desenvolvimento de site sp em Limoeiro do Norte

Encontre desenvolvimento de site sp em Limoeiro do Norte na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Desenvolvimento

Acto ou efeito de desenvolver.
Crescimento.
Ampliação.
Minuciosidade.


Limoeiro Do Norte


Município de Limoeiro do Norte
"Princesinha do Vale"
Catedral da Diocese de Limoeiro do NorteBandeiraBrasãoHino
Aniversário30 de agosto
Fundação1897 (122 anos)
Gentílicolimoeirense
Padroeiro(a)Nossa Senhora da Conceição
CEP62930-000
Prefeito(a)José Maria de Oliveira Lucena (PMDB)
Localização
Localização de Limoeiro do Norte no CearáLimoeiro do Norte Localização de Limoeiro do Norte no Brasil
05° 08' 45" S 38° 05' 52" O05° 08' 45" S 38° 05' 52" O
Unidade federativaCeará
MesorregiãoJaguaribe IBGE/2008[1]
MicrorregiãoBaixo Jaguaribe IBGE/2008[1]
Municípios limítrofesNorte: Russas e Quixeré, Leste: Governador Dix-Sept Rosado, Sul: Tabuleiro do Norte, São João do Jaguaribe, Oeste: Morada Nova
Distância até a capital164 km
Características geográficas
Área751,535 km² [2]
DistritosLimoeiro; Bixopá e Tomé
População56 264 hab. IBGE/2010[3]
Densidade74,87 hab./km²
Altitude70 m
ClimaSemi-árido
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,682 (CE: 8º) ? médio PNUD/2010[4]
PIBR$ 402 180,000 mil IBGE/2010[5]
PIB per capitaR$ 7 145,92 IBGE/2010[5]
Página oficial
Prefeiturahttp://limoeirodonorte.ce.gov.br/
Câmarahttp://camaralimoeirodonorte.ce.gov.br/Limoeiro do Norte é um município brasileiro, no estado do Ceará, na Região Nordeste do Brasil. Localizado na Mesorregião do Jaguaribe, na Microrregião do Baixo Jaguaribe, no Vale do Jaguaribe. É a cidade-polo da Região Jaguaribana por conta de seu forte comércio, estratégica localização geográfica e pioneirismo em serviços públicos e privados de educação e saúde. Além disso, é a cidade-sede da Diocese de Limoeiro do Norte - a terceira mais antiga do interior cearense após Crato e Sobral.
O município é conhecido também como a Terra das Bicicletas, pelo elevado número de bicicletas no Século XX, além de ser comum que crianças aprendam muito cedo a andar de bicicleta. Em razão de suas belezas naturais e seu vanguardismo nas áreas religiosas e educacionais, o município também ficou conhecido como a "Princesa do Vale".
Limoeiro do Norte é a cidade com maior renda per capita e maior densidade demográfica da microrregião do Baixo Jaguaribe, além de ser uma das 25 cidades mais populosas do Estado do Ceará com mais de 50 mil habitantes[6].Índice1 Etimologia
2 História
3 Geografia3.1 Relevo e solo
3.2 Hidrografia e recursos hídricos
3.3 Vegetação
3.4 Clima
4 Turismo4.1 Pontos Turísticos
4.2 Cultura
4.3 Eventos
5 Ver também
6 Demografia6.1 Crescimento populacional
6.2 População por gênero
6.3 População por zona
6.4 Habitantes e eleitorado
7 Indicadores sociais7.1 Índice de Desenvolvimento Humano
7.2 Coeficiente de Gini
7.3 Renda per capita
8 Economia8.1 Setor primário
8.2 Setor secundário
8.3 Setor terciário
9 Política9.1 Administração pública
9.2 Eleitorado
9.3 Relações internacionais
9.4 Subdivisão
10 Feriados municipais
11 Estrutura urbana
12 Transporte12.1 Frota de veículos
12.2 Infraestrutura
12.3 Acesso
13 Mídia e comunicação13.1 Jornais
13.2 Emissoras de rádio
13.3 Emissoras de televisão
13.4 Telefonia fixa e móvel
13.5 Provedores de internet
14 Instituições e órgãos
15 Segurança
16 Saúde
17 Educação17.1 Instituições educativas
17.2 Ensino básico
17.3 Ensino superior
17.4 Ciência e tecnologia
18 Notas
19 Referências
20 Ligações externasEtimologia[editar | editar código-fonte]
Existem muitas controvérsias e poucas certezas sobre a origem do nome da cidade. Uma das correntes diz que o topônimo limoeiro é uma alusão as plantações de limoeiros feitas pelos índios Paiacu. Outra tese muito forte é de que se deve ao Sítio Limoeiro da família do Padre Vicente Rodrigues da Silva que veio de Pernambuco no século XVIII.
No início, a denominação original do local era Vila de São João do Jaguaribe porque sua sede ficava no atual município de São João do Jaguaribe. Posteriormente, o distrito de Limoeiro foi elevado à categoria de Vila (Vila do Limoeiro) pela lei provincial nº 1255, de 28-12-1868. O nome foi mantido quando a Vila foi transformada em cidade, nos termos da lei estadual nº 364, de 30-08-1897. Em razão do Decreto-lei 1.114, de 30 de dezembro de 1943, a cidade passou a se chamar Limoeiro do Norte para distingui-la de um município com mesmo nome no estado de Pernambuco: Limoeiro.[7]História[editar | editar código-fonte]
Bando de Lampião em Limoeiro do Norte no ano de 1927, tendo como prisioneiros Coronel Gurgel-Maria Lopes e Joaquim Moreira.
As terras da ilha fluvial formada pelos rios Jaguaribe e Banabuiú e pelas suas respectivas margens eram habitadas por diversas etnias Tapuias, entres elas os Paiacu.[8][9]
Com a definitiva ocupação do território do Ceará na segunda metade do século XVII, chegaram os portugueses e seus descendentes oriundos do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco nesta região ("povoamento Sertão de fora").[10] Depois de combates que fizeram parte da Guerra dos Bárbaros, a construção da Fortaleza Real de São Francisco Xavier da Ribeira do Jaguaribe e o deslocamentos dos indígenas, nestas terras foram implementadas a pecuária, o que foi o impulso decisivo para o estabelecimento e surgimento deste núcleo agropecuário.
Nos séculos XVI e XVII, a região possuía localização estratégica durante o desenvolvimento da pecuária nos sertões do Ceará porque servia como importante trecho da "Estrada Geral do Jaguaribe" que ligava o litoral de Aracati e a primeira vila do interior cearense: Icó[11]. Durante o século XVII, o gado criado nas ribeiras do Rio Jaguaribe, inclusive na região do Limoeiro, o Ceará passa a ter um novo perfil econômico e social, desenvolvendo seu primeiro grande ciclo econômico que duraria até a Grande Seca de 1777[12]. Assim, povoar a área ribeirinha era uma prioridade para baixar custos da produção de leite e couro, além de promover melhores estadias aos viajantes (entreposto das boiadas). Naturalmente, muitas famílias buscaram estabelecer fazendas na região ribeirinha com o objetivo de obter algum tipo de prosperidade econômica.
