criar site e-commerce em Nhamundá


Encontre criar site e-commerce em Nhamundá na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Criar

Dar existência a.
Originar.
Inventar.
Gerar; produzir: _criou muitos filhos_.
Instituir, fundar: _criar asilos_.
Amamentar.
Educar.
Promover a procriação de: _criar gado_.
Cultivar.
Adquirir.


Criar

Encher-se de pus (uma ferida), resultante de picada: _tenho um dedo a criar_.


Criar

Ter dinheiro.


Criar

Afagar, acarinhar.

As referências deste artigo necessitam de formatação (desde fevereiro de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro. Nota: Para o rio de mesmo nome, veja Rio Nhamundá.Município de NhamundáBandeiraBrasãoHino
Fundação31 de janeiro de 1956 (63Â anos)
Gentíliconhamundaense
Padroeiro(a)Nossa Senhora da Assunção
Prefeito(a)Gledson Hadson Paulain Machado (PROS)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Nhamundá no AmazonasNhamundá Localização de Nhamundá no Brasil
02° 11' 09" S 56° 42' 46" O02° 11' 09" S 56° 42' 46" O
Unidade federativaAmazonas
MesorregiãoCentro Amazonense IBGE/2008[1]
MicrorregiãoParintins IBGE/2008[1]
Municípios limítrofesSul: Parintins; Oeste: Urucará; Norte: Caroebe (estado de Roraima); Leste: Faro e Terra Santa (estado do Pará).
Distância até a capital375Â km
Características geográficas
Área14Â 105,619 km² [2]
População20Â 633 hab. estimativa populacional - IBGE/2016[3]
Densidade1,46 hab./km²
Altitude50 m
Climaequatorial Am
Fuso horárioUTC-4
Indicadores
IDH-M0,586 (AM: 22º) ? baixo PNUD/2010[4]
PIBR$ 129Â 066 mil IBGE/2013[5]
PIB per capitaR$ 6Â 521,14 IBGE/2013[5]Nhamundá é um município brasileiro no interior do estado do Amazonas, Região Norte do país. Pertencente à Mesorregião do Centro Amazonense e Microrregião de Parintins, localiza-se a leste de Manaus, capital do estado, distando desta cerca de 375Â quilômetros.
Ocupa uma área de 14Â 105,619Â km²[2] e sua população, contada pelo IBGE em 2016, era de 20Â 633 habitantes,[3] sendo assim o trigésimo sexto município mais populoso do estado do Amazonas e o quarto de sua microrregião. Sua área representa 0.8980Â % da área do estado do Amazonas, 0.3661Â % da Região Norte e 0.166Â % de todo o território brasileiro.[6]
O município possui uma temperatura média anual de 26,3°C.[7] Na vegetação do município predomina uma formação arbórea esparsa. O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,656 sendo considerando inferior à média nacional e baixo, comparando com o IDH apresentado pelo estado que foi de 0,780.Índice1 Etimologia
2 Festa Tradicional
3 Geografia
4 Infraestrutura4.1 Saúde
5 ReferênciasEtimologia[editar | editar código-fonte]
O nome do município é referente ao rio de mesmo nome, o rio Nhamundá, que por sua vez foi originário da tribo dos índios jamundás, tanto o rio quando o município são divisores do estado do Amazonas com o Pará.[8] Festa Tradicional[editar | editar código-fonte]
A festa mais popular do município e a Festa da Pesca ao Tucunaré que acontece sempre no final do mês de Setembro.Geografia[editar | editar código-fonte]
O município de Nhamundá está localizado na zona fisiográfica do Baixo Amazonas, limitando com os municípios de Parintins e Urucará, no Amazonas, com o estado de Roraima (norte) e com os municípios de Faro e Terra Santa, no estado do Pará. Distância da capital 375Â km, em linha reta, e cerca de 577Â km por via fluvial. Sua altitude é de 50 metros acima do nível do mar.Infraestrutura[editar | editar código-fonte]
Saúde[editar | editar código-fonte]
O município possuía, em 2009, 5 estabelecimentos de saúde, sendo todos estes públicos municipais ou estaduais, entre hospitais, pronto-socorros, postos de saúde e serviços odontológicos. Neles havia 12 leitos para internação.[9] Em 2014, 94,64% das crianças menores de 1 ano de idade estavam com a carteira de vacinação em dia. O índice de mortalidade infantil entre crianças menores de 5 anos, em 2016, foi de 29,59 indicando uma redução em comparação com 1995, quando o índice foi de 68,97 óbitos a cada mil nascidos vivos. Entre crianças menores de 1 ano de idade, a taxa de mortalidade reduziu de 27,59 (1995) para 26,63 a cada mil nascidos vivos, totalizando, em números absolutos, 117 óbitos nesta faixa etária entre 1995 e 2016. No mesmo ano, 28,70% das crianças que nasceram no município eram de mães adolescentes. Conforme dados do Sistema Único de Saúde (SUS), órgão do Ministério da Saúde, a taxa de mortalidade devido a acidentes de transportes terrestres registrou 9,69 óbitos, em 2016, representando um aumento se comparado com 1996, quando não se registrou nenhum óbito neste indicador. Ainda conforme o SUS, baseado em pesquisa promovida pelo Sistema de Informações Hospitalares do DATASUS, houve uma internação hospitalar relacionada ao uso abusivo de bebidas alcoólicas e outras drogas, entre 2008 e 2017.[10]
A taxa de mortalidade infantil média na cidade é de 39.33 para 1.000 nascidos vivos, sendo a segunda pior entre os municípios do estado do Amazonas, sendo superada apenas por Amaturá. Em 2016, 77,78% das mortes de crianças com menos de um ano de idade foram em bebês com menos de sete dias de vida. Óbitos ocorridos em crianças entre 7 e 27 dias de vida foram 11,11% dos registros. Outros 11,11% dos óbitos foram em crianças entre 28 dias e um ano de vida. No referido período, houveram 6 registros de mortalidade materna, que é quando a gestante entra em óbito por complicações decorrentes da gravidez. O Ministério da Saúde estima que 62,50% das mortes que ocorreram em 2016, entre menores de um ano de idade, poderiam ter sido evitadas, especialmente pela adequada atenção à saúde da gestante, bem como por uma adequada atenção à saúde do recém-nascido. Cerca de 82,5% das crianças menores de 2 anos de idade foram pesadas pelo Programa Saúde da Família em 2014, sendo que 0,1% delas estavam desnutridas.[10][11][12]
Até 2009, Nhamundá possuía estabelecimentos de saúde especializados em clínica médica, obstetrícia e pediatria e nenhum estabelecimento de saúde com especialização em psiquiatria, cirurgia bucomaxilofacial ou traumato-ortopedia. Dos estabelecimentos de saúde, apenas 1 deles era com internação.[9] Até 2016, havia 3 registros de casos de HIV/AIDS, tendo uma taxa de incidência, em 2016, era de 0 casos a cada 100 mil habitantes, e a mortalidade, em 2016, 0 óbitos a cada 100 mil habitantes.[10] Entre 2001 e 2012 houveram 128 casos de doenças transmitidas por mosquitos e insetos, sendo a principal delas a leishmaniose e a dengue.[13]Referências? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008Â ? a b IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010Â ? a b «Estimativas da população residente no Brasil e Unidades da Federação com data de referência em 1º de julho de 2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 12 de setembro de 2016. Consultado em 12 de setembro de 2016Â ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 3 de agosto de 2013Â ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2010-2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 19 de dezembro de 2015Â ? Confederação Nacional dos Municípios (CMN). «Dados gerais do município de Nhamundá (AM)». Consultado em 7 de abril de 2011Â ? Ferias Tur. «Nhamundá (AM) - Informações». Consultado em 9 de abril de 2011Â ? «IBGE - Nhamundá (Histórico)». IBGE. Consultado em 3 de dezembro de 2017Â ? a b Cidades@ - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Serviços de saúde - 2009». Consultado em 19 de dezembro de 2018Â ? a b c Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) (2014). «ODS 03: Saúde e bem-estar». Relatórios Dinâmicos. Consultado em 19 de dezembro de 2018Â ? Portal ODM (2015). «1 - acabar com a fome e a miséria». Consultado em 19 de dezembro de 2018Â ? @Cidades. «Saúde». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 19 de dezembro de 2018Â ? Portal ODM (2012). «6 - combater a Aids, a malária e outras doenças». Consultado em 19 de dezembro de 2018Â
Portal do Brasil

POSTAGENS RELACIONADOS


CRIAR SITE E-COMMERCE EM NHANDEARA


criar site e-commerce em Nhandeara

Encontre criar site e-commerce em Nhandeara na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

CRIAR SITE E-COMMERCE EM NICOLAU VERGUEIRO


criar site e-commerce em Nicolau Vergueiro

Encontre criar site e-commerce em Nicolau Vergueiro na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

CRIAR SITE E-COMMERCE EM NILO PEÇANHA


criar site e-commerce em Nilo Peçanha

Encontre criar site e-commerce em Nilo Peçanha na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

CRIAR SITE E-COMMERCE EM NILÓPOLIS


criar site e-commerce em Nilópolis

Encontre criar site e-commerce em Nilópolis na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO