Boa Vista não participa do horário brasileiro de verão.Clima[editar | editar código-fonte]
Maiores acumulados de precipitação em 24 horasregistrados em Boa Vista por meses (INMET)[12]
MêsAcumuladoDataMêsAcumuladoData
Janeiro68,4 mm08/01/2006Julho97,1 mm14/07/1995
Fevereiro52,8 mm21/02/1999Agosto100,4 mm31/08/1994
Março115,2 mm22/03/1979Setembro128,1 mm26/09/1999
Abril149,3 mm29/04/2005Outubro96,8 mm11/10/1994
Maio127,2 mm13/05/2010Novembro146 mm28/11/2013
Junho122,5 mm20/06/1996Dezembro149,4 mm21/12/1998
Período: 01/01/1972 a 31/07/1989 e 01/01/1993-presenteO clima de Boa Vista é considerado tropical úmido (tipo Aw segundo Köppen), com o inverno seco e o verão chuvoso; o outono e a primavera praticamente não são percebidos. A temperatura varia de 22 °C a 35 °C,[13] dada sua localização relativamente próxima à linha do equador. Sua temperatura média compensada é de 28 °C anuais, sendo de 77% sua média da umidade relativa do ar.[13] A precipitação média anual é de superior 1 700 milímetros (mm), concentrados entre os meses de maio a agosto, e o tempo de insolação de cerca de 1 800 horas anuais.[13]
Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de 1972 a 1989 e a partir de 1993, a menor temperatura registrada em Boa Vista (estação convencional) foi de 17,6 °C em 8 de julho de 1988,[14] e a maior atingiu 42 °C em 18 de novembro de 1999.[15] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 149,4 mm em 21 de dezembro de 1998. Outros acumulados iguais ou superiores aos 100 mm foram: 149,3 mm em 29 de abril de 2005, 146 mm em 28 de novembro de 2013, 128,1 mm em 26 de setembro de 1999, 127,2 mm em 13 de maio de 2010, 122,5 mm em 20 de junho de 1996, 117,2 mm em 3 de junho de 2007, 115,2 mm em 22 de março de 1979, 107,8 mm em 31 de maio de 2011, 105,6 mm em 15 de abril de 2006, 101,9 mm em 20 de junho de 1961 e 100,4 mm em 31 de agosto de 2004.[12] Maio de 2011, com 667,5 mm, foi o mês de maior precipitação.[16]
Dados climatológicos para Boa Vista
MêsJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
Temperatura máxima recorde (°C)37,139,639,639,137,436,135,739,439,5404238,7 42
Temperatura máxima média (°C)33,333,634,233,631,931,231,432,734,234,834,633,8 33,3
Temperatura média compensada (°C)28,128,328,828,327,226,526,527,328,428,928,928,3 28
Temperatura mínima média (°C)23,92424,324,223,623,122,923,524,224,524,424,3 23,9
Temperatura mínima recorde (°C)19,52019,8201918,617,619,220,219,62018,3 17,6
Precipitação (mm)373035,7142,2321353,2286,4205,2103,973,160,163,8 1 711,6
Dias com precipitação (? 1 mm)4348182020178665 119
Umidade relativa compensada (%)72,470,168,475,983,385,485,582,275,873,57373,7 76,6
Horas de sol158,2132,4159,9120,2127,496,7135,8159,9195,5191,6168,4157,7 1 803,7
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) (normal climatológica de 1981-2010;[13] recordes de temperatura: 01/01/1972 a 31/07/1989 e 01/01/1993-presente)[14][15] Demografia[editar | editar código-fonte]Crescimento populacionalde Boa Vista
AnoPopulação
197036 464
198067 017
1991144 249
2000200 568
2010284 313
2012300 959
2014314 900
2015320 714
2016326 414
A população de Boa Vista foi estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 326 414 em 2016, sendo o mais populoso do estado e o octogésimo sétimo mais populoso do Brasil, apresentando uma densidade populacional de 57,4 hab/km². Sozinha, Boa Vista concentra 63,11% da população de Roraima. Segundo o censo de 2010, 140,801 habitantes eram homens e 143,512 habitantes eram mulheres. Ainda segundo o mesmo censo, 277,799 habitantes viviam na zona urbana e 6,514 na zona rural.
O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) de Boa Vista, considerado alto pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), é de 0,752, sendo o maior de todo estado de Roraima. Considerando apenas a educação o índice é de 0,910 (muito elevado), enquanto o do Brasil é 0,702; o índice da longevidade é de 0,725 (o brasileiro é 0,638); e o de renda é de 0,738 (o do país é 0,723).[7] O município possui a maioria dos indicadores médios e parecidos com os da média nacional segundo o PNUD. A renda per capita é de 16 182,78 reais.[17]
O coeficiente de Gini, que mede a desigualdade social, é de 0,43, sendo que 1,00 é o pior número e 0,00 é o melhor.[18] A incidência da pobreza, medida pelo IBGE, é de 37,95%, o limite inferior da incidência de pobreza é de 30,23%, o superior é de 45,68% e a incidência da pobreza subjetiva é de 38,33%.[18]Religião[editar | editar código-fonte]
Tal como a variedade cultural em Boa Vista, são diversas as manifestações religiosas presentes na cidade. Embora tenha se desenvolvido sobre uma matriz social eminentemente católica, é possível encontrar atualmente na cidade dezenas de denominações protestantes diferentes.[19]
Boa Vista está localizada no país mais católico do mundo em números absolutos. A Igreja Católica teve seu estatuto jurídico reconhecido pelo governo federal em outubro de 2009,[20] ainda que o Brasil seja atualmente um estado oficialmente laico.[21]
De acordo com dados do censo de 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a população de Boa Vista é composta por: católicos (46,96%), evangélicos (32,09%), espíritas (3,62%), Umbanda e Candomblé (0,15%), Outras (4,27%), pessoas sem religião (14,89%).[19]Política[editar | editar código-fonte]
Ver também: Lista de prefeitos de Boa Vista (Roraima)
Vista do Palácio Senador Hélio Campos, a principal estrutura da Praça do Centro Cívico Joaquim Nabuco.
O primeiro prefeito do município, com o título de Superintendente, foi João Capistrano da Silva Mota (mais conhecido como Coronel Mota). Os primeiros intendentes, equivalentes a vereadores foram José Francisco Coelho e José Joaquim de Sousa Júnior.
Barac da Silva Bento foi prefeito de 1989 a 1992. Maria Teresa Saenz Surita foi prefeita de 1993 a 1996. Ottomar Pinto foi prefeito de 1997 a 2000[22] e novamente no período 2001-2004[23][24], eleita com 44,37% dos 81.352 votos válidos, vencendo Ottomar Pinto (PTB), que obteve 29,96%. Foi reeleita, em 2004, pelo PPS[25]. Em 31 de março de 2006, Teresa Surita renuncia ao mandato para se candidatar ao Senado[26] e seu vice, Iradilson Sampaio, assume a administração da capital.
Iradilson Sampaio foi eleito nas eleições de 5 de outubro de 2008 com 54% dos votos do eleitorado local, para a gestão de 2009 a 2012.[27] Teresa Surita foi eleita prefeita Boa Vista pela quarta vez em 7 de outubro de 2012, para a gestão 2013-2016, pelo PMDB, com 57.066 votos, ou 39,26% dos votos válidos.[28] Ela é a única mulher prefeita de capitais e a primeira política a gerir uma capital brasileira por cinco vezes pois foi reeleita para o mandato 2017-2020 nas eleições de 2016[29].
O poder legislativo é constituído pela câmara, formada por 21 vereadores.[30]Subdivisões[editar | editar código-fonte]
Ver também: Lista de bairros de Boa Vista (Roraima)
A subdivisão administrativa do município de Boa Vista em zonas e bairros é dada pela lei municipal nº 244, de 6 de setembro de 1991, que trata da promoção de desenvolvimento urbano, zoneamento, uso e ocupação do solo, sistema viário, parcelamento do solo[31], tendo havido várias leis modificadoras.[32][33][34][35][36]Zonas[editar | editar código-fonte]
Avenida na zona leste.
Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes.
Zona é cada porção da cidade com uma conceituação específica e sujeita a parâmetros urbanísticos próprios e diferenciados. Boa Vista é dividida em zonas e bairros, de acordo com Capítulo III da Lei nº 244, de 6 de setembro de 1991.[31]
São as zonas Sul, Leste, Oeste e Norte.
As zonas Norte e Sul são as menos usadas por abrangerem poucos bairros e por possuírem vários contrastes, não podendo, assim, serem consideradas zonas de elite ou de baixa renda. A zona Norte inclui, por exemplo, o bairro dos Estados, que possui zonas ricas e pobres. A zona Sul inclui o Centro, que é realmente o centro comercial da cidade e inclui a região do Beiral (Bairro Caetano Filho).
Já as zonas Leste e Oeste são bastante utilizadas pela imprensa por serem maiores e por serem bem definidas em aspectos econômicos. A zona Leste, embora possua apenas dois bairros (bastante graúdos) ? Caçari e Paraviana ? é caracterizada por quase não possuir contrastes; lá vive a maior parte da elite da cidade e naquele local existem variadas opções lanchonetes, restaurantes, espaços para caminhada e descanso.
A zona Oeste é maior que todas as outras juntas, sendo caracterizada por ser periférica e abranger os mais pobres bairros da cidade como o Pintolândia, Nova Cidade, "Sílvio Leite", "Sílvio Botelho" e Raiar do Sol. Esta está se igualando ao centro da cidade devido a grande concentração comercial, e já pode ser notadas algumas obras que estão mudando o aspecto dessa zona.Economia[editar | editar código-fonte]
Avenida Ene Garcez, ao lado, o complexo de praças e parques Ayrton Senna.
Concentra-se principalmente nas avenidas Jaime Brasil, Ville Roy e Ataíde Teive e nos dois grandes shoppings da cidade: Pátio Roraima Shopping e Roraima Garden Shopping.
Boa Vista guarda traços de cidades pequenas, a mais importante área comercial situa-se no Centro da cidade atendendo a toda ela, diferentemente do que ocorre nos grandes centros urbanos, locais no qual existem geralmente um polo comercial para cada bairro.Principais avenidas: Av. Ville Roy, Av. Mario Homem de Melo, Av. Ataíde Teive, Av. Cap. Júlio Bezerra, Av. Princesa Isabel, Pç. do Centro Cívico, Av. Ene Garcez, Av. Brasil, Av. Surumu, Via das Flores, Av. Jaime Brasil, Av. Getúlio Vargas, Av. Benjamin Constant, Av. Brigadeiro Eduardo Gomes, Av. Major Williams.
As indústrias ? especialmente de sabão, refrigerantes e arroz ? situam-se principalmente no Distrito Industrial Governador Aquilino Mota Durte.Infraestrutura[editar | editar código-fonte]
Educação[editar | editar código-fonte]
Placa da UFRR.
Foto do Bloco I da UFRR, no Campus do Paricarana.
Boa Vista concentra a maioria das escolas públicas e particulares do estado, além de cursinhos intensivos e faculdades.
O governo estadual já ganhou status de possuir a melhor infraestrutura do país. Das escolas estaduais implantadas em Boa Vista destacam-se na infraestrutura as escolas Monteiro Lobato, Ana Libória e a Escola Padrão por possuírem segundo piso, além de jardins, praças, ginásios, banheiros, amplas salas de aula e etc.
Em Boa Vista existem duas escolas federais de ensino fundamental e médio: Centro de Educação - CEDUC (da Universidade Federal de Roraima) e o Instituto Federal de Roraima - IFRR. A primeira se destaca por possuir salas de aula climatizadas e a segunda por seus numerosos e completos laboratórios; Ambas foram as únicas escolas públicas do estado a alcançar a média do Exame nacional do ensino médio.Instituições Públicas de Ensino Superior
Universidade Federal de Roraima - UFRR
Universidade Estadual de Roraima - UERR
Instituto Federal de Roraima - IFRR
Universidade Virtual de Roraima - UNIVIRR
Instituições Privadas de Ensino Superior
UniCesumar - Centro Universitário de Maringá
Estácio - Centro Universitário Estácio da Amazônia
FARES - Faculdade Roraima de Ensino Superior
FACETEN - Faculdade de Ciências, Educação e Teologia do Norte do Brasil
Cathedral - Faculdade Cathedral
UNIP - Universidade Paulista
Claretiano - Centro Universitário
Transporte[editar | editar código-fonte]
Frontal da Rodoviária Internacional José Amador de Oliveira.
Cruzamento da avenida Ene Garcez com a avenida Brigadeiro Eduardo Gomes.
Boa Vista conta com um transporte público deficiente, devido à insuficiência de ônibus. Até 2005 havia os sistema de expressinhos (micro-ônibus privados), mas foram extintos. A população de Boa Vista também costuma utilizar táxis e as conhecidas "lotações" (táxi-lotação), modalidade existente em poucas cidades brasileiras. É vetado por lei municipal o serviço de mototáxis em Boa Vista. Em 2012, Boa Vista possuía uma frota de 134 915 veículos.[38]
Recentemente o projeto de lei que garantiria gratuidade para idosos, gestantes e crianças andarem em lotação foi vetado pela Prefeitura após ser aprovado pela Câmara Municipal.
Boa Vista possui dois miniterminais de ônibus, ambos localizados no centro da cidade, sendo que o maior encontra-se perto da Orla Taumanan. Desde Setembro de 2016, o miniterminal Luís Canuto Chaves, que fica próximo a Praça das Águas, está sendo contemplado com obras de mobilidade. O terminal contará com investimentos de acessibilidade como bicicletário, posto da ciclo patrulha da Guarda Civil Municipal, ponto de táxi, plataforma de embarque climatizada e outros. A previsão de término da reestruturação é de oito meses. O antigo terminal do Caimbé encontra-se desativado para as atividades de ônibus, sendo utilizado para serviços de táxi entre municípios.
A cidade dispõe do relativamente médio, porém moderno e muito eficiente Aeroporto Internacional Atlas Brasil Cantanhede, que é atendido pelas companhias LATAM, GOL e Azul. LATAM e GOL oferecem voos para Brasília e a partir desses aeroportos, conexões para todo o país. A Azul oferece voos para Campinas com escala em Manaus.
Cidade planejada e de largas avenidas, Boa Vista ainda assim começa a ter congestionamentos cada vez mais frequentes, especialmente no Centro e em algumas vias da periferia. Além disso, Boa Vista ocupa uma desconfortável posição no ranking das cidades mais violentas no trânsito. O número de vítimas fatais é bastante expressivo por causa de acidentes de trânsito sobretudo nas rotatórias. Ponte dos Macuxis, sobre o Rio Branco, comunicando a capital ao município do Cantá através da BR-401.
A Rodoviária Internacional José Amador de Oliveira - Baton liga a cidade a outras do interior de Roraima, ao Amazonas, à Guiana e à Venezuela. Atuam no trecho as empresas Amatur, Eucatur, Rivaltur e Asatur.
As quatro rodovias principais que cruzam Boa Vista são:BR-401 - Ligando Boa Vista ao município de Bonfim, até a fronteira com a Guiana;
BR-174 - Desde Manaus ao município de Pacaraima, até a fronteira com a Venezuela;
RR-205 - Ligação com o município de Alto Alegre;
RR-319 - Importante via agrícola, estendendo-se em meio a grandes propriedades nos municípios do norte do estado.
Boa Vista dispõe de um grande anel viário, cujas obras terminaram em 2011, o Contorno Oeste Ottomar de Souza Pinto, com extensão de quase 30 quilômetros. As principais pontes a cortar a cidade são a dos Macuxis e do Rio Cauamé.
Apesar da ligação histórica da cidade de Boa Vista com o rio Branco, atualmente a cidade não conta com um porto fluvial expressivo, tendo apenas embarcações pesqueiras, turísticas ou de lazer. Também inexiste sistema ferroviário na capital.Criminalidade[editar | editar código-fonte]
O índice de criminalidade em Boa Vista vêm aumentando nos últimos anos, contudo, ainda permanece em níveis baixos se comparado com outras cidades com semelhante número de habitantes. Uma prova de que o crime continua baixo é que, segundo uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, Boa Vista possui o segundo índice mais baixo de criminalidade entre as capitais brasileiras, seguida de Palmas (Tocantins) e atrás somente de Brasília (Distrito Federal).[carece de fontes?]
Durante a década de 90 do século passado, o maior problema era das impopulares gangues de ruas que atormentavam a população mas que diminuíram com os vários programas sociais realizados pela prefeitura ao longo do tempo. Contudo, após o abandono deste programa por parte do poder público, em meados da metade da década de 2000, o problema das gangues de rua voltou a se intensificar. Voltou a normalizar, mas Boa Vista enfrenta problemas de fuga de presos do sistema penal estadual, onde há a atuação de algumas facções criminosas existentes no sudeste do país, com inclusive mortes por decapitações e esquartejamento dos internos provocadas durante as diversas rebeliões. Houve em 2016 diversas rebeliões e fugas da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo - PAMC[39], com mortes de presidiários[40][41] além de alguns assassinatos de policiais militares,[42] o que deixa a população apreensiva quanto ao aumento da violência urbana. No dia 6 de janeiro de 2017, uma nova rebelião foi registrada na Penitenciária, onde resultou na morte de 33 presos. Essa rebelião colocou o massacre como o terceiro mais violento do país, ficando atrás apenas do Carandiru com 111 mortes e do Complexo Penitenciário Anísio Jobim, no Amazonas, com sessenta mortos. Após o ocorrido, o Presidente Michel Temer e o Ministro da Justiça, Alexandre de Morais, autorizaram o envio de tropas das Forças Armadas e da Força Nacional para que atuassem na segurança dentro da PAMC e na cidade de Boa Vista.Cultura[editar | editar código-fonte]
Público em show de hardcore em Boa Vista.
Monumento aos Garimpeiros.
Saída pela Plataforma 1 da Orla Taumanan, ao fundo o Monumento aos Pioneiros.
A cultura em Boa Vista é predominantemente nordestina e indígena.
Esse predomínio vai desde os gostos musicais como o forró e o sertanejo, que são os gêneros musicais mais ouvidos, até o artesanato.
No entanto, existem núcleos culturais, típicos das grandes metrópoles do país, espalhados pela cidade, por iniciativa privada e pública; um núcleo de MPB, por exemplo, encontra-se na Orla Taumanam, à noite. Outro núcleo de rock e heavy metal há no Serviço Social do Comércio (SESC) - Roraima, onde ocorre mensalmente o Espaço Rock SESC, reunindo bandas e covers locais.Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]
O turismo ainda é mais frequente no interior (o ecoturismo), mas na capital Boa Vista ele começa a se desenvolver.
Boa Vista tem ganhado centenas de placas de sinalização turística. Também estão sendo implantadas plantas da cidade por praças e avenidas com suas melhores opções. O emplacamento segue os padrões internacionais.
Entre os pontos turísticos, destacam-se:Orla Taumanan: espaço sobre o Rio Branco com lanchonetes, restaurantes, espaços para caminhada e descanso, todas as noites sucessos da MPB são tocados ao vivo gratuitamente. É bastante florida, ventilada e possui uma magnífica vista para o rio Branco.
Complexo Poliesportivo Ayrton Senna: ocupa várias quadras, possui lanchonetes, parques infantis, quadras de tênis, futebol de salão, futebol de areia, vôlei de praia, quadras de basquete e outros esportes.
Praça das Águas: possui fonte de águas com tons de cor diferentes que reagem com a sinfonia da música que toca em caixas acústicas incluídas abaixo dos bancos (anexo ao Complexo Esportivo Ayrton Senna). Em 2016, a praça passou por reformas, tornando-se uma praça moderna, hoje além das tradicionais águas, o espaço também conta com torres de alimentação solar, para fornecimento de carregadores de celular e internet.
Portal do Milênio: monumento situado na Praça das Águas construído no fim do ano de 1999, é um belíssimo monumento e atrai muitas pessoas.
Centro de Artesanato, Turismo e Geração de Renda Velia Coutinho: é um lugar para prestigiar e comprar o artesanato Roraimense (inclusive o Indígena), muito bonito e bem cuidado, o Complexo Turístico conta também com um espaço para shows e que toda noite oferece aulas gratuitas de ginástica. Possui também restaurantes e lanchonetes (anexo à Praça das Águas).
Praça das Artes: parte do Complexo de Praças da Avenida Ene Garcez, reúne espaços para comercialização de comidas regionais, venda de artesanato, palco para shows e lazer infantil.
Praça do Centro Cívico: "o coração da cidade", "o centro do Centro". A Praça do Centro Cívico Joaquim Nabuco possui muitas árvores, vários quiosques comerciais e o monumento ao garimpeiro.
Parque Municipal Germano Augusto Sampaio: Localizado na zona oeste da capital, próxima a Vila Olímpica. Dispõe de dois campos de futebol de areia, duas quadras de futsal/basquete, espaços para piquenique, pista de BMX/Skate, pista de Mountain Bike. Além de espaços para comercialização de comidas e playground.
Monumento ao Garimpeiro: feito em homenagem aos garimpeiros que desenvolveram Roraima na época em que o garimpo com máquinas era permitido no estado. Fica na Praça do Centro Cívico, onde foi construída a primeira pista de pouso da cidade.
Catedral Cristo Redentor: possui uma moderna arquitetura, sendo um dos principais templos religiosos do município, também na Praça do Centro Cívico.
Igreja Matriz Nossa Senhora do Carmo: a primeira igreja do estado; que foi restaurada e possui características da arquitetura alemã.
Palácio da Cultura Nenê Macaggi: bonito e rico em cultura, lá se encontra a principal e maior biblioteca pública do estado (Praça do Centro Cívico Joaquim Nabuco).
Vila Olímpica: a Vila Olímpica Roberto Marinho fica num ponto estratégico da periferia, localizado na zona oeste da capital. Com ginásios, quadras de diversos esportes como atletismo e futsal, é uma das mais modernas da região e é aberta ao público com aulas gratuitas.
Ginásio Totozão: principal ginásio do estado, possui quadra poliesportiva, grande arquibancada, piscina e campo de futebol.
Parque Anauá: maior parque da Região Norte brasileira, possui um moderno espaço coberto para shows, uma grande pista de bicicross, uma pista de kart, anfiteatro, o Museu
Integrado de Roraima: parques infantis, parque aquático público (abandonado), espaço para aeromodelismo, restaurantes, lanchonetes, um lago, fontes e um horto. Atualmente está abandonado e sua situação é precária.
Teatro Municipal de Boa Vista: inaugurado no dia 15 de dezembro de 2017, o Teatro Municipal tem estrutura para apresentações musicais, de dança e teatro.
Esportes[editar | editar código-fonte]
Futebol
Clubes profissionais de futebol de Boa Vista:Atlético Progresso Clube
Atlético Roraima Clube
Baré Esporte Clube
Grêmio Atlético Sampaio (GAS)
São Raimundo Esporte Clube
River Esporte Clube
Atlético Rio Negro Clube
Náutico Futebol Clube
O principal estádio é o Estádio Flamarion Vasconcelos (mais conhecido por Canarinho), localizado no bairro de mesmo nome (Canarinho), na zona Sul, com capacidade para 10.000 pessoas. Atualmente encontra-se em reforma geral, o que irá aumentar sua capacidade para 20.000 pessoas. Há ainda o Ribeirão, na periferia da cidade.
Há também o Estádio Raimundo Ribeiro de Souza (mais conhecido por Ribeirão), com capacidade para 3.000 pessoas. Carreata da TUF-RR, em frente ao Parque Anauá.
