criar site brusque em Porteiras

Encontre criar site brusque em Porteiras na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Criar

Dar existência a.
Originar.
Inventar.
Gerar; produzir: _criou muitos filhos_.
Instituir, fundar: _criar asilos_.
Amamentar.
Educar.
Promover a procriação de: _criar gado_.
Cultivar.
Adquirir.


Criar

Encher-se de pus (uma ferida), resultante de picada: _tenho um dedo a criar_.


Criar

Ter dinheiro.


Criar

Afagar, acarinhar.


Porteiras

Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde dezembro de 2012). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Município de Porteiras
"A Capital"Bandeira indisponívelBrasãoHino
Aniversário25 de março
Fundação25 de março de 1953 (66 anos)
Gentílicoporteirense
Prefeito(a)Fabio Pinheiro Cardoso (PTB)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Porteiras no CearáPorteiras Localização de Porteiras no Brasil
07° 32' 06" S 39° 07' 04" O07° 32' 06" S 39° 07' 04" O
Unidade federativaCeará
MesorregiãoSul Cearense IBGE/2008 [1]
MicrorregiãoCariri IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofesNorte Brejo Santo e Missão Velha, Sul Jardim e Jati, Leste Brejo Santo, Oeste Missão Velha e Jardim
Distância até a capital530 km
Características geográficas
Área217,570 km² [2]
População15 065 hab. IBGE/2010[3]
Densidade69,24 hab./km²
Altitude538 m
ClimaTropical quente semiárido brando
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,622 médio PNUD/2010 [4]
PIBR$ 48 560,311 mil IBGE/2008[5]
PIB per capitaR$ 3 210,17 IBGE/2008[5]Porteiras é um município brasileiro do estado do Ceará. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística sua população no ano de 2018 é de aproximadamente 15.047.[6]
Código do município: 2311108
A história do povoamento de Porteiras é relacionada com a do povoamento do município de Jardim, ao qual pertencia. Está dentro da área habitada pela nação dos índios Cariris. Acredita-se que os primeiros povoadores civilizados do município, foram atraídos para a região, pela riqueza da terra fértil, própria para o desenvolvimento da agricultura e pela abundância de água que jorra do sopé serrano da chapada do Araripe.
Um dos povoadores ilustres foi o pernambucano, Capitão José Antônio de Souza, procedente do antigo município de Baixa-Verde, atual município de Triúnfo, segundo informa o historiador Padre Antônio Gomes de Araújo, no livro ?Um Civilizador do Cariri?. Fazendeiro de gado vacum, fundador da primeira indústria de curtume do Cariri, tornou-se outro Abraão, pai que foi de 32 filhos legítimos, todos casados.
A vila de Porteiras foi criada pela provincial nº 2.169, de 17 de agosto de 1889 e instalada no dia 15 de novembro do citado ano. O município de Porteiras foi desmembrado do de Jardim, compondo-se de um único distrito.
Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Porteiras, por ato provincial nº 846, de 0908-1858 e por ato de 12-07-1860.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Porteiras, pela lei provincial nº 2169, de 17-08-1889, desmembrado de Jardim. Sede na antiga de povoação de Porteiras. Instalado em 15-11-1889.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito figura no município de Brejo dos Santos da Conceição do Cariri ex-Porteiras, como simples distrito.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, o distrito de Conceição do Cariri passou a denominar-se novamente Porteiras e o município de Brejo dos Santos a denominar-se Brejo Santos.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distritos já denominado Porteiras, figura no município de Brejo Santo ex-Brejo dos Santos.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.
Elevado à categoria de município com a denominação de Porteiras, pela lei estadual nº 1153, de 22-11-1951, desmembrado de Brejo Santo. Sede no antigo distrito de Porteiras. Constituído do distrito sede.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.
Alterações toponímicas distritais
Porteiras para Conceição do Cariri alterado em 1933.Conceição do Cariri para novamente Porteiras alterado, pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938.Clima[editar | editar código-fonte]
Porteiras insere-se numa região de clima tropical quente semiárido brando, privilegiado por sua localização no sopé da Chapada do Araripe, a uma altitude média de 538 metros acima do nível do mar, apresentando-se seco e frio em determinados meses do ano, com variações de temperatura entre 12 e 28 graus na Chapada do Araripe e 25 a 35 graus no sertão.Referências? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 ? IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 ? «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 ? https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ce/porteiras/panorama
Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.