desenvolvimento asp em Piritiba

Encontre desenvolvimento asp em Piritiba na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Desenvolvimento

Acto ou efeito de desenvolver.
Crescimento.
Ampliação.
Minuciosidade.


Piritiba


Município de PiritibaBandeira indisponívelBrasão indisponívelHino
Aniversário27 de setembro
Fundação1952
Gentílicopiritibano
LemaPiritiba é o caminho da Paz
Prefeito(a)Samuel Santana (PP)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Piritiba na BahiaPiritiba Localização de Piritiba no Brasil
11° 43' 48" S 40° 33' 18" O11° 43' 48" S 40° 33' 18" O
Unidade federativaBahia
MesorregiãoCentro Norte Baiano IBGE/2008[1]
MicrorregiãoJacobina IBGE/2008[1]
Municípios limítrofesMundo Novo, Tapiramutá, Miguel Calmon, Várzea do Poço e Morro do Chapéu
Distância até a capital321 km
Características geográficas
Área990,598 km² [2]
População24 538 hab. IBGE/2018[3]
Densidade24,77 hab./km²
Climasemiárido
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,578 baixo PNUD/2010[4]
PIBR$ 144 639 mil IBGE/2016[5]
PIB per capitaR$ 5 785,11 IBGE/2016[5]Piritiba é um município da região da Chapada Diamantina, na região Centro-Norte do estado da Bahia, no Brasil. Encontra-se a 316 quilômetros da capital estadual, Salvador. Possui área territorial de 994,5 quilômetros quadrados, temperatura média de 23,6 graus e encontra-se a 554 metros acima do nível do mar. Piritiba possuía, em 2018, uma população estimada de 24 538 habitantes, conforme estatística do IBGE.[3]Índice1 Cultura
2 Economia
3 Etimologia
4 História
5 ReferênciasCultura[editar | editar código-fonte]
Possui um dos mais conhecidos festejos juninos do estado da Bahia, o São João de Piritiba, usualmente realizado entre os dias 20 e 24 de junho, época que o município recebe considerável aporte de renda e pessoas, em função do festejo. O município também é conhecido pela citação na música "Capim Guiné", composição de Wilson Aragão (cantor e compositor nascido na cidade) e Raul Seixas.Economia[editar | editar código-fonte]
Sua economia tem funcionado, ao longo de décadas, baseada na agricultura (especialmente o cultivo de mandioca), microindústria e outras rendas provenientes do comércio e do funcionalismo público.Etimologia[editar | editar código-fonte]
"Piritiba" procede do tupi antigo piripirityba, que significa "ajuntamento de juncos", através da composição de piripiri (junco) e tyba (ajuntamento).[6]História[editar | editar código-fonte]
O interior do estado da Bahia era habitado, até a segunda metade do século XVII, pelos tapuias. A partir de então, ocorreu a invasão do território pela população de origem luso-tupi que vivia no litoral, ocasionando a Guerra dos Bárbaros.[7] Em 1925, foi fundada a fazenda Cinco Várzeas.[8] Em 1938, com o aumento da população, a localidade foi batizada com o nome "Piritiba". O município de Piritiba foi fundado em 1952, emancipando-se então do vizinho município de Mundo Novo. Logo após, voltou a ser reanexado, mas tornou a emancipar-se em 1958.O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre PiritibaReferências? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 ? IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 ? a b «estimativa_ibge_2018.xls». agenciadenoticias.ibge.gov.br. Consultado em 8 de abril de 2019 ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 24 de agosto de 2013 ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 à 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 8 de abril de 2019 ? NAVARRO, E. A. Dicionário de Tupi Antigo: a Língua Indígena Clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 595.? Diásporas indígenas no sertão das Jacobinas. Disponível em http://www.novospesquisadores.ufba.br/downloads/Textos/DI%C3%81SPORA%20IND%C3%8DGENA%20NO%20SERT%C3%83O%20DAS%20JACOBINAS%20(1673-1706)%20(Solon%20Natal%C3%ADcio%20dos%20Santos).pdf Arquivado em 4 de fevereiro de 2017, no Wayback Machine.. Acesso em 3 de fevereiro de 2017.? «Cópia arquivada». Consultado em 10 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 8 de março de 2012 
Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Portal do Brasil