Clubes amadores de futebol:[43]Norte Sport
Caranã
Tancredo Neves
Cambará
Racing
Guarani
América
Grêmio
Barcelona
Jockey
ABC
União
Tiradentes
Anauá
Brasil
Boa Vista
Torcidas organizadas
Possivelmente pela pequena população, é pequena a quantidade de torcidas em Boa Vista. Ainda assim, existem:Leões da TUF - Roraima
A "Toca do Leão" já tem alguns anos, e se tornou um núcleo da TUF - Torcida Uniformizada do Fortaleza, a maior torcida organizada do estado do Ceará. Em Roraima possui vários membros que se reúnem todos os jogos para assisti-los na sede da torcida pela televisão.Terror Tricolor
A Terror Tricolor é uma torcida organizada composta principalmente por jovens torcedores do Atlético Roraima Clube. Apesar de pequena a torcida mostra-se guerreira e agita o estádio Canarinho com sua bateria em todos os jogos do Tricolor de Roraima.Arquitetura e urbanismo[editar | editar código-fonte]
Estilo neoclássico
As áreas mais antigas de Boa Vista (localizadas em especial às margens do rio Branco, no baixo Centro) possuem uma arquitetura característica do estilo do fim do século XIX e início do século XX: o neoclássico, inspirado nas formas romanas e gregas da antiguidade. Um exemplo de obra pertencente a este estilo é a Prelazia. Foi construída em 1907 e funcionou como um hospital assistido por monges beneditinos, entre 1924 e 1944. Na década de 1950 (em 1950) tornou-se a sede do governo estadual. Boa Vista ao entardecer.
Boa Vista é uma cidade planejada, com o Centro disposto em formato radial, na tradição do urbanismo francês, com ruas voltadas para a grande praça monumental central, centro do poder. O planejamento da cidade de Boa Vista se deu em função da estratégia governamental de ocupação da Amazônia em 1943. Nesta ocasião, o autor do plano, o engenheiro civil Darcy Aleixo Derenusson, formado pela antiga escola Politécnica Nacional no Rio de Janeiro hoje UFRJ, se interessava pelas questões urbanísticas e já tinha participado na confecção do Plano Diretor de Volta Redonda (RJ), onde tomou contato com o pensamento urbanístico de Atílio Correia Lima, responsável pelo projeto de Goiânia.
O planejamento de Boa Vista coordenado por Darcy Derenusson mobilizou uma vasta equipe dos mais conceituados especialistas em urbanismo, esgotos sanitários, esgotos pluviais, abastecimento d'água e energia elétrica com sua rede distribuidora. Elaborado no período de 1944 a 1946, foi antecedido de levantamento topográfico planialtimétrico e cadastral da vila e arredores, numa extensão de 20 km², com a confecção de planta na escala de 1:1000, recenseamento geral da população e estudos socioeconômicos necessários à sua execução.
É interessante notar que em um projeto feito na década de 1940, quando os automóveis ainda não eram um problema urbano, e em Boa Vista poucos existiam, o projeto da cidade já contava com ruas extremamente largas. As dimensões, aparentemente exageradas para a época, se mostraram de acordo com o progresso dos anos seguintes, fazendo com que Boa Vista conservasse a qualidade urbana ao longo dos anos. Porém, o traçado urbano original de Boa Vista não foi mantido com o crescimento da cidade e há muita irregularidade nas ruas dos bairros da periferia que não seguem padrões elaborados de trajeto das vias urbanas.Ver também[editar | editar código-fonte]
Roraimenses de Boa Vista
Orla Taumanan
Referências? G1 (20 de janeiro de 2016). «Missa e procissão marcam dia do padroeiro de Boa Vista, São Sebastião». Consultado em 1 de dezembro de 2017 ? Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 ? a b c Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 1 de dezembro de 2017 ? Atlas Geográfico do Brasil. «Capitais dos estados». Consultado em 1 de janeiro de 2011. Cópia arquivada em 1 de dezembro de 2017 ? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (15 de janeiro de 2013). «Áreas dos Municípios». Consultado em 1 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de dezembro de 2017 ? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (30 de agosto de 2018). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2018» (PDF). Consultado em 1 de dezembro de 2018 ? a b Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 8 de agosto de 2013. Cópia arquivada (PDF) em 8 de julho de 2014 ? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2016». Consultado em 15 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 16 de fevereiro de 2019 ? Erro de citação: Código inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome IBGE_PIB_2015
? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 1 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de dezembro de 2017 ? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Divisão Territorial Brasileira 2016». Consultado em 1 de dezembro de 2017 ? a b «BDMEP - série histórica - dados diários - precipitação (mm) - Boa Vista». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 24 de março de 2014 ? a b c d «NORMAIS CLIMATOLÓGICAS DO BRASIL». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 24 de março de 2018 ? a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura mínima (°C) - Boa Vista». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 24 de março de 2014 ? a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura máxima (°C) - Boa Vista». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 24 de março de 2014 ? «BDMEP - série histórica - dados mensais - precipitação total (mm) - Boa Vista». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 24 de março de 2014 ? «Produto interno bruto dos municipios». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 2 de janeiro de 2016 ? a b Cidades@ - IBGE (2003). «Mapa de Pobreza e Desigualdade - Municípios Brasileiros 2003». Consultado em 31 de março de 2011 ? a b «Exame.com. As capitais mais (e menos) evangélicas do Brasil». Consultado em 6 de maio de 2017 ? Cristiane Agostine (8 de outubro de 2009). «Senado aprova acordo com o Vaticano». O Globo. Consultado em 13 de abril de 2011 ? Fernando Fonseca de Queiroz (Outubro de 2005). «Brasil: Estado laico e a inconstitucionalidade da existência de símbolos religiosos em prédios públicos». Jus Navigandi. Consultado em 25 de janeiro de 2011 ? TSE Resultado das Eleições 1996? Resultado da Eleição 2000? LOSEKANN, Marcos O ronco da pororoca: histórias de um repórter na Amazônia. São Paulo: Editora SENAC, 1999, p.127-128. ISBN 85-7359-066-1.? Resultado da Eleição 2004? RNP: Boa Vista? Resultado da Eleição 2008? TSE - Boa Vista-RR já tem prefeita eleita? «Apuração dos votos». Eleições 2016. Gazeta do Povo. 2 de outubro de 2016. Consultado em 2 de outubro de 2016 ? Vereadores? a b Lei nº 244/91, de 06 de setembro de 1991? Lei nº 483, de 09 de dezembro de 1999? Lei nº 556, de 10 de maio de 2001? Lei nº 575, de 27 de setembro de 2001? Lei nº 595 de 29 de novembro de 2001? Lei nº 845, de 23 de março de 2006? «Atividades econômicas em Boa Vista por número de estabelecimentos (2012)». Plataforma DataViva. Consultado em 13 de janeiro de 2014 ? «Frota do município de Boa Vista (2012)». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2012. Consultado em 6 de setembro de 2013 ? [1]? [2]? [3]? [4]? «Arquivo de Clubes - Clubes amadores de Roraima.» Acesso em 22 de maio de 2007.
Bibliográficas[editar | editar código-fonte]
FREITAS, Aimberê (1998). Estudos Sociais - RORAIMA. Geografia e História 1 ed. São Paulo: Corprint Gráfica e Editora Ltda. 83 páginas. 34523432
Ligações externas[editar | editar código-fonte]Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Definições no Wikcionário
Categoria no Commons
Guia turístico no Wikivoyage
Commons
Wikcionário
WikivoyagePortal da prefeitura (em português)
Portal da câmara (em português)
Boa Vista no WikiMapia (em português)
Boa Vista no IBGE Cidades (em português)
Boa Vistavde Capitais do BrasilCapital Federal (DF) NorteBelém (PA) · Boa Vista (RR) · Macapá (AP) · Manaus (AM) · Palmas (TO) · Porto Velho (RO) · Rio Branco (AC)NordesteAracaju (SE) · Fortaleza (CE) · João Pessoa (PB) · Maceió (AL) · Natal (RN) · Recife (PE) · Salvador (BA) · São Luís (MA) · Teresina (PI)Centro-OesteCampo Grande (MS) · Cuiabá (MT) · Goiânia (GO)SudesteBelo Horizonte (MG) · Rio de Janeiro (RJ) · São Paulo (SP) · Vitória (ES)SulCuritiba (PR) · Florianópolis (SC) · Porto Alegre (RS)vde Hierarquia urbana do Brasil
Demografia do Brasil
Municípios do Brasil
vdeMetrópolesMetrópoles globais
São Paulo
Metrópoles nacionais
Brasília
Rio de Janeiro
Metrópoles regionais
Belém
Belo Horizonte
Curitiba
Fortaleza
Goiânia
Manaus
Porto Alegre
Recife
Salvador
vdeCapitais regionaisCapitais regionais A
Aracaju
Campinas
Campo Grande
Cuiabá
Florianópolis
João Pessoa
Maceió
Natal
São Luís
Teresina
Vitória
Capitais regionais B
Blumenau
Campina Grande
Cascavel
Caxias do Sul
Chapecó
Feira de Santana
Ilhéus/Itabuna
Joinville
Juiz de Fora
Londrina
Maringá
Ribeirão Preto
São José do Rio Preto
Uberlândia
Montes Claros
Palmas
Passo Fundo
Porto Velho
Santa Maria
Vitória da Conquista
Capitais regionais C
Araçatuba
Araguaína
Arapiraca
Araraquara
Barreiras
Bauru
Boa Vista
Cachoeiro de Itapemirim
Campos dos Goytacazes
Caruaru
Criciúma
Divinópolis
Dourados
Governador Valadares
Ijuí
Imperatriz
Ipatinga/Coronel Fabriciano/Timóteo
Juazeiro do Norte/Crato/Barbalha
Macapá
Marabá
Marília
Mossoró
Novo Hamburgo/São Leopoldo
Pelotas/Rio Grande
Petrolina/Juazeiro
Piracicaba
Ponta Grossa
Pouso Alegre
Presidente Prudente
Rio Branco
Santarém
Santos
São José dos Campos
Sobral
Sorocaba
Teófilo Otoni
Uberaba
Varginha
Volta Redonda/Barra Mansa
vdeCentros sub-regionaisCentros sub-regionais A
Alfenas
Anápolis
Apucarana
Bacabal
Bagé
Barbacena
Barra do Garças
Barretos
Bento Gonçalves
Botucatu
Cabo Frio
Caçador
Cáceres
Caicó
Cajazeiras
Campo Mourão
Castanhal
Catanduva
Caxias
Colatina
Crateús
Erechim
Floriano
Foz do Iguaçu
Franca
Francisco Beltrão
Garanhuns
Guanambi
Guarabira
Guarapuava
Iguatu
Irecê
Itajaí
Itaperuna
Itumbiara
Jacobina
Jaú
Jequié
Ji-Paraná
Joaçaba
Lages
Lajeado
Lavras
Limeira
Macaé
Manhuaçu
Muriaé
Nova Friburgo
Ourinhos
Paranaguá
Paranavaí
Parnaíba
Passos
Pato Branco
Patos
Patos de Minas
Pau dos Ferros
Paulo Afonso
Picos
Pinheiro
Poços de Caldas
Ponte Nova
Quixadá
Redenção
Rio Claro
Rio do Sul
Rio Verde
Rondonópolis
Santa Cruz do Sul
Santa Inês
Santa Rosa
Santo Ângelo
Santo Antônio de Jesus
São Carlos
São João da Boa Vista
São Mateus
Serra Talhada
Sinop
Sousa
Teixeira de Freitas
Toledo
Tubarão
Ubá
Umuarama
Uruguaiana
Centros sub-regionais B
Abaetetuba
Assu
Afogados da Ingazeira
Alagoinhas
Altamira
Andradina
Angra dos Reis
Araranguá
Araras
Araripina
Arcoverde
Ariquemes
Assis
Avaré
Balneário Camboriú
Balsas
Bom Jesus da Lapa
Bragança
Bragança Paulista
Breves
Brumado
Brusque
Cacoal
Cametá
Campo Maior
Capanema
Caratinga
Carazinho
Cataguases
Chapadinha
Cianorte
Concórdia
Conselheiro Lafaiete
Cruz Alta
Cruz das Almas
Cruzeiro do Sul
Currais Novos
Eunápolis
Frederico Westphalen
Guaratinguetá
Gurupi
Itabaiana
Itaberaba
Itaituba
Itajubá
Itapetininga
Itapeva
Itapipoca
Itaporanga
Ituiutaba
Ivaiporã
Janaúba
Linhares
Mafra
Palmares
Paragominas
Parintins
Pedreiras
Presidente Dutra
Registro
Resende
Ribeira do Pombal
Santana do Ipanema
Santo Antônio da Platina
São João del-Rei
São Lourenço
São Miguel do Oeste
São Raimundo Nonato
Senhor do Bonfim
Tefé
Teresópolis
Tucuruí
União da Vitória
Valença
Viçosa
Videira
Vilhena
Vitória de Santo Antão
Xanxerê
vdeCentros de zonaCentros de zona A
Acaraú
Açailândia
Adamantina
Além Paraíba
Almeirim
Almenara
Alta Floresta
Amparo
Aquidauana
Aracati
Aracruz
Araçuaí
Arapongas
Araxá
Assis Chateubriand
Barra do Corda
Barreiros
Bebedouro
Belo Jardim
Birigui
Bom Jesus
Caçapava do Sul
Cachoeira do Sul
Caetité
Caldas Novas
Camacan
Camaquã
Campo Belo
Campos Novos
Canindé
Canoinhas
Capelinha
Carangola
Carpina
Catalão
Catolé do Rocha
Caxambu
Ceres
Cerro Largo
Codó
Colinas do Tocantins
Conceição do Araguaia
Conceição do Coité
Cornélio Procópio
Corumbá
Corrente
Cruzeiro
Curitibanos
Cururupu
Curvelo
Diamantina
Diamantino
Dianópolis
Dois Vizinhos
Dracena
Encantado
Esperantina
Estância
Estrela
Fernandópolis
Formiga
Frutal
Governador Nunes Freire
Goiana
Goiás
Guanhães
Guaporé
Guaraí
Guaxupé
Ibaiti
Ibirubá
Icó
Imbituba
Ipiaú
Iporá
Irati
Itabaiana
Itabira
Itacoatiara
Itamaraju
Itapetinga
Ituverava
Jacarezinho
Jales
Jandaia do Sul
Januária
Jaru
Jataí
João Câmara
João Monlevade
Juína
Jundiaí
Lagarto
Lagoa Vermelha
Laranjeiras do Sul
Limoeiro
Limoeiro do Norte
Lins
Loanda
Macau
Macaúbas
Mamanguape
Marau
Maravilha
Marechal Cândido Rondon
Medianeira
Mineiros
Mirassol d'Oeste
Mogi Guaçu
Monteiro
Montenegro
Morrinhos
Mundo Novo
Naviraí
Nossa Senhora da Glória
Nova Andradina
Nova Prata
Nova Venécia
Oeiras
Olímpia
Osório
Ouricuri
Palmas
Palmeira das Missões
Palmeira dos Índios
Pará de Minas
Paraíso do Tocantins
Parauapebas
Patrocínio
Penápolis
Penedo
Pesqueira
Pinhalzinho
Pirapora
Pires do Rio
Piripiri
Pombal
Ponta Porã
Porangatu
Porto Nacional
Porto Seguro
Primavera do Leste
Propriá
Quirinópolis
Rolim de Moura
Russas
Salgueiro
Salinas
Santa Fé do Sul
Santa Inês
Santa Maria da Vitória
Santo Antônio de Pádua
Santiago
São Bento do Sul
São Borja
São Félix do Araguaia
São Gabriel
São Jerônimo
São José do Rio Pardo
São Luís de Montes Belos
São Luiz Gonzaga
São Miguel dos Campos
Sarandi
Seabra
Serrinha
Soledade
Sorriso
Surubim
Tabatinga
Taquara
Tatuí
Telêmaco Borba
Tijucas
Timbaúba
Timbó
Tocantinópolis
Torres
Três Corações
Três de Maio
Três Lagoas
Três Passos
Três Rios
Tupã
Unaí
União dos Palmares
Uruaçu
Vacaria
Venâncio Aires
Votuporanga
Xique-Xique
Centros de zona B
Abaeté
Abelardo Luz
Abre Campo
Afonso Cláudio
Água Boa
Água Branca
Águas Formosas
Aimorés
Alegrete
Alexandria
Alto Araguaia
Alto Longá
Alto Parnaíba
Amambai
Amarante
Amargosa
Andirá
Andradas
Anicuns
Anísio de Abreu
Aparecida
Apiaí
Apodi
Araguaçu
Araguari
Araguatins
Araioses
Araputanga
Arara
Araruama
Araruna
Arcos
Arinos
Arroio do Meio
Arvorezinha
Auriflama
Avelino Lopes
Baependi
Bambuí
Bariri
Barra
Barra Bonita
Barra de São Francisco
Barra do Bugres
Barras
Barracão
Bataguassu
Batalha
Bela Vista
Belém do São Francisco
Bicas
Boa Esperança
Boa Vista do Buricá
Bom Jardim de Minas
Bom Jesus do Itabapoana
Boquira
Braço do Norte
Brasileia
Brejo Santo
Buritis
Caculé
Camapuã
Cambuí
Camocim
Campina da Lagoa
Campo Novo do Parecis
Campos Altos
Campos Belos
Canguaretama
Canindé de São Francisco
Canto do Buriti
Capanema
Capão da Canoa
Capim Grosso
Capinzal
Capitão Poço
Capivari
Caracol
Carauari
Carmo do Paranaíba
Carutapera
Casca
Cassilândia
Castelo
Castelo do Piauí
Cerejeiras
Chapadão do Sul
Chopinzinho
Cícero Dantas
Coelho Neto
Colíder
Colinas
Coluna
Comodoro
Confresa
Congonhas
Constantina
Coronel Vivida
Coxim
Cristal do Sul
Crixás
Cruz
Cruzília
Curimatá
Delmiro Gouveia
Desterro
Dores do Indaiá
Entre Rios de Minas
Esperantinópolis
Espírito Santo do Pinhal
Espumoso
Euclides da Cunha
Eirunepé
Extrema
Fátima
Faxinal
Floresta
Fortaleza dos Nogueiras
Fronteiras
Gandu
Garça
Garibaldi
General Salgado
Getúlio Vargas
Gilbués
Goianésia
Goiatuba
Goioerê
Grajaú
Guaíra
Guajará-Mirim
Guaraciaba do Norte
Guararapes
Horizontina
Ibicaraí
Ibirama
Ibotirama
Ilha Solteira
Indaial
Inhumas
Ipanema
Ipu
Iracema
Itaberaí
Itacarambi
Itamonte
Itaocara
Itapaci
Itapajé
Itapiranga
Itápolis
Itapuranga
Itaqui
Itararé
Itaúna
Ituporanga
Iturama
Jaciara
Jacutinga
Jaguaquara
Jaguariaíva
Jaguaribe
Jaicós
Jardim
Joaíma
João Pinheiro
Juara
Jussara
Lábrea
Lago da Pedra
Lagoa da Prata
Lambari
Leme
Leopoldina
Livramento de Nossa Senhora
Lorena
Lucas do Rio Verde
Lucélia
Luzilândia
Machado
Malacacheta
Manga
Mantena
Maracaçumé
Matão
Matinhos
Miranda
Miracema do Tocantins
Mirinzal
Mococa
Monte Alegre
Monte Alto
Monte Aprazível
Monte Carmelo
Mostardas
Muçum
Nanuque
Natividade
Nazaré
Neópolis
Niquelândia
Nonoai
Nossa Senhora das Dores
Nova Londrina
Nova Mutum
Nova Petrópolis
Oliveira
Orlândia
Osvaldo Cruz
Olho d'Água das Flores
Ouro Fino
Ouro Preto do Oeste
Palmeira
Palmeira d'Oeste
Palmeirópolis
Pão de Açúcar
Paracatu
Paraguaçu Paulista
Paraisópolis
Paramirim
Paranacity
Paranaíba
Parelhas
Passa-e-Fica
Patu
Paulistana
Peçanha
Pedra Azul
Pedro II
Pedro Afonso
Peixoto de Azevedo
Piancó
Pinheiro Machado
Pio XII
Piraju
Piracuruca
Pitanga
Pitangui
Piumhi
Poções
Ponte Serrada
Pontes e Lacerda
Porteirinha
Porto Calvo
Porto União
Posse
Presidente Epitácio
Presidente Getúlio
Presidente Juscelino
Presidente Venceslau
Princesa Isabel
Prudentópolis
Quatis
Quedas do Iguaçu
Rancharia
Resplendor
Riachão do Jacuípe
Rio Bonito
Rio Negro
Rio Pomba
Rio Real
Rodeio Bonito
Roncador
Rubiataba
Salto do Jacuí
Salvador do Sul
Sananduva
Sanclerlândia
Santa Bárbara
Santa Cruz
Santa Cruz da Baixa Verde
Santa Cruz do Rio Pardo
Santa Filomena
Santa Helena
Santa Luzia
Santa Luzia do Paruá
Santa Maria do Suaçuí
Santa Vitória do Palmar
Santana
Santana do Livramento
Santo Antônio
Santo Antônio da Patrulha
Santo Augusto
Santos Dumont
São Bento (Maranhão)
São Bento (Paraíba)
São Benedito
São Domingos
São Francisco
São Gabriel da Palha
São Gotardo
São João Batista
São João do Ivaí
São João do Piauí
São João dos Patos
São João Nepomuceno
São Joaquim da Barra
São José do Cedro
São José do Egito
São João do Rio do Peixe
São João Evangelista
São José do Cedro
São Lourenço do Oeste
São Mateus do Sul
São Miguel
São Miguel do Araguaia
São Miguel do Tapuio
São Paulo do Potengi
São Sebastião
São Sebastião do Caí
São Valentim
São Vicente Férrer
Sapé
Seara
Sena Madureira
Senador Pompeu
Serafina Corrêa
Serra Dourada
Serro
Simões
Simplício Mendes
Sinimbu
Siqueira Campos
Sobradinho
Sombrio
Sumé
Tabira
Taguatinga
Taió
Taiobeiras
Tangará
Tapejara
Tapes
Taquaritinga
Tarauacá
Tauá
Tenente Portela
Terra Nova do Norte
Teutônia
Tietê
Tramandaí
Três Pontas
Tucumã
Tucunduva
Turmalina
Tutóia
Uiraúna
Umarizal
União
Uruçuí
Valença
Valença do Piauí
Valente
Várzea da Palma
Vazante
Venda Nova do Imigrante
Veranópolis
Viana
Vigia
Vila Rica
Virginópolis
Visconde do Rio Branco
Vitorino Freire
Xaxim
Xinguara
Wenceslau Braz
Zé Doca
Referências: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Regiões de Influência das Cidades 2007 (10 de outubro de 2008), [5] Configuração da Rede Urbana do Brasil (junho de 2001)vde Roraima Portal ? Geografia, Política, Cultura, EsportesCapitalBoa VistaDivisão regional vigente (desde 2017)Regiões geográficas intermediárias e imediatasDivisão regional extinta (vigente até 2017)Mesorregiões e microrregiõesRegiões Metropolitanas e RIDEsBoa Vista ? Caracaraí ? CaroebeMais de 100.000 habitantesBoa VistaMais de 20.000 habitantesRorainópolis ? CaracaraíMais de 10.000 habitantesAlto Alegre ? Bonfim ? Mucajaí ? Cantá ? Pacaraima ? Amajari ? Iracema ? NormandiaNorte, Brasil vdeRegião Metropolitana de Boa VistaAlto Alegre ? Bonfim ? Boa Vista ? Cantá ? MucajaíRoraima, Brasil
Portal de Roraima Portal do Brasil