criar site brusque em Parazinho


Encontre criar site brusque em Parazinho na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Criar

Dar existência a.
Originar.
Inventar.
Gerar; produzir: _criou muitos filhos_.
Instituir, fundar: _criar asilos_.
Amamentar.
Educar.
Promover a procriação de: _criar gado_.
Cultivar.
Adquirir.


Criar

Encher-se de pus (uma ferida), resultante de picada: _tenho um dedo a criar_.


Criar

Ter dinheiro.


Criar

Afagar, acarinhar.

Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.?Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de Parazinho
"Cidade dos Ventos"BandeiraBrasãoHino
Aniversário12 de Julho
Emancipação08 de maio de 1962 (57 anos)
Gentílicoparazinhense
Padroeiro(a)Nossa Senhora de Nazaré
CEP59586-000
Prefeito(a)Carlos Veriano de Lima (PMN)
Localização
Localização de Parazinho em {{{estado}}}Parazinho Localização de Parazinho no Brasil
05° 13' 22" S 35° 50' 16" O05° 13' 22" S 35° 50' 16" O
Unidade federativa{{{1}}}
Região intermediária
Natal IBGE/2017[1]Região imediata
João Câmara IBGE/2017[1]Municípios limítrofesJoão Câmara, São Bento do Norte, Caiçara do Norte, Pedra Grande], Jandaíra, São Miguel do Gostoso e Touros
Distância até a capital111 km
Características geográficas
Área258,025 km² [2]
População5 201 hab. estimativa IBGE/2018[3]
Densidade20,16 hab./km²
ClimaCaatinga
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,549 baixo PNUD/2010[4]
PIBR$ 17 641,383 mil IBGE/2008[5]
PIB per capitaR$ 3 585,65 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeiturahttp://www.parazinho.rn.gov.br/Parazinho é um município no estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Com um área territorial de 258.025 km² e população, conforme estimativas do IBGE de 2018, de 5 201[3] habitantes, sua densidade demográfica é de 17,64 hab/km².Histórico[editar | editar código-fonte]
O povoado nasceu numa simples fazenda de gado edificada em terreno seco e com difícil acesso à água, porém localizado numa área de grande produção algodoeira, núcleo de convergência das safras da Serra Verde. Com a alta produção do algodão na região que tinha à frente o dinâmico líder João Severiano da Câmara, o território começava a crescer com o grande número de pessoas que lá chegavam e que transformaram o povoado num acampamento mercantilista, centro de negócios e escritório comercial, lugar que recebia e expedia o algodão para a sede do município.
No ano de 1930, o povoado de Parazinho já contava com a infraestrutura de poço tubular, capela, escola e mais de 500 habitantes. O comércio se tornara mais intenso e já contava com armazéns, lojas e a realização de concorridas feiras.
Entretanto, há uma outra opinião histórica, reproduzida por moradores antigos de João Câmara e região, no discurso, o conhecimento popular afirma que famílias descendentes de militares holandeses desertores, que durante o domínio holandês, se uniram com nativos - índios, descendentes de portugueses e de franceses -, e que, após as tropas holandesas serem expulsas por Portugal, a perseguição religiosa por parte da Igreja Católica contra os holandeses (os holandeses eram, em sua maioria, calvinistas), que constituíram família, e fizeram do Rio Grande do Norte sua casa, obrigaram os holandeses irem para o interior do estado, saindo da região canavieira de Ferreiro Torto, Cunhaú, Uruaçu, Extremoz e Guaraíras.
Uma dessas famílias que migraram para o interior, para a região do Seridó, foram a família Utrecht, sangue puros holandeses, que por segurança, adotaram o sobrenome Dutra, sobrenome aportuguesado, ibérico.
As gerações seguintes dos Dutra foram os Bezerra, Freitas, Avelino, Barbosa, por conta dos casamentos. Que se espalharam pelo interior do estado, chegando os Avelino e os Bezerra de Freitas na região da Baixa Verde, como posseiros e agricultores de algodão e agave, fizeram suas casas de pau a pique (barro e madeira), no Centro de Parazinho, Exu Queimado, Assentamento e Limão.
Em 8 de maio de 1962, através da Lei nº 2.753, Parazinho desmembrou-se de Baixa Verde (hoje João Câmara), e tornou-se município.Formação administrativa[editar | editar código-fonte]
Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Parazinho ex-povoado, pela lei estadual nº 2753, de 8 de maio de 1962, desmembrado de João Câmara ex-Baixa Verde. Sede no atual distrito de Parazinho ex-povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 12-071962.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.Referências? a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 29 de março de 2019 ? IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 ? a b «Estimativa populacional 2018 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2018. Consultado em 1 de janeiro de 2019 ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 4 de setembro de 2013 ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010

Posts Relacionados

CRIAR SITE BRUSQUE EM PARÁ DE MINAS

Encontre criar site brusque em Pará de Minas na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

CRIAR SITE BRUSQUE EM PARDINHO

Encontre criar site brusque em Pardinho na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

CRIAR SITE BRUSQUE EM PARECI NOVO

Encontre criar site brusque em Pareci Novo na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

CRIAR SITE BRUSQUE EM PARECIS

Encontre criar site brusque em Parecis na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.