criar site para empresa online em Aratuípe

Encontre criar site para empresa online em Aratuípe na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Criar

Dar existência a.
Originar.
Inventar.
Gerar; produzir: _criou muitos filhos_.
Instituir, fundar: _criar asilos_.
Amamentar.
Educar.
Promover a procriação de: _criar gado_.
Cultivar.
Adquirir.


Criar

Encher-se de pus (uma ferida), resultante de picada: _tenho um dedo a criar_.


Criar

Ter dinheiro.


Criar

Afagar, acarinhar.


Para

Na direcção de: _navegou para o Norte_.
A fim de: _procurou-me para conversarmos_.
Com destino a.
Em proporção de.
Apropriado a: _pano bom para camisas_.
Relativamente a; etc.
(Port. ant. _pera_)


Empresa

Empreendimento.
Negócio.
Associação, organizada para explorar uma indústria.
Aqueles que dirigem ou administram essa associação.


Empresa

Símbolo, divisa.


Aratuípe


Município de AratuípeBandeira indisponívelBrasão indisponívelHino
Aniversário9 de junho
Fundação9 de junho de 1891 (128 anos)
Gentílicoaratuipense
Padroeiro(a)Nossa Senhora de Santana
CEP44490-000
Prefeito(a)Sandra Lago (PSD)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Aratuípe na BahiaAratuípe Localização de Aratuípe no Brasil
13° 04' 44" S 39° 00' 07" O13° 04' 44" S 39° 00' 07" O
Unidade federativaBahia
MesorregiãoMetropolitana de Salvador IBGE/2008 [1]
MicrorregiãoSanto Antônio de Jesus IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofesNorte: Sto. Antonio de Jesus, Muniz Ferreira e Nazaré.
Oeste: Laje.
Sul: Jaguaripe.
Leste: Baía de Todos os Santos (Oceano Atlântico).Distância até a capital220 ou 78 (via ferry-boat) km
Características geográficas
Área177,150 km² [2]
População8 590 hab. IBGE/2010[3]
Densidade48,49 hab./km²
Altitude60 m
ClimaNão disponível
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,575 baixo PNUD/2010 [4]
PIBR$ 27 624,900 mil IBGE/2008[5]
PIB per capitaR$ 3 143,48 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeiturawww.aratuipe.ba.gov.brAratuípe é um município do estado da Bahia, no Brasil. Sua população estimada em 2017 era de 9.171 habitantes.Índice1 Topônimo
2 História
3 Economia
4 Cultura e Artes
5 ReferênciasTopônimo[editar | editar código-fonte]
"Aratuípe" é um termo oriundo da língua tupi. Significa "na água de aratu", através da junção dos termos ara'tu ("aratu")[6], 'y ("água") e pe ("em")[7].História[editar | editar código-fonte]
Na época da chegada dos colonizadores portugueses, no século XVI, a região era habitada pelos índios tupinambás. Segundo a tradição, o primeiro europeu a habitar a região foi Paulo de Argolo Menezes, que adquiriu sesmarias na região doadas pela coroa portuguesa. Paulo teria fundado o povoado de Santo Antônio na região[8].
Em 1859, a Igreja Matriz da cidade foi visitada pelo imperador brasileiro dom Pedro II e por sua esposa, dona Tereza Cristina[9].
Em 7 de fevereiro de 1890, foi formado o município de Santana do Aratuípe com territórios desmembrados de Nazaré e de Santo Antônio de Jesus[8].Economia[editar | editar código-fonte]
A economia local fundamenta-se na produção artesanal de produtos cerâmicos, como potes, panelas, telhas e tijolos, na extração de piaçava e dendê e culturas agrícolas. Conforme registros na Junta Comercial do Estado da Bahia, possui doze indústrias, ocupando a 133ª colocação no ranking estadual e 25 estabelecimentos comerciais, ocupando a 281ª colocação no ranking estadual. Seu parque hoteleiro registra 28 leitos. Registro de consumo elétrico residencial (quilowatts por habitante): 86,88 - 176º no ranking dos municípios baianos.Cultura e Artes[editar | editar código-fonte]
Música:
Sociedade Filarmônica Lyra Ceciliana de Aratuípe - Fundada em 20 de junho de 1914.
Sociedade Filarmônica Lyra Conceição (Maragogipinho, distrito de Aratuípe) - Fundada em 20 de maio de 1914. Literatura:
José Leone - poeta e escritor.
Ester Vasconcelos - professora e poeta.
Silvestre Sobrinho - médico, poeta e escritor.
Antonilda Miranda da Silva - professora e poeta.
Cinema:
Locação para o filme Cidade Baixa (obra rodada em 2005 e premiada no Festival de Cannes, na França).
Hamilton Correia - Crítico de cinema, com trabalhos no rádio e impressos, a partir do final dos anos 50.
João Carlos Sampaio (1970 ? 2014) - Crítico de cinema, com trabalho reconhecido nacionalmente, em atividade desde os anos 1990.Referências? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 ? IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 ? «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 07 de agosto de 2013 Verifique data em: |acessodata= (ajuda)? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 ? FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.156? http://www.fflch.usp.br/dlcv/tupi/vocabulario.htm? a b http://www.ferias.tur.br/informacoes/372/aratuipe-ba.html? http://www.bahia.com.br/atracao/igreja-matriz-de-nossa-senhora-santana
A Wikipédia possui o Portal da Bahia
vde Cidades históricas do Brasil segundo o IPHANRegião Centro-Oeste
Acorizal
Barão de Melgaço
Brasília
Cáceres
Cavalcante
Corumbá de Goiás
Corumbá
Crixás
Cuiabá
Diamantino
Goiás
Jaraguá
Luziânia
Miranda
Niquelândia (Tupiraçaba)
Pilar de Goiás
Pirenópolis
Poconé
Santa Cruz de Goiás
Vila Bela da Santíssima Trindade
Região Nordeste
Acaraú
Alcântara
Andaraí
Aquiraz
Aracati
Aratuípe
Areia
Bom Jesus da Lapa
Brejo da Madre de Deus
Cabo de Santo Agostinho
Cachoeira
Cairu (Morro de São Paulo)
Camamu
Campo Maior
Canavieiras
Caravelas
Caruaru
Feira de Santana
Flores
Fortaleza
Garanhuns
Goiana
Icó
Igarassu
Ilha de Itamaracá
Ilhéus
Ipojuca
Itaparica
Jaboatão dos Guararapes
Jacobina
Jaguaripe
João Pessoa
Juazeiro
Laranjeiras
Lençóis
Maragogipe
Marechal Deodoro
Monte Santo
Moreno
Natal
Nazaré
Nazaré da Mata
Oeiras
Olinda
Parnaíba
Penedo
Pesqueira
Petrolina
Piracuruca
Piranhas
Porto Calvo
Porto de Pedras
Porto Seguro (Arraial d'Ajuda)
Recife
Rio de Contas
Rio Formoso
Russas
Salvador
Santa Cruz Cabrália
Santa Luzia do Norte
Santa Rita
Santo Amaro
Santo Antônio de Jesus
São Cristóvão
São Félix
São Francisco do Conde
São Lourenço da Mata
São Luís
Sirinhaém
Sobral
Tamandaré
Tracunhaém
Triunfo
Valença
Vera Cruz
Vicência
Viçosa do Ceará
Vitória de Santo Antão
Região Norte
Almas
Pontal
Arraias
Barcelos
Belém
Boa Vista
Borba
Bragança
Cametá
Chapada da Natividade
Conceição do Tocantins
Costa Marques
Dianópolis
Itacoatiara
Macapá
Manaus
Monte do Carmo
Natividade
Paranã
Porto Nacional
Rio Branco
Santarém
Tefé
Região Sudeste
Angra dos Reis
Areias
Bananal
Barão de Cocais
Belo Vale
Cabo Frio
Caeté
Campos dos Goytacazes
Cananeia
Cantagalo
Catas Altas
Conceição da Barra
Congonhas
Coronel Xavier Chaves
Cunha
Diamantina
Embu das Artes
Guaratinguetá
Iguape
Ilhabela
Itabirito
Itanhaém
Itu
Jacareí
Jundiaí
Mariana
Mogi das Cruzes
Ouro Preto
Paraty
Petrópolis
Pindamonhangaba
Piranga
Pitangui
Prados
Resende
Resende Costa
Rio de Janeiro
Sabará
Sacramento
Santa Bárbara
Santa Luzia
Santana de Parnaíba
Santos
São Gonçalo do Rio Preto
São João del-Rei
São João Marcos
São José do Barreiro
São Luiz do Paraitinga
São Mateus
São Paulo
São Pedro da Aldeia
São Sebastião
São Vicente
Serro (Milho Verde)
Sorocaba
Taubaté
Teresópolis
Tiradentes
Ubatuba
Valença
Vila Velha
Vitória
Região Sul
Antonina
Castro
Curitiba
Florianópolis
Guaraqueçaba
Laguna
Lapa
Morretes
Paranaguá
Pelotas
Rio Grande
São Borja
São Francisco do Sul
São Miguel das Missões
Temas afins
Programa de Aceleração do Crescimento das Cidades Históricas
Lista do patrimônio histórico no Brasil

Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.