O desenvolvimento urbano da cidade deu-se ao redor da capela de Nossa Senhora da Conceição (atual Catedral), que foi construída a partir de 1845, quando Limoeiro do Norte ainda pertencia a São Bernardo de Russas.Geografia[editar | editar código-fonte]
Relevo e solo[editar | editar código-fonte]
Os relevos em Limoeiro do Norte fazem parte da Depressão Sertaneja, da (cuesta) rebaixada da Chapada do Apodi e da planície e terraços fluviais próximos ao Rio Jaguaribe. As principais elevações não ultrapassam os 200 metros de altitude. Os solos mais comuns são os Solos Aluviais, Cambissolos, litossolos, Planossolo, Solódico, Vertissolo e Podzólico Vermelho-Amarelo.[13]
Altitude
A cidade de Limoeiro do Norte está em média a uma altitude de 33 metros acima do nível do mar, enquanto em seu bairro Cidade Alta a média de altitude fica entorno dos 49 metros. Na chapada do Apodi as altitudes chegam aos 140 metros, havendo ainda a ocorrendo de maiores elevações. Na comunidade do Tomé localizada na Chapada do Apodi, as elevações ficam a uma média de 138 metros acima do nível do mar.Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]
As principais fontes de água fazem parte das bacias dos rios Jaguaribe e Banabuiú, sendo seus principais afluentes o Rio Quixeré. Existem diversos açudes, dentre eles o do Gado Bravo, da Ingarana, do Barracão e da Santa Fé, e diversas barragens ao longo de seus rios.[13][14]Vegetação[editar | editar código-fonte]
A vegetação predominante em Limoeiro do Norte é a de pequeno porte e do tipo caatinga arbustiva densa, com trechos mais arbóreos e espinhosos, na mata ciliar predomina a carnaúba e a oiticica. Os vegetais mais comuns são o pereiro, jucá, jurema, pau-branco, aroeira, catingueira, juazeiro, além de variedades de cactos como o mandacaru, o xiquexique, a palma, entre outros.[13]Clima[editar | editar código-fonte]
Tropical semiárido, com temperaturas médias variando de 22 graus Celsius a 34 graus Celsius e pluviometria média de 762 milímetros, concentrados entre fevereiro e maio.Turismo[editar | editar código-fonte]
Pontos Turísticos[editar | editar código-fonte]
Coluna da Hora
Mercado - Feira Livre (Mercado da Carne, Mercado do Peixe e Hortifrúti)
Cemitério Nossa Senhora do Carmo (Público)
Cemitério Regional Vale da Paz (Privado)
Barragem das Pedrinhas
Rio Jaguaribe
Rio Banabuiú
Canal da Integração (Tabuleiro de Russas, no Bixopá)
Açude no Bixopá (Água Salgada)
Gruta de Lampião (Sítio Morros)
Trilha ecológica no Sítio Morros
Campo Florestal
Centro Cultural Márcio Mendonça
Museu da Imagem e do Som (Núcleo de Informação Tecnológica - NIT)
Igreja de Santa Luzia (Sítio Espinho)
Patronato São Vicente de Paulo
Praça da Matriz
Igreja Catedral
Seminário Diocesano
Estádio Bandeirão
Igreja de Santo Antônio
Clube Recreativo Ipu
Clube da AABB
Cultura[editar | editar código-fonte]
A cidade de Limoeiro do Norte possui um centro cultural com teatro (Centro Cultural Márcio Mendonça), cinema com dois salas de cinema (Cinema Francisco Lucena), biblioteca municipal (Dr. João Eduardo Neto) e museu (Museu da Imagem e do Som) no NIT.
Há no município de Limoeiro do Norte grupos de danças folclóricas, quadrilhas juninas, repentistas, artesões que trabalham com a cantaria, cerâmica e a palha da carnaúba.Eventos[editar | editar código-fonte]
Encontro Mestres do Mundo: Apresentações culturais de todo o Brasil e até internacionais - Mês de janeiro.
Buchada da Adélia: Bloco de marchinhas antigas - Mês de janeiro.
Limofolia (muito conhecido por trazer artistas famosos como Claudia Leite, Psirico, Léo Santana, Ivete Sangalo, etc..) Micareta - Mês de janeiro.
Festival de Quadrilhas - Junho
Expovale: Exposição agropecuária do Vale do Jaguaribe - Mês de julho.
FENERJ: Com objetivo de estimular o empreendedorismo, capacitar e canalizar os produtos locais para os principais mercados. Além disso, durante a feira acontecem apresentações artístico-culturais - Mês de agosto.
Juriti Rasta - Festa tradicional de Reggae, realizada a mais de 8 anos no Sitio Juriti, sempre no mês de agosto
Festa do município - Dia 30 de agosto.
Desfile das escolas - 7 de setembro.
Festival internacional de trovadores e repentistas - Mês de setembro.
Corrida do fogo: Maratona organizada pelo corpo de bombeiros da cidade - Mês de novembro.
Festa do São Raimundo - 9 de novembro.
Festa da padroeira: Nossa Senhora da Conceição - Dia 8 de dezembro.
Vaquejadas
Garoto & Garota Lauro Rebouças
Feira de ciências das escola públicas
Ver também[editar | editar código-fonte]
Cearenses de Limoeiro do Norte
Lista de prefeitos de Limoeiro do Norte
Estádio José de Oliveira Bandeira
Estádio José Costa Mano - Vila UniãoDados climatológicos para Limoeiro do Norte
MêsJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
Temperatura máxima média (°C)33,632,731,831,431,231,231,93333,83434,133,9 32,7
Temperatura média (°C)28,52827,527,22726,626,727,32828,128,428,5 27,6
Temperatura mínima média (°C)23,423,323,223,122,922,121,621,622,222,322,823,1 22,6
Precipitação (mm)67113201194984719311216 762
Fonte: Climate Data.[15] Demografia[editar | editar código-fonte]
A população do município de Limoeiro do Norte é a 25° maior do estado do Ceará, porém é a cidade com maior densidade demográfica do Vale do Jaguaribe (74,91 hab/km²), segundo o IBGE.Crescimento populacional[editar | editar código-fonte]IBGE (2010)
AnoHabitantes
199141.700
199644.880
200049.620
200753.289
200956.098
201056.281
2014*57.782
2018*59.278[16]
*Estimativas do IBGE[17][18]
População por gênero[editar | editar código-fonte]IBGE (2010)
GêneroUnidadePorcentagem
Mulher29.70851,01
Homem28.77348,99
[19]
População por zona[editar | editar código-fonte]IBGE (2010)
ZonaUnidadePorcentagem
Urbana32.50257,70
Rural23.77942,30
[19]
Habitantes e eleitorado[editar | editar código-fonte]IBGE e TSE (2010/2013)
HabitantesEleitorado
59.28146.482
[20]
Indicadores sociais[editar | editar código-fonte]
Índice de Desenvolvimento Humano[editar | editar código-fonte]PNUD
IDH199120002010
Renda0,6200,6880,633
Longevidade0,7650,7830,804
Educação0,8430,8730,623
Total0,7420,7810,682
[21][22][23]
Coeficiente de Gini[editar | editar código-fonte]
O Índice de Gini é um cálculo realizado para verificar a desiguadade, sendo mais comum a verificação a partir de informações demográficas e a porcentagem de renda. A análise é um relevante meio de observação da desigualdade de renda em determinada região. O índice varia entre 0 e 1, sendo que o número 0 representa a completa igualdade de renda e o número 1 representa a completa desigualdade[24].
O Brasil possui um coeficiente de 0,515 (dados de 2015)[25] enquanto que Limoeiro do Norte possuía em 2010 um coeficiente próximo de 0,50.199920002010
0,520,570,50[26][27]
Renda per capita[editar | editar código-fonte]
De acordo com o IBGE (2016), o cálculo da renda do PIB per capita é de R$ 15.842,69. Essa é a maior renda per capita da microrregião e uma das maiores do Estado (11ª em 2016)[28]. Economia[editar | editar código-fonte]
A economia de limoeiro do Norte está em crescimento, é um dos 15 maiores PIB´s e um dos 10 maiores PIB´s per capita do estado do Ceará, ao lado de outros 14 municípios do estado do Ceará representam mais de 70% do PIB estadual.Composição Econômica de Limoeiro do Norte[29]
Setor primário
42,94 %
Setor secundário
14,29 %
Setor terciário
44,82 %
Setor primário[editar | editar código-fonte]
O setor primário é a segunda maior atividade econômica de Limoeiro do Norte.
Durante muitos anos a cera da carnaúba representou a principal atividade econômica de Limoeiro do Norte.Agricultura (Permanente)IBGE (2008)
LavouraQuantidade Produzida (ton.)Valor da Produção (R$ mil)Área Plantada (ha.)Área Colhida (ha.)Rendimento Médio (kg/ha.)
Banana (em cacho)26.45014.0901.2601.15023.000
Castanha de caju6915642.0452.045308
Coco-da-baía941367737312.890
Figo18111443.750
Goiaba912568707013.000
Laranja2718883.375
Limão3.8472.11338038010.000
Mamão2.695714353577.000
Manga714557424217.000
Uva69146888.000
[19]
Agricultura (temporária)IBGE (2008)
LavouraQuantidade produzida (ton.)Valor da produção (R$ mil)Área plantada (ha.)Área colhida (ha.)Rendimento médio (kg/ha.)
Abacaxi95.200120.1901.4001.40068.000
Arroz (em casca)9.3006.9291.5001.5006.200
Feijão (em grão)1.3722.5191.2401.2401.106
Mamona (baga)771919368
Mandioca1.2802051601608.000
Melancia2.400720808030.000
Melão4.3755.29417517525.000
Milho (em grão)2161281801801.200
Soja (em grão)16658125125123.251
Sorgo (em grão)3051221451452.103
Tomate140744435.000
[19]
Pecuária (criação)IBGE (2008)
RebanhoEfetivo (cabeças)
Bovinos19.503
Eqüinos1.255
Asininos252
Muares38
Suínos4.884
Caprinos5.775
Ovinoss15.300
Galos, frangas, frangos e pintos14.952
Galinhas23.125
Vacas ordenhadas7.826
[19]
Pecuária (Produção)IBGE
GêneroProdução em 2008Produção em 2011Produção em 2014Produção em 2015
Leite de vaca8.191 (mil litros)9.837 (mil litros)11.859 (mil litros)11.247 (mil litros)
Ovos de galinha95 (mil dúzias)96 (mil dúzias)95 (mil dúzias)96 (mil dúzias)
Mel de abelha580.000 (kg)480.000 (kg)51.800 (kg)26.000 (kg)
[19][30]
Em 2015, uma pesquisa apontou que uma das principais fazendas da cidade, pertencente ao empresário e político Luiz Prata Girão e ligada à empresa Betânia, ficou em 9º lugar no ranking das fazendas com maior produção de leite do Brasil (3ª fazenda com maior produção de leite do Ceará), com mais de 10 toneladas de leite comercializado no ano de 2014.[31] Em 2016, o mesmo instituto colocou a fazenda de Limoeiro do Norte como a 10ª maior produtora de leite do Brasil em 2016 e 2ª maior produtora de leite no estado do Ceará, mas chegou a ser a 6ª maior produtora de leite em todo território nacional em 2015.[32]
Quando se trata de mel de abelha, foi divulgado que Limoeiro do Norte foi a cidade campeã em produção nacional no ano de 2009, desbancando municípios como Picos (PI) e Assu (RN).[33] Em 2011, Limoeiro do Norte ficou em segundo lugar na produção de mel do Brasil com mais de 480 toneladas de mel (1,2% da produção nacional), sendo superado apenas por Araripina (PE), mas a produção de mel vem caindo a cada ano.Setor secundário[editar | editar código-fonte]
O setor secundário é a terceira maior atividade econômica de Limoeiro do Norte.
No município estão localizadas 40 indústrias, sendo:
Treze de produtos alimentares, uma extrativa mineral, duas de madeira, quatro metalúrgicas, uma têxtil, uma editorial e gráfica, uma do mobiliário, dez de produtos minerais não metálicos, três de serviços de construção, quatro de vestuário, calçados e artigos de tecidos, couros e peles.[34]
O artesanato e a cantaria são também atividades econômicas do município de Limoeiro do Norte.Setor terciário[editar | editar código-fonte]
O setor terciário representa a maior atividade econômica de Limoeiro do Norte, e encontra-se em grande expansão.
Limoeiro do Norte tem uma rica história, arquitetura, gastronomia, e muitas belezas naturais, como seus rios, (Rio Jaguaribe e o Rio Quixeré), a Gruta de Lampião e a barragem das Pedrinhas no Rio Quixeré.Política[editar | editar código-fonte]
Administração pública[editar | editar código-fonte]
Executivo
A prefeitura municipal de Limoeiro do Norte localiza-se no centro da cidade. Desde 1971, a prefeitura municipal passou a funcionar no Edifício Irapuan Dinajá Feijó, na Rua Coronel Antônio Joaquim.[35] A lista de prefeitos de Limoeiro do Norte reflete as inúmeras disputas familiares que ocorreram na região.Legislativo
A Câmara Municipal) de Limoeiro do Norte localiza-se no Paço Municipal (que já foi sede da Cadeia Municipal e da Prefeitura), na Rua Coronel Malveira, centro da cidade. É composta atualmente por 15 vereadores.Judiciário
Limoeiro do Norte é sede de vários órgãos judiciais, como a Procuradoria da República, Subseção da OAB-CE, 15ª e 29ª Varas da Justiça Federal, Vara da Justiça do Trabalho, entre outros.Eleitorado[editar | editar código-fonte]
O número de eleitores em Limoeiro do Norte é de 43.482 mil, em 139 seções eleitorais segundo o TSE (2013) e o IBGE (2006) respectivamente.[20]Relações internacionais[editar | editar código-fonte]
Cidade-Irmã de Limoeiro do Norte:
CidadeDistritoPaísVigência
EspinhoAveiro Portugal2008
[36]
Subdivisão[editar | editar código-fonte]
O município é dividido em dois distritos, Limoeiro do Norte (sede), e Bixopá.[35] Em 2016, o distrito de Tomé passou a fazer parte do município de Limoeiro através da Lei estadual 16.198/2016 que foi publicada no Diário Oficial do Estado em 16 de janeiro de 2017.[37]
Além dos dois distritos, também conta com inúmeros bairros e comunidades, podendo serem citados o Centro, Santa Luzia, Dr. José Simões, João XXIII, Luís Alves de Freitas, Antônio Holanda de Oliveira, Bom Nome, Bom Fim, Ilha de Santa Terezinha, Socorro, Brotolândia, Pitombeira, Monsenhor Otávio, Contorno Leste, Bom Jesus do Cruzeiro, Córrego de Areia, Milagres, Arraial, São Raimundo, Canafístula, Santa Maria, Várzea do Cobra, Sítio Congo, Espinho, Danças, Pedra Branca, Cabeça Preta, Sapé, Ingarana, Malhada, Gangorra, entre outros.Feriados municipais[editar | editar código-fonte]
30 de agosto - Emancipação política.
