desenvolvimento de site sp em Pirassununga

Encontre desenvolvimento de site sp em Pirassununga na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Desenvolvimento

Acto ou efeito de desenvolver.
Crescimento.
Ampliação.
Minuciosidade.


Pirassununga

Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.?Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de Pirassununga
"Cidade Simpatia"
Distrito de Cachoeira de EmasBandeiraBrasãoHino
Aniversário6 de agosto
Fundação6 de agosto de 1823
Gentílicopiraçununguense ou pirassununguense
LemaCultura et progressus"Cultura e progresso"
Prefeito(a)Ademir Alves Lindo (Sem partido)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Pirassununga em São PauloPirassununga Localização de Pirassununga no Brasil
21° 59' 45" S 47° 25' 33" O21° 59' 45" S 47° 25' 33" O
Unidade federativaSão Paulo
Região intermediária
Araraquara IBGE/2017[1]Região imediata
São Carlos IBGE/2017[1]Municípios limítrofesPorto Ferreira, Descalvado, Santa Cruz das Palmeiras, Analândia, Mogi Guaçu, Aguaí, Leme e Santa Cruz da Conceição
Distância até a capital208 km
Características geográficas
Área726,942 km² [2]
População75 930 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade104,45 hab./km²
Altitude627 m
Climatropical de altitude Cwa
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,801 muito alto PNUD/2010[4]
PIBR$ 1 178 274,619 mil Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística/2008[5]
PIB per capitaR$ 16 616,01 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística/2008[5]Reproduzir conteúdo Documentário da Agência Nacional sobre a cidade em 1973.
Pirassununga [nota 1] é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localizado na Região Centro-Leste do estado a uma latitude 21º59'46" Sul e a uma longitude 47º25'33" Oeste, estando a uma altitude de 627 metros. Sua população é de 75,930p habitantes, conforme o Censo 2018 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Possui uma área de 727 km². O município é formado pela sede e pelo distrito de Cachoeira de Emas[6][7].
Na cidade, encontram-se sediados os seguintes órgãos e instituições: a Academia da Força Aérea, onde são formados oficiais dos quadros de infantaria, intendência e aviação, todos de carreira e futuros oficiais da Força Aérea Brasileira; a Universidade de São Paulo, com a Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos; o Forte Anhanguera, que abriga o 13º Regimento de Cavalaria Mecanizado do Exército Brasileiro; o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Peixes Continentais, ligado ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade; uma Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento (o antigo Laboratório de Peixes Fluviais Doutor Pedro de Azevedo), do Pólo Centro Leste da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo; o Distrito de Cachoeira de Emas, importante recanto turístico do Nordeste Paulista, onde existem restaurantes especializados na culinária com peixe, atraindo milhares de turistas aos finais de semana e feriados e a Residência de Conservação do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo.
Seu padroeiro é o Senhor Bom Jesus dos Aflitos. Seus feriados municipais são: 6 de agosto (fundação) e 8 de dezembro (piracema)[8]. A grafia correta é Piraçununga.Índice1 História
2 Economia2.1 Produto Interno Bruto Municipal - 2010
2.2 Exportações Municipais - 2011
2.3 Emprego
2.4 Investimentos privados
3 Segurança
4 Nível Cultural
5 Lazer, Turismo e Locais de Destaque
6 Principais Roteiros Turísticos
7 Eventos e Datas Importantes na Cidade
8 Ensino
9 Desenvolvimento Urbano
10 Comunicação
11 Saneamento Básico
12 Geografia12.1 Hidrografia
13 Demografia13.1 Etnias
14 Transporte
15 Rodovias
16 Ver também
17 Notas
18 Referências
19 Ligações externasHistória[editar | editar código-fonte]
Distrito de Cachoeira de Emas, em Pirassununga
As terras onde hoje se situa o município eram habitadas por índios de língua tupi que denominavam o atual distrito de Cachoeira de Emas como Pirasununga, que significa "peixes barulhentos" ou "barulho dos peixes", através da junção dos termos pirá ("peixe") e sunung ("fazer barulho")[9]. O nome é uma referência ao fenômeno da piracema: todos os anos, em dezembro, os peixes (principalmente curimbatás) sobem o Rio Mojiguaçu para a desova e, no esforço para nadar contra a correnteza, emitem sons semelhantes ao de roncos.
Desde o século XVI, os bandeirantes já exploravam a região[10]. No início do século XIX, chegou à região a família de Cristóvão Pereira de Godói, que fundou a Fazenda Santa Cruz. Em 1823, Ignácio Pereira Bueno e sua esposa instalaram-se na área central da cidade. Quando o então Bairro do Senhor Bom Jesus dos Aflitos foi oficialmente fundado, em 6 de agosto de 1823, com a celebração da primeira missa pelo padre Felippe Antônio Barreto, o nome de Pirassununga, que era designação atual de Cachoeira de Emas, foi aposto ao nome do novo local, que passou a se chamar Bairro do Senhor Bom Jesus dos Aflitos de Pirassununga. O local da primeira missa forma o largo onde hoje estão a Igreja da Assunção e a estação rodoviária.
Em 21 de novembro de 1828, a capela do Senhor Bom Jesus dos Aflitos de Pirassununga foi elevada a capela curada. Tornou-se freguesia em 4 de março de 1842, com a mesma denominação da capela, em terras do município de Mojimirim, sendo transferida para o município de Limeira no dia 8 de março daquele mesmo ano. A vila de Pirassununga foi criada em 22 de abril de 1865. A ferrovia chegou à cidade em 1880 por um ramal de linhas férreas que ligaria Mojimirim à então Belém do Descalvado. A vila recebeu foros de cidade em 31 de março de 1879 e tornou-se comarca em 6 de agosto de 1890.
O grande nome da cidade, como empreendedor, administrador e político (da confiança do presidente Getúlio Vargas), exemplo de humanidade, até a metade do século XX, é o Dr. Fernando Costa. Ele foi responsável, direta ou indiretamente, pela vinda das mais importantes e históricas instituições da cidade, como: Academia da Força Aérea, 13º Regimento de Cavalaria Mecanizado, Universidade de São Paulo, Instituto de Educação Estadual Pirassununga (atual Escola Estadual Pirassununga), Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Peixes Continentais etc. Todas essas instituições provocaram, a partir da metade da década de 1950, um ciclo de crescimento populacional e econômico que perdurou até o início da década de 1980. A partir de então, o ritmo de crescimento populacional e econômico da cidade perdeu fôlego, fato este que é comprovado em relação as demais cidades da região. Tal estagnação deveu-se, sobretudo, ao fruto da combinação entre a falta de investimentos em distritos industriais, a ausência de qualificação de mão de obra (cursos técnicos, universidades) e as desavenças políticas e na total falta de visão de crescimento e de empreendedorismo de seus administradores.
A partir do início do século XXI, porém, a cidade passou a receber importantes investimentos (públicos e privados), no ensino superior (novos cursos na USP, novas faculdades privadas), na indústria (expansão do setor sucroalcooleiro, com a criação e ampliação de usinas de açúcar e álcool, além de novos distritos/polos industriais, que ajudaram a atrair novas empresas), no setor de serviços (novas cadeias de varejo), e na construção civil (principalmente, na verticalização da cidade), os quais, possibilitaram uma retomada suave no ciclo de crescimento econômico que perdura até os dias atuais.
Muito do que se sabe sobre a história de Pirassununga deve-se ao trabalho de pesquisa do professor Manuel Pereira de Godoy.Economia[editar | editar código-fonte]
A principal fonte de arrecadação de impostos é o setor sucroalcooleiro, com destaque para as indústrias de aguardente (Caninha 51, Cachaça 21, além de outros produtores), açúcar líquido e as usinas de açúcar e álcool, as quais são controladas pelo Grupo Espanhol Abengoa Bioenergia Brasil (Usina São Luiz), além disso existem a Baldin Bioenergia S.A. (Usina Taboão), São Pedro Bioenergia S.A. (Usina Alfa) e a Usina Ferrari, na divisa com o município de Porto Ferreira.
A cidade conta com três polos industriais instalados e um em planejamento: Distrito Industrial (em perímetro urbano): situado na entrada da cidade com a Rodovia Anhanguera, na pista sentido capital-interior, junto ao acesso do quilômetro 207.
Polo Industrial Orlando Poggi: também situado na Rodovia Anhanguera, na pista sentido interior-capital, no quilômetro 208, próximo à Base Operacional da Polícia Militar Rodoviária, PMESP. Abriga as empresas Cargill (armazenagem de milho), Sotrange/Sotracap (transportes rodoviários) e Skylux (reatores e luminárias).
Polo Industrial Guilherme Müller Filho: situado na SP-225, ao lado do Aeródromo Municipal Antonio Carlos Fávaro. Acesso rápido pela Avenida Felipe Boller Júnior ou pela Rua Siqueira Campos. A principal indústria nele instalada é a FVO-Brasília (rações para animais).
Em 2010, a cidade possuía 130 indústrias, segundo dados da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados. Além da indústria sucroalcooleira, destacam-se, ainda, as de próteses dentárias (principais empresas: VIPI Produtos Odontológicos, Dentbrás, Blue Dent, Dencril, ADP Dental, entre outras) e artefatos de joalheria (principal empresa: Brüner).
O comércio, outra importante renda para a cidade, é compatível com o tamanho e o capital de giro da cidade, sendo movimentado, principalmente, pelos servidores públicos (militares e civis da Força Aérea Brasileira e Exército Brasileiro, funcionários do Serviço de Água e Esgoto de Pirassununga, do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Peixes Continentais, além de professores, funcionários e alunos da Universidade de São Paulo). Em 2010, a cidade contava com 673 estabelecimentos comerciais, segundo dados da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados.
Várias das principais cadeias de varejo do país encontram-se presentes em Pirassununga, tais como: Casas Bahia, Casas Pernambucanas, Magazine Luiza, Droga Raia, Lojas CEM, Lojas Americanas, Supermercado Dia, entre outros. Além disso, a cidade possui um estabelecimento da Rede Graal, na Rodovia Anhanguera e concessionárias de veículos das marcas General Motors, Volkswagen, Ford, Fiat, Toyota e Honda (motos e carros).
Na agricultura, além da cana-de-açúcar, destaca-se também a produção de laranja, bastante expressiva, sendo que a cidade possui, ainda, uma filial da Coopercitrus (Cooperativa de Produtores Rurais). Em 2008, de acordo com o Portal "Cidades@", do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Pirassununga produziu 1 700 000 toneladas de cana-de-açúcar e 310 000 toneladas de laranja.
No que se refere ao turismo e lazer, a cidade possui o Distrito de Cachoeira de Emas. No local o destaque fica por conta da a gastronomia, representado pelos vários restaurantes e quiosques especializados na culinária a base de peixe, os quais se constituem como a principal atração para seus visitantes, além do comércio de artesanato e os diversos pesqueiros e ranchos ao longo das margens do rio.Produto Interno Bruto Municipal - 2010[editar | editar código-fonte]
Em 2010, de acordo com o relatório "Produto Interno Bruto Municipal - 2010", do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Pirassununga obteve um produto interno bruto correspondente a R$1.224,02 milhões, o que lhe confere o 92° maior produto interno bruto do estado de São Paulo. O produto interno bruto municipal é obtido somando-se o valor adicionado (em 2010, de R$ 1.201,97 milhões) aos impostos arrecadados.
A composição do valor adicionado, em 2010, foi de:Agropecuária: R$ 153,32 milhões (10,8%)
Indústria: R$ 302,48 milhões (28,3%)
Serviços: R$ 766,17 milhões (60,9%)
Sendo que o produto interno bruto municipal de 2010 foi de R$ 1.226,29 milhões, o crescimento econômico no período 2009-2010 foi de 26,6%.
Crescimento econômico registrado por setor, no mesmo período:Agropecuária: +45,8%
Indústria: +29,4%
Serviços: +16,5%
De acordo com o relatório "Tipologia dos Municípios Paulistas Baseadas no Produto Interno Bruto Municipal", da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados[11], em 2007, Pirassununga encontrava-se entre os 63 municípios paulistas considerados de perfil agropecuário com relevância no estado. Juntos, estes municípios representam 35,3 por cento do valor adicionado da agropecuária estadual.Exportações Municipais - 2011[editar | editar código-fonte]
Em 2011, Pirassununga obteve um volume de exportações[12] equivalente a US$ 51.126.143.
Os principais itens da pauta de exportação, em 2011, foram:1°) Açúcar de Cana em Bruto = US$ 4 127 357 (80,73%)
2°) Artefatos de Joalheria = US$ 3 571 508 (6,99%)
3°) Cachaça = US$ 3 279 598 (6,41%)
4°) Dentes Artificiais de Acrílico = US$ 1 789 493 (3,5%)
Os demais itens da pauta não atingiram 1% de participação cada.
Os principais países de destino, em 2011, foram:1°) Emirados Árabes Unidos = US$ 21 221 865 (41,51%)
2°) Egito = US$ 4 122 744 (8,06%)
3°) Nigéria = US$ 3 630 971 (7,1%)
4°) Argélia = US$ 2 755 404 (5,39%)
5°) Estados Unidos = US$ 2 578 094 (5,04%)
Os demais países de destino não atingiram 5% de participação cada.
No mesmo período, Pirassununga atingiu um volume de importações de US$ 24.479.388, de forma que, em 2011, a cidade obteve um superavit comercial de US$ 26 646 755.Emprego[editar | editar código-fonte]
Em 31 de dezembro de 2010, Pirassununga possuía um total de 20.341 empregos ocupados[13].
Em 31 de dezembro de 2010, os setores em que os empregos encontravam-se distribuídos, e a remuneração média que ofereciam eram os que seguem:Extrativa mineral - 4 empregos - Remuneração média R$ 1 163,10
Indústria de Transformação - 4 758 empregos - Remuneração média R$ 1 848,98
Serviços Industriais de Utilidade Pública - 271 empregos - Remuneração média R$ 2 359,03
Construção Civil - 247 empregos - Remuneração média R$ 1 243,11
Comércio - 3 817 empregos - Remuneração média R$ 1 194,71
Serviços - 4 017 empregos - Remuneração média R$ 1.557,06
Administração Pública - 4 171 empregos - Remuneração média R$ 2 804,25
Agropecuária - 3 056 empregos - Remuneração média R$ 1 299,11
A remuneração média dos empregos em Pirassununga, em 31 de dezembro de 2010, era de R$ 1 782,90, para o total das atividades.Investimentos privados[editar | editar código-fonte]
Em 2010, o volume de investimentos realizados pela iniciativa privada em Pirassununga foi de US$ 7,96 milhões, de acordo com o relatório "Pesquisa de Investimentos Anunciados no Estado de São Paulo 2010", da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados[14].
De acordo com o relatório, foram investidos R$ 2,26 milhões pela CPFL Bioenergia e Baldin Bioenergia, no setor de Eletricidade, Gás e Água Quente, e US$ 5,7 milhões pelo Serviço Social da Indústria - Sesi, no setor de Educação.Segurança[editar | editar código-fonte]
Pirassununga possui, atualmente, uma Secretaria Municipal de Segurança Pública, com uma grande interação nos trabalhos das polícias. A Polícia Civil conta com: 1 Delegacia Central, 1 Distrito Policial, 1 Delegacia de Defesa da Mulher e 1 Cadeia Pública. A Polícia Militar conta com: a 3ª Companhia do 36º Batalhão do Interior, uma Base do Policiamento Rodoviário (km 208 da Rodovia Anhanguera) e uma Base, em Cachoeira de Emas, da Polícia Ambiental. Além disso, existe o Terceiro Posto do Corpo de Bombeiros (pertencente a PM) e a Guarda Civil Municipal.Nível Cultural[editar | editar código-fonte]
Diferentemente dos grandes centros urbanos, onde os desníveis de ordem econômica e social são mais acentuados, gerando significativos grupos de população nos extremos, que não se comunicam, com o consequente surgimento do mesmo fenômeno na área da cultura, Pirassununga situa-se razoavelmente bem.
Comunidade em que pessoas de todos os níveis sociais e econômicos se comunicam, o município tende a não apresentar, neste particular, extremos de maior significado. Se a falta de oferta de manifestações culturais de maior porte pode gerar patamares menos elevados no topo da coluna, de outra parte a interação dos indivíduos de uma forma mais global tende a elevar o nível dos que estariam na parte inferior do extrato.
Por exemplo, é reduzido o número de analfabetos. O pequeno fluxo de migrantes de mais baixo nível socioeconômico, não pode ser associado a este fator, pois um baixo nível socioeconômico não denota automaticamente baixa formação, mas sim por uma base nativa de boa educação, a despeito do baixo fluxo migratório engessar um maior intercâmbio de pensamentos e tendências vindas de outras regiões do país de sua parte, tornando a cidade ainda de âmbito provinciano.Lazer, Turismo e Locais de Destaque[editar | editar código-fonte]
Distrito de Cachoeira de Emas, localizado na SP-201, sendo um lugar de lazer com restaurantes e ainda com destaque para os seguintes locais:
ECOMUSEU (em desativação);
Teatro de Arena;
Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Peixes Continentais e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis;
Ponte Velha;
Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento, do Pólo Centro Leste da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios;
Pequena Central Hidrelétrica de Emas (PCHE);
Centro Comercial;
Escola Municipal de Educação Infantil Parque Ecológico
Teatro Municipal Cacilda Becker
Igreja Matriz Senhor Bom Jesus dos Aflitos
Igreja Santo Antônio
Praça Central Conselheiro Antônio Prado
Lago Municipal Temístocles Marrocos Leite
Escola Estadual Pirassununga
Anfiteatro da Diretoria Regional de Ensino Professora "Lydia Del Nero"
Academia da Força Aérea.
FAYS (Fazenda da Aeronáutica de Pirassununga).
Esquadrão de Demonstração Aérea (Esquadrilha da Fumaça).
13º Regimento de Cavalaria Mecanizado.
Estátua do Cristo Redentor e uma aeronave estática T-27 Embraer EMB-312 Tucano, no trevo do quilômetro 210 da Rodovia Anhanguera
Auditório da Academia da Força Aérea
Conservatório Municipal Cacilda Becker
Cidade da Criança - "Castelinho" (e uma aeronave estática T-6)
Campus da Universidade de São Paulo, o maior da USP, com destaque para o prédio administrativo do local
Centro de Educação Física e Esportiva Presidente Médici, um dos maiores do interior paulista, com destaque para o Ginásio Lauro Pozzi e o Estádio Municipal José Maldonado, o qual possui uma pista de atletismo em piso de borracha
Centro de Excelência de Ginástica Olímpica Antenor Jacintho de Souza ? Sinhô.
Centro Cultural e de Eventos Dona Belila e o Museu Histórico e Pedagógico Doutor Fernando Costa (desativado)
Horto Municipal
Nas rotatórias ao longo da Avenida Juca Costa, existem os monumentos da Bíblia, uma aeronave estática T-25 Universal, um carro de combate estático M41 Walker Bulldog e uma réplica do 14-bis
Centro de Convenções Dr Fausto Victorelli
Principais Roteiros Turísticos[editar | editar código-fonte]
Roteiro Cachoeira de Emas: Terminal Turístico Cachoeira de Emas, Ecomuseu, Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Peixes Continentais
Roteiro Religioso: Cachoeira de Emas, município vizinho de Tambaú, Padre_Donizetti.
Roteiro da Cachaça: Caninha_51, Caninha 21, Cachaça Sapucaia , Museu da Cachaça e alambiques familiares
Roteiro Militar: Academia_da_Força_Aérea_(Brasil), Fazenda_da_Aeronáutica_de_Pirassununga , Esquadrilha_da_Fumaça, 13.º_Regimento_de_Cavalaria_Mecanizado
Roteiro da Cerâmica: Cachoeira de Emas, Porto Ferreira
Eventos e Datas Importantes na Cidade[editar | editar código-fonte]
FEST Show (agosto)
Semana Nenete (julho) - A Semana Nenete é um dos maiores festivais de cultura caipira do país e é realizada pela Secretaria Municipal da Cultural de Pirassununga. Ela reúne milhares de pessoas que apreciam a cultura caipira. Durante o festival há diversas atrações para resgatar a cultura, gastronomia e música caipira através de barracas, exposições, desfiles e shows. Evento com foco na família;
Domingo Aéreo da AFA (agosto) - O maior evento aeronáutico do interior do Estado de São Paulo com exposição dos aviões da Força Aérea Brasileira e demonstração da Esquadrilha da Fumaça;
Semana Natalina - Diversas atrações na cidade e desfile do Papai Noel;
Fenacema - Festa da Piracema, no Distrito de Cachoeira de Emas (dezembro)
Festa Italiana (setembro) - Festa típica da cultura italiana com gastronomia e shows.
Aniversário do Aeroclube (setembro)
Encontro Anhanguera de Viaturas Militares Antigas (setembro)
Exposição de Carros Antigos da USP (setembro)
Festa municipal de Iemanjá (dezembro)
Passeio de Bóias no Distrito de Cachoeira de Emas (janeiro)
Ensino[editar | editar código-fonte]
A infraestrutura da municipalidade, em constante aprimoramento, procura atender a demanda de vagas nos segmentos creches, educação infantil, ensinos médio e fundamental, música e dança. Para tanto, a Rede Municipal de Ensino reúne 22 unidades, 4 548 alunos e 177 professores. A rede estadual soma 10 948 alunos e a particular mais de 4 320.
No ensino superior, a cidade possui uma universidade pública, um polo de uma universidade pública de ensino à distância, uma universidade particular, duas faculdades particulares e a Academia da Força Aérea, oferecendo um total de dezoito cursos superiores. São elas:Academia da Força Aérea
Universidade de São Paulo (FZEA)
Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP)
Centro Universitário Anhanguera Educacional
Faculdade de Tecnologia, Ciências e Educação
Faculdade de Engenharia de Agrimensura de Pirassununga
No ensino à distância, a cidade conta com polos de várias universidades, tais como a Faculdade Interativa COC, a Universidade Paulista - Polo Pirassununga, entre outras.
A cidade ainda conta com uma unidade do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, a Escola Técnica Ten. AV Gustavo Klug oferece cursos técnicos gratuitos para a população nas áreas de gestão, saúde, informática e eletrônica.
Além disso, a administração municipal efetua gestões, junto ao governo estadual, para a possível vinda de uma Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo.
O município ainda conta com uma escola do Serviço Social da Indústria, com capacidade plena para 1 200 alunos.Desenvolvimento Urbano[editar | editar código-fonte]
Regido por Plano Diretor e por leis geradas por exigência deste mesmo plano, projetos de governo, tecnicamente elaborados, têm sido aplicados pelas administrações que se sucedem, assegurando adequada continuidade aos programas priorizados pela demanda social.
A aplicabilidade dos planejamentos é garantida pelas finanças municipais, permanente e acertadamente equilibradas, também estruturadas e operando segundo normas gerenciais modernas
Em decorrência, a cidade apresenta níveis eficiência de serviços públicos raramente observada, como, por exemplo, índices totais quanto a abastecimento de água tratada, coleta de esgotos, iluminação pública e coleta de lixo (residencial, industrial e hospitalar).
A elevada quantidade de praças e jardins oferece ampla disponibilidade de área verde por habitante, superior a 52 metros quadrados. Numerosas quadras poliesportivas localizadas nos bairros proporcionam à população a possibilidade de atividades esportivas e recreativas, atuando, ao mesmo tempo, como importante elemento para tirar crianças e adolescentes das ruas.
O sistema viário, amplamente sinalizado, tanto horizontal como verticalmente, favorece adequado fluxo do trânsito para os mais variados locais da cidade. A iluminação pública estende-se por todo o perímetro urbano.Comunicação[editar | editar código-fonte]
Na área da comunicação são dois jornais: O Movimento, bissemanário, com 2 000 exemplares às quartas-feiras e 3 500 aos sábados e o Jornal da Cidade, com 10 000 exemplares aos sábados. São cinco as rádios: Difusora/Bandeirantes AM, Piracema FM, Mundial FM, Transamérica Hits FM e Kerigma FM. E uma emissora de televisão operando na cidade, a TV Mix Regional, no canal físico 59 UHF, virtual digital 58.1, pertencente ao grupo de comunicação mantida pela Fundação Cultural Padre Luiz Bartholomeu.
Na telefonia fixa a cidade era atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[15], que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[16], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[17] para suas operações.Saneamento Básico[editar | editar código-fonte]
Serviço de Água e Esgoto de Pirassununga (SAEP)
Instituído pela Lei Número 1 153, de 14 de março de 1973, como autarquia municipal com autonomia financeira e administrativa, o Serviço de Água e Esgoto de Pirassununga conferiu, ao longo dos anos, nova e eficiente dinâmica ao abastecimento de água e ao tratamento do esgoto sanitário.
Em termos de abastecimento de água, àquela época havia apenas um ponto de captação e uma estação de tratamento, localizados no Ribeirão Descaroçador e três reservatórios para armazenamento e distribuição, com capacidade total para de 2 800 000 litros. O crescimento do consumo e a pequena produção de água tratada determinavam frequentes racionamentos e faltas do líquido, evidenciando a necessidade, entre outros aspectos, do emprego de hidrômetros para coibir o abuso e o desperdício; assim, de imediato, mais de 6 000 foram instalados em residências e prédios, objetivando o fornecimento racional.
Com o desenvolvimento da cidade e o consequente aumento da população, estruturou-se, em área adjacente ao aeroclube, a Estação de Tratamento de Água II, implantou-se a Estação de Tratamento de Água Chica Costa, na zona rural e efetivou-se reforma na Estação de Tratamento de Água I, o que contribuiu, de maneira marcante, para melhor eficiência no processamento da água para consumo. A instalação da estação de captação e tratamento da Vila Santa Fé, no Distrito de Cachoeira de Emas e da Estação de Tratamento de Água III, também próxima ao aeroclube, vieram reforçar o abastecimento.
Hoje, há três captações de água: no Ribeirão Descaroçador, na Chica Costa (mina e dois poços artesianos) e na vila Santa Fé (Córrego da Barra). Das cinco estações de tratamento de água, quatro abastecem em 100% o Distrito sede; a na Vila Santa Fé fornece água para todo o Distrito de Cachoeira de Emas. São dezenove os reservatórios, para o total de 11 000 000 de litros. A significativa capacidade de captação, tratamento, reservação e distribuição asseguram adequado abastecimento em qualquer época do ano - mesmo nas mais prolongadas estiagens -, sem a imposição de medidas de racionamento, pois a constante ampliação e modernização dos serviços, que caminham à frente da demanda, viabilizam rápidos acréscimos, se necessário.
Quanto ao esgoto sanitário, a primeira estação de tratamento encontra-se na Vila Santa Fé e trata todo o esgoto produzido nesta vila e 95% do produzido pelo Distrito de Cachoeira de Emas. Para o Distrito sede, existe a Estação Ambiental de Tratamento de Esgoto, localizada no bairro Laranja Azeda. Essa estação de tratamento de esgoto trata de 100% do esgoto do município, antes de seu lançamento no rio Ribeirão do Ouro. Existe, ainda, uma Estação de Tratamento de Lodo, ao lado da SP-225, junto do Complexo de abastecimento de água.Geografia[editar | editar código-fonte]
Possui 35 km² de extensão urbana
Possui 73 bairros e um distrito (Cachoeira de Emas).
O Morro do Limoeiro é o ponto mais elevado, com 759 m;
Está a 191 km em linha reta e 207 km pela SP-330 ? Rodovia Anhangüera da capital
Seu relevo é colinoso
Seu clima é de tropical de altitude, com estação chuvosa de outubro a março;
precipitação pluvial média anual de 1.303 mm
umidade relativa média de 73%
temperatura média compensada de 21°CDados climatológicos para Pirassununga
MêsJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
Temperatura máxima recorde (°C)39,139,93836,13532,031,933,935,137,037,337,1 39,9
Temperatura máxima média (°C)29,129,428,928,126,423,022,022,925,927,528,728,9 26,7
Temperatura média (°C)23,924,123,722,521,217,416,418,521,422,723,423,8 21,5
Temperatura mínima média (°C)18,718,918,617,016,011,810,914,116,918,018,118,7 16,4
Temperatura mínima recorde (°C)1113,09,55,94,51-13,14,98,9910 -1
Fonte: CLIMATEMPO [18] Sua paisagem é botânica: representações da Mata Atlântica em solos de melhor qualidade e cerrado em solos pobres; numerosas áreas de preservação ambiental
Hidrografia[editar | editar código-fonte]
Rio Itupeva
Rio Mojiguaçu
Rio do Roque
Demografia[editar | editar código-fonte]
Dados do Censo - 2000
População Total: 64 864Urbana: 57 594
Rural: 7 270
Homens: 31 971
Mulheres: 32 893
Densidade demográfica (hab./km²): 89,23
Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 9,33
Expectativa de vida (anos): 75,16
Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,38
Taxa de Alfabetização: 93,95%
Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,839IDH-M Renda: 0,774 (a mesma do Cazaquistão)
IDH-M Longevidade: 0,836 (a mesma dos Emirados Árabes Unidos)
IDH-M Educação: 0,907 (Equivalente ao da Eslovênia)
(Fonte: IPEADATA)Etnias[editar | editar código-fonte]Cor/RaçaPercentagem
Branca80,6%
Negra4,2%
Parda14,7%
Amarela0,2%
Indigena0,1%Fonte: Censo 2015Transporte[editar | editar código-fonte]
Aéreo
Aeródromo Campo de Fontenelle, pertencente à Academia da Força Aérea e atende às missões militares desta Organização Militar - Código: SBYS.
Aeroporto de Pirassununga "Antonio Carlos Fávaro" (Pista: 860 m x 30 m - Código: SDPY), destinado à atividade de aeronaves privadas, bem como onde se realiza a formação dos pilotos civis e atividades aerodesportivas, por meio do Aeroclube de Pirassununga.
Fazenda Boa Vista, Aeródromo Privado (Pista: 790 m x 18 m - Código: SSMV).
Rodoviário
Terminal Rodoviário Intermunicipal, em operação 24 horas.
Terminal Urbano "Carlos Brüner", onde é feita a integração entre as linhas de ônibus coletivos, operadas pela "Viação Pirassununga".
Rodovias[editar | editar código-fonte]
SP-330 - Rodovia Anhanguera
SP-225 - Rodovia Deputado Ciro Albuquerque (trecho de Aguaí a Pirassununga) e Rodovia Deputado Rogê Ferreira (trecho de Pirassununga a Itirapina)
SP-201 - Rodovia Prefeito Euberto Nemésio Pereira de Godoy
SP-328 - Rodovia sem denominação (dois trechos, um de Leme a Pirassununga e outro de Pirassununga a Porto Ferreira)
Ver também[editar | editar código-fonte]
Clube Atlético Pirassununguense
Caninha_51
Cachaça Sapucaia Alambique Sapucaia
Notas? Nota linguística: Segundo as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa, este topônimo deveria ser grafado como Piraçununga. Prescreve-se o uso da letra "Ç" para palavras de origem indígena. O nome vem do tupi onde o peixe faz barulho. Ao longo dos anos, a grafia foi alterada para pirá-cynunga, pirassununga e finalmente para piraçununga..topônimo: topónimoReferências? a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 24 de abril de 2018 ? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística de número cinco (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 ? «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 19 de setembro de 2013 ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 ? «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico ? «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ? http://pirassununga.zip.net/? NAVARRO, E. A. Método Moderno de Tupi Antigo. Terceira edição. São Paulo: Global, 2005. p.261? http://www.achetudoeregiao.net/SP/Pirassununga/historia_pirassununga.htm[ligação inativa]? «Tipologia dos Municípios Paulistas Baseadas no PIB Municipal» (PDF). Fundação SEADE. 16 de dezembro de 2009. Consultado em 16 de dezembro de 2009. Arquivado do original (PDF) em 16 de fevereiro de 2010 ? «Balança Comercial Brasileira por Município 2011». Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. 12 de janeiro de 2012. Consultado em 14 de janeiro de 2012 ? «Informaçoes para o Sistema Público de Emprego e Renda - Dados por Município». Ministério do Trabalho e Emprego(MTE). 09 de dezembro de 2011. Consultado em 9 de dezembro de 2011 Verifique data em: |data= (ajuda)[ligação inativa]? «Pesquisa de Investimentos Anunciados no Estado de São Paulo». Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados. 10 de janeiro de 2012. Consultado em 14 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 3 de agosto de 2009 ? «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) ? «Nossa História». Telefônica / VIVO ? GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 ? «Pirassununga». Consultado em 17 de fevereiro de 2010
Ligações externas[editar | editar código-fonte]
Página da prefeitura
Página do Projeto COMTUR da Rota Turistica da Cachaça de Pirassununga
História de Pirassununga
Pirassununga no WikiMapia
Pirassununga Cachoeira de Emas
Portal do Brasil Portal de São Paulo
vde Telecomunicações em São PauloEmpresaspaulistas
CETERP
COTESP
CTB
CTBC-Borda do Campo
TELESP
Telesp Celular
Código de área(DDD) 11
Alumínio
Araçariguama
Arujá
Atibaia
Barueri
Biritiba Mirim
Bom Jesus dos Perdões
Bragança Paulista
Cabreúva
Caieiras
Cajamar
Campo Limpo Paulista
Carapicuíba
Cotia
Diadema
Embu das Artes
Embu-Guaçu
Ferraz de Vasconcelos
Francisco Morato
Franco da Rocha
Guararema
Guarulhos
Igaratá
Itapecerica da Serra
Itapevi
Itaquaquecetuba
Itatiba
Itu
Itupeva
Jandira
Jarinu
Joanópolis
Jundiaí
Juquitiba
Mairinque
Mairiporã
Mauá
Mogi das Cruzes
Morungaba
Nazaré Paulista
Osasco
Pedra Bela
Pinhalzinho
Piracaia
Pirapora do Bom Jesus
Poá
Ribeirão Pires
Rio Grande da Serra
Salesópolis
Salto
Santa Isabel
Santana de Parnaíba
Santo André
São Bernardo do Campo
São Caetano do Sul
São Paulo
São Roque
Suzano
Taboão da Serra
Tuiuti
Vargem
Vargem Grande Paulista
Várzea Paulista
Código de área(DDD) 12
Aparecida
Arapeí
Areias
Bananal
Caçapava
Cachoeira Paulista
Campos do Jordão
Canas
Caraguatatuba
Cruzeiro
Cunha
Guaratinguetá
Ilhabela
Jacareí
Jambeiro
Lagoinha
Lavrinhas
Lorena
Monteiro Lobato
Natividade da Serra
Paraibuna
Pindamonhangaba
Piquete
Potim
Queluz
Redenção da Serra
Roseira
Santa Branca
Santo Antônio do Pinhal
São Bento do Sapucaí
São José do Barreiro
São José dos Campos
São Luís do Paraitinga
São Sebastião
Silveiras
Taubaté
Tremembé
Ubatuba
Código de área(DDD) 13
Bertioga
Cajati
Cananeia
Cubatão
Eldorado
Guarujá
Iguape
Ilha Comprida
Itanhaém
Itariri
Jacupiranga
Juquiá
Miracatu
Mongaguá
Pariquera-Açu
Pedro de Toledo
Peruíbe
Praia Grande
Registro
Santos
São Vicente
Sete Barras
Vicente de Carvalho
Código de área(DDD) 14
Águas de Santa Bárbara
Agudos
Álvaro de Carvalho
Alvinlândia
Anhembi
Arandu
Arco-Íris
Arealva
Areiópolis
Avaí
Avaré
Balbinos
Bariri
Barra Bonita
Bastos
Bauru
Bernardino de Campos
Bocaina
Bofete
Boraceia
Borebi
Botucatu
Brotas
Cabrália Paulista
Cafelândia
Campos Novos Paulista
Canitar
Cerqueira César
Chavantes
Conchas
Coronel Macedo
Dois Córregos
Duartina
Espírito Santo do Turvo
Fartura
Fernão
Gália
Garça
Getulina
Guaiçara
Guaimbê
Guarantã
Herculândia
Iacanga
Iacri
Iaras
Ibirarema
Igaraçu do Tietê
Ipaussu
Itaí
Itapuí
Itatinga
Jaú
Julio Mesquita
Lençóis Paulista
Lins
Lucianópolis
Lupércio
Macatuba
Manduri
Marília
Mineiros do Tietê
Ocauçu
Óleo
Oriente
Oscar Bressane
Ourinhos
Paranapanema
Pardinho
Paulistânia
Pederneiras
Piraju
Pirajuí
Piratininga
Pompeia
Pongaí
Pratânia
Presidente Alves
Promissão
Queiroz
Quintana
Reginópolis
Ribeirão do Sul
Sabino
Salto Grande
Santa Cruz do Rio Pardo
São Manuel
São Pedro do Turvo
Sarutaiá
Taguaí
Taquarituba
Tejupá
Timburi
Torrinha
Tupã
Ubirajara
Uru
Vera Cruz
Código de área(DDD) 15
Alambari
Angatuba
Apiaí
Araçoiaba da Serra
Barão de Antonina
Barra do Chapéu
Barra do Turvo
Boituva
Bom Sucesso de Itararé
Buri
Campina do Monte Alegre
Capão Bonito
Capela do Alto
Cerquilho
Cesário Lange
Guapiara
Guareí
Ibiúna
Iperó
Iporanga
Itaberá
Itaoca
Itapetininga
Itapeva
Itapirapuã Paulista
Itaporanga
Itararé
Jumirim
Laranjal Paulista
Nova Campina
Piedade
Pilar do Sul
Porangaba
Porto Feliz
Quadra
Ribeira
Ribeirão Branco
Ribeirão Grande
Riversul
Salto de Pirapora
São Miguel Arcanjo
Sarapuí
Sorocaba
Tapiraí
Taquarivaí
Tatuí
Tietê
Torre de Pedra
Votorantim
Código de área(DDD) 16
Altinópolis
Américo Brasiliense
Aramina
Araraquara
Barrinha
Batatais
Boa Esperança do Sul
Borborema
Brodowski
Buritizal
Cajuru
Cândido Rodrigues
Cássia dos Coqueiros
Cravinhos
Cristais Paulista
Dobrada
Dourado
Dumont
Fernando Prestes
Franca
Guará
Guariba
Guatapará
Ibaté
Ibitinga
Igarapava
Ipuã
Itápolis
Itirapuã
Ituverava
Jaboticabal
Jardinópolis
Jeriquara
Luiz Antônio
Matão
Miguelópolis
Monte Alto
Morro Agudo
Motuca
Nova Europa
Nuporanga
Orlândia
Patrocínio Paulista
Pedregulho
Pitangueiras
Pontal
Pradópolis
Ribeirão Bonito
Ribeirão Corrente
Ribeirão Preto
Rifaina
Rincão
Sales Oliveira
Santa Cruz da Esperança
Santa Ernestina
Santa Lúcia
Santa Rosa do Viterbo
Santo Antônio da Alegria
São Carlos
São Joaquim da Barra
São José da Bela Vista
São Simão
Serra Azul
Serrana
Sertãozinho
Tabatinga
Taiaçu
Taiuva
Taquaral
Taquaritinga
Trabiju
Vista Alegre do Alto
Código de área(DDD) 17
Adolfo
Altair
Álvares Florence
Américo de Campos
Aparecida d'Oeste
Ariranha
Aspásia
Auriflama
Bady Bassitt
Bálsamo
Barretos
Bebedouro
Cajobi
Cardoso
Catanduva
Catiguá
Cedral
Colina
Colômbia
Cosmorama
Dirce Reis
Dolcinópolis
Elisiário
Embaúba
Estrela d'Oeste
Fernandópolis
Floreal
Gastão Vidigal
General Salgado
Guaíra
Guapiaçu
Guaraci
Guarani d'Oeste
Guzolândia
Ibirá
Icém
Indiaporã
Ipiguá
Irapuã
Itajobi
Jaborandi
Jaci
Jales
José Bonifácio
Macaubal
Macedônia
Magda
Marapoama
Marinópolis
Mendonça
Meridiano
Mesópolis
Mira Estrela
Mirassol
Mirassolândia
Monções
Monte Aprazível
Monte Azul Paulista
Neves Paulista
Nhandeara
Nipoã
Nova Aliança
Nova Canaã Paulista
Nova Castilho
Nova Granada
Nova Luzitânia
Novais
Novo Horizonte
Olímpia
Onda Verde
Orindiúva
Ouroeste
Palestina
Palmares Paulista
Palmeira d'Oeste
Paulo de Faria
Pedranópolis
Pindorama
Pirangi
Poloni
Pontalinda
Pontes Gestal
Populina
Potirendaba
Riolândia
Rubineia
Sales
Santa Adélia
Santa Albertina
Santa Clara d'Oeste
Santa Fé do Sul
Santa Rita d'Oeste
Santa Salete
Santana da Ponte Pensa
São Francisco
São João das Duas Pontes
São João de Iracema
São José do Rio Preto
Sebastianópolis do Sul
Severinia
Tabapuã
Tanabi
Terra Roxa
Três Fronteiras
Turmalina
Ubarana
Uchoa
União Paulista
Urânia
Urupês
Valentim Gentil
Viradouro
Vitória Brasil
Votuporanga
Código de área(DDD) 18
Adamantina
Alfredo Marcondes
Alto Alegre
Álvares Machado
Andradina
Anhumas
Araçatuba
Assis
Avanhandava
Barbosa
Bento de Abreu
Bilac
Birigui
Borá
Braúna
Brejo Alegre
Buritama
Caiabu
Caiuá
Cândido Mota
Castilho
Clementina
Coroados
Cruzália
Dracena
Echaporã
Emilianópolis
Estrela do Norte
Euclides da Cunha Paulista
Flora Rica
Flórida Paulista
Florínea
Gabriel Monteiro
Glicério
Guaraçaí
Guararapes
Iepê
Ilha Solteira
Indiana
Inúbia Paulista
Irapuru
Itapura
João Ramalho
Junqueirópolis
Lavínia
Lourdes
Lucélia
Luziânia
Lutécia
Marabá Paulista
Maracaí
Mariápolis
Martinópolis
Mirandópolis
Mirante do Paranapanema
Monte Castelo
Murutinga do Sul
Nantes
Narandiba
Nova Guataporanga
Nova Independência
Osvaldo Cruz
Ouro Verde
Pacaembu
Palmital
Panorama
Paraguaçu Paulista
Parapuã
Pauliceia
Pedrinhas Paulista
Penápolis
Pereira Barreto
Piacatu
Piquerobi
Pirapozinho
Planalto
Platina
Pracinha
Presidente Bernardes
Presidente Epitácio
Presidente Prudente
Presidente Venceslau
Quatá
Rancharia
Regente Feijó
Ribeirão dos Índios
Rinópolis
Rosana
Rubiácea
Sagres
Salmourão
Sandovalina
Santa Mercedes
Santo Anastácio
Santo Antônio do Aracanguá
Santo Expedito
Santópolis do Aguapeí
São João do Pau-d'Alho
Sud Mennucci
Suzanápolis
Taciba
Tarabai
Tarumã
Teodoro Sampaio
Tupi Paulista
Turiúba
Valparaíso
Zacarias
Código de área(DDD) 19
Aguaí
Águas da Prata
Águas de Lindoia
Águas de São Pedro
Americana
Amparo
Analândia
Araras
Artur Nogueira
Caconde
Campinas
Capivari
Casa Branca
Charqueada
Conchal
Cordeirópolis
Corumbataí
Cosmópolis
Descalvado
Divinolândia
Elias Fausto
Engenheiro Coelho
Espírito Santo do Pinhal
Estiva Gerbi
Holambra
Hortolândia
Indaiatuba
Ipeúna
Iracemápolis
Itapira
Itirapina
Itobi
Jaguariúna
Leme
Limeira
Lindoia
Louveira
Mococa
Mogi Guaçu
Mogi Mirim
Mombuca
Monte Alegre do Sul
Monte Mor
Nova Odessa
Paulínia
Pedreira
Piracicaba
Pirassununga
Porto Ferreira
Rafard
Rio Claro
Rio das Pedras
Saltinho
Santa Bárbara d'Oeste
Santa Cruz da Conceição
Santa Cruz das Palmeiras
Santa Gertrudes
Santa Maria da Serra
Santa Rita do Passa Quatro
Santo Antônio de Posse
Santo Antônio do Jardim
São João da Boa Vista
São José do Rio Pardo
São Pedro
São Sebastião da Grama
Serra Negra
Socorro
Sumaré
Tambaú
Tapiratiba
Valinhos
Vargem Grande do Sul
Vinhedo
Relacionados
Códigos de área (DDD) de todos os municípios paulistasvde Região Geográfica Intermediária de AraraquaraRegião Geográfica Imediata de AraraquaraAmérico Brasiliense * Araraquara * Boa Esperança do Sul * Borborema * Cândido Rodrigues * Dobrada * Gavião Peixoto * Ibitinga * Itápolis * Matão * Motuca * Nova Europa * Rincão * Santa Lúcia * Tabatinga * Taquaritinga * TrabijuRegião Geográfica Imediata de São CarlosDescalvado * Dourado * Ibaté * Itirapina * Pirassununga * Porto Ferreira * Ribeirão Bonito * Santa Rita do Passa Quatro * São Carlos
vde Canais de televisão aberta de PirassunungaSinal digital
4.1 (30) - TV Cultura HD / 4.2 Univesp TV / 4.3 MultiCultura
5.1 (24) - SBT RP HD
6.1 (42) - EPTV Central HD
13.1 (28) - RecordTV Interior SP HD
17.1 (18) - TV Clube HD
19.1 - TV Gazeta HD
32.1 - Rede Vida HD
35.1 - Record News HD
50.1 - Rede Vida HD
52.1 (47) - CNT HD
58.1 (41) - TV Mix Regional HD
Autorizados ouem implantação
17.1 (48) - RedeTV! SP HD
55.1 (17) - Rede 21 HD
Por assinatura
Claro TV
Sky Brasil
Vivo TV
Predefinições deregiões adjacentes
São Carlos
Leme

Posts Relacionados

24-08-2016 08:58:36

desenvolvimento de site sp em Piratini

Encontre desenvolvimento de site sp em Piratini na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

24-08-2016 08:58:36

desenvolvimento de site sp em Piratininga

Encontre desenvolvimento de site sp em Piratininga na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

24-08-2016 08:58:36

desenvolvimento de site sp em Piratuba

Encontre desenvolvimento de site sp em Piratuba na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

24-08-2016 08:58:36

desenvolvimento de site sp em Piraúba

Encontre desenvolvimento de site sp em Piraúba na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.