desenvolvimento e hospedagem de site em Rio Verde


Encontre desenvolvimento e hospedagem de site em Rio Verde na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Desenvolvimento

Acto ou efeito de desenvolver.
Crescimento.
Ampliação.
Minuciosidade.


Hospedagem

Acto ou efeito de _hospedar_.
Hospedaria.

Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.?Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico) As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro. Nota: Para outros significados, veja Rio Verde (desambiguação).Município de Rio Verde
"Capital do Agronegócio""Grande Rio Verde"
Vista da Zona Central de Rio VerdeBandeiraBrasãoHino
Fundação5 de agosto de 1848 (170Â anos)
Gentílicorio-verdense
Padroeiro(a)São Sebastião
Prefeito(a)Paulo Faria do Vale (PMDB)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Rio Verde em GoiásRio Verde Localização de Rio Verde no Brasil
17° 47' 52" S 50° 55' 40" O17° 47' 52" S 50° 55' 40" O
Unidade federativaGoiás
MesorregiãoSul Goiano IBGE/2008 [1]
MicrorregiãoSudoeste de Goiás IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofesAparecida do Rio Doce, Cachoeira Alta, Caiapônia, Castelândia, Jataí, Maurilândia, Montividiu, Paraúna, Quirinópolis, Santa Helena de Goiás e Santo Antônio da Barra
Distância até a capital238Â km
Características geográficas
Área8Â 388,295 km² [2]
População229 651 hab. (GO: 4º) ? estimativa IBGE/2018[3]
Densidade27,38 hab./km²
Altitude748 m
ClimaTropical
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,754 (GO: 6º) ? alto PNUD/2010[4]
PIBR$ 8Â 338Â 518Â 13 IBGE/2016[5]
PIB per capitaR$ 39Â 288Â 71 IBGE/2016[6]
Página oficial
Prefeiturahttp://www.rioverde.go.gov.brRio Verde é um município brasileiro do interior do estado de Goiás, Região Centro-Oeste do país. Segundo estimativas de 2018, sua população é de 229Â 651[3] habitantes, sendo o quarto mais populoso de Goiás, ficando atrás apenas da capital Goiânia e das cidades de Aparecida de Goiânia e Anápolis.Índice1 História
2 Economia2.1 Indicadores socioeconômicos
3 Bacia do Paraná
4 Frota
5 Geografia
6 Esporte6.1 Futebol
7 Saúde
8 Bairros
9 Ver também
10 Referências
11 Ligações externasHistória[editar | editar código-fonte]
A ocupação do sudoeste goiano se deu no início do século XIX com a isenção de pagamento de impostos por 10 anos pela Lei nº 11 para criadores de gado bovino e equino na região sul de Goiás. Por volta do ano de 1840, chegaram à região José Rodrigues de Mendonça, sua esposa, Florentina Cláudia de São Bernardo e filhos que se estabeleceram a seis léguas de Rio Verde, no que viria a ser a Fazenda São Tomás.
Em 25 de agosto de 1846, José Rodrigues e sua mulher doaram sete sesmarias de Suas terras para o patrimônio da igreja e construção de uma capela em louvor a Nossa Senhora das Dores, A partir daí, surgiu o Arraial de Nossa Senhora das Dores do Rio Verde.
Em 5 de agosto de 1848, através da Lei Provincial, a Vila foi elevada à categoria de Distrito de Rio Verde. Vista parcial da cidade de Rio Verde
De acordo com a Lei nº 08 de 6 de novembro de 1854, o povoado de Dores do Rio Verde foi elevado à categoria de Vila.
O grande marco de arrancada para o desenvolvimento aconteceu na década de 1970. Com a abertura dos cerrados à agricultura e a chegada das estradas pavimentadas que a ligam a Goiânia e Itumbiara, a agricultura começou a florescer e atraiu produtores do sul e do sudeste do país. Também vieram agricultores americanos que fundaram uma colônia. Todos eles trouxeram maquinários, tecnologias, recursos e experiências que transformaram o município em um dos maiores produtores de grãos de Goiás e um dos destaques do país. Não por outra razão, o poeta Leo Lynce, iniciador da corrente modernista na literatura goiana, no poema "Rio Verde", década de 1940, registra "Rio Verde de agora...que mudança!/ Colmeia de trabalho e de bonança,/ que do progresso brilha no apogeu."Economia[editar | editar código-fonte]
No recente crescimento do agronegócio brasileiro, a cidade de Rio Verde tem se destacado por contar com uma considerável estrutura agroindustrial e uma importante cooperativa agrícola, a Comigo.
Outras empresas do segmento do agronegócio também atuam no município como: Cargill - que conta com uma unidade de extração e refino de óleo de soja -, Grupo Cereal - insumos agrícolas (barter), armazenagem de grãos, esmagamento de soja (produção de farelo e óleo degomado), desativação de soja, nutrição animal (rações, proteinados, sais minerais e ureados) e exportação (trade) -, e ainda a Brejeiro - atendendo apenas a produtores da região na recepção de grãos -, que agregam valor à sua produção agrícola.
O município é o maior produtor de soja do estado, com uma média produzida de 579.600 toneladas.[7] É também um importante produtor de arroz, milho, algodão, sorgo, feijão e girassol.[8] Conta ainda com um importante plantel bovino, avícola e suíno. Destaque também para o processamento industrial de carnes de aves e suínos da BRF, abate de bovinos por meio de uma planta industrial do Marfrig e indústrias no segmento de embalagens metálicas, plásticas e celulose. Bem como também de implementos rodoviários.
O turismo local se baseia em feiras e eventos ligados ao agronegócio como a Expo Rio Verde, feira agropecuária organizada pelo Sindicato Rural de Rio Verde e que já conta com a realização de mais de 55 edições e a Tecnoshow - Comigo, que é uma feira nacional direcionada ao segmento de tecnologia agrícola.[9] Outras como de ecoturismo, rodeios e a recepção do turismo de negócios por meio da Sudoexpo, direcionada ao segmento empresarial como um todo que acontece bienalmente em anos pares, realizada pela Associação Comercial e Industrial de Rio Verde (ACIRV).[10] Para atender tal demanda, a cidade possuí mais de trinta hotéis, com mais de mil e quinhentos leitos, dentre eles, um de padrão internacional franqueado da rede Blue Tree Hotels.
O Aeroporto de Rio Verde, conta com pista asfaltada de 1500 m, iluminação, terminal de passageiros, e possui voos diários atendidos pela Azul Linhas Aéreas com destino a Campinas.[carece de fontes?]
O município conta com mais de cinquenta escolas próprias de primeiro grau, vinte e quatro escolas estaduais de primeiro e segundo grau e vinte particulares. Conta com cinco instituições de ensino superior - Universidade de Rio Verde (UniRV), o Instituto Federal Goiano (IFGoiano), a Faculdade Almeida Rodrigues, a Faculdade Objetivo e ainda mais três centros de ensino profissionalizante do Sistema "S" como o Sesi/Senai,[11] o Senac[12] e o SEST e SENAT.[13]
A cidade conta com sete estações de rádio (96FM, Morada do Sol FM, Líder FM, Cidade FM, Clube FM, Serra Dourada Rio Verde FM e Rio Verde AM), quatro emissoras de televisão, sendo uma geradora de informações locais afiliada a Rede Anhanguera e Rede Globo [14] e outra como a Rede Sucesso (Record), mais uma operadora de TV a cabo digital e seis jornais e revistas. É atendida ainda pelas quatro maiores operadoras de celulares do país OI, Vivo, Claro e TIM, além de outras duas no segmento de telefonia fixa, internet e TV por assinatura: OI e GVT.
Rio Verde detinha em 2012 um Produto Interno Bruto PIB de pouco mais 6 bilhões e 264 milhões e 991 mil reais - se mantendo como o quarto maior do Estado de Goiás -, o que dividido pela estimativa de seu número de habitantes no mesmo ano, lhe dá um produto per capita de: R$ 33.779,90.
Em 2010 o município registrou o maior crescimento na agropecuária do país, saltando do 12º lugar para o topo do ranking nacional. A partir do ano seguinte o município entra em estagnação econômica e perde a posição para a também cidade goiana de Cristalina, o que resultou numa perda de R$ 100 milhões de reais no seu PIB em 2010, reduzindo também sua participação na economia do município por habitante, ocasionando uma perda de R$ 2.561,58. Ou seja, a cidade ficou mais pobre. [15]
Mas apesar de ainda ser um município rico, Rio Verde ainda não conseguiu erradicar os bolsões de pobreza verificados em suas periferias. E mesmo com tantas escolas, cursos técnicos disponíveis e superiores, existe uma enorme dificuldade de os jovens da cidade conseguirem se qualificar, dado aos horários de estudo e trabalho serem inconciliáveis pela maioria, que trabalha nas agroindústrias do segmento de carnes e processamento de grãos, e ainda pela incompatibilidade de renda e o custo dos cursos.
Com isso a indisponibilidade de mão de obra qualificada (que é a principal queixa dos empresários locais, que os quais importam essa mão-de-obra de outros estados do Sul e Sudeste do país), dificilmente será um problema solucionado no curto prazo.
O município vive a expectativa da entrega do trecho sul da Ferrovia Norte-Sul, a qual já se encontra praticamente em sua fase final de conclusão e ainda, da implantação do terminal de cargas multimodal que atenderá à demanda por transporte de grãos, bem como também, a exportação dos produtos industrializados produzidos nele.Indicadores socioeconômicos[editar | editar código-fonte]
PIB municipal (2013)
[16] R$ 7,199 bilhões
PIB per capita (2013)
[17] R$ 36.539,06
Composição do PIB (2013)[18]
Valor adicionado bruto da agropecuária: R$ 1.058,687 milhões
Valor adicionado bruto da indústria: R$ 1.981,652 bilhão
Valor adicionado bruto dos serviços: R$ 2.715,868 bilhão
Impostos sobre produtos líquidos de subsídios: R$ 735,436 milhões
Bacia do Paraná[editar | editar código-fonte]
A ANP constatou através de um levantamento aerogravimétrico - avaliação da estrutura interna do solo por meio de aviões com auxílio de um instrumento que avalia a diferença de gravidade interna abaixo da terra. Que a Bacia do Paraná apontou indícios de petróleo e gás entre as cidades de Ribeirão Preto (SP) e Rio Verde. Com 1,1 milhão de quilômetros quadrados, a Bacia do Paraná fica localizada no continente entre o Sul e o Centro-Oeste do Brasil e, pelo fato de o Brasil ter privilegiado a exploração de petróleo e gás no mar, seu potencial ainda é praticamente desconhecido. Os estudos da ANP para a avaliação da região estão orçados em R$ 100 milhões, e serão concluídos até 2011.[19]Frota[editar | editar código-fonte]
Área central de Rio Verde
A cidade conta com uma frota de 126.149 veículos registrados[20] em maio de 2016, sendo
52.360 automóveis, 3.822 caminhões, 13.037 caminhonetes, 2.588 camionetas, 30.034 motocicletas, 12.893 motonetas,
599 ônibus, 373 micro-ônibus, entre outros.[carece de fontes?]Geografia[editar | editar código-fonte]
Sua topografia é plana levemente ondulada com 5% de declividade, com altitude média de 748 metros, e o clima é mesotérmico úmido, apresentando duas estações bem definidas: uma chuvosa (de outubro a abril) e outra seca (maio a setembro). A temperatura média anual varia entre 20Â °C e 25Â °C. A vegetação é constituída de cerrado e matas residuais. Seu solo é do tipo latossolo vermelho escuro com texturas argilosa e areno-argilosa.
Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), desde 1971 a menor temperatura registrada em Rio Verde foi de 0,7Â °C em 18 de julho de 2000,[21] e a maior atingiu 39,5Â °C em 19 de outubro de 2007.[22] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 149,9Â mm em 10 de dezembro de 1978. Outros grandes acumulados foram 137,2Â mm em 12 de março de 2000, 133,6Â mm em 17 de dezembro de 2000, 129,1Â mm em 5 de fevereiro de 2007, 114,3Â mm em 20 de março de 2007, 108,3Â mm em 6 de novembro de 1979, 104,6Â mm em 19 de novembro de 1976, 104,2Â mm em 4 de dezembro de 1981, 102,4Â mm em 12 de fevereiro de 2012 e 102,1Â mm em 23 de janeiro de 1985.[23]Dados climatológicos para Rio Verde
MêsJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
Temperatura máxima recorde (°C)35,535,434,733,933,633,933,736,538,439,536,434,7 39,5
Temperatura máxima média (°C)29,23029,929,728,328,228,630,93231,830,129,4 29,8
Temperatura média compensada (°C)23,623,823,723,221,320,720,722,624,224,623,923,5 23
Temperatura mínima média (°C)19,519,419,218,215,714,514,215,417,61919,119,4 17,6
Temperatura mínima recorde (°C)1413,49,46,12,31,50,756,29,710,113,6 0,7
Precipitação (mm)258,6211,4267,1102,337,714,79,913,949,5136,2239272,6 1Â 612,9
Dias com precipitação (? 1 mm)181516831125111519 114
Umidade relativa compensada (%)80,278,1797266,859,952,545,952,964,573,978,8 67
Horas de sol132,5159,3171,9214,2226,9224,3239,9229,9175,7165,3148,178,8 2Â 166,8
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) (normal climatológica de 1981-2010;[24] recordes de temperatura: 01/11/1971 a 18/06/1990 e a partir de 01/01/1996)[21][22]
Esporte[editar | editar código-fonte]
Torcida Alviverde
Futebol[editar | editar código-fonte]
O município conta com três times profissionais, dentre eles se destaca o Esporte Clube Rio Verde, chamado pelos mais fanáticos de "Verdão do Sudoeste", o Rio Verde sempre foi um clube bastante competitivo, em 1995 o verdão chegou as semifinais, quando caiu diante do forte Vila Nova de Goiânia, mesmo ano que encerrou suas atividades, Voltando a jogar no ano de 2009 pela terceira divisão do campeonato goiano, o clube esteve próximo do acesso, porém terminou a competição na terceira colocação, uma vez que subiram os dois primeiros colocados. Em 2012, com uma campanha regular na primeira fase e uma recuperação incrível na segunda do Goianão Chevrolet 2012, a equipe manteve-se entre os 8 melhores, permanecendo na 7ª colocação, obtendo 5 vitórias, 4 empates e 9 derrotas, dos 18 jogos disputados na primeira fase. Em 2013, entra como favorita pela classificação à segunda fase do Campeonato Goiano de Futebol de 2013.Saúde[editar | editar código-fonte]
O município conta com seis hospitais: Hospital Presbiteriano Doutor Gordon, Hospital Santa Terezinha, Hospital Municipal Universitário, UPA Dr. José Povoa Mendes, Hospital do Câncer de Rio Verde, que em 2017 recebeu 4 milhões em investimento articulados pelo senador Wilder Morais junto ao Ministério da Saúde[25], e o Hospital da Unimed.Bairros[editar | editar código-fonte]
Zona Oeste
Morada do Sol;
Bairro Odília;
Jardim Tocantins;
Jardim Presidente;
Laranjeiras;
lourdes;
Setor Universitário;
Água Santa;
Vila Verde;
Vitória Régia;
Interlagos.
Zona Noroeste
Canaã;
Mondale;
Betel;
Vila Menezes;
Santa Luzia;
Solar dos Ataídes;
Serpró.
Zona Sudoeste
Campestre;
Solar do Agreste;
Buriti I e II;
Boungainville;
Vila Mariana;
Promissão;
Santa Cruz I e II;
Recanto do Bosque;
Jardim Floresta;
Setor dos Funcionários;
São Tomás I, II e III;
Jardim Atalaia;
Jardim Helena;
Serra Dourada.
Zona Sul
Renovação;
Vila Amália I e II;
Mutirão;
Jardim das Margaridas;
Gameleiras I e II;
Vila Carolina;
Santo Antônio;
Bandeirantes;
Jardim Brasília;
Jardim Adriana.
Zona Central
Centro;
Jardim Neves;
Jardim Marconal;
Setor Oeste;
Jardim América;
Jardim Goiás;
Vila Borges;
Vila Moraes;
Medeiros;
Vila Olinda;
Jardim Cruvinel;
Santo André;
Santa Bárbara.
Zona Leste
Industrial;
Vila Maria;
Nova Vila Maria;
Santo Antônio de Lisboa;
Santo Agostinho;
Popular;
São João;
São Joaquim;
Dona Gercina;
Maranata;
Veneza;
Arco-Íris;
Pauzanes;
André Luiz;
Eldorado;
Martins.
Zona Norte
Dimpe;
Céu Azul;
Liberdade;
Primavera;
Maurício Arantes;
Dom Miguel;
Parque dos Girassóis;
Monte Sião;
Valdeci Pires.Ver também[editar | editar código-fonte]
Estação Rodoviária de Rio Verde
Imigração neerlandesa no Brasil
Lista de municípios do Brasil acima de cem mil habitantes
Referências? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008Â ? IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010Â ? a b «Estimativa populacional 2018 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2018. Consultado em 2 de setembro de 2018Â ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 2 de agosto de 2013Â ? https://www.ibge.gov.br/estatisticas-novoportal/economicas/contas-nacionais/9088-produto-interno-bruto-dos-municipios.html?t=destaques&c=5218805 |Produto-Interno-Bruto-dos-Municipios-IBGE/2016? https://www.ibge.gov.br/estatisticas-novoportal/economicas/contas-nacionais/9088-produto-interno-bruto-dos-municipios.html?t=destaques&c=5218805 |Produto-Interno-Bruto-dos-Municipios-IBGE/2016? http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/temas.php?lang=&codmun=521880&idtema=18&search=goias%7Crio-verde%7Cproducao-agricola-municipal-cereais-leguminosas-e-oleaginosas-2007? «Cópia arquivada». Consultado em 6 de outubro de 2008. Arquivado do original em 8 de fevereiro de 2009Â ? http://www.tecnoshowcomigo.com.br/? http://www.acirv.com.br/? «Cópia arquivada». Consultado em 22 de junho de 2014. Arquivado do original em 25 de julho de 2014Â ? http://www.go.senac.br/portal/conteudo/onde-estamos#? http://www.sestsenat.org.br/paginas/Unidade.aspx?u=181? http://sucom.redeglobo.com.br/atlas2004/mapas/php/con_emissora.php?pexib=RVD&puf=GO[ligação inativa]? «Cópia arquivada» (PDF). Consultado em 26 de março de 2016. Arquivado do original (PDF) em 7 de abril de 2016Â ? http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/temas.php?lang=&codmun=521880&idtema=152&search=goias%7Crio-verde%7Cproduto-interno-bruto-dos-municipios-2013? http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/temas.php?lang=&codmun=521880&idtema=152&search=goias%7Crio-verde%7Cproduto-interno-bruto-dos-municipios-2013? http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/temas.php?lang=&codmun=521880&idtema=152&search=goias%7Crio-verde%7Cproduto-interno-bruto-dos-municipios-2013? Prefeitura Municipal de Ribeirão preto. «Bacia do Paraná - Petóleo e Gás». Consultado em 29 de agosto de 2009. Arquivado do original em 18 de junho de 2012Â ? http://www.denatran.gov.br/frota2016.htm? a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura mínima (°C) - Rio Verde». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 10 de maio de 2018Â ? a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura máxima (°C) - Rio Verde». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 10 de maio de 2018Â ? «BDMEP - série histórica - dados diários - precipitação (mm) - Rio Verde». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 10 de maio de 2018Â ? «NORMAIS CLIMATOLÓGICAS DO BRASIL». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 10 de maio de 2018Â ? «A pedido de Wilder, Hospital do Câncer de Rio Verde recebe R$ 4 milhões». Consultado em 11 de junho de 2018Â
LYNCE, Leo. "Rio Verde". In: Poesia Quase Completa. Goiânia, Editora da UFG, 1997, p. 293.
Ligações externas[editar | editar código-fonte]
Site oficial da prefeitura
vde Hierarquia urbana do Brasil
Demografia do Brasil
Municípios do Brasil
vdeMetrópolesMetrópoles globais
São Paulo
Metrópoles nacionais
Brasília
Rio de Janeiro
Metrópoles regionais
Belém
Belo Horizonte
Curitiba
Fortaleza
Goiânia
Manaus
Porto Alegre
Recife
Salvador
vdeCapitais regionaisCapitais regionais A
Aracaju
Campinas
Campo Grande
Cuiabá
Florianópolis
João Pessoa
Maceió
Natal
São Luís
Teresina
Vitória
Capitais regionais B
Blumenau
Campina Grande
Cascavel
Caxias do Sul
Chapecó
Feira de Santana
Ilhéus/Itabuna
Joinville
Juiz de Fora
Londrina
Maringá
Ribeirão Preto
São José do Rio Preto
Uberlândia
Montes Claros
Palmas
Passo Fundo
Porto Velho
Santa Maria
Vitória da Conquista
Capitais regionais C
Araçatuba
Araguaína
Arapiraca
Araraquara
Barreiras
Bauru
Boa Vista
Cachoeiro de Itapemirim
Campos dos Goytacazes
Caruaru
Criciúma
Divinópolis
Dourados
Governador Valadares
Ijuí
Imperatriz
Ipatinga/Coronel Fabriciano/Timóteo
Juazeiro do Norte/Crato/Barbalha
Macapá
Marabá
Marília
Mossoró
Novo Hamburgo/São Leopoldo
Pelotas/Rio Grande
Petrolina/Juazeiro
Piracicaba
Ponta Grossa
Pouso Alegre
Presidente Prudente
Rio Branco
Santarém
Santos
São José dos Campos
Sobral
Sorocaba
Teófilo Otoni
Uberaba
Varginha
Volta Redonda/Barra Mansa
vdeCentros sub-regionaisCentros sub-regionais A
Alfenas
Anápolis
Apucarana
Bacabal
Bagé
Barbacena
Barra do Garças
Barretos
Bento Gonçalves
Botucatu
Cabo Frio
Caçador
Cáceres
Caicó
Cajazeiras
Campo Mourão
Castanhal
Catanduva
Caxias
Colatina
Crateús
Erechim
Floriano
Foz do Iguaçu
Franca
Francisco Beltrão
Garanhuns
Guanambi
Guarabira
Guarapuava
Iguatu
Irecê
Itajaí
Itaperuna
Itumbiara
Jacobina
Jaú
Jequié
Ji-Paraná
Joaçaba
Lages
Lajeado
Lavras
Limeira
Macaé
Manhuaçu
Muriaé
Nova Friburgo
Ourinhos
Paranaguá
Paranavaí
Parnaíba
Passos
Pato Branco
Patos
Patos de Minas
Pau dos Ferros
Paulo Afonso
Picos
Pinheiro
Poços de Caldas
Ponte Nova
Quixadá
Redenção
Rio Claro
Rio do Sul
Rio Verde
Rondonópolis
Santa Cruz do Sul
Santa Inês
Santa Rosa
Santo Ângelo
Santo Antônio de Jesus
São Carlos
São João da Boa Vista
São Mateus
Serra Talhada
Sinop
Sousa
Teixeira de Freitas
Toledo
Tubarão
Ubá
Umuarama
Uruguaiana
Centros sub-regionais B
Abaetetuba
Assu
Afogados da Ingazeira
Alagoinhas
Altamira
Andradina
Angra dos Reis
Araranguá
Araras
Araripina
Arcoverde
Ariquemes
Assis
Avaré
Balneário Camboriú
Balsas
Bom Jesus da Lapa
Bragança
Bragança Paulista
Breves
Brumado
Brusque
Cacoal
Cametá
Campo Maior
Capanema
Caratinga
Carazinho
Cataguases
Chapadinha
Cianorte
Concórdia
Conselheiro Lafaiete
Cruz Alta
Cruz das Almas
Cruzeiro do Sul
Currais Novos
Eunápolis
Frederico Westphalen
Guaratinguetá
Gurupi
Itabaiana
Itaberaba
Itaituba
Itajubá
Itapetininga
Itapeva
Itapipoca
Itaporanga
Ituiutaba
Ivaiporã
Janaúba
Linhares
Mafra
Palmares
Paragominas
Parintins
Pedreiras
Presidente Dutra
Registro
Resende
Ribeira do Pombal
Santana do Ipanema
Santo Antônio da Platina
São João del-Rei
São Lourenço
São Miguel do Oeste
São Raimundo Nonato
Senhor do Bonfim
Tefé
Teresópolis
Tucuruí
União da Vitória
Valença
Viçosa
Videira
Vilhena
Vitória de Santo Antão
Xanxerê
vdeCentros de zonaCentros de zona A
Acaraú
Açailândia
Adamantina
Além Paraíba
Almeirim
Almenara
Alta Floresta
Amparo
Aquidauana
Aracati
Aracruz
Araçuaí
Arapongas
Araxá
Assis Chateubriand
Barra do Corda
Barreiros
Bebedouro
Belo Jardim
Birigui
Bom Jesus
Caçapava do Sul
Cachoeira do Sul
Caetité
Caldas Novas
Camacan
Camaquã
Campo Belo
Campos Novos
Canindé
Canoinhas
Capelinha
Carangola
Carpina
Catalão
Catolé do Rocha
Caxambu
Ceres
Cerro Largo
Codó
Colinas do Tocantins
Conceição do Araguaia
Conceição do Coité
Cornélio Procópio
Corumbá
Corrente
Cruzeiro
Curitibanos
Cururupu
Curvelo
Diamantina
Diamantino
Dianópolis
Dois Vizinhos
Dracena
Encantado
Esperantina
Estância
Estrela
Fernandópolis
Formiga
Frutal
Governador Nunes Freire
Goiana
Goiás
Guanhães
Guaporé
Guaraí
Guaxupé
Ibaiti
Ibirubá
Icó
Imbituba
Ipiaú
Iporá
Irati
Itabaiana
Itabira
Itacoatiara
Itamaraju
Itapetinga
Ituverava
Jacarezinho
Jales
Jandaia do Sul
Januária
Jaru
Jataí
João Câmara
João Monlevade
Juína
Jundiaí
Lagarto
Lagoa Vermelha
Laranjeiras do Sul
Limoeiro
Limoeiro do Norte
Lins
Loanda
Macau
Macaúbas
Mamanguape
Marau
Maravilha
Marechal Cândido Rondon
Medianeira
Mineiros
Mirassol d'Oeste
Mogi Guaçu
Monteiro
Montenegro
Morrinhos
Mundo Novo
Naviraí
Nossa Senhora da Glória
Nova Andradina
Nova Prata
Nova Venécia
Oeiras
Olímpia
Osório
Ouricuri
Palmas
Palmeira das Missões
Palmeira dos Índios
Pará de Minas
Paraíso do Tocantins
Parauapebas
Patrocínio
Penápolis
Penedo
Pesqueira
Pinhalzinho
Pirapora
Pires do Rio
Piripiri
Pombal
Ponta Porã
Porangatu
Porto Nacional
Porto Seguro
Primavera do Leste
Propriá
Quirinópolis
Rolim de Moura
Russas
Salgueiro
Salinas
Santa Fé do Sul
Santa Inês
Santa Maria da Vitória
Santo Antônio de Pádua
Santiago
São Bento do Sul
São Borja
São Félix do Araguaia
São Gabriel
São Jerônimo
São José do Rio Pardo
São Luís de Montes Belos
São Luiz Gonzaga
São Miguel dos Campos
Sarandi
Seabra
Serrinha
Soledade
Sorriso
Surubim
Tabatinga
Taquara
Tatuí
Telêmaco Borba
Tijucas
Timbaúba
Timbó
Tocantinópolis
Torres
Três Corações
Três de Maio
Três Lagoas
Três Passos
Três Rios
Tupã
Unaí
União dos Palmares
Uruaçu
Vacaria
Venâncio Aires
Votuporanga
Xique-Xique
Centros de zona B
Abaeté
Abelardo Luz
Abre Campo
Afonso Cláudio
Água Boa
Água Branca
Águas Formosas
Aimorés
Alegrete
Alexandria
Alto Araguaia
Alto Longá
Alto Parnaíba
Amambai
Amarante
Amargosa
Andirá
Andradas
Anicuns
Anísio de Abreu
Aparecida
Apiaí
Apodi
Araguaçu
Araguari
Araguatins
Araioses
Araputanga
Arara
Araruama
Araruna
Arcos
Arinos
Arroio do Meio
Arvorezinha
Auriflama
Avelino Lopes
Baependi
Bambuí
Bariri
Barra
Barra Bonita
Barra de São Francisco
Barra do Bugres
Barras
Barracão
Bataguassu
Batalha
Bela Vista
Belém do São Francisco
Bicas
Boa Esperança
Boa Vista do Buricá
Bom Jardim de Minas
Bom Jesus do Itabapoana
Boquira
Braço do Norte
Brasileia
Brejo Santo
Buritis
Caculé
Camapuã
Cambuí
Camocim
Campina da Lagoa
Campo Novo do Parecis
Campos Altos
Campos Belos
Canguaretama
Canindé de São Francisco
Canto do Buriti
Capanema
Capão da Canoa
Capim Grosso
Capinzal
Capitão Poço
Capivari
Caracol
Carauari
Carmo do Paranaíba
Carutapera
Casca
Cassilândia
Castelo
Castelo do Piauí
Cerejeiras
Chapadão do Sul
Chopinzinho
Cícero Dantas
Coelho Neto
Colíder
Colinas
Coluna
Comodoro
Confresa
Congonhas
Constantina
Coronel Vivida
Coxim
Cristal do Sul
Crixás
Cruz
Cruzília
Curimatá
Delmiro Gouveia
Desterro
Dores do Indaiá
Entre Rios de Minas
Esperantinópolis
Espírito Santo do Pinhal
Espumoso
Euclides da Cunha
Eirunepé
Extrema
Fátima
Faxinal
Floresta
Fortaleza dos Nogueiras
Fronteiras
Gandu
Garça
Garibaldi
General Salgado
Getúlio Vargas
Gilbués
Goianésia
Goiatuba
Goioerê
Grajaú
Guaíra
Guajará-Mirim
Guaraciaba do Norte
Guararapes
Horizontina
Ibicaraí
Ibirama
Ibotirama
Ilha Solteira
Indaial
Inhumas
Ipanema
Ipu
Iracema
Itaberaí
Itacarambi
Itamonte
Itaocara
Itapaci
Itapajé
Itapiranga
Itápolis
Itapuranga
Itaqui
Itararé
Itaúna
Ituporanga
Iturama
Jaciara
Jacutinga
Jaguaquara
Jaguariaíva
Jaguaribe
Jaicós
Jardim
Joaíma
João Pinheiro
Juara
Jussara
Lábrea
Lago da Pedra
Lagoa da Prata
Lambari
Leme
Leopoldina
Livramento de Nossa Senhora
Lorena
Lucas do Rio Verde
Lucélia
Luzilândia
Machado
Malacacheta
Manga
Mantena
Maracaçumé
Matão
Matinhos
Miranda
Miracema do Tocantins
Mirinzal
Mococa
Monte Alegre
Monte Alto
Monte Aprazível
Monte Carmelo
Mostardas
Muçum
Nanuque
Natividade
Nazaré
Neópolis
Niquelândia
Nonoai
Nossa Senhora das Dores
Nova Londrina
Nova Mutum
Nova Petrópolis
Oliveira
Orlândia
Osvaldo Cruz
Olho d'Água das Flores
Ouro Fino
Ouro Preto do Oeste
Palmeira
Palmeira d'Oeste
Palmeirópolis
Pão de Açúcar
Paracatu
Paraguaçu Paulista
Paraisópolis
Paramirim
Paranacity
Paranaíba
Parelhas
Passa-e-Fica
Patu
Paulistana
Peçanha
Pedra Azul
Pedro II
Pedro Afonso
Peixoto de Azevedo
Piancó
Pinheiro Machado
Pio XII
Piraju
Piracuruca
Pitanga
Pitangui
Piumhi
Poções
Ponte Serrada
Pontes e Lacerda
Porteirinha
Porto Calvo
Porto União
Posse
Presidente Epitácio
Presidente Getúlio
Presidente Juscelino
Presidente Venceslau
Princesa Isabel
Prudentópolis
Quatis
Quedas do Iguaçu
Rancharia
Resplendor
Riachão do Jacuípe
Rio Bonito
Rio Negro
Rio Pomba
Rio Real
Rodeio Bonito
Roncador
Rubiataba
Salto do Jacuí
Salvador do Sul
Sananduva
Sanclerlândia
Santa Bárbara
Santa Cruz
Santa Cruz da Baixa Verde
Santa Cruz do Rio Pardo
Santa Filomena
Santa Helena
Santa Luzia
Santa Luzia do Paruá
Santa Maria do Suaçuí
Santa Vitória do Palmar
Santana
Santana do Livramento
Santo Antônio
Santo Antônio da Patrulha
Santo Augusto
Santos Dumont
São Bento (Maranhão)
São Bento (Paraíba)
São Benedito
São Domingos
São Francisco
São Gabriel da Palha
São Gotardo
São João Batista
São João do Ivaí
São João do Piauí
São João dos Patos
São João Nepomuceno
São Joaquim da Barra
São José do Cedro
São José do Egito
São João do Rio do Peixe
São João Evangelista
São José do Cedro
São Lourenço do Oeste
São Mateus do Sul
São Miguel
São Miguel do Araguaia
São Miguel do Tapuio
São Paulo do Potengi
São Sebastião
São Sebastião do Caí
São Valentim
São Vicente Férrer
Sapé
Seara
Sena Madureira
Senador Pompeu
Serafina Corrêa
Serra Dourada
Serro
Simões
Simplício Mendes
Sinimbu
Siqueira Campos
Sobradinho
Sombrio
Sumé
Tabira
Taguatinga
Taió
Taiobeiras
Tangará
Tapejara
Tapes
Taquaritinga
Tarauacá
Tauá
Tenente Portela
Terra Nova do Norte
Teutônia
Tietê
Tramandaí
Três Pontas
Tucumã
Tucunduva
Turmalina
Tutóia
Uiraúna
Umarizal
União
Uruçuí
Valença
Valença do Piauí
Valente
Várzea da Palma
Vazante
Venda Nova do Imigrante
Veranópolis
Viana
Vigia
Vila Rica
Virginópolis
Visconde do Rio Branco
Vitorino Freire
Xaxim
Xinguara
Wenceslau Braz
Zé Doca
Referências: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Regiões de Influência das Cidades 2007 (10 de outubro de 2008), [1] Configuração da Rede Urbana do Brasil (junho de 2001)
vde Goiás Portal ? Geografia, Política, Cultura, EsportesCapitalGoiâniaDivisão regional vigente (desde 2017)Regiões geográficas intermediárias e imediatasDivisão regional extinta (vigente até 2017)Mesorregiões e microrregiõesRegiões Metropolitanas e RIDEsDistrito Federal e Entorno ? GoiâniaMais de 100.000 habitantesGoiânia ? Aparecida de Goiânia ? Anápolis ? Rio Verde ? Luziânia ? Águas Lindas de Goiás ? Valparaíso de Goiás ? Trindade ? Formosa ? Novo Gama ? Itumbiara ? Senador Canedo ? CatalãoMais de 50.000 habitantesJataí ? Planaltina ? Caldas Novas ? Goianésia ? Santo Antônio do Descoberto ? Cidade Ocidental ? MineirosCentro-Oeste, Brasil
vdeMaiores municípios da região Centro-Oeste do Brasil por populaçãoBrasília  • Goiânia  • Campo Grande  • Cuiabá  • Aparecida de Goiânia  • Anápolis  • Várzea Grande  • Rondonópolis  • Dourados  • Rio Verde  • Luziânia  • Águas Lindas de Goiás  • Valparaíso de Goiás  • Sinop  • Trindade  • Corumbá  • Três Lagoas  • Formosa  • Itumbiara

POSTAGENS RELACIONADOS


DESENVOLVIMENTO E HOSPEDAGEM DE SITE EM RIO VERDE DE MATO GROSSO


desenvolvimento e hospedagem de site em Rio Verde de Mato Grosso

Encontre desenvolvimento e hospedagem de site em Rio Verde de Mato Grosso na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

DESENVOLVIMENTO E HOSPEDAGEM DE SITE EM RIO VERMELHO


desenvolvimento e hospedagem de site em Rio Vermelho

Encontre desenvolvimento e hospedagem de site em Rio Vermelho na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

DESENVOLVIMENTO E HOSPEDAGEM DE SITE EM RIOLÂNDIA


desenvolvimento e hospedagem de site em Riolândia

Encontre desenvolvimento e hospedagem de site em Riolândia na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

DESENVOLVIMENTO E HOSPEDAGEM DE SITE EM RIOZINHO


desenvolvimento e hospedagem de site em Riozinho

Encontre desenvolvimento e hospedagem de site em Riozinho na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO