desenvolvimento asp em Urbano Santos

Encontre desenvolvimento asp em Urbano Santos na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Desenvolvimento

Acto ou efeito de desenvolver.
Crescimento.
Ampliação.
Minuciosidade.


Urbano Santos

Nota: Para o político brasileiro, veja Urbano Santos da Costa Araújo.Município de Urbano Santos
"Ponte Nova"BandeiraBrasãoHino
Aniversário10 de junho
Fundação10 de junho de 1929 (90 anos)
Gentílicourbanosantense
Prefeito(a)Iracema[1] (PT)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Urbano Santos no MaranhãoUrbano Santos Localização de Urbano Santos no Brasil
03° 12' 28" S 43° 24' 14" O03° 12' 28" S 43° 24' 14" O
Unidade federativaMaranhão
MesorregiãoLeste Maranhense IBGE/2008 [2]
MicrorregiãoChapadinha IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofesBelágua, São Benedito do Rio Preto, Chapadinha, Mata Roma, Anapurus
Distância até a capital262 km
Características geográficas
Área1 207,774 km² [3]
População35 000 hab. estimativa IBGE/2014[4]
Densidade28,98 hab./km²
ClimaTropical
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,588 baixo PNUD/2010 [5]
PIBR$ 59 812,367 mil IBGE/2008[6]
PIB per capitaR$ 2 663,18 IBGE/2008[6]
Página oficial
Prefeiturahttp://www.urbanosantos.ma.gov.br/Urbano Santos é um município brasileiro do leste do estado do Maranhão. Sua população estimada em 2014 segundo o IBGE era de 31.840 habitantes.História[editar | editar código-fonte]
O nome da cidade, que antes se chamava Ponte Nova, é uma homenagem ao político Maranhense Urbano Santos da Costa Araújo, nascido em Guimarães no dia 3 de fevereiro de 1859 e falecido em viagem entre o Maranhão e o Rio de Janeiro no 7 de maio de 1922. Ele foi senador e vice-presidente do Brasil entre 1914 e 1918, e por duas vezes assumiu a Presidência da República, assinando a lei de criação do município durante a presidência de Venceslau Brás. Reeleito para a vice-presidência na chapa de Artur Bernardes em 1922, morreu antes de ser empossado.Banhado pelos rios Mocambo e Boa-Hora , o município que já foi um grande produtor de farinha e arroz, hoje sobrevive do comércio e do aproveitamento da mão de obra na exploração de carvão pela empresa Gerdau, Florestal do Grupo Suzano de SP. Atualmente a zona rural está em franco desmatamento do cerrado para instalação do plantio de soja, cana,etc.A cidade possui dois hospitais, sendo que um está desativado e o outro funciona de modo precário.A demora para a pavimentação da MA-226 e as últimas administrações municipais,foram causas fundamentais para o baixo desenvolvimento da cidade.Apesar de ficar a apenas 100 km de Barreirinhas, a estrada que liga essas cidades está em estado lastimável. No governo Roseana, foi feita a rodovia translitorânea via Morros , ao invés de ser feita via Urbano santos , o que isolou ainda mais a cidade e deixou de beneficiar também as cidades de São Benedito do Rio Preto e Belágua, devido ao fluxo de turistas.A cidade teve seu início quando a Balaiada começou a ser dominada e grande parte dos insurretos entrou em debandada, buscando lugares onde se colocassem a salvo das ações militares comandadas pelo então coronel Luís Alves de Lima e Silva, mais tarde Barão e Duque de Caxias (Patrono do Exercito Brasileiro). Muitos tomaram o rumo da região hoje ocupada pelo município de Urbano Santos, fixando-se num lugar que ficou conhecido por Mocambinho e, mais tarde, por Mocambo, nome dado também ao belo rio ali existente. Aos antigos ?balaios? juntaram-se indivíduos de várias procedências, o que contribuiu para que a povoação, por onde passava uma estrada de crescente movimento para a região praiana, tomasse considerável impulso econômico.
Em 1864, o comerciante João Fortes tomou a iniciativa de construir uma ponte sobre o rio Mocambo, mas não demorou muito para que ela deixasse de atender a contento o acelerado desenvolvimento da região. Com a construção de outra ponte pelo governo, o topônimo Mocambo foi trocado pelo de Ponte Nova, que permaneceu até sua elevação a vila, pela Lei Nº 1324, de 9 de março de 1929.
O que antes era apenas uma vila, em 10 de junho virou sede de município, ganhou o nome Urbano Santos e teve seu 1º prefeito empossado, o Sr. Chagas Araújo, porém, foi extinta no dia 22 de abril de 1931.
Sua autonomia foi restabelecida pelo Decreto-Lei Nº 919, de 30 de setembro de 1935, restabelecendo o dia 10 de junho como o dia mais importante para a tradição urbanosantense e foi novamente elevada à categoria de cidade pelo Decreto-Lei Nº45, de 29 de março de 1938.
Com tantas datas, tornou-se tradição importante comemorar-se o aniversário em 10 de junho, em alusão a posse do 1º primeiro prefeito e ao fato de ter deixado de ser vila e se tornado sede de município nesta mesma data do ano de 1929.
Recentemente teve o distrito de Belágua emancipado e transformado em municípío. A família Araújo foi durante muito tempo, a mais importante do Município. São seus últimos prefeitos: Raimundo Ferreira Lima, Rosalina Costa Araújo,Valdir Araújo Melo,Rosalina Costa Araujo, Onilda Vale Melo, Abnadab Silveira Lêda e Aldenir Santana Neves,e 2013 a 2016- Iracema Cristina Lima Vale
O prefeito era Abandab Léda(3º mandato) até o dia 01 de setembro de 2011, mas como enfrentava problemas com a justiça brasileira pois tinha inúmeras contas reprovadas e irregularidades, inclusive no que era sua atual administração prevista até 2012, como por exemplo notas fiscais de combustível para transporte escolar em ano que não houve transporte público para crianças deslocarem-se para as escolas. Fatos que custaram-lhe o mandato. O atual prefeito é Aldenir Santana Neves que assumiu após o afastamento de Abnadab.Geografia[editar | editar código-fonte]
A cidade de Urbano Santos pertence a microrregião de Chapadinha, que é uma das microrregiões pertencente à mesorregião do Leste Maranhense. A população total dessa microrregião, foi estimada em 2006 pelo IBGE em 190.178 habitantes e está dividida em nove municípios e possui uma área total de 10.030,543 km². Pertencem a essa microrregião, as cidades de Anapurus, Belágua, Brejo, Buriti, Chapadinha, Mata Roma, Milagres do Maranhão, São Benedito do Rio Preto e Urbano Santos.Urbano Santos encontra-se constituindo em área de Cerrado, com base geológica sedimentar atingindo altitudes entre 50 e 100 metros e inserida na Superfície Sublitorânea de Barreirinhas.Entre as famílias mais conhecidas se destacam as Famílias do Desembargador Emésio Dário de Araújo, Soeiro, ex-vereador Valdivino Corrêa, A atual prefeita é Iracema Vale. A cidade é um entroncamento de quatro rodovias estaduais a MA-025, MA-110, MA-225, e MA-224 sendo esta última a principal via de acesso ao município e também a Chapadinha e São Luís pelas BR-222 e BR-135 respectivamente, a rodovia MA-110 liga a cidade ao município de Belágua e é a única via de ligação desse município ao resto do Estado, já a rodovia MA-225, que ainda não foi pavimentada, liga Urbano Santos a Barreirinhas e a região dos Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.Referências? Resultado Final eleições 2012 no Maranhão. Página visitada em 13/01/2013.? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 ? IBGE (10 de outubro). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 Verifique data em: |data= (ajuda)? «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 ? «Indice de desenvolvimento humano municipal - IDHM». Atlas Brasil 2013 Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 23 de dezembro de 2014 ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010