8 de dezembro - Festa da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Conceição.
Estrutura urbana[editar | editar código-fonte]
A cidade de Limoeiro do Norte dispõe de abastecimento de água e serviço de esgoto (SAAE), fornecimento de energia elétrica (Enel), serviço telefônico fixo e móvel, serviço de internet público e privado, telégrafos, agência de correios, agências bancárias, unidades de segurança, unidades de saúde, unidades de educação, pousadas, hotéis, clubes, boates, parque florestal, praças, skate park, estádio de futebol (Estádio José de Oliveira Bandeira), etc.[13]Transporte[editar | editar código-fonte]
Frota de veículos[editar | editar código-fonte]
O município de Limoeiro do Norte se encontra em 13º lugar no ranking das cidades com maior frota de veículos do estado do Ceará.
Em números, podemos constatar que de uma frota de 19.108 veículos, 12.897 são motocicletas ou similares.
Enquanto isto o número de cidadãos limoeirenses habilitados está em torno de 10.000 pessoas.
(Referencia: SET/2011; Fonte: DEMUT)Infraestrutura[editar | editar código-fonte]
O município de Limoeiro do Norte possui uma rodoviária, localizada no centro da cidade, com linhas diárias de ônibus para a capital do estado, Fortaleza, entre outras cidades. O município também possui um aeroporto (Aeroporto de Limoeiro do Norte), localizado na Chapada do Apodi, zona rural do município.Acesso[editar | editar código-fonte]
A partir de Fortaleza o acesso ao município de Limoeiro do Norte pode ser feito por via terrestre, através da rodovia Fortaleza/Jaguaribe (BR-116) até a localidade de Peixe Gordo, daí tomando-se a CE-377 até a sede municipal. Os demais povoados, vilas, sítios e fazendas são acessíveis através de estradas estaduais e municipais, asfaltadas ou carroçáveis.Mídia e comunicação[editar | editar código-fonte]
Jornais[editar | editar código-fonte]
Folha do Vale
Jornal Tribuna
Emissoras de rádio[editar | editar código-fonte]
Rádio Vale do Jaguaribe - 103.3 MHz - FM;
Rádio Educadora Jaguaribana - AM 560 kHz.
FMRádio Jangadeiro FM Limoeiro - 100,1 MHz - FM
Rádio Styllus FM - 104,9 MHz - FM
ON LINEWeb Rádio Portal Jaguaribano.
Emissoras de televisão[editar | editar código-fonte]
TV Cidade Alta - Canal 4 e 55
NordesTV - canal 6
TV Verdes Mares - afiliada da Globo - canal 8 e 51
TV Jangadeiro -  é afiliada ao SBT-canal 12 VHF analógico e 35 UHF digital
TV Ceará - (Pública Estadual) - canal 12
TV União - canal 14
TV Canção Nova - canal 19
TV Cidade - afiliada da Record - canal 27 e 40
TV Diário - canal 43
Telefonia fixa e móvel[editar | editar código-fonte]
OI
Tim
Vivo
Claro
Provedores de internet[editar | editar código-fonte]
Arenanet - via Rádio
Baydnet - via Rádio
Brisanet - Fibra Óptica e Via Rádio
Limoeiro Digital (Pública Municipal) - via Rádio e Wi-Fi
Instituições e órgãos[editar | editar código-fonte]
Algumas instituições e órgãos com sede em Limoeiro do Norte.Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL[desambiguação necessária]
Companhia Energética do Ceará - Coelce (Enel Distribuição Ceará)
Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará - Cogerh
Subseção do Conselho Regional de Enfermagem - Coren
Conselho Regional de Engenharia e Agronomia - Crea
Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB
Jurisdição do Departamentos Estadual de Rodovias - Der
Empresa de Assistência Técnica de Extensão Rural do Ceará - Ematerce
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas - IBGE
Serviço de Água e Esgoto - SAAE (autarquia municipal)
Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural - Seagri
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Sebrae
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC
Núcleo de atendimento Secretaria da Fazenda - SEFAZ
Sistema Nacional de Emprego - Sine-IDT
Varas da Justiça Federal -TRF 5ª Região
Varas do Trabalho - TRT
Varas da Justiça Estadual - TJCE
Centro de atendimento ao contribuinte da Receita Federal
Federação das Indústrias do Estado do Ceará -FIEC
Procuradoria da República - Ministério Público Federal
Instituto Nacional do Seguro Social - INSS
Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - Correios
Banco do Brasil - BB (Economia Mista)
Caixa Econômica Federal - CEF (Banco Público)
Banco Bradesco (Banco Privado)
Segurança[editar | editar código-fonte]
A cidade de Limoeiro do Norte é sede de Companhia de Polícia Militar, Delegacia de Polícia Civil, DEMUT (Departamento Municipal de trânsito), Grupamento do Corpo de Bombeiros, IBAMA, Tiro de Guerra, Guarda Municipal, etc.Saúde[editar | editar código-fonte]
Tradicionalmente, os serviços de saúde em Limoeiro do Norte são realizados em Postos Saúde da Família (PSF) e no Hospital Dr. Deoclécio Lima Verde (HDLV - SESP) que é administrado pela Prefeitura Municipal, além do Hospital e Maternidade São Raimundo, instituição mantida pela Sociedade Beneficente São Camilo ("camilianos").
Em 08 de agosto de 1943, após esforços do Bispo Dom Aureliano Matos, foi fundado o Hospital São Raimundo com o objetivo de socorrer as mulheres pobres que morriam durante o parto.  Tendo como primeira Diretora a Sra. Isabel Távora Fontoura (Dona Catita), o Hospital alcançou êxito graças ao trabalho dos médicos Deoclécio Lima Verde e José Simões dos Santos (este viria a se tornar prefeito de Limoeiro do Norte e deputado estadual anos depois). Em 1979, o então Bispo Dom Pompeu Bezerra Bessa explanou as dificuldades orçamentárias para a população limoeirense e decidiu, após acolher sugestão do Bispo de Itapipoca, doar o Hospital São Raimundo para a Sociedade Beneficente São Camilo. Atualmente o Hospital São Raimundo conta com 73 leitos, realiza internações nas seguintes especialidades: clínica médica, cirúrgica (geral e ginecológica), pediátrica, obstétrica para pacientes do SUS, Planos de Saúde e Particulares. Além disso, vem passando por uma série de melhorias estruturais (enfermarias, postos de enfermagem, setores de apoio, etc) de modo a otimizar o atendimento aos clientes.[38]
Em maio de 2012, foi inaugurado o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), equipado com salas de Raio X, sala de pequenas cirurgias, sala de paciente especial, administração e nove cadeiras de atendimento.[39] No CEO regional, a além dos serviços de ortodontia, periodontia e instalação de próteses, é realizado também diagnóstico do câncer de boca. Até o último dia 31 de março de 2014, foram realizados 15.876 atendimentos no CEO regional em Limoeiro.[40]
Em abril de 2014, Cid Gomes retornou a Limoeiro para inaugurar a Policlínica Regional em Limoeiro do Norte, ao lado do então secretário de saúde Ciro Gomes.[41] Tal serviço se destina a atender os mais de 200 mil habitantes dos municípios de Alto Santo, Ererê, Iracema, Jaguaribara, Jaguaribe,  Limoeiro do Norte, Pereiro, Potiretama, Quixeré, São João do Jaguaribe e Tabuleiro do Norte. Na fachada da policlínica regional em Limoeiro do Norte está o nome da tabelião aposentada pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, Judite Chaves Saraiva. Ela foi presidente do Hospital e Maternidade São Raimundo de Limoeiro do Norte. Na política, foi presidente da Liga Eleitoral Católica e secretária do Partido Social Democrático e da Aliança Renovadora Nacional.[42]  Ao longo de três anos, a Policlínica realizou 49.204 consultas especializadas; 131.820 exames; 79.592 atendimentos com fisioterapeutas, terapeuta ocupacional, psicólogos, nutricionais, fonoaudiólogos, farmacêuticos e enfermeiros.[43]
Em 2017, a Unimed Ceará e a Unimed Vale do Jaguaribe inauguraram o Hospital Geral Vale do Jaguaribe (HGVJ) no centro da cidade, com capacidade inicial para atendimento em torno de 10 mil pacientes por mês.[44] O novo hospital tem seu funcionamento 24 horas por dia, contando com 31 leitos: 20 para observações, 6 leitos cirúrgicos e 5 de complexidade na Unidade de Tratamento de Urgência (UTU). Entre as especialidades médicas, disponíveis em 12 consultórios, estão Medicina Interna, anestesiologia, traumato-ortopedia, pediatria, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia, cardiologia, cirurgia vascular, endocrinologia, dermatologia, gastroenterologia, urologia e proctologia. O Hospital Vale do Jaguaribe possui recepção climatizada com 100 lugares, bloco de pediatria, Centro de Imagem, laboratório, área administrativa, capela e praça de alimentação, em uma área construída de 2.600m² em um terreno de 9.000m², com capacidade para ampliações futuras.[45]
Desde 2014, foi assinada Ordem de Serviço para a construção do Hospital Regional Vale do Jaguaribe em Limoeiro do Norte (em região de entroncamento entre Limoeiro do Norte, Russas e Morada Nova) que seria o quarto mior hospital público do Estado no interior, uma vez que já foram inaugurados o Hospital Regional do Cariri, o Hospital Regional Norte (Sobral) e o Hospital Regional Sertão Central (Quixeramobim). Entretanto, apesar de já ter sido aprovado pela Assembleia Legislativa, ainda não foram iniciadas as obras para sua construção. A expectativa é que o Hospital terá 23.500 metros quadrados de área construída, com instalações de 256 leitos, 47 salas de observação, 5 centros cirúrgicos, 9 centros de imagens, 15 ambulatórios, 9 laboratórios, além de outras salas especializadas.[46]
IBGE (2005)
Unidades de Saúde38
Leitos122Educação[editar | editar código-fonte]
Fachada da FAFIDAM
Instituições educativas[editar | editar código-fonte]
A cidade de Limoeiro do Norte tem uma academia de letras (Academia Limoeirense de Letras - ALL), biblioteca municipal (Dr. João Eduardo Neto) e um núcleo do NIT (Núcleo de Informação Tecnológica) com museu e biblioteca.Ensino básico[editar | editar código-fonte]
Limoeiro do Norte possui rede de ensino infantil, ensino fundamental e ensino médio.
Nos últimos dados do (IDEB), o município de Limoeiro do Norte obteve 4,3 pontos, nas escolas públicas do ensino fundamental até a 4ª série, maior que o percentual estadual, de 4,2 pontos.[47]
Em Limoeiro do Norte, algumas escolas atingiram o Índice da Educação Básica (IDEB) com mais de 4,8 pontos. A escola Judite Chaves, atingiu a pontuação de 5,1 pontos, em uma escala que vai de 0 a 10, tendo 6 pontos como base para países desenvolvidos.
Exs: Escola da pedra branca(Francisco de Sales Bandeira), Escola do arraial(José Alves de Moura), Escola do São Raimundo(Estefânia Pinheiro).Dados estatísticosIBGE (2009)
EnsinoAlunos MatriculadosProfessoresEscolas e Colégios
Infantil1.87418827
Fundamental9.32638732
Médio2.567874
[48]
Ensino superior[editar | editar código-fonte]
Limoeiro do Norte possui rede de ensino superior.Instituições Superior
FAFIDAM - (Pública Estadual) - Campus da UECE
IFCE - (Pública Federal)
UAB - (Pública) - Educação a distância
UNOPAR - (Privada)
Faculdade Vidal de Limoeiro - FAVILI - (Privada)
UNIP - (Privada)
Ciência e tecnologia[editar | editar código-fonte]
Palestra de Marcos Pontes VI Encontro Regional de Astronomia, em 2010
Em 2007, Limoeiro do Norte foi o município Brasileiro que mais inscreveu alunos (com exceção das capitais) para a 10ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). O município ganhou um telescópio computadorizado da coordenação da olimpíada pelo desempenho em 2007. Em 2008, o município dobrou a quantidade de inscritos na OBA. Os alunos do município já conquistaram mais de 150 medalhas na OBA.[49]
Em junho de 2010, Limoeiro do Norte foi a sede do VI EREA, o qual teve a participação de grandes nomes da astronomia e astronáutica do Brasil, entre eles o 1° astronauta brasileiro e de língua portuguesa o tenente-coronel Marcos Cesar Pontes.[50]Notas[editar | editar código-fonte]
No Brasil existem outros municípios além de Limoeiro do Norte, que tem em seu nome a palavra Limoeiro.
São eles:Limoeiro; no estado do Pernambuco, a aproximadamente 562 km de distância.
Limoeiro de Anadia; no estado do Alagoas, a aproximadamente 827 km de distância.
Limoeiro do Ajuru; no estado do Pará, a aproximadamente 2.043 km de distância.
Referências? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 ? IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 ? «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 ? «Ranking IDH-M Ceará». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 9 de setembro de 2013 ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2010». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 09 set. 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)? cidades.ibge.gov.br https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ce/limoeiro-do-norte/panorama. Consultado em 27 de abril de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)? IBGE. «Limoeiro do Norte - Histórico» (PDF). IBGE. Consultado em 22 de abril de 2019 ? Sebok. Lou, Atlases published in the Netherlands in the rare atlas collection. Compiled and edited by Lou Seboek. National Map Collection (Canada), Ottawa. 1974? Aragão, R. B, Índios do Ceará e Topônimios Índigenas, Fortaleza, Barraca do Escritor Cearense. 1994? «Cópia arquivada». Consultado em 25 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 26 de julho de 2014 ? Reges, Luciana. «LABIRINTO DAS ÁGUAS: usos socioeconômicos do espaço do Sertão de Limoeiro» (PDF). UECE. Consultado em 23 de abril de 2019  line feed character character in |titulo= at position 21 (ajuda)? Neto, Leopoldo Gondim; Frota, Leandro Flavio Restrepo (31 de maio de 2017). «CHARQUEADA: A HISTÓRIA DA CARNE DE SOL NO CEARÁ E SUA ROTA DO ICÓ AO ARACATI». Encontros Universitários da UFC. 1 (1). 988 páginas. ISSN 2526-6578 ? a b c d http://www.cprm.gov.br/? [1]? «Clima: Limoeiro do Norte». Climate Data. Consultado em 28 de outubro de 2014 [ligação inativa]? «Brasil em síntese. Panorama de Limoeiro do Norte.». IBGE. Consultado em 22 de abril de 2019 ? IBGE. «Estimativas de População para 2014». Diário Oficial da União. Consultado em 8 de março de 2017 ? «Estimativas da População | IBGE». www.ibge.gov.br. Consultado em 22 de abril de 2019 ? a b c d e f «Cópia arquivada». Consultado em 6 de outubro de 2010. Arquivado do original em 16 de agosto de 2009 ? a b Erro de citação: Código inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome http://www.tse.jus.br/eleicoes/estatisticas/quantitativo-do-eleitorado/consulta-quantitativo
? [2]? «G1 Economia - Consulte o IDHM do seu município». G1. Consultado em 27 de março de 2017 ? «IDHM Municípios 2010». PNUD Brasil. Consultado em 27 de março de 2017 ? «Índice de Gini: o que é, índice gini do Brasil e no mundo». Dicionário Financeiro. Consultado em 27 de abril de 2019 ? «Brasil é o 10º país mais desigual do mundo». O Globo. 21 de março de 2017. Consultado em 27 de abril de 2019 ? [3]? «Índice de Gini da renda domiciliar per capita - Brasil». tabnet.datasus.gov.br. Consultado em 27 de março de 2017 ? cidades.ibge.gov.br https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ce/limoeiro-do-norte/panorama. Consultado em 27 de abril de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)? http://www.ibge.gov.br/cidadesat/painel/painel.php?codmun=230760#economia  Em falta ou vazio |título= (ajuda)? «Tabela 74: Produção de origem animal, por tipo de produto». sidra.ibge.gov.br. Consultado em 27 de março de 2017 ? «Levantamento Top 100 2015: Os 100 maiores produtores de leite do Brasil» (PDF). MilkPoint. Consultado em 27 de março de 2017 ? «Levantamento Top 100 2017: Os 100 maiores produtores de leite do Brasil». MilkPoint. Consultado em 27 de março de 2017 ? meionorte.com, Portal. «Picos é um dos maiores produtores de mel do Brasil, mas perde primeiro lugar para Limoeiro do Norte, no Ceará, e rebanho de gado atinge 1.750.910 anim». Portal meionorte.com. Consultado em 27 de março de 2017 ? /index.htm? a b Erro de citação: Código inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome biblioteca.ibge.gov.br
? [4]? «128 municípios do Ceará já estão com os limites definidos, segundo IBGE». Ceará. 28 de junho de 2016 ? «São Camilo Limoeiro do Norte - Histórico do Hospital - São Raimundo» ? «CEO regional em Limoeiro do Norte atenderá 11 municípios». Governo do Estado do Ceará. Consultado em 18 de agosto de 2017. Arquivado do original em 18 de agosto de 2017 ? «Cid Gomes inaugura policlínica regional em Limoeiro do Norte nesta quinta-feira (03)». Governo do Estado do Ceará. Consultado em 18 de agosto de 2017 ? «Em discurso com protesto e vaias, Cid passa mal e deixa palanque». Ceará. 3 de abril de 2014 ? «Cid Gomes inaugura policlínica regional em Limoeiro do Norte nesta quinta-feira (03)». Governo do Estado do Ceará. Consultado em 18 de agosto de 2017 ? «Policlínica de Limoeiro do Norte: três anos de serviços ao povo jaguaribano - TVJ1». TVJ1. Consultado em 18 de agosto de 2017 ? «Unimed Ceará inaugura Hospital Vale do Jaguaribe, em Limoeiro do Norte - Investe CE». Investe CE. 28 de junho de 2017 ? «Hospital Geral do Vale do Jaguaribe». www.hospgvj.com.br. Consultado em 18 de agosto de 2017 ? «Hospital Regional Vale do Jaguaribe será construído». Ceará News. 2014 ? [5][ligação inativa]? [6]? «Cópia arquivada». Consultado em 2 de outubro de 2010. Arquivado do original em 5 de outubro de 2009 ? «Cópia arquivada». Consultado em 27 de setembro de 2010. Arquivado do original em 13 de novembro de 2012 
Ligações externas[editar | editar código-fonte]
Página da câmara municipal de Limoeiro do Norte
Página da prefeitura municipal de Limoeiro do Norte
Página do governo do estado do Ceará
Mapa de Limoeiro do Norte
Mapa de Limoeiro do Norte
Página do IBGE
Página do Ceará
vde CearáCapitalFortalezaDivisão regional vigente (desde 2017)Regiões geográficas intermediárias e imediatasDivisão regional extinta (vigente até 2017)Mesorregiões e microrregiõesRegiões MetropolitanasCariri ? FortalezaMais de 300 000 habitantesFortaleza ? CaucaiaMais de 200 000 habitantesJuazeiro do Norte ? Maracanaú ? SobralMais de 100 000 habitantesCrato ? Itapipoca ? Maranguape ? IguatuMais de 50 000 habitantesQuixadá ? Canindé ? Crateús ? Aquiraz ? Pacatuba ? Quixeramobim ? Russas ? Aracati ? Tianguá ? Cascavel ? Icó ? Morada Nova ? Pacajus ? Camocim ? Acaraú ? Limoeiro do Norte ? Tauá ? Barbalha ? Horizonte ? Viçosa do Ceará ? Granja ? Boa Viagem ? Trairi ? Acopiara ? Beberibe ? ItapajéNordeste, Brasil
vde Hierarquia urbana do Brasil
Demografia do Brasil
Municípios do Brasil
vdeMetrópolesMetrópoles globais
São Paulo
Metrópoles nacionais
Brasília
Rio de Janeiro
Metrópoles regionais
Belém
Belo Horizonte
Curitiba
Fortaleza
Goiânia
Manaus
Porto Alegre
Recife
Salvador
vdeCapitais regionaisCapitais regionais A
Aracaju
Campinas
Campo Grande
Cuiabá
Florianópolis
João Pessoa
Maceió
Natal
São Luís
Teresina
Vitória
Capitais regionais B
Blumenau
Campina Grande
Cascavel
Caxias do Sul
Chapecó
Feira de Santana
Ilhéus/Itabuna
Joinville
Juiz de Fora
Londrina
Maringá
Ribeirão Preto
São José do Rio Preto
Uberlândia
Montes Claros
Palmas
Passo Fundo
Porto Velho
Santa Maria
Vitória da Conquista
Capitais regionais C
Araçatuba
Araguaína
Arapiraca
Araraquara
Barreiras
Bauru
Boa Vista
Cachoeiro de Itapemirim
Campos dos Goytacazes
Caruaru
Criciúma
Divinópolis
Dourados
Governador Valadares
Ijuí
Imperatriz
Ipatinga/Coronel Fabriciano/Timóteo
Juazeiro do Norte/Crato/Barbalha
Macapá
Marabá
Marília
Mossoró
Novo Hamburgo/São Leopoldo
Pelotas/Rio Grande
Petrolina/Juazeiro
Piracicaba
Ponta Grossa
Pouso Alegre
Presidente Prudente
Rio Branco
Santarém
Santos
São José dos Campos
Sobral
Sorocaba
Teófilo Otoni
Uberaba
Varginha
Volta Redonda/Barra Mansa
vdeCentros sub-regionaisCentros sub-regionais A
Alfenas
Anápolis
Apucarana
Bacabal
Bagé
Barbacena
Barra do Garças
Barretos
Bento Gonçalves
Botucatu
Cabo Frio
Caçador
Cáceres
Caicó
Cajazeiras
Campo Mourão
Castanhal
Catanduva
Caxias
Colatina
Crateús
Erechim
Floriano
Foz do Iguaçu
Franca
Francisco Beltrão
Garanhuns
Guanambi
Guarabira
Guarapuava
Iguatu
Irecê
Itajaí
Itaperuna
Itumbiara
Jacobina
Jaú
Jequié
Ji-Paraná
Joaçaba
Lages
Lajeado
Lavras
Limeira
Macaé
Manhuaçu
Muriaé
Nova Friburgo
Ourinhos
Paranaguá
Paranavaí
Parnaíba
Passos
Pato Branco
Patos
Patos de Minas
Pau dos Ferros
Paulo Afonso
Picos
Pinheiro
Poços de Caldas
Ponte Nova
Quixadá
Redenção
Rio Claro
Rio do Sul
Rio Verde
Rondonópolis
Santa Cruz do Sul
Santa Inês
Santa Rosa
Santo Ângelo
Santo Antônio de Jesus
São Carlos
São João da Boa Vista
São Mateus
Serra Talhada
Sinop
Sousa
Teixeira de Freitas
Toledo
Tubarão
Ubá
Umuarama
Uruguaiana
Centros sub-regionais B
Abaetetuba
Assu
Afogados da Ingazeira
Alagoinhas
Altamira
Andradina
Angra dos Reis
Araranguá
Araras
Araripina
Arcoverde
Ariquemes
Assis
Avaré
Balneário Camboriú
Balsas
Bom Jesus da Lapa
Bragança
Bragança Paulista
Breves
Brumado
Brusque
Cacoal
Cametá
Campo Maior
Capanema
Caratinga
Carazinho
Cataguases
Chapadinha
Cianorte
Concórdia
Conselheiro Lafaiete
Cruz Alta
Cruz das Almas
Cruzeiro do Sul
Currais Novos
Eunápolis
Frederico Westphalen
Guaratinguetá
Gurupi
Itabaiana
Itaberaba
Itaituba
Itajubá
Itapetininga
Itapeva
Itapipoca
Itaporanga
Ituiutaba
Ivaiporã
Janaúba
Linhares
Mafra
Palmares
Paragominas
Parintins
Pedreiras
Presidente Dutra
Registro
Resende
Ribeira do Pombal
Santana do Ipanema
Santo Antônio da Platina
São João del-Rei
São Lourenço
São Miguel do Oeste
São Raimundo Nonato
Senhor do Bonfim
Tefé
Teresópolis
Tucuruí
União da Vitória
Valença
Viçosa
Videira
Vilhena
Vitória de Santo Antão
Xanxerê
vdeCentros de zonaCentros de zona A
Acaraú
Açailândia
Adamantina
Além Paraíba
Almeirim
Almenara
Alta Floresta
Amparo
Aquidauana
Aracati
Aracruz
Araçuaí
Arapongas
Araxá
Assis Chateubriand
Barra do Corda
Barreiros
Bebedouro
Belo Jardim
Birigui
Bom Jesus
Caçapava do Sul
Cachoeira do Sul
Caetité
Caldas Novas
Camacan
Camaquã
Campo Belo
Campos Novos
Canindé
Canoinhas
Capelinha
Carangola
Carpina
Catalão
Catolé do Rocha
Caxambu
Ceres
Cerro Largo
Codó
Colinas do Tocantins
Conceição do Araguaia
Conceição do Coité
Cornélio Procópio
Corumbá
Corrente
Cruzeiro
Curitibanos
Cururupu
Curvelo
Diamantina
Diamantino
Dianópolis
Dois Vizinhos
Dracena
Encantado
Esperantina
Estância
Estrela
Fernandópolis
Formiga
Frutal
Governador Nunes Freire
Goiana
Goiás
Guanhães
Guaporé
Guaraí
Guaxupé
Ibaiti
Ibirubá
Icó
Imbituba
Ipiaú
Iporá
Irati
Itabaiana
Itabira
Itacoatiara
Itamaraju
Itapetinga
Ituverava
Jacarezinho
Jales
Jandaia do Sul
Januária
Jaru
Jataí
João Câmara
João Monlevade
Juína
Jundiaí
Lagarto
Lagoa Vermelha
Laranjeiras do Sul
Limoeiro
Limoeiro do Norte
Lins
Loanda
Macau
Macaúbas
Mamanguape
Marau
Maravilha
Marechal Cândido Rondon
Medianeira
Mineiros
Mirassol d'Oeste
Mogi Guaçu
Monteiro
Montenegro
Morrinhos
Mundo Novo
Naviraí
Nossa Senhora da Glória
Nova Andradina
Nova Prata
Nova Venécia
Oeiras
Olímpia
Osório
Ouricuri
Palmas
Palmeira das Missões
Palmeira dos Índios
Pará de Minas
Paraíso do Tocantins
Parauapebas
Patrocínio
Penápolis
Penedo
Pesqueira
Pinhalzinho
Pirapora
Pires do Rio
Piripiri
Pombal
Ponta Porã
Porangatu
Porto Nacional
Porto Seguro
Primavera do Leste
Propriá
Quirinópolis
Rolim de Moura
Russas
Salgueiro
Salinas
Santa Fé do Sul
Santa Inês
Santa Maria da Vitória
Santo Antônio de Pádua
Santiago
São Bento do Sul
São Borja
São Félix do Araguaia
São Gabriel
São Jerônimo
São José do Rio Pardo
São Luís de Montes Belos
São Luiz Gonzaga
São Miguel dos Campos
Sarandi
Seabra
Serrinha
Soledade
Sorriso
Surubim
Tabatinga
Taquara
Tatuí
Telêmaco Borba
Tijucas
Timbaúba
Timbó
Tocantinópolis
Torres
Três Corações
Três de Maio
Três Lagoas
Três Passos
Três Rios
Tupã
Unaí
União dos Palmares
Uruaçu
Vacaria
Venâncio Aires
Votuporanga
Xique-Xique
Centros de zona B
Abaeté
Abelardo Luz
Abre Campo
Afonso Cláudio
Água Boa
Água Branca
Águas Formosas
Aimorés
Alegrete
Alexandria
Alto Araguaia
Alto Longá
Alto Parnaíba
Amambai
Amarante
Amargosa
Andirá
Andradas
Anicuns
Anísio de Abreu
Aparecida
Apiaí
Apodi
Araguaçu
Araguari
Araguatins
Araioses
Araputanga
Arara
Araruama
Araruna
Arcos
Arinos
Arroio do Meio
Arvorezinha
Auriflama
Avelino Lopes
Baependi
Bambuí
Bariri
Barra
Barra Bonita
Barra de São Francisco
Barra do Bugres
Barras
Barracão
Bataguassu
Batalha
Bela Vista
Belém do São Francisco
Bicas
Boa Esperança
Boa Vista do Buricá
Bom Jardim de Minas
Bom Jesus do Itabapoana
Boquira
Braço do Norte
Brasileia
Brejo Santo
Buritis
Caculé
Camapuã
Cambuí
Camocim
Campina da Lagoa
Campo Novo do Parecis
Campos Altos
Campos Belos
Canguaretama
Canindé de São Francisco
Canto do Buriti
Capanema
Capão da Canoa
Capim Grosso
Capinzal
Capitão Poço
Capivari
Caracol
Carauari
Carmo do Paranaíba
Carutapera
Casca
Cassilândia
Castelo
Castelo do Piauí
Cerejeiras
Chapadão do Sul
Chopinzinho
Cícero Dantas
Coelho Neto
Colíder
Colinas
Coluna
Comodoro
Confresa
Congonhas
Constantina
Coronel Vivida
Coxim
Cristal do Sul
Crixás
Cruz
Cruzília
Curimatá
Delmiro Gouveia
Desterro
Dores do Indaiá
Entre Rios de Minas
Esperantinópolis
Espírito Santo do Pinhal
Espumoso
Euclides da Cunha
Eirunepé
Extrema
Fátima
Faxinal
Floresta
Fortaleza dos Nogueiras
Fronteiras
Gandu
Garça
Garibaldi
General Salgado
Getúlio Vargas
Gilbués
Goianésia
Goiatuba
Goioerê
Grajaú
Guaíra
Guajará-Mirim
Guaraciaba do Norte
Guararapes
Horizontina
Ibicaraí
Ibirama
Ibotirama
Ilha Solteira
Indaial
Inhumas
Ipanema
Ipu
Iracema
Itaberaí
Itacarambi
Itamonte
Itaocara
Itapaci
Itapajé
Itapiranga
Itápolis
Itapuranga
Itaqui
Itararé
Itaúna
Ituporanga
Iturama
Jaciara
Jacutinga
Jaguaquara
Jaguariaíva
Jaguaribe
Jaicós
Jardim
Joaíma
João Pinheiro
Juara
Jussara
Lábrea
Lago da Pedra
Lagoa da Prata
Lambari
Leme
Leopoldina
Livramento de Nossa Senhora
Lorena
Lucas do Rio Verde
Lucélia
Luzilândia
Machado
Malacacheta
Manga
Mantena
Maracaçumé
Matão
Matinhos
Miranda
Miracema do Tocantins
Mirinzal
Mococa
Monte Alegre
Monte Alto
Monte Aprazível
Monte Carmelo
Mostardas
Muçum
Nanuque
Natividade
Nazaré
Neópolis
Niquelândia
Nonoai
Nossa Senhora das Dores
Nova Londrina
Nova Mutum
Nova Petrópolis
Oliveira
Orlândia
Osvaldo Cruz
Olho d'Água das Flores
Ouro Fino
Ouro Preto do Oeste
Palmeira
Palmeira d'Oeste
Palmeirópolis
Pão de Açúcar
Paracatu
Paraguaçu Paulista
Paraisópolis
Paramirim
Paranacity
Paranaíba
Parelhas
Passa-e-Fica
Patu
Paulistana
Peçanha
Pedra Azul
Pedro II
Pedro Afonso
Peixoto de Azevedo
Piancó
Pinheiro Machado
Pio XII
Piraju
Piracuruca
Pitanga
Pitangui
Piumhi
Poções
Ponte Serrada
Pontes e Lacerda
Porteirinha
Porto Calvo
Porto União
Posse
Presidente Epitácio
Presidente Getúlio
Presidente Juscelino
Presidente Venceslau
Princesa Isabel
Prudentópolis
Quatis
Quedas do Iguaçu
Rancharia
Resplendor
Riachão do Jacuípe
Rio Bonito
Rio Negro
Rio Pomba
Rio Real
Rodeio Bonito
Roncador
Rubiataba
Salto do Jacuí
Salvador do Sul
Sananduva
Sanclerlândia
Santa Bárbara
Santa Cruz
Santa Cruz da Baixa Verde
Santa Cruz do Rio Pardo
Santa Filomena
Santa Helena
Santa Luzia
Santa Luzia do Paruá
Santa Maria do Suaçuí
Santa Vitória do Palmar
Santana
Santana do Livramento
Santo Antônio
Santo Antônio da Patrulha
Santo Augusto
Santos Dumont
São Bento (Maranhão)
São Bento (Paraíba)
São Benedito
São Domingos
São Francisco
São Gabriel da Palha
São Gotardo
São João Batista
São João do Ivaí
São João do Piauí
São João dos Patos
São João Nepomuceno
São Joaquim da Barra
São José do Cedro
São José do Egito
São João do Rio do Peixe
São João Evangelista
São José do Cedro
São Lourenço do Oeste
São Mateus do Sul
São Miguel
São Miguel do Araguaia
São Miguel do Tapuio
São Paulo do Potengi
São Sebastião
São Sebastião do Caí
São Valentim
São Vicente Férrer
Sapé
Seara
Sena Madureira
Senador Pompeu
Serafina Corrêa
Serra Dourada
Serro
Simões
Simplício Mendes
Sinimbu
Siqueira Campos
Sobradinho
Sombrio
Sumé
Tabira
Taguatinga
Taió
Taiobeiras
Tangará
Tapejara
Tapes
Taquaritinga
Tarauacá
Tauá
Tenente Portela
Terra Nova do Norte
Teutônia
Tietê
Tramandaí
Três Pontas
Tucumã
Tucunduva
Turmalina
Tutóia
Uiraúna
Umarizal
União
Uruçuí
Valença
Valença do Piauí
Valente
Várzea da Palma
Vazante
Venda Nova do Imigrante
Veranópolis
Viana
Vigia
Vila Rica
Virginópolis
Visconde do Rio Branco
Vitorino Freire
Xaxim
Xinguara
Wenceslau Braz
Zé Doca
Referências: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Regiões de Influência das Cidades 2007 (10 de outubro de 2008), [7] Configuração da Rede Urbana do Brasil (junho de 2001)
Portal do Brasil
Controle de autoridade
: Q1795215
OSM: 302543
GeoNames: 3396265
TGN: 1021961