criar site marca em São Bernardo do Campo


Encontre criar site marca em São Bernardo do Campo na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Criar

Dar existência a.
Originar.
Inventar.
Gerar; produzir: _criou muitos filhos_.
Instituir, fundar: _criar asilos_.
Amamentar.
Educar.
Promover a procriação de: _criar gado_.
Cultivar.
Adquirir.


Criar

Encher-se de pus (uma ferida), resultante de picada: _tenho um dedo a criar_.


Criar

Ter dinheiro.


Criar

Afagar, acarinhar.


Marca

Acto ou efeito de marcar.
Cunho.
Distintivo.
Carimbo; firma.
Categoria.
Grandeza.
Nódoa, produzida por contusão.
Ferrete.
Nota.
Limite.
Tento do jogo.


Marca

Letra ou letras, emblema ou bordado ligeiro, feito com agulha numa peça de roupa.
Botão para calças ou ceroilas.


Marca

Antiga moeda portuguesa, em oiro e em prata, do valor de 60 maravedis.


Marca

Meretriz.


Marca

_Grande marca_, talento, grande capacidade: _advogado de grande marca_.


Marca

_Ser marca_, ser capaz:«_vós sereis marca de me inculcar nesta terra h?a namorada?_»_Eufrosina_, 275.


Marca

_Passar as marcas_, ou _passar das marcas_, ser exorbitante, exceder os justos limites.


Município de São Bernardo do Campo
"SBC"
Vista da região central de São Bernardo do Campo, com destaque ao Paço Municipal.BandeiraBrasãoHino
Aniversário20 de agosto de 1553 (465Â anos)
Fundação1717 (302Â anos)[1] e 23 de setembro de 1812 (206Â anos)[2]
Emancipação12 de março de 1889 (130Â anos)[3] e 30 de novembro de 1944 (74Â anos)[4]
Gentílicosão-bernardense[5][6]
LemaPaulistarum Terra Mater"Terra-Mãe dos Paulistas"
Padroeiro(a)São Bernardo de Claraval
Prefeito(a)Orlando Morando (PSDB)(2017 – 2020)
Localização
Localização de São Bernardo do Campo em São PauloSão Bernardo do Campo Localização de São Bernardo do Campo no Brasil
23° 41' 38" S 46° 33' 54" O23° 41' 38" S 46° 33' 54" O
Unidade federativaSão Paulo
Região intermediária
São Paulo IBGE/2017 [7]Região imediata
São Paulo IBGE/2017Região metropolitanaSão Paulo
Municípios limítrofesDiadema (N e NO), São Paulo (O E NO), São Caetano do Sul (NE), Santo André (L e NE), Cubatão (SE) e São Vicente (S).
Distância até a capital22Â km[8]
Características geográficas
Área406,180 km² [9]
Distritosdistrito-sede e Riacho Grande [10]
População833 240 hab. (SP: 4º) ? IBGE/2018[11]
Densidade2Â 051,41 hab./km²
Altitude732 m
Climasubtropical Cfb
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,805 (SP: 14°) ? muito alto PNUD/2010[12]
PIBR$ 42 131 380 mil (BR: 16º) ? IBGE/2016[13]
PIB per capitaR$ 51Â 239,64 IBGE/2016[13]
Página oficial
Prefeiturawww.saobernardo.sp.gov.br
Câmarawww.camarasbc.sp.gov.brSão Bernardo do Campo é um município brasileiro do estado de São Paulo, na Mesorregião Metropolitana de São Paulo e microrregião de São Paulo. Pertence a Zona Sudeste da Grande São Paulo, em conformidade com a lei estadual nº 1.139, de 16 de junho de 2011[14] e, consequentemente, com o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de São Paulo (PDUI),[15] e também à região não-oficial do Grande ABC.
A área total do município é de 409,88Â km² e sua população de acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2018, é de 833Â 240 habitantes, o que resulta em uma densidade demográfica de 2024,33 hab/km². O município é formado pela sede e pelo distrito de Riacho Grande[16][17].
A história da cidade está intimamente ligada às das vizinhas Santo André e São Paulo. A primeira ocupação da região se iniciou em 1550, quando a cidade de Santo André da Borda do Campo começou a se organizar. O nome do município provém de São Bernardo de Claraval, o santo patrono da cidade.
De acordo com dados de 2015, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município de São Bernardo do Campo tem o 16.º maior produto interno bruto (PIB) entre as cidades brasileiras, com 42,7 bilhões de reais, ou 0,71% do PIB brasileiro.[18]Índice1 História1.1 Colonização e ocupação
1.2 Consolidação
1.3 Século XX
2 Geografia2.1 Parques
2.2 Clima
3 Demografia3.1 Religião
4 Governo4.1 Cidades-irmãs
5 Subdivisões5.1 Zona urbana[41]
5.2 Zona rural
6 Economia
7 Infraestrutura7.1 Transportes7.1.1 Rodovias
7.2 Comunicações
7.3 Educação
8 Cultura8.1 Bibliotecas
8.2 Teatros
8.3 Feriados
8.4 Esportes
9 Ver também
10 Referências
11 Ligações externasHistória[editar | editar código-fonte]
Colonização e ocupação[editar | editar código-fonte]
Pode-se dividir a história de São Bernardo do Campo em várias fases. A primeira, intimamente ligada às das vizinhas Santo André e São Paulo, se iniciou em 1550, quando a cidade de Santo André da Borda do Campo começou a se organizar. No início de 1550 os padres jesuítas que desbravaram o Brasil em busca de catequizar os índios descobriram que na região de São Bernardo do Campo havia índios canibais. Seu fundador foi João Ramalho, que se casou com a índia Bartira, filha do cacique Tibiriçá dos índios guaianases que posteriormente tornou-se alcaide. A oficialização da cidade se deu em 8 de abril de 1553, quando foi erguido o pelourinho da vila denominada Santo André da Borda do Campo. Essa fase teve fim no ano de 1560, quando seus habitantes foram transferidos para São Paulo de Piratininga.[19] A documentação do período hoje se encontra arquivada na cidade de São Paulo.[carece de fontes?]
Após a extinção de Santo André da Borda do Campo, a vila vive um período de grande estagnação, sendo transformada em uma grande sesmaria, da qual Amador de Medeiros era o provedor. Em 1637, Miguel Aires Maldonado, genro de Amador de Medeiros,[20] doaria a sesmaria aos monges beneditinos do Mosteiro de São Bento, que a transformam em duas grandes fazendas, a de São Caetano e a de São Bernardo.[21][22]
Em 1717, o Abade Frei Bartolomeu da Conceição ordenara a construção de uma capela dedicada a São Bernardo. A fazenda dos monges emprestaria o nome à região, que passaria a ser conhecida como bairro de São Bernardo, da vila de São Paulo.[1]
A população residente no núcleo da Fazenda de São Bernardo manifestou a vontade de erigir uma nova igreja, mas não poderia fazer isto em terras do mosteiro. Por conta disso, foi realizada a transferência da sede da vila, que ficava na margem esquerda do Ribeirão dos Couros (hoje Ribeirão dos Meninos), para outro ponto, às margens do mesmo rio, onde, em princípios do século XIX, surge a Igreja Matriz e são traçadas as primeiras ruas, derivadas da Estrada Geral de Santos (Caminho do Mar ou Estrada do Vergueiro), que seriam o ponto inicial do núcleo urbano do município.[carece de fontes?]Consolidação[editar | editar código-fonte]
Em 1812, o Marquês de Alegrete eleva São Bernardo à freguesia, pela Resolução Régia de 23/09/1812[2], abrangendo todas as atuais cidades da Região do Grande ABC. Anos mais tarde, por força da Lei Provincial nº 38, de 12/03/1889, São Bernardo adquire o status de vila.[3] Com a instalação do Governo Republicano, houve mudança na nomenclatura e a vila passa a ser denominada município.[23]
Com a abertura da São Paulo Railway, em 1867, ligando São Paulo a Santos, ocorre o abandono da Estrada Geral de Santos, provocando, assim, nova estagnação no crescimento da sede do município (a atual São Bernardo do Campo). A estação de trem São Bernardo (atual Santo André), distante da sede do município e conhecida por Bairro da Estação, passa a constituir um núcleo urbano a partir de 1867.[carece de fontes?]
Ao longo dos anos, vários distritos foram criados no município de São Bernardo, os quais dariam origem a atuais cidades da região. Em 1896 é criado o Distrito de Paz de Ribeirão Pires[24] e em 1907 é criado o Distrito de Paz de Paranapiacaba[25], ambos no município de São Bernardo.Século XX[editar | editar código-fonte]
Mapa da cidade em 1902.
Em 1910, por solicitação dos habitantes do Bairro da Estação, esta passa a ser denominada pela São Paulo Railway como "Santo André", em homenagem à vila fundada por João Ramalho. No mesmo ano, por força da Lei nº 1.222-A, de 14/12/1910, é criado o Distrito de Paz de Santo André[26], compreendendo o Bairro da Estação. Em 1916 é criado o Distrito de Paz de São Caetano[27] e em 1934, é criado o Distrito de Paz de Mauá[28].
Em 1938, em pleno regime ditatorial da era Vargas, o interventor federal Ademar de Barros determina, pelo Decreto nº 9.775, de 30/11/1938, que o distrito de Santo André passa a ser a sede do município, e não mais a vila de São Bernardo[29], o que se justificaria pela maior prosperidade do núcleo/distrito de Santo André, em virtude da proximidade com a ferrovia. O próprio nome do município é alterado para Santo André, tendo início a história recente desta cidade. A antiga sede municipal passa a ser considerada como o Distrito de São Bernardo.[carece de fontes?]
A partir deste rebaixamento político, moradores ilustres de São Bernardo fundam a "Associação Amigos de São Bernardo" com o objetivo de alcançar a emancipação político-administrativa do município, que acabou sendo alcançada em 30 de novembro 1944[30] (Decreto-Lei nº 14.334, de 30/11/1944[4]) e oficializada em 1° de Janeiro de 1945, com a instalação do município de São Bernardo do Campo, desmembrado de Santo André, sendo o seu primeiro prefeito Wallace Cockrane Simonsen, presidente da associação que almejava a emancipação.[carece de fontes?]
Em 1948 é criado o Distrito de Diadema, no município de São Bernardo do Campo, pela Lei nº 233, de 24/12/1948[31], compreendendo a Vila Conceição, os bairros Piraporinha, Eldorado e parte do Taboão. Em 1958 ocorre um plebiscito pelo qual este distrito obtém sua emancipação política, vindo a tornar-se, em 1959, no município de Diadema.[32]
Ainda nas décadas de 1950 e 1960 do século XX, São Bernardo do Campo recebe o parque automobilístico brasileiro, então em franca expansão. O parque chega para alavancar de uma vez por todas o desenvolvimento do município, que, de 60.000 habitantes em 1960, passa a ter 740.000 já em 2000. Desta forma, a indústria automobilística/autopeças passa a designar a cidade como a "Capital do Automóvel". Além desse título, a cidade ostenta o de Capital da Indústria Moveleira, que veio ainda no século XIX, com a produção de móveis pelos primeiros imigrantes europeus.[carece de fontes?]Geografia[editar | editar código-fonte]
Parque Estoril.
Represa Billings.
Ribeirão dos Meninos.
Localiza-se no alto da Serra do Mar, do planalto Atlântico, ocupa uma área de 408,45 quilômetros quadrados, e a altitude varia entre 60 metros do nível do mar, na junção do rio Passareúva com o rio dos Pilões (pé da Serra) até 986,5 metros, no Pico do Bonilha, no bairro Montanhão.[carece de fontes?]Parques[editar | editar código-fonte]
A cidade possui alguns parques recreativos, voltados para a prática de atividades físicas e esportivas, como o Cittá di Maróstica, no Centro da cidade, o Parque Raphael Lazzuri, localizado na Avenida Kennedy, bairro Anchieta (próximo ao Ginásio Poliesportivo Adib Moisés Dib) e o Parque Engenheiro Salvador Arena, que fica na Av. Caminho do Mar, no bairro Rudge Ramos. Em São Bernardo está localizado também o Parque Estoril, no bairro Riacho Grande, situado às margens da represa Billings, e que conta com um teleférico e um zoológico, o que ajuda a proporcionar um maior contato com a fauna e a natureza. Além disso, em São Bernardo do Campo está situado o Parque de Diversões Cidade da Criança, que foi construído em 1968 no Jardim do Mar, atrás dos Estúdios Vera Cruz, e que foi o primeiro parque temático do Brasil. [33]Clima[editar | editar código-fonte]
Clima quente e temperado com temperatura média de 18 °C, tendo as estações do ano já relativamente bem definidas. Os verões se caracterizam pelo clima quente e úmido (com pluviosidade média de 234 mm no mês de janeiro), enquanto os invernos têm como característica temperaturas mais frias e menor incidência de chuvas (pluviosidade média em torno dos 44 mm em Julho, com estiagens mais severas em alguns anos e umidade relativa do ar abaixo de 40%, devida ao fenômeno das ilhas de calor urbanas. Primavera e outono se caracterizam como estações de transição.[carece de fontes?]
Apesar dessas definições, certas variações de temperatura podem ser sentidas mesmo nas épocas mais quentes ou mais frias do ano. É bastante comum, principalmente no verão, as temperaturas ultrapassarem os 30 °C durante a tarde e temperaturas superiores a 20 °C durante a madrugada, especialmente nas áreas mais urbanizadas. No inverno, a penetração de massas de ar polar provenientes do sul fazem, pelo menos uma vez por ano, os termômetros caírem a 10 °C ou menos. Já houve registros de dias em que no inverno a temperatura alcançou sequer a marca dos 8 °C durante a tarde, no período considerado como o mais quente do dia. Em contrapartida, nos dias atuais em decorrência das ilhas de calor, é comum a temperatura ultrapassar a marca dos 25 °C em alguns dias nos meses de julho e agosto. Em julho de 2008 a precipitação foi de 0mm.[carece de fontes?]
São Bernardo destaca-se, principalmente durante o outono e primavera, pela grande frequência de nevoeiros ao longo da manhã e algumas vezes à tarde, proveniente de resfriamento intenso da temperatura durante a madrugada (parte da manhã) e grande atuação de ventos marítimos que chegam da serra, local próximo da cidade (parte da tarde). É muito comum durante o outono dias muito frios pela manhã com muitas nuvens e neblina, e tardes amenas ensolaradas e muito secas, com exceção dos bairros mais próximos da serra, tais como Assunção, Demarchi e o distrito de Riacho Grande.[carece de fontes?]
Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de novembro de 1971 a junho de 1976, a menor temperatura registrada em São Bernardo do Campo foi de 0,1Â °C em 18 de julho de 1975,[34] e a maior atingiu 34,8Â °C em 27 de outubro de 1972.[35] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 145,8 milímetros entre os dias 10 e 11 de março de 2019,[36] e o menor índice de umidade relativa do ar de 19%, nos dias 24 de junho de 1972 e 4 de agosto de 1975.[37]
Dados climatológicos para São Bernardo do Campo
MêsJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
Temperatura máxima recorde (°C)33,534,732,231,529,628,927,831,532,734,834,733,3 34,8
Temperatura máxima média (°C)25,225,324,722,920,920,119,620,521,422,223,424,3 22,5
Temperatura média (°C)20,720,920,318,316,11514,415,316,417,618,919,8 17,8
Temperatura mínima média (°C)16,316,615,913,711,49,99,210,111,51314,415,3 13,1
Temperatura mínima recorde (°C)813,913,96,85,53,80,1557,8911,3 0,1
Precipitação (mm)234221187946355445087149137203 1Â 524
Fonte: Climate-Data (médias climatológicas)[38] e Instituto Nacional de Meteorologia (recordes de temperatura de 01/11/1971 a 30/06/1976).[34][35] Demografia[editar | editar código-fonte]
Panorama da região central da cidade.
População estimada [2017] - 827 437[39]
População no último censo [2010] - 765 463[39]
Densidade demográfica [2010] - 1.869,36 hab/km² [39]
Residentes [2000] - 703 177 habitantes[39]
Pessoal ocupado [2015] - 307 986 pessoas[39]
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2015]- 4,3 salários mínimos[39]
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]97,6Â %[39]
Mortalidade Infantil [2014] - 9,86 óbitos por mil nascidos vivos[39]
Esgotamento sanitário adequado [2010] - 91,9Â %[39]
Arborização de vias públicas [2010] - 84,1Â %[39]
Religião[editar | editar código-fonte]
Visão da Igreja Matriz de São Bernardo do Campo
O catolicismo na cidade é bem forte, sendo seu próprio nome em honra a São Bernardo de Claraval, um santo católico da Ordem Cisterciense. São Bernardo conta com 86 capelas organizadas em 24 paróquias, Nossa Senhora Aparecida tem mais capelas em sua honra na cidade, totalizando 10 capelas (duas são paróquias), São Francisco de Assis tem 7 capelas, São José e Nossa Senhora de Fátima tem seis capelas cada um.[carece de fontes?]
Se encontra também no bairro dos Finco, Riacho Grande, o movimento de evangelização da Milícia da Imaculada, onde está a Rádio Imaculada Conceição. Possui uma Mesquita, inúmeras igrejas batistas, Igreja Universal do Reino de Deus, Igreja Presbiteriana e Presbiteriana Independente da qual foi a primeira igreja evangélica a se estabelecer em 1951 na Rua Dr. Fláquer, 824 - patrimônio tombado pela Prefeitura, hoje funciona a da Casa de Cultura; Igreja Metodista, entre outras. Tendo-se também Lojas de Maçonaria como a 9 de Maio no Baeta Neves, a Antiga e Mística Ordem Rosae Crucis, AMORC de São Bernardo do Campo, e um Departamento da Sociedade Brasileira de Eubiose. Há também muitos Centros Espíritas e Terreiros de Umbanda no município.[carece de fontes?]Governo[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Lista de prefeitos de São Bernardo do Campo
Sede da Câmara dos Vereadores de São Bernardo do Campo.
Prefeito: Orlando Morando (PSDB) (2017/2020)
Vice-prefeito: Marcelo de Lima Fernandes (SD) (2017/2020)
Presidente da Câmara: Ramon Ramos (PDT) (2019/2020)
Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]
Cidades-irmãs é uma iniciativa do Núcleo das Relações Internacionais, que busca a integração entre a cidade e demais municípios nacionais e estrangeiros. A integração entre os municípios é firmada por meio de convênios de cooperação, que têm o objetivo de assegurar a manutenção da paz entre os povos, baseada na fraternidade, felicidade, amizade e respeito recíproco entre as nações. Oficialmente, as únicas cidades irmãs de São Bernardo do Campo são:[40] Marostica (Itália)
Shunan (Japão)
Subdivisões[editar | editar código-fonte]Zona urbana[41][editar | editar código-fonte]Alves Dias
Anchieta
Assunção
Baeta Neves
Balneária
Batistini
Botujuru
Centro
Cooperativa
Demarchi
Dos Alvarengas
Dos Casa
Dos Finco
Ferrazópolis
Independência
Jordanópolis
Montanhão
Nova Petrópolis
Pauliceia
Planalto
Rio Grande
Rudge Ramos
Santa Terezinha
Taboão
Zona rural[editar | editar código-fonte]
A Zona rural de São Bernardo do Campo corresponde praticamente à região coberta pela Serra do Mar. Localizada ao sul da cidade, ela é separada da área urbana pela represa Billings. Os bairros que fazem parte da Zona Rural de São Bernardo do Campo são:[41]
Alto da Serra
Capivari
Curucutu
Dos Imigrantes
Rio Pequeno
Santa Cruz
Taquacetuba
Tatetos
Varginha
ZanzaláEconomia[editar | editar código-fonte]
Fábrica da Toyota em São Bernardo do Campo
Sede da Mercedes-Benz Brasil em São Bernardo do Campo.
De acordo com dados de 2015, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município de São Bernardo do Campo tem o 16.º maior produto interno bruto (PIB) entre as cidades brasileiras, com 42,7 bilhões de reais, ou 0,71% do PIB brasileiro.[18]
Desde a década de 1950, o município tem sua economia baseada na indústria automobilística - sede das primeiras montadoras de veículos do Brasil, tais como Volkswagen, Ford, Scania, Toyota, Mercedes-Benz, Karmann Ghia e Willys-Overland - além das indústrias de autopeças que as suportam, de indústrias de tintas, como a Basf, que produz as tintas Suvinil, e da maior planta industrial do mundo de dentifrícios da Colgate-Palmolive.[carece de fontes?]
Na década de 1990, a economia da região teve uma grande diversificação, o que elevou a importância do setor de serviços na cidade. O comércio é variado e encontrado em todos os bairros, destacando-se o tradicional comércio da Rua Marechal Deodoro e adjacências, e o conhecido nacionalmente Centro Moveleiro da Jurubatuba, que dá a São Bernardo do Campo a denominação de Capital do Móvel.[carece de fontes?]
A construção civil e a reforma urbana se impulsionaram em 2008, com a construção do trecho sul do Rodoanel, um anel viário da Região Metropolitana de São Paulo, na Avenida Pery Ronchetti com a duplicação e canalização do córrego Saracantan, além da construção de muitos edifícios, a maioria residencial, com reformas do Shopping Metrópole, do Golden Shopping, a inauguração do Shopping São Bernardo Plaza, a desconstrução do antigo prédio do Best Shopping e revitalização da região do bairro Parque dos Pássaros, e da nova Câmara Municipal.[carece de fontes?]Infraestrutura[editar | editar código-fonte]
Transportes[editar | editar código-fonte]
O município é atendido por ônibus da empresa SBCTRANS, consórcio que opera as linhas municipais, pela EMTU, que opera o Corredor Metropolitano São Mateus - Jabaquara, interligando São Bernardo do Campo (Terminal São Bernardo e Terminal Ferrazópolis) aos municípios vizinhos de Diadema, Santo André e São Paulo, além de ônibus de empresas que gerem linhas intermunicipais que passam por São Bernardo. A ETCSBC, extinta no final dos anos 90, ainda existe mas somente gerencia o transporte municipal.[carece de fontes?]Rodovias[editar | editar código-fonte]
São Bernardo do Campo é atendida pelas seguintes rodovias: Viaduto Tereza Delta, Rodovia Anchieta, sentido Santos.
Rodovia Anchieta - principal acesso à cidade. Liga a cidade de São Paulo até a Região da Baixada Santista, atravessando São Bernardo do Campo. Faz parte do Sistema Anchieta-Imigrantes.
Rodovia dos Imigrantes - assim como a Rodovia Anchieta, liga a capital paulista ao litoral sul de São Paulo, passando por São Bernardo. Também faz parte do sistema viário supracitado.
Rodoanel - acessível em São Bernardo através do sistema Anchieta-Imigrantes, possibilitando o deslocamento a outras cidades da Grande São Paulo.
SP-31 Rodovia Índio Tibiriçá - liga São Bernardo do Campo até o município de Suzano, na Região do Alto Tietê.
Caminho do Mar - liga o Planalto Paulista até a Baixada Santista. Atualmente encontra-se fechada para veículos de passeio em quase toda a sua extensão.Comunicações[editar | editar código-fonte]
A cidade foi atendida pela Companhia Telefônica da Borda do Campo (CTBC)[42] até 1998, quando esta empresa foi privatizada e vendida juntamente com a Telecomunicações de São Paulo (TELESP) para a Telefônica[43], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[44] para suas operações de telefonia fixa.Educação[editar | editar código-fonte]
Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo.
Centro de Formação de Professores (CENFORPE).
São Bernardo tem o maior número de universidades e faculdades no ABC:Universidade Federal do ABC (UFABC)
Faculdade de Tecnologia Termomecânica (FTT)
Faculdade SENAI de Tecnologia Ambiental
Centro Universitário da FEI
Faculdade de Tecnologia de São Bernardo do Campo (FATEC)
Faculdade PanAmérica (FAPAN)
Faculdade de São Bernardo do Campo (FASB)
Faculdade Anhanguera (antiga Faculdade Anchieta)
Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo
Universidade Metodista de São Paulo (UMESP)
Seminário Presbiteriano Conservador
Universidade Bandeirante de São Paulo (UNIBAN)
Faculdade Interação Americana (FAINAM)
Universidade Nove de Julho
Universidade São Judas
Cultura[editar | editar código-fonte]
Biblioteca Municipal Monteiro Lobato.
Pinacoteca de São Bernardo do Campo.
Bibliotecas[editar | editar código-fonte]
De acordo com a lista de bibliotecas do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, São Bernardo do Campo tem várias bibliotecas públicas municipais, entre as quais a Biblioteca Municipal Monteiro Lobato e a Biblioteca Malba Tahan, localizadas nos bairros mais importantes da cidade: o Centro e o Rudge Ramos, respectivamente.[45]Teatros[editar | editar código-fonte]
São Bernardo possui também teatros que contam com peças dos mais variados tipos, como, por exemplo, o Teatro Cacilda Becker, situado junto ao Paço Municipal, na região central da cidade; o Teatro Lauro Gomes, localizado no bairro Rudge Ramos, e o Teatro Elis Regina, no bairro Assunção. [46]Feriados[editar | editar código-fonte]
Em São Bernardo do Campo, há quatro feriados municipais, definidos pela Decreto n° 17Â 279 de 26 de outubro de 2010, oito feriados nacionais e cinco pontos facultativos. Os feriados municipais são: a Sexta-Feira Santa, que ocorre sempre em março ou abril; o Corpus Christi, que sempre é realizado na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade; o dia 20 de agosto, aniversário do município; e o Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro.[47] De acordo com a lei federal nº 9.093 de 12 de setembro de 1995, os municípios podem ter no máximo quatro feriados municipais, já incluída a Sexta-Feira Santa.[48][49]Esportes[editar | editar código-fonte]
Os Jogos escolares são um dos maiores eventos esportivos da cidade de São Bernardo, toda a comunidade escolar participa ativamente desta competição, que teve início em 1965 como "I Torneio Colegial" com a participação de 416 alunos divididos em 6 modalidades. Em 2008, aconteceu sua 42º edição com a participação de 87 estabelecimentos de ensino disputando 17 modalidades coletivas e individuais. Todo esse sucesso só foi e é possível graças aos professores e alunos das escolas das redes pública e privada nas categorias A, B, C e D.[carece de fontes?] Estádio Primeiro de Maio
Além dos jogos escolares, São Bernardo do Campo também tem como atrações esportivas o São Bernardo Futebol Clube que disputou a 1ª divisão do Campeonato Paulista de Futebol em 2011 e entre 2013 e 2017, tendo sido rebaixado à série A2 para a temporada 2018, o Esporte Clube São Bernardo, o Cachorrão, que foi vice-campeão da Série B do Campeonato Paulista em 2017, e disputa agora a Série A3, fundado em 1928 e o Palestra, licenciado, que são times de futebol da cidade.[carece de fontes?]
Outros esportes também são populares na cidade. O BMG/São Bernardo, clube de vôlei, disputa a Superliga Masculina e Feminina. Ainda se destaca também em competições de basquete, handebol, entre outras com o clube da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) com as equipes de basquete campeãs regional e estadual e também com o time feminino e masculino de Handebol que é o melhor do país e o maior campeão da Liga Nacional. Entre as várias arenas esportivas se destacam o Estádio 1º de Maio, o Estádio Baetão e o Ginásio Poliesportivo Adib Móysés Dib, com capacidade para 7.500 pessoas.[carece de fontes?]Ver também[editar | editar código-fonte]
Região do Grande ABC
Centro Universitário da FEI (FEI)
Cidade da Criança
Universidade Federal do ABC (UFABC)
Estádio Primeiro de Maio
Paulistas de São Bernardo do Campo
Diocese de Santo André
Referências? a b «História da Cidade». Prefeitura do Município de São Bernardo do Campo. Consultado em 3 de março de 2018 ? a b «Resolução de Consulta da Mesa de Consciência e Ordens de 23 de Setembro de 1812» (PDF). Câmara dos Deputados. Consultado em 3 de março de 2018. Arquivado do original (PDF) em 4 de março de 2018 ? a b «Lei n° 38, de 12/03/1889 ( Lei 38/1889 )». www.al.sp.gov.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? a b «Decreto-Lei n° 14.334, de 30/11/1944 ( Decreto-Lei 14334/1944 )». www.al.sp.gov.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? https://www.al.sp.gov.br/documentacao/municipios-paulistas/? http://www.aulete.com.br/s%C3%A3o-bernardense Dicionário Aulete? «O recorte das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias de 2017» (PDF). Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2017. p. 20?34. Consultado em 10 de agosto de 2017 ? «Distâncias entre a cidade de São Paulo e todas as cidades do interior paulista». Consultado em 26 de janeiro de 2011 ? IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 ? IBGE. «Formação administrativa do município». Consultado em 9 de janeiro de 2019 ? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de agosto de 2018). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2018». Consultado em 29 de agosto de 2018 ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 14 de janeiro de 2016 ? «Lei Complementar nº 1.139, de 16 de junho de 2011». Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 ? «Região Metropolitana de São Paulo». Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de São Paulo. Consultado em 1 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2017 ? «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico ? «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ? a b Exame, ed. (17 de dezembro de 2017). «As 20 cidades com as maiores economias do Brasil». Consultado em 17 de dezembro de 2018 ? «Cidades do ABC comemoram 450 anos, mas história dá outra interpretação dos fatos»Â ? Castro Coelho, H. V. «Povoadores de S. Paulo: Amador de Medeiros» (PDF). Revista da ASBRAP nº 16 ? «Palestra e celebração resgata legado dos beneditinos no tricentenário da primeira capela de São Caetano - Diocese de Santo André». Diocese de Santo André. 12 de dezembro de 2017 ? «1717, o elo histórico de duas cidades-irmãs - Diário do Grande ABC». Jornal Diário do Grande ABC ? https://www.al.sp.gov.br/norma/65161? «Lei n° 401, de 22/06/1896 ( Lei 401/1896 )». www.al.sp.gov.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Lei n° 1.098, de 05/11/1907 ( Lei 1098/1907 )». www.al.sp.gov.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Lei n° 1.222-A, de 14/12/1910 ( Lei 1222-A/1910 )». www.al.sp.gov.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Lei n° 1.512, de 04/12/1916 ( Lei 1512/1916 )». www.al.sp.gov.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Decreto n° 6.780, de 18/10/1934 ( Decreto 6780/1934 )». www.al.sp.gov.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Decreto n° 9.775, de 30/11/1938 ( Decreto 9775/1938 )». www.al.sp.gov.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Na emancipação, surge o São Bernardo 'do Campo'». Ademir Medici. Diário do Grande ABC. 30 de novembro de 2011. Consultado em 10 de outubro de 2016 ? «Lei n° 233, de 24/12/1948 ( Lei 233/1948 )». www.al.sp.gov.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Lei n° 5.285, de 18/02/1959 ( Lei 5285/1959 )». www.al.sp.gov.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Cidade da Criança - São Bernardo». www.saobernardo.sp.gov.br. Consultado em 5 de junho de 2019 ? a b «BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Mínima (°C) - São Bernardo do Campo». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 10 de julho de 2015 ? a b «BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Máxima (°C) - São Bernardo do Campo». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 10 de julho de 2015 ? «Governador sobrevoa áreas alagadas e anuncia medidas emergenciais». Defesa Civil do Estado de São Paulo. Consultado em 11 de março de 2019 ? «BDMEP - Série Histórica - Dados Horários - Umidade Relativa (%) - São Bernardo do Campo». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 10 de julho de 2015 ? «Clima: São Bernardo do Campo». Climate-Data. Consultado em 10 de julho de 2015. Cópia arquivada em 10 de julho de 2015 ? a b c d e f g h i j https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/sao-bernardo-do-campo/panorama? Prefeitura. «Página oficial da prefeitura de São Bernardo do Campo/SP». Consultado em 4 de maio de 2011 ? a b «Compêndio Estatístico de São Bernardo do Campo» (PDF). Consultado em 3 de março de 2010 ? «História da CTBC». Companhia Telefônica da Borda do Campo ? «Nossa História». Telefônica / VIVO ? GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 ? Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas - Relação de Bibliotecas Públicas no Estado de São Paulo - novembro de 2013. SNBP. Acesso feito em 9 de agosto de 2018.? «Centros Culturais - São Bernardo». www.saobernardo.sp.gov.br. Consultado em 5 de junho de 2019 ? Prefeitura. «CALENDÁRIO ADMINISTRATIVO DE 2011». Consultado em 4 de maio de 2011 ? Sérgio Ferreira Pantaleão. «Carnaval - é ou não feriado? folga automática pode gerar alteração contratual». Guia Trabalhista. Consultado em 4 de maio de 2011 ? Presidência da República. «Lei Nº 9.093, de 12 de setembro de 1995». Consultado em 4 de maio de 2011Â
Ligações externas[editar | editar código-fonte]Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Categoria no Commons
Guia turístico no Wikivoyage
Commons
WikivoyagePágina da prefeitura
Página da câmara
Portal da "Divisão de Geopolíticas e Estatísticas" com informações do Município
Fotos, estatísticas e dados da evolução de São Bernardo do Campo
São Bernardo do Campo no WikiMapia
São Bernardo do Campovde Mercado Comum de Cidades ? MercocidadesMercado Comum do Sul ? Mercosul ArgentinaAvellaneda ? Bahía Blanca ? Barranqueras ? Bovril ? Bragado ? Buenos Aires ? Carlos Pellegrini ? Comodoro Rivadavia ? Córdova ? Florencio Varela ? General San Martín ? Gualeguaychú ? Guaymallén ? Hurlingham ? Junín ? La Matanza ? La Plata ? Rioja ? Las Bandurrias ? Lomas de Zamora ? Luján ? Malvinas Argentinas ? Mar del Plata ? María Susana ? Mendoza ? Montecarlo ? Morón ? Necochea ? Olavarría ? Paraná ? Pergamino ? Piamonte ? Quilmes ? Rafaela ? Reconquista ? Realicó ? Resistência ? Río Cuarto ? Rosário ? Salta ? Salto ? San Antonio de los Cobres ? San Fernando del Valle de Catamarca ? San Isidro ? San Jorge ? San Juan ? San Luis ? San Miguel de Tucumán ? San Salvador de Jujuy ? Santa Fé ? Santiago del Estero ? Tandil ? Trelew ? Ushuaia ? Vicente López ? Viedma ? Villa Gesell ? Villa María ? Villa Mercedes ? Zapala  • Zárate BrasilAlvorada ? Anápolis ? Aracaju ? Araraquara ? Barra do Ribeiro ? Bela Vista ? Belém ? Belo Horizonte ? Brasília ? Camaçari ? Campinas ? Caxias do Sul ? Contagem ? Coronel Sapucaia ? Cuiabá ? Curitiba ? Diadema ? Dourados ? Esteio ? Florianópolis ? Fortaleza ? Foz do Iguaçu ? Goiânia ? Gravataí ? Guaíra ? Guarulhos ? Jacareí ? Joinville ? Juiz de Fora ? Londrina ? Macaé ? Maringá ? Mauá ? Mossoró ? Niterói ? Osasco ? Paranhos ? Penápolis ? Petrolina ? Piracicaba ? Porto Alegre ? Praia Grande ? Recife ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Rio de Janeiro ? Rio Grande ? Salvador ? Santa Maria ? Santa Vitória do Palmar ? Santana de Parnaíba ? Santo André ? Santos ? São Bernardo do Campo ? São Borja ? São Carlos ? São Caetano do Sul ? São José do Rio Preto ? São Leopoldo ? São Paulo ? São Vicente ? Sumaré ? Suzano ? Taboão da Serra ? Teresina ? Uberlândia ? Várzea Paulista ? Viamão ? Vitória ? Vitória da Conquista ParaguaiAssunção ? Bella Vista Norte ? Cambyretá ? Capiatá ? Carlos Antonio López ? Concepción ? Coronel Oviedo ? Fernando de la Mora ? Hernandarias ? Horqueta ? Jesús ? Limpio ? San Pedro del Ycuamandiyú ? Pedro Juan Caballero ? Pilar ? Salto del Guairá ? San Lázaro ? Villeta ? Ypehú UruguaiCanelones ? Cerro Largo ? Colônia do Sacramento ? Durazno ? Flores ? Florida ? Maldonado ? Montevidéu ? Paysandú ? Río Negro ? Rivera ? Rocha ? Salto ? San José de Mayo ? Tacuarembó ? Treinta y Tres VenezuelaBarquisimeto ? Caracas ? Cumaná ? Libertador BolíviaCochabamba ? La Paz ? Santa Cruz de la Sierra ? Tarija ChileArica ? Calama ? Chillán Viejo ? Concepción ? El Bosque ? Los Andes ? Puerto Montt ? Quilpué ? Rancagua ? Santiago ? Valparaíso ? Viña del Mar PeruJesús María ? Lima ? Lurin ? La VictoriaCidades fundadoras em itálico.Fonte: Red de Mercociudades: Ciudades Miembrosvde50 cidades mais populosas do Brasil   São Paulo
Rio de Janeiro
Brasília
Salvador
Fortaleza
Belo Horizonte
Manaus
Curitiba
Recife
Goiânia

Belém
Porto Alegre
Guarulhos
Campinas
São Luís
São Gonçalo
Maceió
Duque de Caxias
Campo Grande
NatalTeresina
São Bernardo do Campo
Nova Iguaçu
João Pessoa
Santo André
São José dos Campos
Jaboatão dos Guararapes
Osasco
Ribeirão Preto
UberlândiaSorocaba
Contagem
Aracaju
Feira de Santana
Cuiabá
Joinville
Aparecida de Goiânia
Juiz de Fora
Londrina
AnanindeuaPorto Velho
Niterói
Belford Roxo
Serra
Caxias do Sul
Campos dos Goytacazes
Macapá
Florianópolis
Vila Velha
São João de MeritivdeMunicípios da Região do Grande ABCSanto André ? São Bernardo do Campo ? São Caetano do Sul ? Diadema ? Mauá ? Ribeirão Pires ? Rio Grande da Serravde São Paulo Portal ? Geografia, Política, Cultura, EsportesCapitalSão PauloRegiões MetropolitanasComplexo Metropolitano Expandido ? Baixada Santista ? Campinas ? Ribeirão Preto ? São Paulo ? Sorocaba ? Vale do ParaíbaRegiões AdministrativasAraçatuba ? Barretos ? Bauru ? Campinas ? Central ? Franca ? Itapeva ? Marília ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Santos ? São Paulo ? São José do Rio Preto ? São José dos Campos ? SorocabaRegiões de GovernoAdamantina ? Andradina ? Araçatuba ? Araraquara ? Assis ? Avaré ? Barretos ? Bauru ? Botucatu ? Bragança Paulista ? Campinas ? Caraguatatuba ? Catanduva ? Cruzeiro ? Dracena ? Fernandópolis ? Franca ? Guaratinguetá ? Itapetininga ? Itapeva ? Jales ? Jaú ? Jundiaí ? Limeira ? Lins ? Marília ? Ourinhos ? Piracicaba ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Santos ? São Carlos ? São João da Boa Vista ? São Joaquim da Barra ? São José do Rio Preto ? São José dos Campos ? Sorocaba ? Taubaté ? Tupã ? VotuporangaRegiões geográficas intermediáriasAraçatuba ? Araraquara ? Bauru ? Campinas ? Marília ? Presidente Prudente ? Ribeirão Preto ? São José dos Campos ? São José do Rio Preto ? São Paulo ? SorocabaRegiões geográficas imediatasAdamantina-Lucélia ? Amparo ? Andradina ? Araçatuba ? Araraquara ? Araras ? Assis ? Avaré ? Barretos ? Bauru ? Birigui-Penápolis ? Botucatu ? Bragança Paulista ? Campinas ? Caraguatatuba-Ubatuba-São Sebastião ? Catanduva ? Cruzeiro ? Dracena ? Fernandópolis ? Franca ? Guaratinguetá ? Itapetininga ? Itapeva ? Ituverava ? Jales ? Jaú ? Jundiaí ? Limeira ? Lins ? Marília ? Mogi Guaçu ? Ourinhos ? Piracicaba ? Piraju ? Presidente Epitácio-Presidente Venceslau ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Santa Fé do Sul ? São José do Rio Pardo-Mococa ? Santos ? São Carlos ? São João da Boa Vista ? São Joaquim da Barra-Orlândia ? São José dos Campos ? São José do Rio Preto ? São Paulo ? Sorocaba ? Tatuí ? Taubaté-Pindamonhangaba ? Tupã ? VotuporangaMais de 1 000 000 habitantesSão Paulo ? Guarulhos ? CampinasMais de 500 000 habitantesSão Bernardo do Campo ? Santo André ? Osasco ? São José dos Campos ? Ribeirão Preto ? SorocabaMais de 200 000 habitantesMauá ? São José do Rio Preto ? Santos ? Mogi das Cruzes ? Diadema ? Jundiaí ? Carapicuíba ? Piracicaba ? Bauru ? São Vicente ? Itaquaquecetuba ? Franca ? Guarujá ? Taubaté ? Praia Grande ? Limeira ? Suzano ? Taboão da Serra ? Sumaré ? Barueri ? Embu das Artes ? São Carlos ? Indaiatuba ? Cotia ? Marília ? Americana ? Araraquara ? Jacareí ? Itapevi ? Presidente Prudente ? Hortolândia ? Rio ClaroMais de 100 000 habitantesAraçatuba ? Santa Bárbara d'Oeste ? Ferraz de Vasconcelos ? Francisco Morato ? Itapecerica da Serra ? Itu ? Bragança Paulista ? Pindamonhangaba ? São Caetano do Sul ? Itapetininga ? Mogi Guaçu ? Franco da Rocha ? Jaú ? Botucatu ? Atibaia ? Araras ? Santana de Parnaíba ? Cubatão ? Valinhos ? Sertãozinho ? Ribeirão Pires ? Jandira ? Catanduva ? Barretos ? Guaratinguetá ? Birigui ? Votorantim ? Tatuí ? Várzea Paulista ? Salto ? Caraguatatuba ? Itatiba ? Poá ? Ourinhos ? Assis ? Leme ? PaulíniaSudeste, Brasil vde Região Metropolitana de São PauloSub-região norteCaieiras ? Cajamar ? Francisco Morato ? Franco da Rocha ? Mairiporã ? São Paulo (zona norte)Sub-região lesteArujá ? Biritiba Mirim ? Ferraz de Vasconcelos ? Guararema ? Guarulhos ? Itaquaquecetuba ? Mogi das Cruzes ? Poá ? Salesópolis ? Santa Isabel ? São Paulo (zona leste) ? SuzanoSub-região sudesteDiadema ? Mauá ? Ribeirão Pires ? Rio Grande da Serra ? Santo André ? São Bernardo do Campo ? São Caetano do Sul ? São Paulo (zona sudeste)Sub-região oesteBarueri ? Carapicuíba ? Itapevi ? Jandira ? Osasco ? Pirapora do Bom Jesus ? Santana de Parnaíba ? São Paulo (zona oeste)Sub-região sudoesteCotia ? Embu das Artes ? Embu-Guaçu ? Itapecerica da Serra ? Juquitiba ? São Lourenço da Serra ? São Paulo (zona sudoeste) ? Taboão da Serra ? Vargem Grande Paulista São Paulo,  Brasilvde Dados Estatísticos de São PauloPopulação
2018
2010
2007
2000
1996
1991
1985
1980
1978
1970
1966
1960
1958
1950
1946
1940
1937
1934
1929
1925
1920
1916
1910
1900
1890
1886
1872
Área e divisão territorial
Após 2016
2013?2015
1997?2012
1993?1996
1980?1992
1965?1979
1960?1964
1954?1959
1949?1953
1945?1948
1939?1944
1937?1938
1930?1933
1929
1920?1921
1911
1901
Processos de emancipação
Após 1996
1987?1995
1971?1985
1963
1958
1953
1948
Outros critérios
Altitude
PIB
IDH-M
Índice FIRJAN
Códigos de área (DDD)
Relacionados
Lista de municípios de São Paulo
Lista de distritos de São Paulo
vde Telecomunicações em São PauloEmpresaspaulistas
CETERP
COTESP
CTB
CTBC-Borda do Campo
TELESP
Telesp Celular
Código de área(DDD) 11
Alumínio
Araçariguama
Arujá
Atibaia
Barueri
Biritiba Mirim
Bom Jesus dos Perdões
Bragança Paulista
Cabreúva
Caieiras
Cajamar
Campo Limpo Paulista
Carapicuíba
Cotia
Diadema
Embu das Artes
Embu-Guaçu
Ferraz de Vasconcelos
Francisco Morato
Franco da Rocha
Guararema
Guarulhos
Igaratá
Itapecerica da Serra
Itapevi
Itaquaquecetuba
Itatiba
Itu
Itupeva
Jandira
Jarinu
Joanópolis
Jundiaí
Juquitiba
Mairinque
Mairiporã
Mauá
Mogi das Cruzes
Morungaba
Nazaré Paulista
Osasco
Pedra Bela
Pinhalzinho
Piracaia
Pirapora do Bom Jesus
Poá
Ribeirão Pires
Rio Grande da Serra
Salesópolis
Salto
Santa Isabel
Santana de Parnaíba
Santo André
São Bernardo do Campo
São Caetano do Sul
São Paulo
São Roque
Suzano
Taboão da Serra
Tuiuti
Vargem
Vargem Grande Paulista
Várzea Paulista
Código de área(DDD) 12
Aparecida
Arapeí
Areias
Bananal
Caçapava
Cachoeira Paulista
Campos do Jordão
Canas
Caraguatatuba
Cruzeiro
Cunha
Guaratinguetá
Ilhabela
Jacareí
Jambeiro
Lagoinha
Lavrinhas
Lorena
Monteiro Lobato
Natividade da Serra
Paraibuna
Pindamonhangaba
Piquete
Potim
Queluz
Redenção da Serra
Roseira
Santa Branca
Santo Antônio do Pinhal
São Bento do Sapucaí
São José do Barreiro
São José dos Campos
São Luís do Paraitinga
São Sebastião
Silveiras
Taubaté
Tremembé
Ubatuba
Código de área(DDD) 13
Bertioga
Cajati
Cananeia
Cubatão
Eldorado
Guarujá
Iguape
Ilha Comprida
Itanhaém
Itariri
Jacupiranga
Juquiá
Miracatu
Mongaguá
Pariquera-Açu
Pedro de Toledo
Peruíbe
Praia Grande
Registro
Santos
São Vicente
Sete Barras
Vicente de Carvalho
Código de área(DDD) 14
Águas de Santa Bárbara
Agudos
Álvaro de Carvalho
Alvinlândia
Anhembi
Arandu
Arco-Íris
Arealva
Areiópolis
Avaí
Avaré
Balbinos
Bariri
Barra Bonita
Bastos
Bauru
Bernardino de Campos
Bocaina
Bofete
Boraceia
Borebi
Botucatu
Brotas
Cabrália Paulista
Cafelândia
Campos Novos Paulista
Canitar
Cerqueira César
Chavantes
Conchas
Coronel Macedo
Dois Córregos
Duartina
Espírito Santo do Turvo
Fartura
Fernão
Gália
Garça
Getulina
Guaiçara
Guaimbê
Guarantã
Herculândia
Iacanga
Iacri
Iaras
Ibirarema
Igaraçu do Tietê
Ipaussu
Itaí
Itapuí
Itatinga
Jaú
Julio Mesquita
Lençóis Paulista
Lins
Lucianópolis
Lupércio
Macatuba
Manduri
Marília
Mineiros do Tietê
Ocauçu
Óleo
Oriente
Oscar Bressane
Ourinhos
Paranapanema
Pardinho
Paulistânia
Pederneiras
Piraju
Pirajuí
Piratininga
Pompeia
Pongaí
Pratânia
Presidente Alves
Promissão
Queiroz
Quintana
Reginópolis
Ribeirão do Sul
Sabino
Salto Grande
Santa Cruz do Rio Pardo
São Manuel
São Pedro do Turvo
Sarutaiá
Taguaí
Taquarituba
Tejupá
Timburi
Torrinha
Tupã
Ubirajara
Uru
Vera Cruz
Código de área(DDD) 15
Alambari
Angatuba
Apiaí
Araçoiaba da Serra
Barão de Antonina
Barra do Chapéu
Barra do Turvo
Boituva
Bom Sucesso de Itararé
Buri
Campina do Monte Alegre
Capão Bonito
Capela do Alto
Cerquilho
Cesário Lange
Guapiara
Guareí
Ibiúna
Iperó
Iporanga
Itaberá
Itaoca
Itapetininga
Itapeva
Itapirapuã Paulista
Itaporanga
Itararé
Jumirim
Laranjal Paulista
Nova Campina
Piedade
Pilar do Sul
Porangaba
Porto Feliz
Quadra
Ribeira
Ribeirão Branco
Ribeirão Grande
Riversul
Salto de Pirapora
São Miguel Arcanjo
Sarapuí
Sorocaba
Tapiraí
Taquarivaí
Tatuí
Tietê
Torre de Pedra
Votorantim
Código de área(DDD) 16
Altinópolis
Américo Brasiliense
Aramina
Araraquara
Barrinha
Batatais
Boa Esperança do Sul
Borborema
Brodowski
Buritizal
Cajuru
Cândido Rodrigues
Cássia dos Coqueiros
Cravinhos
Cristais Paulista
Dobrada
Dourado
Dumont
Fernando Prestes
Franca
Guará
Guariba
Guatapará
Ibaté
Ibitinga
Igarapava
Ipuã
Itápolis
Itirapuã
Ituverava
Jaboticabal
Jardinópolis
Jeriquara
Luiz Antônio
Matão
Miguelópolis
Monte Alto
Morro Agudo
Motuca
Nova Europa
Nuporanga
Orlândia
Patrocínio Paulista
Pedregulho
Pitangueiras
Pontal
Pradópolis
Ribeirão Bonito
Ribeirão Corrente
Ribeirão Preto
Rifaina
Rincão
Sales Oliveira
Santa Cruz da Esperança
Santa Ernestina
Santa Lúcia
Santa Rosa do Viterbo
Santo Antônio da Alegria
São Carlos
São Joaquim da Barra
São José da Bela Vista
São Simão
Serra Azul
Serrana
Sertãozinho
Tabatinga
Taiaçu
Taiuva
Taquaral
Taquaritinga
Trabiju
Vista Alegre do Alto
Código de área(DDD) 17
Adolfo
Altair
Álvares Florence
Américo de Campos
Aparecida d'Oeste
Ariranha
Aspásia
Auriflama
Bady Bassitt
Bálsamo
Barretos
Bebedouro
Cajobi
Cardoso
Catanduva
Catiguá
Cedral
Colina
Colômbia
Cosmorama
Dirce Reis
Dolcinópolis
Elisiário
Embaúba
Estrela d'Oeste
Fernandópolis
Floreal
Gastão Vidigal
General Salgado
Guaíra
Guapiaçu
Guaraci
Guarani d'Oeste
Guzolândia
Ibirá
Icém
Indiaporã
Ipiguá
Irapuã
Itajobi
Jaborandi
Jaci
Jales
José Bonifácio
Macaubal
Macedônia
Magda
Marapoama
Marinópolis
Mendonça
Meridiano
Mesópolis
Mira Estrela
Mirassol
Mirassolândia
Monções
Monte Aprazível
Monte Azul Paulista
Neves Paulista
Nhandeara
Nipoã
Nova Aliança
Nova Canaã Paulista
Nova Castilho
Nova Granada
Nova Luzitânia
Novais
Novo Horizonte
Olímpia
Onda Verde
Orindiúva
Ouroeste
Palestina
Palmares Paulista
Palmeira d'Oeste
Paulo de Faria
Pedranópolis
Pindorama
Pirangi
Poloni
Pontalinda
Pontes Gestal
Populina
Potirendaba
Riolândia
Rubineia
Sales
Santa Adélia
Santa Albertina
Santa Clara d'Oeste
Santa Fé do Sul
Santa Rita d'Oeste
Santa Salete
Santana da Ponte Pensa
São Francisco
São João das Duas Pontes
São João de Iracema
São José do Rio Preto
Sebastianópolis do Sul
Severinia
Tabapuã
Tanabi
Terra Roxa
Três Fronteiras
Turmalina
Ubarana
Uchoa
União Paulista
Urânia
Urupês
Valentim Gentil
Viradouro
Vitória Brasil
Votuporanga
Código de área(DDD) 18
Adamantina
Alfredo Marcondes
Alto Alegre
Álvares Machado
Andradina
Anhumas
Araçatuba
Assis
Avanhandava
Barbosa
Bento de Abreu
Bilac
Birigui
Borá
Braúna
Brejo Alegre
Buritama
Caiabu
Caiuá
Cândido Mota
Castilho
Clementina
Coroados
Cruzália
Dracena
Echaporã
Emilianópolis
Estrela do Norte
Euclides da Cunha Paulista
Flora Rica
Flórida Paulista
Florínea
Gabriel Monteiro
Glicério
Guaraçaí
Guararapes
Iepê
Ilha Solteira
Indiana
Inúbia Paulista
Irapuru
Itapura
João Ramalho
Junqueirópolis
Lavínia
Lourdes
Lucélia
Luziânia
Lutécia
Marabá Paulista
Maracaí
Mariápolis
Martinópolis
Mirandópolis
Mirante do Paranapanema
Monte Castelo
Murutinga do Sul
Nantes
Narandiba
Nova Guataporanga
Nova Independência
Osvaldo Cruz
Ouro Verde
Pacaembu
Palmital
Panorama
Paraguaçu Paulista
Parapuã
Pauliceia
Pedrinhas Paulista
Penápolis
Pereira Barreto
Piacatu
Piquerobi
Pirapozinho
Planalto
Platina
Pracinha
Presidente Bernardes
Presidente Epitácio
Presidente Prudente
Presidente Venceslau
Quatá
Rancharia
Regente Feijó
Ribeirão dos Índios
Rinópolis
Rosana
Rubiácea
Sagres
Salmourão
Sandovalina
Santa Mercedes
Santo Anastácio
Santo Antônio do Aracanguá
Santo Expedito
Santópolis do Aguapeí
São João do Pau-d'Alho
Sud Mennucci
Suzanápolis
Taciba
Tarabai
Tarumã
Teodoro Sampaio
Tupi Paulista
Turiúba
Valparaíso
Zacarias
Código de área(DDD) 19
Aguaí
Águas da Prata
Águas de Lindoia
Águas de São Pedro
Americana
Amparo
Analândia
Araras
Artur Nogueira
Caconde
Campinas
Capivari
Casa Branca
Charqueada
Conchal
Cordeirópolis
Corumbataí
Cosmópolis
Descalvado
Divinolândia
Elias Fausto
Engenheiro Coelho
Espírito Santo do Pinhal
Estiva Gerbi
Holambra
Hortolândia
Indaiatuba
Ipeúna
Iracemápolis
Itapira
Itirapina
Itobi
Jaguariúna
Leme
Limeira
Lindoia
Louveira
Mococa
Mogi Guaçu
Mogi Mirim
Mombuca
Monte Alegre do Sul
Monte Mor
Nova Odessa
Paulínia
Pedreira
Piracicaba
Pirassununga
Porto Ferreira
Rafard
Rio Claro
Rio das Pedras
Saltinho
Santa Bárbara d'Oeste
Santa Cruz da Conceição
Santa Cruz das Palmeiras
Santa Gertrudes
Santa Maria da Serra
Santa Rita do Passa Quatro
Santo Antônio de Posse
Santo Antônio do Jardim
São João da Boa Vista
São José do Rio Pardo
São Pedro
São Sebastião da Grama
Serra Negra
Socorro
Sumaré
Tambaú
Tapiratiba
Valinhos
Vargem Grande do Sul
Vinhedo
Relacionados
Códigos de área (DDD) de todos os municípios paulistas Portal de São Paulo
Controle de autoridade
: Q184403
WorldCat
VIAF: 142527059
BRE: 4799589
EBID: ID
LCCN: n83017628
OSM: 297968
MusicBrainz: ID
GeoNames: 3449344

POSTAGENS RELACIONADOS


CRIAR SITE MARCA EM SÃO BONIFÁCIO


criar site marca em São Bonifácio

Encontre criar site marca em São Bonifácio na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

CRIAR SITE MARCA EM SÃO BORJA


criar site marca em São Borja

Encontre criar site marca em São Borja na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

CRIAR SITE MARCA EM SÃO BRAZ DO PIAUÍ


criar site marca em São Braz do Piauí

Encontre criar site marca em São Braz do Piauí na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

CRIAR SITE MARCA EM SÃO BRÁS


criar site marca em São Brás

Encontre criar site marca em São Brás na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO