desenvolvimento de sites curitiba em Itaquaquecetuba


Encontre desenvolvimento de sites curitiba em Itaquaquecetuba na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Desenvolvimento

Acto ou efeito de desenvolver.
Crescimento.
Ampliação.
Minuciosidade.


Município de Itaquaquecetuba
"Cidade Presépio""Itaquá"
Rodovia Ayrton Senna, que corta a cidadeBandeiraBrasãoHino
Aniversário8 de setembro [1]
Fundação8 de setembro de 1560 (458Â anos)
Emancipação28 de outubro de 1953 (65Â anos)
Gentílicoitaquaquecetubano [2]
Padroeiro(a)Nossa Senhora D'Ajuda
CEP08570-000 até 08599-999
Prefeito(a)Mamoru Nakashima (PSDB)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Itaquaquecetuba em São PauloItaquaquecetuba Localização de Itaquaquecetuba no Brasil
23° 29' 09" S 46° 20' 52" O23° 29' 09" S 46° 20' 52" O
Unidade federativaSão Paulo
Região intermediária
São Paulo IBGE/2017 [3]Região imediata
São Paulo IBGE/2017Região metropolitanaSão Paulo
Municípios limítrofes7 Norte: Arujá Leste: Mogi das CruzesOeste: São Paulo e Guarulhos Sul: Suzano e Poá
Distância até a capital42,6Â km[4]
Características geográficas
Área82,622 km² IBGE/2017
População366 519 hab. (SP: 20º) ? estimativa IBGE/2018
Densidade4Â 436,09 hab./km²
Altitude790 m
ClimaTropical de altitude [5]Â Cwa
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,714 alto IBGE/2010
PIBR$ 6507690.31 mil[6] IBGE/2018
PIB per capitaR$ 18Â 240,37 IBGE/2018
Página oficial
Prefeiturawww.itaquaquecetuba.sp.gov.br
Câmarawww.camaraitaquaquecetuba.sp.gov.brItaquaquecetuba, ou simplesmente Itaquá,[7] é um município brasileiro do estado de São Paulo, localizado na Região Metropolitana de São Paulo e Alto Tietê.
Distante 42,6 quilômetros a nordeste da cidade de São Paulo,[4] e 1Â 041 quilômetros de Brasília, capital federal.[8] Fundada aproximadamente entre 1560 e 1563 por jesuítas liderados pelo padre José de Anchieta. Os primórdios do município se encontram na Capela Católica de Nossa Senhora da Ajuda, igreja que foi fundada pelo próprio padre.[9][10]
É uma das cidades mais populosas do Brasil. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população do município na estimativa de 2017 era de 360Â 657 habitantes, sendo o vigésimo município mais populoso de São Paulo, e o septuagésimo primeiro mais populoso do país; com uma área de 82,622 quilômetros quadrados, o que resulta numa densidade demográfica de 3Â 895,24 habitantes por quilômetro quadrado.[11] O clima de Itaquaquecetuba é, como em toda a região metropolitana de São Paulo, o subtropical, onde a média de temperatura anual gira em torno dos 18Â °C.[12][13]
Itaquaquecetuba está entre os 10 municípios brasileiros que mais tiveram avanços nos últimos 20 anos no combate à desigualdade social em 2014,[14] possuindo também o 169º melhor produto interno bruto entre os municípios brasileiros.[15] Ficou em 199º lugar na lista das cidades com maior taxas de homicídios por grupo de 100 mil habitantes.[16] Itaquaquecetuba possui uma forte vocação industrial por causa de sua localização geográfica: pelo município, passam rodovias como a SP-66, SP-56, SP-88 e a Rodovia Ayrton Senna, que liga o município a cidades como Mogi das Cruzes, Poá, Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Arujá. O município também faz divisa com outros grandes centros urbanos, como a capital estadual e Guarulhos.[13]Índice1 Etimologia
2 História
3 Geografia3.1 Clima
4 Galeria de fotos
5 Secretarias
6 Demografia6.1 Bairros
6.2 Moradias irregulares
6.3 Pobreza
6.4 Ligações Irregulares
6.5 Etnias
7 Comunicações
8 Saúde
9 Religião9.1 Igrejas
10 Transportes10.1 Trens
10.2 Ônibus
10.3 Rodovias
11 Educação
12 Meio ambiente
13 Economia
14 Símbolos oficiais
15 Ver também
16 Referências
17 Bibliografia
18 Ligações externasEtimologia[editar | editar código-fonte]
O nome do município está ligado à planta taquara (ta'kwar), palavra de origem tupi.
O nome Itaquaquecetuba veio do tupi antigo falado pelos índios que habitavam algumas das aldeias próximas à região do Alto Tietê, incluindo a própria aldeia de Itaquá. O nome significa amplamente "lugar abundante de taquaras cortantes como facas", através da junção dos termos ta'kwar/taqua (taquara), kysé/quicé (faca) e tyba/tuba (ajuntamento ou lugar abundante em).[17] O termo formou-se por taquaquicé-tuba, o que, posteriormente, proveu o nome Itaquaquecetuba, adotado pelo padre jesuíta, José de Anchieta, no período da colonização portuguesa do município.[18]
O motivo pelo qual a espécie de bambu taquara, que, à época, servia para fazer instrumentos cortantes tal como a navalha, ter servido como topônimo do município, é a sua abundância na região do Alto Tietê no início da colonização portuguesa.[19] Por isso, seu significado completo é "ajuntamento de taquaras-faca". Porém, além de sua abundância no período do Brasil Colonial, é importante ressaltar que, quando o padre jesuíta José de Anchieta estava fundando as aldeias, existia um imenso taquaral, margeando os rios Tietê e Tipoia, localizado próximo a Itaquaquecetuba à época, o que contribuiu na criação do topônimo indígena da cidade.[20][21]História[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: História de Itaquaquecetuba
A origem do município de Itaquaquecetuba remonta a uma das doze aldeias fundadas pelo padre jesuíta José de Anchieta em sua longa permanência no Brasil. Sua criação se deve ao padre João Álvares, morador da Vila de Mogi das Cruzes, que, em 1610, obteve uma sesmaria que deu origem a uma fazenda e capela particular, sob a invocação de Nossa Senhora da Ajuda. Após sua morte, os jesuítas passaram a administrar Itaquaquecetuba, estabelecida na beira do Rio Tietê, para catequizar os índios.[22] Município de Itaquaquecetuba sob a presença do presidente da província de São Paulo, Bernardo Gavião Peixoto. Anteriormente, teve sua primeira vila denominada Nossa Senhora da Ajuda.
Nas décadas de 10 e 20 do século XVII, entretanto, a aldeia ficou quase deserta já que, por ordem de Fernão Dias, desejoso de ter um maior controle dos índios catequizados, a maior parte de sua população foi transferida para aldeia de São Miguel, mais próxima a São Paulo, onde havia sido erguida uma nova capela.[23]
A população recomeçaria a crescer apenas em 1624, quando o padre João Álvares, construtor da capela da Conceição de Guarulhos e também da de São Miguel, decidiu levantar em sua propriedade, localizada bem ao lado da aldeia de Itaquaquecetuba, um oratório em louvor a Nossa Senhora da Ajuda que, em seguida, tornar-se-ia capela "que serviu de núcleo à povoação, legando-a, por sua morte, ao colégio dos jesuítas".[9] Este foi o marco inicial da povoação, que logo viria a se fixar em seu redor, com o nome, justamente, de Nossa Senhora da Conceição de Itaquaquecetuba, recuperando, assim, o topônimo do antigo aldeamento, elevado à freguesia pela lei Nº 17, de 28 de Fevereiro de 1838.
O primeiro censo realizado na Aldeia de Nossa Senhora d'Ajuda, em 1765, apresentou os seguintes resultados: 59 "iogos" que eram habitados por 109 mulheres e 117 homens.
Pouco cresceu a aldeia que neste estado permaneceu quase duzentos anos. Foi com a inauguração da Variante da Estrada de Ferro Central do Brasil em 1925 que Itaquaquecetuba começou a crescer e a prosperar.[24]
A denominação reduzida para Itaquaquecetuba ocorreu somente no século XX, quando se separou de Mogi das Cruzes, com sua elevação a município, e com o território do respectivo distrito, pela lei Nº 2.456 , de 30 de dezembro de 1953,[10] posta em execução a 1 de janeiro de 1954. Como município, ficou constituído de um único distrito, o de Itaquaquecetuba.[24]
A rigor, o topônimo significa ajuntamento ou reunião de taquaras-faca (uma espécie de taboca ou taquara com cujos ramos, cortantes, se faziam facas), e é formado pela composição de takûara (taquara, taboca), kysé (faca) e tyba (ajuntamento, reunião, abundância), referindo-se a um imenso taquaral que existia na aldeia, no tempo de sua fundação, margeando os rios Tietê e Tipóia. O "i" parece que é uma prefixação arbitrária, isto é, não vem do tupi, e talvez tenha sido motivado pela grande quantidade de topônimos formados pela palavra pedra em tupi, que é itá. Em Itaquaquecetuba, passa a linha imaginária do Trópico de Capricórnio.[24]Geografia[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Região Metropolitana de São Paulo
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Itaquaquecetuba é um município do estado de São Paulo, localizado no alto tietê na região metropolitana da capital, e na microrregião de Mogi das Cruzes e na mesorregião metropolitana de São Paulo[25]. Possui uma área municipal de cerca de 81,8 quilômetros quadrados e uma população de 325 518 pessoas, tendo uma densidade demográfica de 3 935,75 habitantes por quilômetro quadrado.[26] O produto interno bruto do município é classificado como médio, assim como o índice de desenvolvimento humano, que foi classificado com 0,744 pontos, segundo a Confederação Nacional dos Municípios.[27]Clima[editar | editar código-fonte]
O clima do município, como em toda a Região Metropolitana de São Paulo, é o Subtropical. O verão é em boa parte pouco quente e chuvoso. O inverno ameno e subseco. A média de temperatura anual gira em torno dos 18Â °C, sendo o mês mais frio julho (média de 14Â °C) e o mais quente fevereiro (média de 21Â °C). O índice pluviométrico anual fica em torno de 1400Â mm.[28]
Dados climatológicos para Itaquaquecetuba
MêsJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
Temperatura máxima média (°C)25,525,624,823,221,520,519,820,921,822,623,524,4 22,8
Temperatura média (°C)2121,120,318,516,515,214,515,516,717,918,919,9 18
Temperatura mínima média (°C)16,616,715,913,811,59,99,210,211,613,214,415,5 13,2
Precipitação (mm)232222176705745344276141133191 1Â 419
Fonte: Climate-Data.org[28] Galeria de fotos[editar | editar código-fonte]
Secretarias[editar código-fonte]Secretário(a)
Secretaria
DAVI MARQUES
ABASTECIMENTO E SEGURANÇA ALIMENTAR
RENATO MOREIRA
ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO
MARIA A. M. R. DA FONSECA
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
ROGÉRIO DIAS MESQUITA
ASSUNTOS JURÍDICOS
LUIZ CARLOS GINACHI
CULTURA
JORGE SAOHAN ASATO
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
FABIANA D. C. F. DA COSTA
DESENVOLVIMENTO SOCIAL
JANE MOURA SANTOS
EDUCAÇÃO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
RONALDO FERNANDES NAVA
ESPORTE E LAZER
WILLIAM S. M. HARADA
FINANÇAS
LUCIMAR JARDIM
FUNDO SOCIAL DE SOLIDARIEDADE
LUIZ CARLOS GINACHI
GOVERNO
ROBERTO KIMURA
HABITAÇÃO
GILSON FIDELIS
MEIO AMBIENTE E SANEAMENTO
ROBERTO KIMURA
OBRAS
GILSON FIDELIS
PLANEJAMENTO
CARGO VAGO
POLÍTICAS PARA MULHERES
VANUSIA FERNANDES PEREIRA
RECEITADemografia[editar | editar código-fonte]
Câmara Municipal da cidade, na Vila Virgínia.
Com uma área de cerca de 81 quilômetros quadrados, o município possui uma população estimada em 321 854, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O município possui uma densidade demográfica de 3 935,75 habitantes por quilômetro quadrado.«Como Chegar - Itaquaquecetuba». Viagarr. Consultado em 9 de maio de 2012Â
Ano
População
Homens
Mulheres
População Urbana
População Rural
2000
272 942
136 213
136 729
272 942
0
2010
321 854
158 597
163 257
321 854
0
Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 24,66
Expectativa de vida (anos): 67,10
Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,94
Taxa de alfabetização: 90,81%
Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,744IDH-M Renda: 0,651
IDH-M Longevidade: 0,702
IDH-M Educação: 0,880
(Fonte: IPEADATA e IBGE)Bairros[editar | editar código-fonte]
Avenida Ítalo Adami, que liga o centro da cidade ao bairro do Rancho Grande.
Ver também: Lista de bairros de Itaquaquecetuba
A cidade de Itaquaquecetuba possui mais de 400 bairros em uma área de aproximadamente 81,7Â km², dente os principais bairros de Itaquaquecetuba estão a Cidade Kemel, que está igualmente dividido em outros três municípios, São Paulo, Poá e Ferraz de Vasconcelos.
Segundo o Mapa de Assentamento Urbano do município, o mesmo está divido nos distritos Centro, Vila Virgínia, Estação, Pedreira, Vila Esperança, Morro Branco, Acafrão, Luciana, Rancho Grande, Cidade Kemel, Campo Venda, Una, Pinheirinho, Ribeiro, Pium, Campo Limpo, Jardim Odete, Mandi, Jaguari, Sítio Mato Dentro,Jardim do Carmo, Rio Abaixo, Corredor, Marengo Alto e Baixo, Perobal, Cuiabá e São Bento.Moradias irregulares[editar | editar código-fonte]
O município possui atualmente cerca de 160 mil pessoas que moram em áreas de assentamento irregular (cerca de 47,7% da população do município) de acordo com dados da prefeitura, os bairros que se apresentam em pior situação são Piratininga, Jardim Miray e Morro da Pipóca [29]. Esse problema se inicia na década de 1920, quando o então distrito mogiano de Itaquaquecetuba passou por um crescimento desordenado. Os custos baixos dos terrenos atraíram pessoas de diversos lugares, que consequentemente incentivavam amigos e parentes para morar no distrito[15].
Em Itaquaquecetuba, existem terrenos com cinco casas e pessoas que constroem as casas e vendem a laje, sem nenhum controle sobre a ocupação e a utilização do solo, diferentemente do que ocorre em outros municípios[29].
A Prefeitura, o Governo do Estado e o Governo Federal estão iniciando projetos de construção de casas e apartamentos nos bairros mais problemáticos e, no caso de algumas favelas, estão iniciando projetos de urbanização.[30]Pobreza[editar | editar código-fonte]
Jardim Luciana, bairro da periferia do município.
De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município de Itaquaquecetuba é o que tem a maior incidência de pobreza da Região do Alto Tietê e o quarto mais pobre do Estado de São Paulo. Essa afirmação tem, como base, o Mapa da Pobreza e Desigualdade 2003 divulgado pelo IBGE. O mapa traz uma série de indicadores e utiliza, como base: as Pesquisas de Orçamentos Familiares 2002/2003 e o Censo de 2000 do IBGE. A pobreza é definida a partir de critérios técnicos definidos por especialistas que analisam a capacidade de consumo das pessoas, sendo considerada pobre aquela pessoa que não consegue ter acesso a uma cesta alimentar e a bens mínimos necessários para a sua sobrevivência.[31]
De acordo com a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados e o Instituto do Legislativo Paulista da Assembleia Legislativa dos Estado de São Paulo, o município integra o grupo cinco na pesquisa que integra todos os 645 municípios do Estado de São Paulo. Neste grupo, estão incluídas localidades pobres com baixos índices de escolaridade e longevidade. A lista é elaborada com base nos indicadores sociais de cada município. Na lista, todos os municípios do Estado de São Paulo estão divididos em grupos, sendo que o grupo dois é o mais rico e o grupo cinco o mais pobre.[32]Ligações Irregulares[editar | editar código-fonte]
Segundo levantamento da concessionária EDP Bandeirante Energia, o município é o que possui o maior número de ligações clandestinas de energia (conhecidas como "gatos") entre os municípios da Região do Alto Tietê em que a concessionária presta serviços - exceto Santa Isabel e Arujá, que são atendidas pela concessionária Elektro. No município, existem cerca de 4 500 ligações clandestinas, o que equivale a 80% do total. Mogi das Cruzes ocupa o segundo lugar na lista regional, com 623 ligações clandestinas.
A assessoria de imprensa da concessionária diz que os furtos de energia são mais comuns em áreas onde existem mais moradias irregulares.[33] Pelas características do município em relação a esse quesito, o resultado do levantamento era previsto.[30]Etnias[editar | editar código-fonte]Cor/RaçaPercentagem
Brancos41,9%
Negros11,8%
Pardos42,4%
Amarelos3,4%
Indígenas0,7%Fonte: IBGEComunicações[editar | editar código-fonte]
A cidade foi atendida pela Companhia Telefônica Brasileira (CTB) até 1973[34], quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), que transferiu a concessão para a Companhia Telefônica da Borda do Campo (CTBC)[35]. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[36], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[37] para suas operações de telefonia fixa.Saúde[editar | editar código-fonte]
O município abriga a 7ª melhor maternidade do Estado de São Paulo, o Hospital Geral de Itaquaquecetuba obteve a nota 8,936 na pesquisa de satisfação dos usuários do Sistema Único de Saúde. Esse levantamento foi elaborado pela Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo no período de março de 2009 e janeiro de 2010, ao todo foram 158 mil pacientes entrevistados de 630 estabelecimentos.
Em um outro estudo para identificar as melhores unidades do Sistema Único de Saúde, os hospitais Regional de Ferraz de Vasconcelos "Dr. Osíres Florindo Coelho" e o Luzia de Pinho Melo de Mogi das Cruzes não ficaram entre as 35 melhores na lista. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo foram feitos 2993 partos no período. A unidade possui estrutura para partos de alto risco, mas a maioria (79,2%) são normais. O hospital possui 10 leitos de UTI neonatal, 7 leitos semi-intensivos e 10 leitos de berçário patológico.
A primeira colocada na pesquisa de satisfação dos pacientes dos Sistema Único de Saúde é o Hospital Santa Marcelina de Itaquera (São Paulo), o hospital tirou nota 9,126.[38]Religião[editar | editar código-fonte]
Igrejas[editar | editar código-fonte]
A praça Padre João Álvares; ao fundo, pode-se observar a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Ajuda, localizada no centro do município.
De acordo com os dados oficiais do censo IBGE 2010, a população de Itaquaquecetuba é composta de maioria católica, apresentando, ainda, fiéis de diversas religiões como espiritismo, religiões afro-brasileiras e diversas denominações de igrejas pentecostais e algumas igrejas protestantes . protestantes.
A comunidade católica de Itaquaquecetuba está ligada à Diocese de Mogi das Cruzes. A cidade tem, como padroeira, "Nossa Senhora D'Ajuda". Seu dia é comemorado em 8 de setembro, mesmo dia de aniversário da cidade, sendo feriado municipal.
No dia 27 de Novembro, no município tem a Festa de Nossa Senhora das Graças, no Jardim Lúciana
A Igreja Católica apresenta diversas paróquias, comunidades e pastorais na cidade, entre as quais destacam-se: Paróquia Nossa Senhora D'Ajuda; Paróquia Santos Apóstolos; Paróquia Nossa Senhora do Carmo; Paróquia Cristo Redentor; Paróquia Nossa Senhora das Graças; Paróquia Nossa Senhora Aparecida; Paróquia de São Bartolomeu , entre outras áreas pastorais e comunidades presentes na cidade.
A cidade possui uma grande variedade de igrejas e seitas de religiões diferentes, mas abriga em maior quantidade as protestantes, sendo o município da Região do Alto Tietê que abriga mais igrejas evangélicas. De acordo com o cadastro na prefeitura, são 880 igrejas evangélicas, entre pentecostais e neopentecostais. O município também tem a maior variedade de diversidade entre as igrejas: são, ao todo, de acordo com o mesmo cadastro, 25 credos diferentes. Alguns nomes de igrejas situadas na cidade: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Igreja Cristo Centro Itaquá, Igreja Renascer, O Brasil para Cristo, Igreja pentecostal, Congregação cristã, IEPSJC - Igreja Evangélica Pentecostal do Senhor Jesus Cristo, A última colheita, Holiness, Igreja Batista, Igreja presbiteriana, Igreja Quadrangular, Internacional da Graça de Deus, Igreja Universal e Assembleia de Deus. A Assembleia de Deus possui 251 sedes no município, com diversos ministérios, sendo o Ministério Belém o mais numeroso, com aproximadamente 70 templos. O chamado "Cinturão Pentecostal", além de abranger Itaquaquecetuba e outros municípios da região, está presente em bairros da periferia da Zona Leste de São Paulo, onde há também um grande número de igrejas evangélicas.[39]Transportes[editar | editar código-fonte]
Trem da Linha 12 - Safira da CPTM estacionado na estação Aracaré.
Letreiro da cidade na SP-66.
Trens[editar | editar código-fonte]
O município é servido pelos trens urbanos de passageiros da Linha 12 da CPTM, contando com três estações: Aracaré, Itaquaquecetuba e Manoel Feio. Também é servido pela ferrovia Variante do Parateí, atualmente sob concessão da MRS Logística, que a utiliza para transporte de cargas.Ônibus[editar | editar código-fonte]
As linhas de ônibus municipais estão sob concessão à empresa Expresso Planalto, do grupo CSC. O município também é servido por linhas de ônibus intermunicipais da EMTU-SP, através do Consórcio Unileste, que ligam Itaquaquecetuba aos municípios de Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Poá, Santa Isabel, São Paulo e Suzano. Existem algumas linhas do Consórcio Internorte que liga alguns bairros de Itaquaquecetuba aos municípios de Arujá, Guarulhos e São Paulo.Rodovias[editar | editar código-fonte]
O município é cortado e servido pelas seguintes rodovias:SP-70 - Rodovia Ayrton Senna;
SP-21 - Rodoanel Mário Covas;
SP-66 - Rodovia João Afonso de Souza Castellano (Antiga Estrada São Paulo-Rio);
SP-56 - Rodovia Alberto Hinoto (Estrada de Santa Isabel);
SP-88 - Rodovia Pedro Eroles (Rodovia Mogi-Dutra), que corta o bairro de São Bento.
Educação[editar | editar código-fonte]
Ver também: Lista de escolas de Itaquaquecetuba
Atualmente, o município conta com 43 escolas estaduais, várias da rede municipal e escolas profissionalizantes. Itaquaquecetuba tem um índice de alfabetização de 95%. No ensino superior público, a cidade conta com a Faculdade de Tecnologia de Itaquaquecetuba (FATEC), já no superior privado, conta com um campus da Universidade Guarulhos (UNG) com a Universidade Universus Veritas (UNIVERITAS)[40] e dois pólos com cursos a distância, um da Universidade Paulista (UNIP) e outro da Universidade Braz Cubas (UBC). O município também abriga uma Escola Técnica Estadual do Centro Paula Souza, localizada no bairro Jardim Miray, próximo a divisa com a cidade de Poá.[41]
De acordo com o Ministério da Educação, as escolas do município têm as piores notas no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) da Região do Alto Tietê. Das 22 escolas de ensino fundamental com as notas mais baixas, 16 são do município. A Escola Professora Odila Leite dos Santos obteve nota 2,2 em uma escala de 0 a 10, a pior nota entre as escolas da Região do Alto Tietê. Uma escola de país desenvolvido, de acordo com o Ministério da Educação, necessita obter uma nota igual ou acima de 6.[42]
Em 2017 foi inaugurado um Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo no município. O IFSP - Campus Itaquaquecetuba[43] fica localizado no bairro da Estação na Rua Primeiro de Maio, 500 e possui cursos de Licenciatura em Matemática, Técnico em Mecânica (Subsequente/Concomitante e Integrado ao Ensino Médio) e Preparatório Para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).Meio ambiente[editar | editar código-fonte]
O município possui um Parque Ecológico situado no centro, bem próximo da estação de Itaquaquecetuba. Este abriga a sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Saneamento, Defesa Civil, Banco de Alimentos, Escola Municipal Vereador Augusto Dos Santos de Ensino Integral, Escola Ambiental, Escolinha de Trânsito, três quadras, quiosques com churrasqueira, playground, lago (com pedalinhos que não funcionam há muito tempo), dois viveiros de plantas, academia ao ar livre e a academia do Idoso. As pessoas se organizam durante o dia para pedalar, correr, caminhar e levar seus cães para passear. Também está sendo construído um canil da Guarda Civil Municipal (GCM). Algumas vezes, o parque cede espaço para eventos de cunho sociocultural. No entanto, as águas que lhe rodeiam são poluídas e ainda falta manutenção.
O município também fará parte de uma área de proteção ambiental onde esta previsto que será instalado um parque, o Parque Várzeas do Tietê. O parque estará localizado nas áreas de várzeas do Rio Tietê entre os municípios de São Paulo, Itaquaquecetuba e Guarulhos.[44]
O Parque será criado a partir do Parque Ecológico do Tietê que já tem vários atrativos, como a trilha para caminhadas, Centro de Educação Ambiental, Centro Cultural, Museu do Tietê, Biblioteca, palco para shows, 5 quadras poliesportivas, 17 campos de futebol, playgrounds, áreas de ginásticas, quiosques com churrasqueiras, aluguel de pedalinhos, barcos e bicicletas. Há, também, um trenzinho (serviço terceirizado) que percorre a trilha de 4Â quilômetros, onde o visitante pode conhecer melhor a fauna e flora do parque.[45]Economia[editar | editar código-fonte]
Shopping center na cidade.
O município tem forte vocação industrial, e possui cerca de 760 indústrias. São indústrias diversificadas presentes notadamente em três pólos industriais consolidados, que são atraídas pela Rodovia Ayrton Senna da Silva que corta o município.[46]
Existem investimentos por parte da administração municipal para atrair mais indústrias ao município. Segundo o presidente da Frente Empresarial Pró-Itaquaquecetuba (FEMPI) a mão-de-obra local é barata e está sendo construído um terminal de cargas, o que representa um grande incentivo para a vinda de novas indústrias.[47]
Um dado de 2007 indicou que 27% da população de Itaquaquecetuba não tinha emprego formal no município. Isso, segundo a então secretária de educação Marina Della Vedova, se devia à falta de qualificação profissional dos habitantes do município.[48]
Nos últimos anos, a cidade vem começando a voltar os olhos de sua economia também para o comércio. Em abril de 2015, foi inaugurado o Shopping Pateo Itaquá, no Jardim Morro Branco, próximo a divisa com a cidade de Poá.[49][50] O segundo shopping center do município, o Itaquá Garden Shopping, foi inaugurado em 2017, no Jardim Adriane. [51]Símbolos oficiais[editar | editar código-fonte]
Bandeira municipal
Brasão municipal
Itaquaquecetuba possui dois símbolos oficiais: a bandeira municipal, que foi adotada em 19 de setembro de 1969; e o brasão municipal, que foi adotado em 14 de maio de 1968. Ambos adotados pelo então prefeito Gentil de Moraes Passos.
Tanto a bandeira quanto o brasão possui os seguintes elementos: fora do escudo, na esquerda, está o padre José de Anchieta, fundador da cidade, e abaixo dele o ano de fundação de Itaquá; na direita, um índio, provavelmente Tupi, que representa o povo que vivia ali antes da interferência dos portugueses, abaixo dele, está o ano de 1953, ano em que Itaquaquecetuba se separou da região de Mogi das Cruzes, e passou a ser independente como município; no escudo podemos identificar uma igreja no canto superior esquerdo, e no canto superior direito um colete com flechas (provavelmente representando conflitos que ali aconteceram); abaixo um emblema de pedra, talvez referente ao termo "itá"(pedra em Tupi), que deu origem ao nome da cidade; também é possível ver o rio Tietê passando pelo escudo. [52][53]
Ver também[editar | editar código-fonte]
Região do Alto Tietê
Parque Ecológico do Tietê
Lista de prefeitos de Itaquaquecetuba
Referências? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (8 de setembro de 2013). «Aniversário de Itaquaquecetuba (SP)». Consultado em 21 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 4 de outubro de 2015 ? [[https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/itaquaquecetuba/panorama? «O recorte das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias de 2017» (PDF). Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2017. p. 20?34. Consultado em 10 de agosto de 2017 ? a b
Consulte:
«Distância entre São Paulo/SP e Itaquaquecetuba/SP». Google Maps. Consultado em 8 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 4 de outubro de 2015Â
«Distância entre São Paulo e Itaquaquecetuba». Distância entre cidades do Brasil. Apesar de não mostrar o valor estimado da fonte anterior (42,6 km), apresenta um número próximo, de 41 km. Consultado em 4 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 16 de outubro de 2014 ? Clima dos Municípios Paulistas (2015). «Clima de Itaquaquecetuba». CEPAGRI. Consultado em 4 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 8 de julho de 2015 ? IBGGEs. «IBGE - PIB dos municípios brasileiros 2016». PIB dos Municípios Brasileiros 2016. Consultado em 5 de março de 2019 ? Fairo (8 de setembro de 2014). «História de Itaquaquecetuba». Itaquá News. Consultado em 22 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 2 de julho de 2015 ? Distância entre Brasília/DF e Itaquaquecetuba/SP Google Maps? a b Amaral, Antonio Barreto do (2006). Dicionário de História de São Paulo. 19. São Paulo: IMESP. p. 351. 661 páginas. ISBN 8570604793 ? a b R7 (2015). «História de Itaquaquecetuba». Brasil Escola. Consultado em 4 de fevereiro de 2012. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2015 ? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «IBGE Cidades - Itaquaquecetuba, SP». Consultado em 22 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 23 de março de 2015 ? World Map of the Köppen-Geiger climate classification. «World Map of the Köppen-Geiger climate classification». Institute for Veterinary Public Health. Consultado em 5 de maio de 2012. Cópia arquivada em 24 de abril de 2011 ? a b «Tudo sobre a cidade Itaquaquecetuba». Encontra SP (Guia de Itaquaquecetuba). Consultado em 31 de março de 2012. Cópia arquivada em 22 de fevereiro de 2015 ? «Maiores e melhores cidades do Brasil». América Economia. Veja a secção d'"O Desafio da Desigualdade". 2014. Consultado em 22 de fevereiro de 2015. Arquivado do original em 25 de outubro de 2014 ? a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Produto Interno Bruto dos Municípios 2005-2009». Consultado em 13 de dezembro de 2012. Cópia arquivada em 10 de fevereiro de 2014 ? WAISELFISZ, Julio Jacobo (2010). «Mapa da Violência dos Municípios Brasileiros 2008» (PDF). Instituto Sangari. Consultado em 28 de julho de 2010. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2011 ? Navarro, Eduardo de Almeida (2005). Método moderno de tupi antigo. São Paulo: Editora Global. p. 56. 463 páginas. ISBN 8526010581 ? Erro de citação: Código inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome IBGE_Histórico
? «Estrada de Itaquaquecetuba». Prefeitura do Município de São Paulo. Para encontrar a fonte, pesquise Itaquaquecetuba, e clique em "Estrada de Itaquaquecetuba". Consultado em 30 de maio de 2015. Cópia arquivada em 21 de junho de 2012 ? «Itaquaquecetuba - SP - Informações». Portal Férias. Consultado em 4 de fevereiro de 2012. Cópia arquivada em 2 de abril de 2015 ? Squeff, Enio; Helder P. Ferreira (2003). A origem dos municípios paulistas. São Paulo: CEPAM - Fundação Prefeito Faria Lima: [s.n.] p. 153-154. 312 páginas. ISBN 8570602138 A referência emprega parâmetros obsoletos |coautor= (ajuda)? «História de Itaquaquecetuba». R7 - Brasil Escola. Consultado em 4 de fevereiro de 2012 ? «Itaquaquecetuba - SP». Cidades.com.br -. A comunidade das Cidades Brasileiras!. 2000. Consultado em 3 de abril de 2015 [ligação inativa]? a b c «História de Itaquaquecetuba SP». ACHE TUDO E REGIAO. Consultado em 4 de fevereiro de 2012 ? «Localização Dados Gerais Itaquaquecetuba SP». ACHE TUDO E REGIAO. Consultado em 2 de abril de 2012 ? «Estimativa Populacional 2011». Estimativa Populacional 2011. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2011. Consultado em 31 de janeiro de 2012 ? «Informações Municipais - Itaquaquecetuba - SP». Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Consultado em 17 de agosto de 2012 ? a b «CLIMA: ITAQUAQUECETUBA». Climate-data.org. Consultado em 1 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 1 de janeiro de 2016 ? a b Natália Ramos (12 de junho de 2011). «Região tem 307 áreas irregulares». Jornal Mogi News. Consultado em 20 de junho de 2012 ? a b «Diário de Suzano - 160 mil pessoas moram em assentamentos irregulares em Itaquá, aponta Prefeitura». www.diariodesuzano.com.br ? «Diário de Suzano - 4 cidades entre as 20 mais pobres». www.diariodesuzano.com.br ? «Diário de Suzano - Arujá e Guararema estão entre as cidades com maior riqueza». www.diariodesuzano.com.br [ligação inativa]? Mayara de Paula (15 de janeiro de 2012). «Na região, Itaquá é a que tem mais "gatos"». Diário de Mogi. Consultado em 26 de setembro de 2012 ? «Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo ? «CTBC - Relatório Anual de 1975» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo ? «Nossa História». Telefônica / VIVO ? GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 ? «Diário do Alto Tietê - Itaquá tem a 7ª melhor maternidade do Estado». www.diariodoaltotiete.com.br ? Alberto Cerri (1 de fevereiro de 2009). «Itaquá tem 598 igrejas evangélicas». Diário do Alto Tietê. Consultado em 24 de novembro de 2012 ? «Univeritas | UNG». UnG/Univeritas. Consultado em 24 de Fevereiro de 2018 ? «Curso de Enfermagem da Etec de Suzano é o mais concorrido na região». Diário de Suzano. 1 de junho de 2011. Consultado em 25 de maio de 2013 ? Cássia Siqueira (22 de junho de 2008). «Ideb divulga ranking da qualidade do ensino». Mogi News. Consultado em 17 de agosto de 2012. Mogi das Cruzes e Suzano estão entre as cidades da região com as melhores notas, enquanto os estabelecimentos de ensino de Itaquaquecetuba têm os piores índices ? «IFSP - Campus Itaquaquecetuba». Consultado em 24 de Fevereiro de 2018 ? «Ecotietê - Projeto de criação do Parque Ecológico do Tietê». ecotiete.sites.uol.com.br ? «Ecotietê - Histórico do Parque Ecológico do Tietê». ecotiete.sites.uol.com.br ? «Mogi News - Indústria de Itaquá quer incentivo». www.moginews.com.br ? «Mogi News - Iniciativas ampliam vagas de empregos». www.moginews.com.br ? «Diário de Suzano - Secretaria de Educação de Itaquá prioriza parcerias e ensino profissionalizante». www.diariodesuzano.com.br ? «Shopping Pateo Itaquá será inaugurado no primeiro semestre de 2015, confira os detalhes;». Itaquá News. 29 de outubro de 2017. Consultado em 16 de outubro de 2017 ? «Diário do Alto Tietê - Acidi prestigia lançamento de Shopping Pateo Itaquá». www.jornaldat.com.br ? «Itaquá Garden Shopping será inaugurado nesta terça-feira». O Diário de Mogi. 25 de abril de 2017. Consultado em 16 de outubro de 2017 ? «Lei que dispõe sobre o Brasão do Município». Prefeitura municipal de Itaquaquecetuba. Consultado em 4 de dezembro de 2011 [ligação inativa]? «Institui a Bandeira do Município de Itaquaquecetuba». Prefeitura municipal de Itaquaquecetuba. Consultado em 3 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 13 de maio de 2008Â
Bibliografia[editar | editar código-fonte]
Livros
Cunha de Sena, Neirylene. "Memórias e Histórias de Itaquaquecetuba".
Ligações externas[editar | editar código-fonte]Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Imagens e media no Commons
CommonsO Wikivoyage possui o guia ItaquaquecetubaA Wikipédia possui o Portal de Itaquaquecetuba
Página da prefeitura
Página da câmara
Itaquaquecetuba no WikiMapia
Página da UMES - Itaquaquecetuba
Site Oficial do Parque Ecológico do Tietê
Dados do IBGE de Itaquaquecetuba
ItaquaquecetubavdeItaquaquecetubaListas e anexos relacionadosLista de bairros ? Lista de unidades escolaresRodoviasAyrton Senna ? Henrique Eroles ? Alberto Hinoto ? Rodovia Pedro Eroles (Mogi-Dutra) ? Rodoanel Mário CovasEstações de tremEngenheiro Manuel Feio ? Itaquaquecetuba ? AracaréEscolas Técnicas, Faculdades e UniversidadesUniversidade de Guarulhos ? Faculdade de Tecnologia de ItaquaquecetubaVer tambémBandeira ? Brasão ? Categoria ? Prefeitos ? Itaquaquecetubenses ? Igreja Matriz de ItaquaquecetubaRegião Metropolitana de São Paulo, estado de São Paulo , Brasil vdeMunicípios da Região do Alto TietêArujá ? Biritiba-Mirim ? Ferraz de Vasconcelos ? Guararema ? Itaquaquecetuba ? Mogi das Cruzes ? Poá ? Salesópolis ? Santa Isabel ? Suzanovde Região Metropolitana de São PauloSub-região norteCaieiras ? Cajamar ? Francisco Morato ? Franco da Rocha ? Mairiporã ? São Paulo (zona norte)Sub-região lesteArujá ? Biritiba Mirim ? Ferraz de Vasconcelos ? Guararema ? Guarulhos ? Itaquaquecetuba ? Mogi das Cruzes ? Poá ? Salesópolis ? Santa Isabel ? São Paulo (zona leste) ? SuzanoSub-região sudesteDiadema ? Mauá ? Ribeirão Pires ? Rio Grande da Serra ? Santo André ? São Bernardo do Campo ? São Caetano do Sul ? São Paulo (zona sudeste)Sub-região oesteBarueri ? Carapicuíba ? Itapevi ? Jandira ? Osasco ? Pirapora do Bom Jesus ? Santana de Parnaíba ? São Paulo (zona oeste)Sub-região sudoesteCotia ? Embu das Artes ? Embu-Guaçu ? Itapecerica da Serra ? Juquitiba ? São Lourenço da Serra ? São Paulo (zona sudoeste) ? Taboão da Serra ? Vargem Grande Paulista São Paulo,  Brasilvde São Paulo Portal ? Geografia, Política, Cultura, EsportesCapitalSão PauloRegiões MetropolitanasComplexo Metropolitano Expandido ? Baixada Santista ? Campinas ? Ribeirão Preto ? São Paulo ? Sorocaba ? Vale do ParaíbaRegiões AdministrativasAraçatuba ? Barretos ? Bauru ? Campinas ? Central ? Franca ? Itapeva ? Marília ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Santos ? São Paulo ? São José do Rio Preto ? São José dos Campos ? SorocabaRegiões de GovernoAdamantina ? Andradina ? Araçatuba ? Araraquara ? Assis ? Avaré ? Barretos ? Bauru ? Botucatu ? Bragança Paulista ? Campinas ? Caraguatatuba ? Catanduva ? Cruzeiro ? Dracena ? Fernandópolis ? Franca ? Guaratinguetá ? Itapetininga ? Itapeva ? Jales ? Jaú ? Jundiaí ? Limeira ? Lins ? Marília ? Ourinhos ? Piracicaba ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Santos ? São Carlos ? São João da Boa Vista ? São Joaquim da Barra ? São José do Rio Preto ? São José dos Campos ? Sorocaba ? Taubaté ? Tupã ? VotuporangaRegiões geográficas intermediáriasAraçatuba ? Araraquara ? Bauru ? Campinas ? Marília ? Presidente Prudente ? Ribeirão Preto ? São José dos Campos ? São José do Rio Preto ? São Paulo ? SorocabaRegiões geográficas imediatasAdamantina-Lucélia ? Amparo ? Andradina ? Araçatuba ? Araraquara ? Araras ? Assis ? Avaré ? Barretos ? Bauru ? Birigui-Penápolis ? Botucatu ? Bragança Paulista ? Campinas ? Caraguatatuba-Ubatuba-São Sebastião ? Catanduva ? Cruzeiro ? Dracena ? Fernandópolis ? Franca ? Guaratinguetá ? Itapetininga ? Itapeva ? Ituverava ? Jales ? Jaú ? Jundiaí ? Limeira ? Lins ? Marília ? Mogi Guaçu ? Ourinhos ? Piracicaba ? Piraju ? Presidente Epitácio-Presidente Venceslau ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Santa Fé do Sul ? São José do Rio Pardo-Mococa ? Santos ? São Carlos ? São João da Boa Vista ? São Joaquim da Barra-Orlândia ? São José dos Campos ? São José do Rio Preto ? São Paulo ? Sorocaba ? Tatuí ? Taubaté-Pindamonhangaba ? Tupã ? VotuporangaMais de 1 000 000 habitantesSão Paulo ? Guarulhos ? CampinasMais de 500 000 habitantesSão Bernardo do Campo ? Santo André ? Osasco ? São José dos Campos ? Ribeirão Preto ? SorocabaMais de 200 000 habitantesMauá ? São José do Rio Preto ? Santos ? Mogi das Cruzes ? Diadema ? Jundiaí ? Carapicuíba ? Piracicaba ? Bauru ? São Vicente ? Itaquaquecetuba ? Franca ? Guarujá ? Taubaté ? Praia Grande ? Limeira ? Suzano ? Taboão da Serra ? Sumaré ? Barueri ? Embu das Artes ? São Carlos ? Indaiatuba ? Cotia ? Marília ? Americana ? Araraquara ? Jacareí ? Itapevi ? Presidente Prudente ? Hortolândia ? Rio ClaroMais de 100 000 habitantesAraçatuba ? Santa Bárbara d'Oeste ? Ferraz de Vasconcelos ? Francisco Morato ? Itapecerica da Serra ? Itu ? Bragança Paulista ? Pindamonhangaba ? São Caetano do Sul ? Itapetininga ? Mogi Guaçu ? Franco da Rocha ? Jaú ? Botucatu ? Atibaia ? Araras ? Santana de Parnaíba ? Cubatão ? Valinhos ? Sertãozinho ? Ribeirão Pires ? Jandira ? Catanduva ? Barretos ? Guaratinguetá ? Birigui ? Votorantim ? Tatuí ? Várzea Paulista ? Salto ? Caraguatatuba ? Itatiba ? Poá ? Ourinhos ? Assis ? Leme ? PaulíniaSudeste, Brasil vde Dados Estatísticos de São PauloPopulação
2018
2010
2007
2000
1996
1991
1985
1980
1978
1970
1966
1960
1958
1950
1946
1940
1937
1934
1929
1925
1920
1916
1910
1900
1890
1886
1872
Área e divisão territorial
Após 2016
2013?2015
1997?2012
1993?1996
1980?1992
1965?1979
1960?1964
1954?1959
1949?1953
1945?1948
1939?1944
1937?1938
1930?1933
1929
1920?1921
1911
1901
Processos de emancipação
Após 1996
1987?1995
1971?1985
1963
1958
1953
1948
Outros critérios
Altitude
PIB
IDH-M
Índice FIRJAN
Códigos de área (DDD)
Relacionados
Lista de municípios de São Paulo
Lista de distritos de São Paulo
vde Telecomunicações em São PauloEmpresaspaulistas
CETERP
COTESP
CTB
CTBC-Borda do Campo
TELESP
Telesp Celular
Código de área(DDD) 11
Alumínio
Araçariguama
Arujá
Atibaia
Barueri
Biritiba Mirim
Bom Jesus dos Perdões
Bragança Paulista
Cabreúva
Caieiras
Cajamar
Campo Limpo Paulista
Carapicuíba
Cotia
Diadema
Embu das Artes
Embu-Guaçu
Ferraz de Vasconcelos
Francisco Morato
Franco da Rocha
Guararema
Guarulhos
Igaratá
Itapecerica da Serra
Itapevi
Itaquaquecetuba
Itatiba
Itu
Itupeva
Jandira
Jarinu
Joanópolis
Jundiaí
Juquitiba
Mairinque
Mairiporã
Mauá
Mogi das Cruzes
Morungaba
Nazaré Paulista
Osasco
Pedra Bela
Pinhalzinho
Piracaia
Pirapora do Bom Jesus
Poá
Ribeirão Pires
Rio Grande da Serra
Salesópolis
Salto
Santa Isabel
Santana de Parnaíba
Santo André
São Bernardo do Campo
São Caetano do Sul
São Paulo
São Roque
Suzano
Taboão da Serra
Tuiuti
Vargem
Vargem Grande Paulista
Várzea Paulista
Código de área(DDD) 12
Aparecida
Arapeí
Areias
Bananal
Caçapava
Cachoeira Paulista
Campos do Jordão
Canas
Caraguatatuba
Cruzeiro
Cunha
Guaratinguetá
Ilhabela
Jacareí
Jambeiro
Lagoinha
Lavrinhas
Lorena
Monteiro Lobato
Natividade da Serra
Paraibuna
Pindamonhangaba
Piquete
Potim
Queluz
Redenção da Serra
Roseira
Santa Branca
Santo Antônio do Pinhal
São Bento do Sapucaí
São José do Barreiro
São José dos Campos
São Luís do Paraitinga
São Sebastião
Silveiras
Taubaté
Tremembé
Ubatuba
Código de área(DDD) 13
Bertioga
Cajati
Cananeia
Cubatão
Eldorado
Guarujá
Iguape
Ilha Comprida
Itanhaém
Itariri
Jacupiranga
Juquiá
Miracatu
Mongaguá
Pariquera-Açu
Pedro de Toledo
Peruíbe
Praia Grande
Registro
Santos
São Vicente
Sete Barras
Vicente de Carvalho
Código de área(DDD) 14
Águas de Santa Bárbara
Agudos
Álvaro de Carvalho
Alvinlândia
Anhembi
Arandu
Arco-Íris
Arealva
Areiópolis
Avaí
Avaré
Balbinos
Bariri
Barra Bonita
Bastos
Bauru
Bernardino de Campos
Bocaina
Bofete
Boraceia
Borebi
Botucatu
Brotas
Cabrália Paulista
Cafelândia
Campos Novos Paulista
Canitar
Cerqueira César
Chavantes
Conchas
Coronel Macedo
Dois Córregos
Duartina
Espírito Santo do Turvo
Fartura
Fernão
Gália
Garça
Getulina
Guaiçara
Guaimbê
Guarantã
Herculândia
Iacanga
Iacri
Iaras
Ibirarema
Igaraçu do Tietê
Ipaussu
Itaí
Itapuí
Itatinga
Jaú
Julio Mesquita
Lençóis Paulista
Lins
Lucianópolis
Lupércio
Macatuba
Manduri
Marília
Mineiros do Tietê
Ocauçu
Óleo
Oriente
Oscar Bressane
Ourinhos
Paranapanema
Pardinho
Paulistânia
Pederneiras
Piraju
Pirajuí
Piratininga
Pompeia
Pongaí
Pratânia
Presidente Alves
Promissão
Queiroz
Quintana
Reginópolis
Ribeirão do Sul
Sabino
Salto Grande
Santa Cruz do Rio Pardo
São Manuel
São Pedro do Turvo
Sarutaiá
Taguaí
Taquarituba
Tejupá
Timburi
Torrinha
Tupã
Ubirajara
Uru
Vera Cruz
Código de área(DDD) 15
Alambari
Angatuba
Apiaí
Araçoiaba da Serra
Barão de Antonina
Barra do Chapéu
Barra do Turvo
Boituva
Bom Sucesso de Itararé
Buri
Campina do Monte Alegre
Capão Bonito
Capela do Alto
Cerquilho
Cesário Lange
Guapiara
Guareí
Ibiúna
Iperó
Iporanga
Itaberá
Itaoca
Itapetininga
Itapeva
Itapirapuã Paulista
Itaporanga
Itararé
Jumirim
Laranjal Paulista
Nova Campina
Piedade
Pilar do Sul
Porangaba
Porto Feliz
Quadra
Ribeira
Ribeirão Branco
Ribeirão Grande
Riversul
Salto de Pirapora
São Miguel Arcanjo
Sarapuí
Sorocaba
Tapiraí
Taquarivaí
Tatuí
Tietê
Torre de Pedra
Votorantim
Código de área(DDD) 16
Altinópolis
Américo Brasiliense
Aramina
Araraquara
Barrinha
Batatais
Boa Esperança do Sul
Borborema
Brodowski
Buritizal
Cajuru
Cândido Rodrigues
Cássia dos Coqueiros
Cravinhos
Cristais Paulista
Dobrada
Dourado
Dumont
Fernando Prestes
Franca
Guará
Guariba
Guatapará
Ibaté
Ibitinga
Igarapava
Ipuã
Itápolis
Itirapuã
Ituverava
Jaboticabal
Jardinópolis
Jeriquara
Luiz Antônio
Matão
Miguelópolis
Monte Alto
Morro Agudo
Motuca
Nova Europa
Nuporanga
Orlândia
Patrocínio Paulista
Pedregulho
Pitangueiras
Pontal
Pradópolis
Ribeirão Bonito
Ribeirão Corrente
Ribeirão Preto
Rifaina
Rincão
Sales Oliveira
Santa Cruz da Esperança
Santa Ernestina
Santa Lúcia
Santa Rosa do Viterbo
Santo Antônio da Alegria
São Carlos
São Joaquim da Barra
São José da Bela Vista
São Simão
Serra Azul
Serrana
Sertãozinho
Tabatinga
Taiaçu
Taiuva
Taquaral
Taquaritinga
Trabiju
Vista Alegre do Alto
Código de área(DDD) 17
Adolfo
Altair
Álvares Florence
Américo de Campos
Aparecida d'Oeste
Ariranha
Aspásia
Auriflama
Bady Bassitt
Bálsamo
Barretos
Bebedouro
Cajobi
Cardoso
Catanduva
Catiguá
Cedral
Colina
Colômbia
Cosmorama
Dirce Reis
Dolcinópolis
Elisiário
Embaúba
Estrela d'Oeste
Fernandópolis
Floreal
Gastão Vidigal
General Salgado
Guaíra
Guapiaçu
Guaraci
Guarani d'Oeste
Guzolândia
Ibirá
Icém
Indiaporã
Ipiguá
Irapuã
Itajobi
Jaborandi
Jaci
Jales
José Bonifácio
Macaubal
Macedônia
Magda
Marapoama
Marinópolis
Mendonça
Meridiano
Mesópolis
Mira Estrela
Mirassol
Mirassolândia
Monções
Monte Aprazível
Monte Azul Paulista
Neves Paulista
Nhandeara
Nipoã
Nova Aliança
Nova Canaã Paulista
Nova Castilho
Nova Granada
Nova Luzitânia
Novais
Novo Horizonte
Olímpia
Onda Verde
Orindiúva
Ouroeste
Palestina
Palmares Paulista
Palmeira d'Oeste
Paulo de Faria
Pedranópolis
Pindorama
Pirangi
Poloni
Pontalinda
Pontes Gestal
Populina
Potirendaba
Riolândia
Rubineia
Sales
Santa Adélia
Santa Albertina
Santa Clara d'Oeste
Santa Fé do Sul
Santa Rita d'Oeste
Santa Salete
Santana da Ponte Pensa
São Francisco
São João das Duas Pontes
São João de Iracema
São José do Rio Preto
Sebastianópolis do Sul
Severinia
Tabapuã
Tanabi
Terra Roxa
Três Fronteiras
Turmalina
Ubarana
Uchoa
União Paulista
Urânia
Urupês
Valentim Gentil
Viradouro
Vitória Brasil
Votuporanga
Código de área(DDD) 18
Adamantina
Alfredo Marcondes
Alto Alegre
Álvares Machado
Andradina
Anhumas
Araçatuba
Assis
Avanhandava
Barbosa
Bento de Abreu
Bilac
Birigui
Borá
Braúna
Brejo Alegre
Buritama
Caiabu
Caiuá
Cândido Mota
Castilho
Clementina
Coroados
Cruzália
Dracena
Echaporã
Emilianópolis
Estrela do Norte
Euclides da Cunha Paulista
Flora Rica
Flórida Paulista
Florínea
Gabriel Monteiro
Glicério
Guaraçaí
Guararapes
Iepê
Ilha Solteira
Indiana
Inúbia Paulista
Irapuru
Itapura
João Ramalho
Junqueirópolis
Lavínia
Lourdes
Lucélia
Luziânia
Lutécia
Marabá Paulista
Maracaí
Mariápolis
Martinópolis
Mirandópolis
Mirante do Paranapanema
Monte Castelo
Murutinga do Sul
Nantes
Narandiba
Nova Guataporanga
Nova Independência
Osvaldo Cruz
Ouro Verde
Pacaembu
Palmital
Panorama
Paraguaçu Paulista
Parapuã
Pauliceia
Pedrinhas Paulista
Penápolis
Pereira Barreto
Piacatu
Piquerobi
Pirapozinho
Planalto
Platina
Pracinha
Presidente Bernardes
Presidente Epitácio
Presidente Prudente
Presidente Venceslau
Quatá
Rancharia
Regente Feijó
Ribeirão dos Índios
Rinópolis
Rosana
Rubiácea
Sagres
Salmourão
Sandovalina
Santa Mercedes
Santo Anastácio
Santo Antônio do Aracanguá
Santo Expedito
Santópolis do Aguapeí
São João do Pau-d'Alho
Sud Mennucci
Suzanápolis
Taciba
Tarabai
Tarumã
Teodoro Sampaio
Tupi Paulista
Turiúba
Valparaíso
Zacarias
Código de área(DDD) 19
Aguaí
Águas da Prata
Águas de Lindoia
Águas de São Pedro
Americana
Amparo
Analândia
Araras
Artur Nogueira
Caconde
Campinas
Capivari
Casa Branca
Charqueada
Conchal
Cordeirópolis
Corumbataí
Cosmópolis
Descalvado
Divinolândia
Elias Fausto
Engenheiro Coelho
Espírito Santo do Pinhal
Estiva Gerbi
Holambra
Hortolândia
Indaiatuba
Ipeúna
Iracemápolis
Itapira
Itirapina
Itobi
Jaguariúna
Leme
Limeira
Lindoia
Louveira
Mococa
Mogi Guaçu
Mogi Mirim
Mombuca
Monte Alegre do Sul
Monte Mor
Nova Odessa
Paulínia
Pedreira
Piracicaba
Pirassununga
Porto Ferreira
Rafard
Rio Claro
Rio das Pedras
Saltinho
Santa Bárbara d'Oeste
Santa Cruz da Conceição
Santa Cruz das Palmeiras
Santa Gertrudes
Santa Maria da Serra
Santa Rita do Passa Quatro
Santo Antônio de Posse
Santo Antônio do Jardim
São João da Boa Vista
São José do Rio Pardo
São Pedro
São Sebastião da Grama
Serra Negra
Socorro
Sumaré
Tambaú
Tapiratiba
Valinhos
Vargem Grande do Sul
Vinhedo
Relacionados
Códigos de área (DDD) de todos os municípios paulistas Portal do Brasil Portal de São Paulo

POSTAGENS RELACIONADOS


DESENVOLVIMENTO DE SITES CURITIBA EM ITAQUARA


desenvolvimento de sites curitiba em Itaquara

Encontre desenvolvimento de sites curitiba em Itaquara na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

DESENVOLVIMENTO DE SITES CURITIBA EM ITAQUI


desenvolvimento de sites curitiba em Itaqui

Encontre desenvolvimento de sites curitiba em Itaqui na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

DESENVOLVIMENTO DE SITES CURITIBA EM ITAQUIRAÍ


desenvolvimento de sites curitiba em Itaquiraí

Encontre desenvolvimento de sites curitiba em Itaquiraí na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

DESENVOLVIMENTO DE SITES CURITIBA EM ITAQUITINGA


desenvolvimento de sites curitiba em Itaquitinga

Encontre desenvolvimento de sites curitiba em Itaquitinga na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO