desenvolvimento em Barcelos

Encontre desenvolvimento em Barcelos na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Desenvolvimento

Acto ou efeito de desenvolver.
Crescimento.
Ampliação.
Minuciosidade.


Barcelos

Coordenadas: 41° 32' N 8° 37' O
Nota: Para outros significados, veja Barcelos (desambiguação).Barcelos BarcelosGentílicoBarcelense
Área378,9 km²
População120 391 hab. (2011[1])
Densidade populacional317,7 hab./km²
N.º de freguesias61
Presidente dacâmara municipalMiguel Costa Gomes
Fundação do município(ou foral)1140
Região (NUTS II)Norte
Sub-região (NUTS III)Cávado
DistritoBraga
ProvínciaMinho
Feriado municipal3 de maio
Código postal4750
Sítio oficialwww.cm-barcelos.pt
Municípios de Portugal O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre BarcelosBarcelos é uma cidade portuguesa no Distrito de Braga, região do Norte e sub-região do Cávado, com cerca de 20 625 habitantes.[2]
É sede de um município com 378,9 km² de área e 120 391 habitantes (2011),[1] subdividido em 61 freguesias. O município é limitado a norte pelos municípios de Viana do Castelo e Ponte de Lima, a leste por Vila Verde e por Braga, a sueste por Vila Nova de Famalicão, a sudoeste pela Póvoa de Varzim e a oeste por Esposende.O ponto mais elevado do concelho situa-se no alto de São Gonçalo, a 488 metros de altitude, na freguesia de Fragoso.[3]Índice1 História
2 Geografia
3 População
4 Município
5 Política5.1 Eleições autárquicas
5.2 Eleições legislativas
6 Geminações
7 Freguesias
8 Cultura8.1 Património Imóvel8.1.1 Arqueologia
8.1.2 Arquitetura civil
8.1.3 Arquitetura militar
8.1.4 Arquitetura religiosa
8.1.5 Infraestruturas desportivas
8.2 Artesanato
8.3 Cinema
8.4 Lendas e Tradições
8.5 Museus
8.6 Música
8.7 Gastronomia
8.8 Salas de espectáculos e de conferências
8.9 Barcelenses Ilustres
9 Turismo9.1 Festividades
9.2 Eventos9.2.1 na área da cidadania
9.2.2 na área do desporto
9.2.3 na área da gastronomia
9.2.4 na área da música
9.3 Espaços urbanos
9.4 Estátuas e monumentos comemorativos
9.5 Miradouros
10 Comunicação Social10.1 Televisão
10.2 Jornais
10.3 Rádios
11 Economia11.1 Transportes
12 Educação12.1 Bibliotecas
13 Saúde13.1 Acção Social
14 Ver também
15 Referências
16 Ligações externasHistória[editar | editar código-fonte]
Barcelos desde cedo é uma cidade habitada por povos como vestígios em várias zonas de Barcelos indicam.
Aproximadamente no ano de 1177, Barcelos pelas mãos de D. Afonso Henriques recebeu a carta de foral e em
1227 a cidade começava a chamar mais população. Já em 1928, Barcelos foi elevada a categoria de cidade.
Condes de Barcelos:1° Conde de Barcelos (em 1298): Conde João Afonso Teles de Meneses (Senhor de Albuquerque)
3° Conde de Barcelos: D. Pedro (filho bastardo de D. Dinis)
7° Conde de Barcelos (em 1385): D. Nuno Álvares Pereira (Condestável do Reino)
8° Conde de Barcelos (em 1401): D. Afonso (recebe o condado como dote de casamento com D. Beatriz, filha de D. Nuno Álvares Pereira)
9° Conde de Barcelos: D. Fernando I
10° Conde de Barcelos (em 1478): D. Fernando II
12° Conde de Barcelos (em 1532/1563): D. Teodósio
Geografia[editar | editar código-fonte]
O município é caracterizado por três bacias hidrográficas a do rio Cávado, rio Neiva e o rio Este.População[editar | editar código-fonte]
Número de habitantes [4]
186418781890190019111920193019401950196019701981199120012011
44 02144 73245 32246 95351 12152 06658 36068 18475 56783 21189 548103 773111 733122 096120 391(Número de habitantes que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)Município[editar | editar código-fonte]
Administrativamente o município de Barcelos, fica no distrito de Braga. É um dos vinte e três municípios portugueses com mais de 100 mil habitantes. É limitado a norte por Viana do Castelo e Ponte de Lima, a leste por Vila Verde e por Braga, a sudeste por Vila Nova de Famalicão, a sudoeste pela Póvoa de Varzim e a oeste por Esposende.
A Câmara Municipal é composta, para além do presidente, por dez vereadores. Existe uma Assembleia Municipal que é o órgão legislativo do município, constituída por um presidente, noventa deputados e os oitenta e nove Presidentes de Junta de Freguesia.ÓrgãoPSPSD/CDSMIBBEPCP-PEV
Vereadores da Câmara Municipal[5]64100
Deputados da Assembleia Municipal2924711
Presidentes de Junta de Freguesia4514200Política[editar | editar código-fonte]
Eleições autárquicas[editar | editar código-fonte]
Data%V%V%V%V%V
PPD/PSDCDS-PPPSPSD-CDSIND
197644,03523,64220,502
197949,71522,42217,452
198249,16517,92223,302
198548,89515,88125,133
198950,02511,49131,453
199351,26514,37127,743
199746,1556,21-42,604
200151,1153,18-39,324
200547,1852,88-41,774
200943,3554,66-44,526
2013CDS-PPPPD/PSD46,03634,97410,181
201741,19532,81417,902Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]
Ano%
PSDPSCDSPCPUDPADAPU/CDUFRSPRDPSNB.E.PANPàF
197643,1323,3121,512,751,13
1979AD21,35ADAPU2,0863,717,30
1980FRS1,2766,006,1121,04
198341,1831,1615,640,765,68
198545,4418,3013,161,055,7811,39
198764,1319,685,53CDU0,763,992,14
199163,3023,676,222,800,240,64
199547,8234,6411,720,472,640,29
199946,7738,348,432,710,311,01
200254,4030,099,292,281,63
200542,2937,838,542,724,20
200937,0536,7310,702,886,93
201146,9428,0910,103,213,720,49
2015PàF26,97PàF3,127,110,6953,67Geminações[editar | editar código-fonte]
Barcelos possui seis protocolos de geminação[6].mw-parser-output div.columns-2 div.column{float:left;width:50%;min-width:300px}.mw-parser-output div.columns-3 div.column{float:left;width:33.3%;min-width:200px}.mw-parser-output div.columns-4 div.column{float:left;width:25%;min-width:150px}.mw-parser-output div.columns-5 div.column{float:left;width:20%;min-width:120px}
El Jadida, Doukkala-Abda, Marrocos
Pontevedra, Galiza, Espanha
Recife, Pernambuco, Brasil
São Domingos, Ilha de Santiago, Cabo Verde Svishtov, Veliko Tarnovo Bulgária
Vierzon, Cher, FrançaFreguesias[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Lista de freguesias de Barcelos
Freguesias de Barcelos
O município é subdividido em 86 freguesias reordenadas em 61 autarquias, que são as seguintes:Abade de Neiva
Aborim
Adães
Airó
Aldreu
Alheira
Igreja Nova
Alvelos
Alvito São Pedro
Alvito São Martinho
Couto
Arcozelo
Areias
Areias de Vilar
Encourados
Balugães
Barcelinhos
Barcelos
Vila Boa
Vila Frescainha (São Martinho)
Vila Frescainha (São Pedro)
Barqueiros
Cambeses
Campo
Tamel (São Pedro Fins)
Carapeços
Carreira
Fonte Coberta
Carvalhal
Carvalhas
Cossourado
Creixomil
Mariz
Cristelo
Durrães
Tregosa
Fornelos
Fragoso
Galegos (Santa Maria)
Galegos (São Martinho)
Gamil
Midões
Gilmonde
Lama
Lijó
Macieira de Rates
Manhente
Martim
Milhazes
Vilar de Figos
Faria
Moure
Negreiros
Chavão
Oliveira
Palme
Panque
Paradela
Pereira
Perelhal
Pousa
Quintiães
Aguiar
Remelhe
Roriz
Santa Eugénia de Rio Covo
Sequeade
Bastuço (São João)
Bastuço (Santo Estêvão)
Silva
Silveiros
Rio Covo (Santa Eulália)
Tamel (Santa Leocádia)
Vilar do Monte
Tamel (São Veríssimo)
Ucha
Várzea
Viatodos
Grimancelos
Minhotães
Monte de Fralães
Vila Cova
Feitos
Vila Seca
Freguesias que pertenceram ao município de Barcelos até às reformas liberais em 1835:
- e pertencem ao município da Póvoa de Varzim - Aguçadoura, Amorim, Argivai, Balazar, Beiriz, Laúndos, Navais e Aver-o-Mar.[7]
- e pertencem ao município de Vila Nova de Famalicão todas as freguesias deste concelho, criado em 1835 por desmembramento do concelho de Barcelos.
- e pertencem ao município de Braga desde 1841- Cabreiros e Sequeira.Cultura[editar | editar código-fonte]
Património Imóvel[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Lista de património edificado em Barcelos
Em Barcelos existem onze monumentos nacionais, oito imóveis de interesse público e cinco monumentos em vias de classificação. Igreja Matriz
Torre da Porta Nova - BarcelosArqueologia[editar | editar código-fonte]
Monumento Castrejo- Galegos Sta. Maria
Monumento com forno do Monte da Saia - Carvalhas
Laje dos sinais - Carvalhas
Castro do Monte Castro - Balugães
Citânia da Carmona - Balugães
Citânia de S.Mamede - Vila Cova, Feitos, Vilar do Monte
Castro da Picarreira - Carapeços
Castro do Picoto dos Mouros - Tregosa
Necrópole de Mondim - Panque [8]
Citânia do Facho - OliveiraArquitetura civil[editar | editar código-fonte]Teatro Gil Vicente
Museu de Olaria
Solar dos Pinheiros
Casa de Santo António de Vessadas - Barcelinhos
sobre o rio CávadoPonte de Barcelos
Ponte Eiffel
Ponte (Barcelos- Santa Eugénia)
Ponte (Barcelinhos - Vila Frescaínha)
Ponte (Pousa - Areias)
Ponte (Areias - Lama - A3)
Ponte Calatrava (em projecto)
sobre o rio NeivaPonte das Tábuas - Aguiar-Balugães
Ponte de Anhel - AlheiraArquitetura militar[editar | editar código-fonte]Castelo de Faria
Muralha de Barcelos
Paço dos Condes de Barcelos
Ponte de Barcelos
Pelourinho de Barcelos
Torre do Cimo da Vila
Torre de AborimArquitetura religiosa[editar | editar código-fonte]
vdeArquitectura Religiosa de BarcelosMosteiros e conventos

Inserir ImagemIgrejas
Igreja do Bom Jesus da Cruz
Igreja de Nossa Senhora do Terço
Igreja Matriz de Santa Maria de Barcelos
Igreja de São Salvador de Vilar de Frades
Igreja da Misericórdia de Barcelos
Capelas

OutrosBarcelos, Portugal Imagem debardeira de barcelos
Infraestruturas desportivas[editar | editar código-fonte]Campos de Ténis
Centro Hípico Irmão Pedro Coelho - Areias de Vilar
Centro Hípico da Quinta do Vau - Equivau - Barqueiros
Complexo de Tiro de Fervença - Gilmonde
Estádio Adelino Ribeiro Novo
Estádio Cidade de Barcelos
Estádio da Devesa - Galegos (Santa Maria)
Pavilhão Municipal de Barcelos
Pavilhão Municipal de Campo
Piscinas Municipais de Barcelos
Pavilhões desportivos dos Agrupamentos de EscolasArtesanato[editar | editar código-fonte]
Barcelos é uma terra rica em artesanato, sendo conhecido pela capital do artesanato portuguesa. Existindo os mais diversos tipos de arte foram criadas rotas turísticas.
É conhecido pelo galo tradicional de BarcelosCinema[editar | editar código-fonte]
A cidade de Barcelos é servida por duas salas de cinema, geridas pela empresa Cinemas Cinemax. Conta, também, com o Cineclube de Barcelos, o qual realiza projeções de películas alternativas no Auditório da Biblioteca Municipal.Lendas e Tradições[editar | editar código-fonte]Lenda do alcaide de Faria
Lenda do areal de Caíde
Lenda do Barbadão
Lenda das Cobras Mouras
Lenda da Ponte
Lenda do Frade e do Passarinho
Lenda do Galo de Barcelos
Lenda de Maria Fidalga
Lendas do Milagre das Cruzes
Lenda do Penedo do Ladrão
Lenda "Os Principais de Vilar de Figos"Museus[editar | editar código-fonte]
Centro de Artesanato de Barcelos - Torre da Porta Nova
Centro de Interpretação do Galo e da Cidade de Barcelos
Galeria Municipal de Arte
Museu Arqueológico de Barcelos (Ruínas do Paço)
Museu de Olaria (Casa dos Medanhas)
Museu dos Bombeiros Voluntários de Barcelos
Museu Etnográfico de Chavão
Museu Regional e Etnográfico de Alvito
Sala Gótica dos Paços do Concelho
Música[editar | editar código-fonte]
A banda Imortalis foi a primeira a internacionalizar-se com a mini-digressão pelo estado da Bahia, em março de 2000.
A banda Oratory é uma das bandas portuguesas mais conhecidas no mundo, no género Power metal melódico.
Gastronomia[editar | editar código-fonte]
Petiscos Típicos[9]: Bacalhau frito, Pataniscas de bacalhau, Bacalhau fito com cebolada, Chispe cozido, Chouriça de carne, Sangue com broa caseira, Presunto com azeitonas, Sandes de presunto, Sardinhas salgadas cozidas, Pastelão de sardinha, Pastelão de chouriço.
Pratos Típicos[9]: Cabrito assado, Rojões à Minhota, Papas de sarrabulho, Arroz de frango caseiro, Polvo assado na brasa, Bacalhau assado na braça, Bacalhau no forno, Cozido à Portuguesa, Vitela à moda de Barcelos, Arroz de lampreia, Lampreia à Bordalesa, Cabrito à Minhota, Entrecosto no churrasco, Bife na pedra, Filetes de pescada, Coelho assado na telha, Arroz malandro com grelos à Caldo de nabos, Caldo galego, Caldo verde, Sopa de àgua do cozido.
Doces Regionais[9]: Leite-creme, Leite-creme com chila, Pudim caseiro, A bela queijadinha, Laranjinhas doces, Doces de romaria, Pão-de-ló, Paralelos e sonhos do Arantes, Brisas do Cávado abanadas, Aletria.
Salas de espectáculos e de conferências[editar | editar código-fonte]Auditório da Biblioteca Municipal
Auditório da Câmara Municipal
Auditório do Círculo Católico de Operários de Barcelos
Auditório do Museu de Olaria
Fórum São Bento Menni
Teatro Gil VicenteBarcelenses Ilustres[editar | editar código-fonte]
Naturais de Barcelos
Abel Varzim, foi sacerdote católico.
Ana Baraça, foi artesã, condecorada com a Ordem do Infante D. Henrique.[10]
Adalberto Neiva de Oliveira, é um empresário, recebeu a Grã-Cruz da Ordem do Mérito Agrícola, Comercial e Industrial
Afonso Vaz de Azevedo
António Fogaça, foi escritor.
António Barroso, foi bispo do Porto.
Barbosa Campos, foi sacerdote católico.
Bento Antas da Cruz, foi historiador e poeta barcelense.
Carlos Corrêa, é professor Emérito da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.
Fernando de Magalhães e Menezes, Conde de Vilas Boas, Oficial da Marinha, Administrador do Concelho de Esposende, Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Presidente do Sindicato Agrícola de Barcelos, Presidente da Associação Comercial de Barcelos, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos.
Fernando Pinheiro, Escritor, Ator, Encenador e Diretor Artístico
Gaspar de Faria, foi bispo de Angra
Gil Vicente, foi dramaturgo.
Henrique Ernesto de Almeida Coutinho, foi poeta e crítico.
Honório Novo, político, recebeu a medalha de Mérito Municipal, do Município de Vila Nova de Gaia.
João Garcia de Guilhade, foi trovador.
Joaquim Santos Júnior, foi professor universitário e investigador.
José Luís Nogueira de Brito, jurista e político, recebeu a Grã-Cruz da Ordem de Cristo e da Ordem do Mérito
José de Magalhães e Meneses de Vilas-Boas, foi primeiro conde de Alvelos, condecorado com a grã-cruz da Ordem de São Miguel da Ala.
Júlia Côta, artesã.
Júlia Ramalho, artesã.
Manuel Carvalho da Silva, sociólogo.
Manuel José da Costa Felgueiras Gaio, foi um genealogista.
Manuel José Gomes,
Miguel Cadilhe, político e economista.
Pêro de Barcelos, foi um navegador.
Rosa Ramalho, foi artesã, condecorada com o grau de Dama da Ordem de Sant'Iago da Espada.
Rui Faria, Treinador de Futebol.
Teotónio da Fonseca, foi historiador.
Alfredo Côrte-Real, escritor, investigador, Director do Instituto D. João VI, Director do Conselho das Ordens Dinásticas, condecorado com a Grã-Cruz da Ordem Militar de São Sebastião Dita da Frecha, Grande Oficial Comendador da Real Ordem da Trindade, Cavaleiro da Ordem de S. Miguel da Ala e Cavaleiro com Placa de Ouro da Ordem Constantiniana de S. Jorge
Sá de Miranda, foi poeta.
Damião Peres, foi o diretor da Obra sobre a História de Portugal.
Nun'Alvares Pereira - viveu em BarcelosTurismo[editar | editar código-fonte]Rota da cestaria e do vime
Rota da madeira
Rota do ferro e derivados
Rota do figurado
Rota dos bordados e tecelagemFestividades[editar | editar código-fonte]
Peregrinação Arciprestal ao Santuário de Nossa Senhora do Rosário do Monte da Franqueira
Festa das Cruzes - Anualmente entre 1 e 3 de maio
Procissão do Senhor dos Passos - realiza-se anualmente em Cambeses,Barcelos, Manhente, Areias de Vilar, Remelhe e Lama.
Festas da Isabelinha
Eventos[editar | editar código-fonte]Festival de Teatro de Barcelos - Setembro e Outubro
Art&Tur - Festival Internacional de Filmes de Turismo
Feira do Livro de Barcelos
Moda Barcelos
Mostra de Arte Jovem
Mostra de Artesanato
Barcelos Cidade Medieval
na área da cidadania[editar | editar código-fonte]
Semana Europeia da Mobilidade
Mostra de Produtos Biológicos
Feira das Associações de Barcelos
na área do desporto[editar | editar código-fonte]
Grande Prémio de Atletismo da Silva
Caça ao Tesouro - A.B.A.S
Maratona BTT 5 Cumes
Rali de Barcelos
Maratona BTT - Raid do Facho
XCO - Citânea do Facho - Roriz
Prémio de Ciclismo de Roriz
Prémio de Atletismo de Roriz
na área da gastronomia[editar | editar código-fonte]
Papas de Sarrabulho à moda de Barcelos (março)
Fim-de-semana do Bacalhau (junho)
Fim-de-semana do Arroz Pica no Chão (novembro)
Galo na Gastronoma Barcelense (março)
Concurso do Galo Assado (outubro)
Concurso Barcelos Doce (dezembro)
Exposição Doce Folar da Páscoa (Páscoa)
na área da música[editar | editar código-fonte]
Arredas Folk Fest - Tregosa
Barcelos para a Música
Cellos Rock - Barragem Penide - Areias São Vicente
Festival Bandas de Barcelos
Festival Malhão - Lijó
Festival NAA
Queima das Fitas - Barcelos
Milhões de Festa - Festival de Verão
Souto Rock - Roriz
Subscuta - Festival de Música AlternativaEspaços urbanos[editar | editar código-fonte]alameda das Barrocas
avenida da Liberdade
campo 5 de Outubro
jardim das Barrocas
jardim Velho
largo do Apoio
largo da Porta Nova
parque da Cidade
passeio dos Assentos
Parque Municipal
Parque Fluvial de Barcelos - uma obra de arquitetura paisagística que faz a interligação entre a cidade de Barcelos e o rio Cávado.
praça PontevedraEstátuas e monumentos comemorativos[editar | editar código-fonte]estátua de D. António Barroso
estátua dos Alcaides de Faria
estátua ao Professor Primário
estátua de Francisco Sá Carneiro
estátua de João Duarte
monumento ao Bombeiro VoluntárioMiradouros[editar | editar código-fonte]
Miradouro do Escadório da Paixão - Cambeses
miradoura da Junceda - Gamil
Comunicação Social[editar | editar código-fonte]
Na atualidade existem duas rádios, quatro jornais semanários generalistas, um jornal tematico, e um canal de televisão via internet.Televisão[editar | editar código-fonte]
Barcelos TV]
Jornais[editar | editar código-fonte]A Voz do Minho - Generalista
Jornal Rock Rola em Barcelos - Temático, sobre música.
Barcelos Popular - Generalista
Cávado Jornal - Generalista
Jornal de Barcelos - Generalista
Barcelos na Hora - Generalista (online)[2]Rádios[editar | editar código-fonte]
Rádio Barcelos em 91.9FM
Rádio Cávado em 102.4FM
Economia[editar | editar código-fonte]
Setor primário - existem grandes áreas dedicadas à agricultura, nomeadamente produção de forragens para alimentação de animais bovinos, sendo o maior produtor leiteiro nacional.[11] Dada a importância do setor agrícola a maior "empresa" a operar neste concelho é a Cooperativa Agrícola de Barcelos.
No ano de 2007 o volume de leite produzido foi de mais do que 139 milhões de litros, diminuindo 2,07 % relativamente
a 2006, ou seja, menos cerca de 3 milhões de litros, aumentando o valor do leite pago à produção no mesmo período de
43 milhões de euros para 48,5 milhões de euros.[12]
No subsetor da vitinicultra integra a região demarcada dos vinhos verdes, sendo que existem várias quintas com produção e marca própria. A Quinta de Azevedo, propriedade da Sogrape, com as marcas Quinta de Azevedo e Gazela, Quinta Convento da Franqueira, Quinta de Paços, Sociedade Agrícola Quinta de Santa Maria, Quinta de Vilar de Frades, Quinta do Barco, Quinta do Bosque, Vinhos Boucinha, Vinhos Campelo.Setor secundário - Barcelos é sede de grupos económicos com dimensão nacional e internacional, dos quais se destacam: Ana Sousa, Avianense,?
Setor terceário -
Transportes[editar | editar código-fonte]
Autoestradas
Destinos
A 3
Porto - A 7 Vila Nova de Famalicão - Braga - Martim (Barcelos) - A 27 Ponte de Lima - Valença - Espanha
A 11
A 28 Apúlia (Esposende) - N 205 - Barcelos - Martim (Barcelos) - Braga
Via rápidas
Destinos
EN 103
Vilar do Monte - Nó de Vila Frescainha (São Martinho) - Nó de Barcelinhos - Nó da A 11 - Nó de Rio Covo (Santa Eugénia).
Via Rápida de Cintura Interna
Nó de Rio Covo de (Santa Eugénia) - Nó de Barcelos - Nó com a EN205 - Central de Camionagem - Fonte Luminosa - Nó Vila Frescaínha (São Martinho).
Estradas Nacionais
Destinos
EN 103
Neiva - Barcelos - Braga - Póvoa de Lanhoso - Vieira do Minho - Montalegre - Boticas - Chaves - Vinhais - Bragança
EN 103-1
Barcelos - Esposende
EN 204
Ponte de Lima - Balugães - Carapeços - Barcelos - Viatodos - Vila Nova de Famalicão
EN 205
Arco de Baúlhe - Vila de Prado - Barcelos - Póvoa de Varzim
EN 305
Vila Praia de Âncora - Palme - Aldreu - Fragoso - Lanheses
EN 306
Macieira de Rates - Pedra Furada - Barcelos - Roriz - Alheira - Panque - Freixo - Ponte de Lima - Paredes de Coura
EN 308
Foz do rio Lima - Balugães - Rio de Onor
O município de Barcelos é servido pelos serviços de duas linhas dos Caminhos de Ferro Portugueses - CP, a Linha de Braga[13] e a Linha do Minho.[14] A Linha de Braga com o serviço de comboio urbano e a Linha do Minho com serviço de comboio regional, interregional e internacional, este com ligação a Vigo. A Linha de Braga com uma estação no concelho, em Cambeses, a Linha do Minho com sete estações no concelho de Barcelos: Carreira, Midões, Barcelos, Silva, Carapeços, Tamel, Durrães.Domingos da Cunha & Ca., Lda.
Transdev
Linhares
Rede Expressos
Ao nível da oferta de gás natural é serviço pelo gasoduto Braga-Tui, sendo atravessado pelo ramal Barcelos-Esposende e Barcelos-Viana do Castelo.
Na atualidade não existem aeroportos, heliportos nem linhas fluviais comerciais ou turísticas.Educação[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Lista de escolas em Barcelos
Ao nível do ensino superior no município está instalado um Instituto Politécnico, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave. Existem seis escolas, públicas, com ensino secundário: Escola Básica e Secundária de Vila Cova, Escola Básica e Secundária de Vale D'Este, Escola Básica e Secundária de Vale do Tamel, Escola Secundária Alcaides de Faria, Escola Secundária de Barcelos, Escola Secundária de Barcelinhos, um Conservatório de Música, quatro escolas profissionais, oito Escolas Básicas (2º e 3º ciclo), noventa e sete escolas do primeiro ciclo e setenta e oito estabelecimentos dedicados ao ensino pré-escolar. Barcelos é servido pelos serviços dos seguintes colégios: Colégio Didálvi (2º, 3º ciclo e Secundário), Colégio La Salle e o Colégio Menino de Deus (1º Ciclo).
O município barcelense, como outros municípios portugueses, está a reformular a distribuição e qualidade dos equipamentos de ensino oferecidos, sendo que para este efeito serão construídos Centros Educativos.
A educação é um pilar fundamental para o desenvolvimento de uma sociedade: mais justa, mais formada, mais competitiva, com maior grau de participação cívica e com maior chance de empregabilidade. Assim sendo, importa referir que existe neste municipío existe uma taxa de analfabetismo de 7% e uma taxa de abandono escolar de 3% e baixo número de Licenciados.Bibliotecas[editar | editar código-fonte]
Arquivo Municipal
Biblioteca Municipal de Barcelos
Bibliotecas dos Agrupamentos de Escolas
Saúde[editar | editar código-fonte]
Ao nível da sáude o município é servido por um hospital distrital, o Hospital de Santa Maria Maior, EPE - Barcelos, um hospital privado, um centro de saúde, o Centro de Saúde de Barcelos-Barcelinhos, com dezasseis extensões de saúde:Unidade de saúde familiar de Santo António,
Unidade de saúde familiar Senhora da Lapa - Aborim,
Extensão de saúde de Alheira,
Extensão de saúde de Alvito,
Extensão de saúde de Carapeços,
Extensão de saúde de Fragoso,
Extensão de saúde de Lama,
Extensão de saúde de Lijó,
Extensão de saúde de Vila Cova,
Extensão de saúde de Macieira de Rates,
Extensão de saúde de Martim,
Extensão de saúde de Pedra Furada,
Extensão de saúde de Sequeade,
Extensão de saúde de Silveiros,
Extensão de saúde de Viatodos,
Unidade de saúde de familiar Alcaides de Faria - Vila Seca.
Existe a Casa de Saúde de São João de Deus em Barcelos e a Casa de Saúde de São José em Areias de Vilar ambas pertencentes à Ordem Hospitaleira de São João de Deus as quais destinam-se, essencialmente, ao tratamento e/ou internamento de doentes do foro psiquiátrico.Acção Social[editar | editar código-fonte]
O concelho é servido por IPSS que prestam serviços como: Creche, ATL, Infantário, Centro de Dia, Lar de Idosos.Ver também[editar | editar código-fonte]
Lenda do Galo de Barcelos
Referências? a b «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 5 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2013 ? Instituto Nacional de Estatística? Carta militar de Portugal 1:25 000. Continente, série M888 ; folha 55 - Carapeços : Barcelos, Lisboa : I.G.E., 1997, ISBN 972-764-939-4? Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes ? «Câmara Municipal de Barcelos.» ? Erro de citação: Código inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Câmara Municipal de Barcelos
? Portal da Póvoa de Varzim? Revista da Faculdade de Letras, Mário Jorge Barroca? a b c Barcelos-Gastronomia? «Ana Baraça». CM Barcelos. Consultado em 2 de Outubro de 2013 ? CGAB? http://www.agribar.pt/Dev/modules/dGC/files/Relatorio_Contas.pdf Cooperativa Agrícola de Barcelos - Relatório de Contas 2007, página 10? [1]? Linha Porto-Valença-Vigo: Horário/Estações dos Caminhos de Ferro em Barcelos
Ligações externas[editar | editar código-fonte]
Barcelos - Website em colaboração com a Câmara Municipal de Barcelos e Turismo de Portugal
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Barcelos
Concelhos Portugueses com mais de 100 mil habitantes
Lisboa |
Sintra |
Vila Nova de Gaia |
Porto |
Cascais |
Loures |
Braga |
Matosinhos |
Amadora |
Almada |
Oeiras |
Gondomar |
Seixal |
Guimarães |
Odivelas |
Coimbra
Santa Maria da Feira |
Vila Franca de Xira |
Maia |
Vila Nova de Famalicão |
Leiria |
Setúbal |
Barcelos |
FunchalvdeDistrito de BragaCapital BragaNUTS III Ave (Sul) ? Cávado (Norte)Concelhos Amares ? Barcelos ? Braga ? Cabeceiras de Basto ? Celorico de Basto ? Esposende ? Fafe ? Guimarães ? Póvoa de Lanhoso ? Terras de Bouro ? Vieira do Minho ? Vila Nova de Famalicão ? Vila Verde ? VizelaSubdivisões de Portugal
Nutsll