criar site marca em Almas


Encontre criar site marca em Almas na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Criar

Dar existência a.
Originar.
Inventar.
Gerar; produzir: _criou muitos filhos_.
Instituir, fundar: _criar asilos_.
Amamentar.
Educar.
Promover a procriação de: _criar gado_.
Cultivar.
Adquirir.


Criar

Encher-se de pus (uma ferida), resultante de picada: _tenho um dedo a criar_.


Criar

Ter dinheiro.


Criar

Afagar, acarinhar.


Marca

Acto ou efeito de marcar.
Cunho.
Distintivo.
Carimbo; firma.
Categoria.
Grandeza.
Nódoa, produzida por contusão.
Ferrete.
Nota.
Limite.
Tento do jogo.


Marca

Letra ou letras, emblema ou bordado ligeiro, feito com agulha numa peça de roupa.
Botão para calças ou ceroilas.


Marca

Antiga moeda portuguesa, em oiro e em prata, do valor de 60 maravedis.


Marca

Meretriz.


Marca

_Grande marca_, talento, grande capacidade: _advogado de grande marca_.


Marca

_Ser marca_, ser capaz:«_vós sereis marca de me inculcar nesta terra h?a namorada?_»_Eufrosina_, 275.


Marca

_Passar as marcas_, ou _passar das marcas_, ser exorbitante, exceder os justos limites.

Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.?Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
AlmaPintura de William-Adolphe Bouguereau (1825-1905) retratando a alma(fôlego de vida neste caso)de um indivíduo sendo carregada até o céu por dois anjos após a morte do indivíduo, de acordo com Eclesiastes 12:7. https://www.bibliaonline.com.br/acf/ec/12/7
Origem do nomelatim[1] InfluênciasTeologia, filosofia DefiniçãoO fôlego de vida, o ser humano em si. Conhecida no senso comumser imortal, mas é mortal, visto que é e faz parte do corpo humano.





















 Nota: Para outros significados, veja Alma (desambiguação).
Alma é um termo equivalente ao hebraico néfesh, ao Sanscrito ?tman e ao grego psykhé e significa "ser", "vida" ou "criatura".[2] Etimologicamente, deriva do termo latino animu (ou anima), que significa "o que anima".[3] Sendo a vida de cada organismo, não sendo eterna, e nem separada do corpo, exatamente pelo contrário.[4] Alma não é o mesmo que espírito. Na religião, possui grande importância, conferindo, ao indivíduo, a capacidade de fazer e viver coisas e momentos complexos lógicamente, sendo a vida do ser humano, e não parte dela. Foi discutida e citada na filosofia.[5]Índice1 Alma e as religiões1.1 Calvinismo
1.2 Espiritismo
1.3 Testemunhas de Jeová
1.4 Hinduísmo
2 Ciência moderna2.1 Neurociência2.1.1 Calosotomia completa
3 Localização da alma
4 Referências
5 Ver tambémAlma e as religiões[editar | editar código-fonte]
Calvinismo[editar | editar código-fonte]
?E, pela palavra alma, entendo uma essência imortal, contudo criada, que lhe é, das duas, a parte mais nobre.?
[6]
João Calvino, o fundador do calvinismo,[7] defendeu que o espírito e a alma são distintos, e que ela é imortal.[6]
Segundo sua interpretação da Bíblia, a alma pode perder-se, ser salva e existir após a morte do corpo. Ela também é citada como a fonte de todas as sensações e sentimentos humanos, além de ser a responsável pela comunhão humana com Deus.[2]Espiritismo[editar | editar código-fonte]
Segundo o espiritismo,[8] a alma é o espírito encarnado consistindo-se no princípio inteligente do Universo, ser real, circunscrito, imaterial e individual que existe no ser humano e que sobrevive ao corpo, estando sujeita à Lei do progresso, ou seja, a se aperfeiçoar por meio da reencarnação em várias encarnações progressivas até atingir a perfeição, o estágio de Espírito Puro, quando não tem mais a necessidade de reencarnar.
Ainda segundo o espiritismo, a alma, ou espírito encarnado, é ligada ao corpo por um envoltório semimaterial chamado perispírito.Testemunhas de Jeová[editar | editar código-fonte]
Segundo as Testemunhas de Jeová, a Bíblia apresenta a alma [em hebraico, néfesh; em grego, psykhé] e o espírito [em hebraico, rúahh; em grego, pneúmato] como distintos, conforme, a Carta aos Hebreus, no versículo 12 de seu capítulo 4:?Porque a palavra de Deus é viva e exerce poder, e é mais afiada do que qualquer espada de dois gumes, e penetra a ponto de fazer divisão entre a alma [psykhés em grego] e o espírito [pneúmatos em grego], e entre as juntas e a medula...?As Testemunhas afirmam que a Bíblia ensina que alma não é algo separado do corpo, mas o próprio ser; não sendo o humano algo composto, alma e carne, mas um só, como veem em Gênesis 2:7:?E Jeová Deus formou o homem do pó do solo e soprou nas suas narinas o fôlego de vida, e o homem se tornou uma alma [néfesh, em hebraico] vivente.?Afirmam, ainda, que, na Bíblia, "alma" não é apenas o homem, mas todo ser vivo. Como diz:?Então Deus disse: "Que as águas fervilhem de almas [néfesh] viventes... - Gênesis 1:20??O segundo derramou a sua tigela no mar. E o mar se transformou em sangue como de um morto, e morreu toda alma [psykhé] vivente que havia no mar.?Elas destacam que a Bíblia diz que a alma, ou o ser vivente, é mortal:?A alma que pecar é a que morrerá. - Ezequiel 18:4?Hinduísmo[editar | editar código-fonte]
Atman ou Atma Palavra em Sânscrito que significa alma ou sopro vital. Na teosofia representa a Mônada, o 7º princípio na constituição setenária do Homem, o mais elevado princípio do ser humano.
Para a teosofia, cada ser humano possui Atman, ou espírito indivídual, que é um reflexo da Alma Universal. O Atman é a ideia abstrata de "eu próprio". Ele não difere de tudo o que está no cosmos, exceto pela auto-consciência.
No Hinduísmo, Atmané o mais elevado princípio humano, a Essência divina, sem forma e indivisível. A expressão também é utilizado no Hinduísmo para expressar Brahman ou Paramatman. Em livros antigos da filosofia e teosofia Hindu como o Bhagavata gitaCiência moderna[editar | editar código-fonte]
De uma forma geral, a ciência moderna estuda o homem sem fazer referências a uma alma imaterial, uma vez que, se existe, não pode ser observada nem medida pelos instrumentos atuais. Apesar disso, alguns cientistas têm tentado encontrar evidências da existência e da natureza da alma humana. Muitas das pesquisas científicas nesse assunto vão em direção das experiências de quase-morte, porém não existem provas conclusivas para a ciência moderna de que realmente os pacientes saíram do próprio corpo, ou se sofreram de alucinações. Há também alguns cientistas como Ian Stevenson e Brian Weiss que conduziram estudos de caso sobre crianças narrando experiências anteriores ao nascimento, e que poderiam sugerir uma possibilidade de reencarnação (portanto, existência da alma), embora não tenham demonstrado pelo processo científico como isto poderia ocorrer.Neurociência[editar | editar código-fonte]
A neurociência é um termo que reúne as disciplinas biológicas que estudam o sistema nervoso. Muitas descobertas da neurociência trazem intrigantes fatos a respeito da mente.Calosotomia completa[editar | editar código-fonte]
O estudo de pessoas que tiveram os dois hemisférios cerebrais separados (o que se chama de calosotomia, resultado de cirurgia para tratar casos graves de epilepsia, ou devido a traumatismos ou derrames) tem trazido importantes implicações para o entendimento do funcionamento da mente. Os hemisférios direito e esquerdo são, em muitos aspectos, simétricos. O hemisfério direito controla o lado esquerdo do corpo e o hemisfério esquerdo controla o lado direito. As funções mentais são distribuídas nos dois. No entanto, na maioria das pessoas, algumas funções mentais são mais concentradas no hemisfério esquerdo (linguagem, raciocínio linear), enquanto outras são mais concentradas no direito (emoções intensas, intuição espacial do próprio corpo, expressão emocional no rosto), embora essas funções não sejam exclusivas de cada hemisfério. Além disso, o campo visual esquerdo de cada olho é recebido pelo hemisfério direito e o campo visual direito é recebido pelo esquerdo. O corpo caloso permite a comunicação entre os dois hemisférios.
Ocorre que nos pacientes que tiveram seu corpo caloso completamente dividido (calosotomia), os hemisférios perdem a comunicação entre si (embora com o tempo o cérebro tenda a encontrar outras maneiras de estabelecer comunicação entre os dois hemisférios através de outras conexões nervosas que existem no cérebro além do corpo caloso). Com isso, o hemisfério esquerdo, que controla o lado direito do corpo e é especializado na linguagem, passa a funcionar de modo separado do hemisfério direito, que controla o lado esquerdo do corpo e é especializado nas emoções.[9]
Embora o hemisfério direito não tenha acesso aos centros de linguagem e, portanto, não possa falar, ele pode rearranjar cartas com letras dispostas numa mesa com a mão esquerda. Por exemplo, em um estudo, a um sujeito que havia sofrido calosotomia foi perguntado sobre qual é sua profissão ideal. Verbalmente (ou seja, usando o hemisfério esquerdo), o paciente respondeu que ele gostaria de ser desenhista. No entanto, com a mão esquerda (isto é, usando o hemisfério direito), ele rearranjou as letras formando as palavras "corrida automobilística" ("car race", em inglês) sem que seu hemisfério esquerdo (o que fala) tivesse consciência disso.[10]
Roger Sperry, numa pesquisa com pacientes com o cérebro dividido, relata que, quando foi mostrada, ao hemisfério direito do paciente (por meio de óculos especiais que bloqueiam o campo visual direito de cada olho), uma foto de uma pessoa familiar, a mão esquerda apontou a primeira letra do nome dessa pessoa, embora o paciente dissesse (o hemisfério esquerdo) que não via foto alguma e que tampouco movia o braço esquerdo. Quando uma foto do próprio paciente foi mostrada ao hemisfério direito, o paciente respondeu com reações emocionais tais como gargalhadas e sorriso autoconsciente, além de frases emocionais simples como "Oh, não! Oh, Deus!". O hemisfério direito também respondeu com polegar para cima ou para baixo de modo socialmente correto para fotos de personalidades famosas tais como Winston Churchill e Hitler. Tudo isso com o paciente dizendo (seu hemisfério esquerdo) que não via foto nenhuma.[11]
O hemisfério direito do cérebro, funcionando independentemente e isolado do esquerdo, demonstra inteligência. Ele pode perceber, analisar, lembrar, realizar raciocínio complexo, compreender emoções e expressá-las, demonstrar conhecimento cultural e responder criativamente a novas situações.[12]
Essas pesquisas mostram que, em alguns casos de cérebro dividido, o cérebro gera o que parece ser duas consciências separadas. A pesquisa sobre pacientes com cérebro dividido levou o neurocientista e ganhador do prêmio Nobel Roger Sperry a concluir: "Tudo o que vimos indica que a cirurgia deixou essas pessoas com duas mentes distintas, isto é, duas esferas separadas de consciência. O que é experimentado no hemisfério direito parece estar totalmente fora do âmbito do que é experimentado pelo hemisfério esquerdo."[13]
Uma das consequências mais dramáticas e evitadas da calosotomia é a síndrome da mão alheia. Uma das mãos "ganha vontade própria" (em geral, a esquerda) após a cirurgia e se opõe ao que o paciente deseja, desfazendo o que a mão direita faz (conflito intermanual). Por exemplo, tarefas como abrir uma porta com a mão direita é desfeita pela esquerda. Ao se vestir, a mão esquerda pode se opor, e luta para tirar a roupa que a mão direita por sua vez luta para colocar. Em outro caso, a mão esquerda (hemisfério direito) de um paciente preferia alimentos diferentes e até mesmo programas de televisão diferentes, intervindo contra a vontade expressa pelas ações da mão direita que é verbalizada pelo paciente. Há, ainda, o caso de um paciente cuja mão esquerda se opunha sempre que o paciente tentava acender um cigarro e fumar; a mão esquerda, frequentemente, arrancava o cigarro ou o isqueiro e os atirava longe. Outro caso relatado é a de um paciente cuja mão estranha apalpava o seio de todas as mulheres que se aproximavam dele, provocando um grande contrangimento para ele.[14]
De acordo com alguns ideais ateístas, esses estudos científicos colocam sérias questões ao dualismo, pois seus resultados parecem inconciliáveis com a ideia da existência de uma alma individual (isto é, indivisível) independente do cérebro, já que fornecem fortes evidências de que uma divisão física do cérebro produz como que duas almas diferentes que possuem propósitos, gostos, opiniões, personalidade e pensamentos diversos, embora compartilhem lembranças de fatos anteriores à separação dos hemisférios. Se a mente se torna duas mentes ao nível físico do cérebro dividido em dois, como não concluir que, durante o momento da morte física do cérebro e a ruptura cada vez maior das conexões neuronais, o que chamamos de mente se multiplica em numeráveis mentes cada vez mais dispersas até que todas as conexões se desfazem?[15]
Porém, do ponto de vista de defensores da alma, isto implica apenas no resultado de um efeito fisiológico do corpo. Sendo, o corpo, o invólucro temporário da alma, esta fica sujeita às condições que este lhe oferece para se expressar. Sendo, a alma do ser humano, condizente com o seu grau de evolução, esta, também, não é perfeita e está sujeita às suas vontades enquanto no corpo, seguindo os princípios do livre-arbítrio, e também às suas limitações. Acontecimentos como estes podem ser parte de processos reencarnatórios, segundo os princípios da reencarnação. E também simplesmente explicados com o fato de o corpo ser a dualidade de emoção e raciocínio. Se o seu cérebro, órgão condutor e comandante do sistema nervoso, está dividido, o corpo fica passível de suas consequências. O fato de aparentemente duas consciências surgirem, nada mais é do que o emocional e o racional, que normalmente trabalham em conjunto, quando não em harmonia mas em acordo quando um supera o outro, neste caso ficam totalmente separados, expondo talvez, coisas que um deixava escondido do outro, quando expresso na atitude do ser humano alvo da calosotomia.Localização da alma[editar | editar código-fonte]
Ao longo da história, fisiologistas, seguindo a opinião de escolas metafísicas, tentaram estabelecer o local no corpo humano onde se localizaria a alma:[16]Aristóteles ... coração
Erasístrato ... nas membranas
Herófilo ... grandes cavidades do cérebro
Serveto ... aqueduto de Sylvius
Aurâncio ... quarto ventrículo
Descartes ... glândula pineal
Whaton e Schellhammer ... no começo da medula espinhal
Drellincourt ... cerebelo
Bontekoe, Lancisi e La Peyronie ... corpo caloso
Willis ... corpo estriado
Vieussens ... no centro oval da substância medular
Referências? https://en.wikipedia.org/wiki/Alma_(given_name)? a b Vivos!. «Vivos! - Alma & Espírito». Consultado em 13 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 1 de janeiro de 2012Â ? Ateus.net. «Alma». Consultado em 13 de dezembro de 2011Â ? FERREIRA, A. B. H.
Biblicamente é usado o termo grego Psykhé, que se refere à vida como um todo (corpo + intenções + motivações + desejos) o ser como um todo sendo mortal, haja vista que biblicamente a "alma que pecar morrerá" Ou seja, a pessoa que pecar morrerá.Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 88.? Equipa knoow.net (5 de novembro de 2010). «Conceito de Alma». Consultado em 13 de dezembro de 2011Â ? a b «Calvino e a imortalidade da alma». Consultado em 20 de dezembro de 2011Â ? Veritatis. «O reformador João Calvino que poucos conhecem». Consultado em 20 de dezembro de 2011Â ? Allan Kardec. «O Livro dos Espíritos» (PDF)Â ? Gazzaniga, M. S. (2005). Forty-five years of split-brain research and still going strong. [Review]. Nature Reviews Neuroscience, 6(8), 653-U651.? Hock, Roger. Forty Studies That Changed Psychology. Prentice Hall: 2002? Neurology of cognitive and behavioral disorders By Orrin Devinsky, Mark D'Esposito [1]? Neurology of cognitive and behavioral disorders By Orrin Devinsky, Mark D'Esposito? Newberg, Andrew and D'Aquili, Eugene. Why God Won't Go Away: Brain Science and the Biology of Belief. Ballantine, 2001? Neurology of cognitive and behavioral disorders By Orrin Devinsky, Mark D'Esposito [2]? [3]? Johann Gaspar Spurzheim, Phrenology: Or, the Doctrine of the Mind (1825), General View, p.16 [em linha]
Ver também[editar | editar código-fonte]
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre AlmaO Wikiquote possui citações de ou sobre: Alma
Alma penada
Atman
Brahman
Budismo
Conscienciologia
Espiritismo
Espírito
Mente
Projeciologia
Sete princípios do homem (teosofia)
Teosofia
Waldo Vieira
Imortalidade
vdeMetafísicaConceitos
Abstração
Abstração hipostática
Alma
Anima mundi
Arquétipo
Categoria
Categorização
Causalidade
Cogito ergo sum
Cognição incorporada
Conceito
Corpo
Distinção tipo-token
Ente
Escolha
Essência
Existência
Experiência
Filosofia natural
Forma substancial
Hipóstase
Ideia
Identidade
Informação
Inobservável
Insight
Inteligência
Modalidade linguística
Matéria
Memética
Mente
Necessidade
Movimento
Noção
Objeto
Padrão
Pensamento
Percepção
Princípio
Propriedade
Qualia
Qualidade
Realidade
Representação mental
Ser
Sujeito
Tempo
Universal
Valor
Verdade
Vontade
Teorias
Antirrealismo
Determinismo
Dualismo
Enação
Essencialismo
Existencialismo
Fenomenalismo
Fisicalismo
Idealismo platônico
Idealismo
Liberdade
Libertarianismo
Livre-arbítrio
Materialismo
Metafísica da Qualidade
Monismo
Naturalismo
Niilismo
Realismo científico
Realismo filosófico
Relativismo
Sentido da vida
Solipsismo
Subjetivismo
Substância
Teoria da ação
Teoria dos objetos abstratos
Teoria dos tipos
PensadoresPrecursoresAgostinho de Hipona
Aristóteles
João Duns Escoto
Parmênides
Platão
Plotino
Tomás de AquinoClássicosArthur Schopenhauer
Baruch Spinoza
Bertrand Russell
Francisco Suárez
Friedrich Nietzsche
Georg W. F. Hegel
Immanuel Kant
John Locke
Martin Heidegger
René Descartes

ModernosAdolph Stöhr
Alfred N. Whitehead
Alvin Plantinga
Charles Sanders Peirce
David Hume
David Lewis
David Malet Armstrong
Derek Parfit
Donald Davidson
Dorothy Emmet
G. E. M. Anscombe
G. E. Moore
George Berkeley
Gilbert Ryle
Gottfried Wilhelm Leibniz
Henri Bergson
Hilary Putnam
Isaac Newton
Jean-Paul Sartre
Joseph Maréchal
Ludwig Wittgenstein
Michael Dummett
Nicolas Malebranche
Peter Frederick Strawson
Peter van Inwagen
Robin George Collingwood
Rudolf Carnap
Saul Kripke
Thomas Reid
Willard V. O. Quine
Relacionados
Axiologia
Cosmogonia
Cosmologia
Epistemologia
Filosofia da mente
Filosofia do tempo
Física teórica
Interpretações da mecânica quântica
Ontologia
Teleologia Categoria
Portal Portal da filosofia Portal da religião Portal do espiritismo

POSTAGENS RELACIONADOS


CRIAR SITE MARCA EM ALMEIRIM


criar site marca em Almeirim

Encontre criar site marca em Almeirim na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

CRIAR SITE MARCA EM ALMENARA


criar site marca em Almenara

Encontre criar site marca em Almenara na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

CRIAR SITE MARCA EM ALMINO AFONSO


criar site marca em Almino Afonso

Encontre criar site marca em Almino Afonso na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

CRIAR SITE MARCA EM ALMIRANTE TAMANDARÉ


criar site marca em Almirante Tamandaré

Encontre criar site marca em Almirante Tamandaré na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO