criar site brusque em Araraquara

Encontre criar site brusque em Araraquara na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Criar

Dar existência a.
Originar.
Inventar.
Gerar; produzir: _criou muitos filhos_.
Instituir, fundar: _criar asilos_.
Amamentar.
Educar.
Promover a procriação de: _criar gado_.
Cultivar.
Adquirir.


Criar

Encher-se de pus (uma ferida), resultante de picada: _tenho um dedo a criar_.


Criar

Ter dinheiro.


Criar

Afagar, acarinhar.


Araraquara


Município de Araraquara
"Toca de Arara""Capital Mundial da Laranja"
Vista de AraraquaraBandeiraBrasãoHino
Aniversário22 de agosto
Fundação22 de agosto de 1817 (201 anos)
Gentílicoararaquarense
LemaAltior altissimo semper "Sempre mais alto"
Padroeiro(a)São Bento
Prefeito(a)Edinho Silva[1] (PT)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Araraquara em São PauloAraraquara Localização de Araraquara no Brasil
21° 47' 38" S 48° 10' 33" O21° 47' 38" S 48° 10' 33" O
Unidade federativaSão Paulo
Região intermediária
Araraquara IBGE/2017[2]Região imediata
Araraquara IBGE/2017[2]Municípios limítrofesNorte: Américo Brasiliense, Motuca, Rincão e Santa Lúcia Sul: Boa Esperança do Sul e Ribeirão Bonito Leste: Ibaté e São Carlos Oeste: Gavião Peixoto e Matão
Distância até a capital270 km[3]
Características geográficas
Área1 003,625 km² [4]
DistritosAraraquara (sede), Bueno de Andrada e Vila Xavier[5]
População233 744 hab. (SP: 36º) ? estatísticas IBGE/2017[6]
Densidade232,9 hab./km²
Altitude664 m
Climatropical de altitude Cwa
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,815 (SP: 7°) ? muito alto PNUD/2010[7]
PIBR$ 8 932 928,12 mil (SP: 37°) ? IBGE/2016[8]Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Produto Interno Bruto dos Municípios - Ano 2016». Consultado em 11 de abril de 2019
PIB per capitaR$ 39 065,74 IBGE/2016[8]
Página oficial
Prefeiturawww.araraquara.sp.gov.br
Câmarawww.camara-arq.sp.gov.brAraraquara é um município no interior do estado de São Paulo, no Brasil. O município é formado pela sede e pelos distritos de Bueno de Andrada e Vila Xavier[9][10]. Com população estimada em 233.744 habitantes (2018)[11] e densidade populacional de 232,9 habitantes/km², o município é o trigésimo quinto mais populoso do estado e a 17ª maior cidade do interior do estado. O município encontra-se conurbado com Américo Brasiliense.
Com uma área territorial de 1.003,635 km², localizada a 21º47'40" de latitude sul e 48º10'32" de longitude oeste, a uma altitude de 664 metros, Araraquara situa-se a 43 quilômetros do centro geográfico (Obelisco) do Estado de São Paulo, e a 270 quilômetros da capital estadual.
O município de Araraquara sedia os campi da UNESP, da FATEC (Fundação Estadual Paula Souza) e do IFSP, todas instituições públicas de ensino superior, além de possuir outras, de caráter privado, como a "Universidade de Araraquara - UNIARA", a "UNIP", as "Faculdades Integradas de Araraquara - Logatti" e a "UNIESP".
O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) de Araraquara, considerado elevado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), é de 0,815, sendo o 14° maior do Brasil. Em 2007, foi a cidade brasileira melhor qualificada quanto ao Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal, que usa critérios de renda, educação e saúde.[12]Índice1 Etimologia
2 História2.1 Primeiros povos e colonização
2.2 Fundação
2.3 Século XX
3 Geografia3.1 Clima
3.2 Hidrografia
4 Demografia4.1 Etnias
4.2 Religião
5 Política5.1 Poder Executivo
5.2 Poder Legislativo
6 Economia
7 Infraestrutura7.1 Saúde
7.2 Educação
7.3 Transportes
7.4 Comunicações
8 Cultura8.1 Espaços culturais
8.2 Museus
8.3 Patrimônio histórico
8.4 Teatro
8.5 Música
8.6 Bibliotecas
8.7 Esportes
9 Comunicação
10 Ver também
11 Referências
12 Ligações externasEtimologia[editar | editar código-fonte]
Existem duas explicações etimológicas para a origem do topônimo "Araraquara"?se originou do tupi antigo arará kûara, que significa "buraco das ararás" (arará, "cupim na sua fase alada" e kûara, "buraco", "toca")[13]
se originou da expressão da língua geral meridional arara kûara, que significa "toca das araras" (arara, "arara" e kûara, "buraco", "toca").[13]
História[editar | editar código-fonte]
Primeiros povos e colonização[editar | editar código-fonte]
Originalmente, a região era habitada pelos índios guaianás. O fundador de Araraquara, Pedro José Neto, nasceu no ano de 1760 em Nossa Senhora da Piedade de Inhomirim, no Bispado do Rio de Janeiro. Em 1780, com vinte anos de idade, mudou-se para a freguesia de Piedade da Borda do Campo, hoje Barbacena, em Minas Gerais. Nessa freguesia, a 12 de Agosto de 1784, casou-se com Ignácia Maria, também fluminense. Teve, com ela, dois filhos: José da Silva Neto e Joaquim Ferreira Neto, que faleceram em Araraquara.
Em 1787, Pedro José Neto e sua família mudaram-se para Itu, em São Paulo. Em 1790 (ou 1807), devido a problemas políticos locais, a Justiça de Itu, por seu capitão-mor Vicente Taques Góis e Aranha, condenou-o ao desterro na freguesia de Piracicaba, em São Paulo, tendo ele conseguido fugir para os Campos de Araraquara.[14] Com seus filhos, construiu uma capelinha dedicada a São Bento (padroeiro) nos Campos de Aracoara (lugar onde mora a luz do dia, a "Morada do Sol"), na região habitada pelos indígenas da tribo Guayanás. Fixando-se nos Campos de Araraquara, estabeleceu posse das regiões do Ouro, Rancho Queimado, Cruzes, Lageado, Cambuy, Bonfim e Monte Alegre.Fundação[editar | editar código-fonte]
Colheita de café em Araraquara em c. 1902.
Estação Ferroviária de Bueno de Andrada, distrito de Araraquara.
Reproduzir conteúdo Laudo Natel em visita ao Aeroporto de Araraquara, 20 de fevereiro de 1975.
A 22 de agosto de 1817, foi criada a Freguesia de São Bento de Araraquara pela Resolução 32 - Reino -Resolução de Consciência e Ordens, então subordinada ao município de Piracicaba . A 30 de outubro de 1817, a freguesia foi elevada à categoria de distrito e, a 10 de julho de 1832, passou à de município, o qual foi instalado a 24 de agosto de 1833.[5] A 20 de abril de 1866, passou à categoria de comarca pela Lei Provincial 61 e, a 6 de fevereiro de 1889, foi elevada à categoria de município, pela Lei Provincial Sete.
Do ponto de vista histórico-econômico, na primeira metade do século XIX, as grandes propriedades rurais, características deste século, ainda não tinham sido atingidas pelo surto cafeeiro. Plantava-se a cana-de-açúcar, milho, ao lado de outros cereais, o fumo e o algodão. Os rebanhos eram constituídos em sua maioria por suínos e bovinos. A maior parte da produção servia para abastecer as "casas de secos e molhados". Por volta de 1850, a plantação de café substituiu a de cana-de-açúcar e cereais, tornando-se o produto de maior importância na economia local.
Em 1885, a chegada da ferrovia estimula o crescimento da cidade, que foi considerada a "Cidade Mais Limpa das Três Américas", além de ser a primeira no interior a ser servida por linhas de ônibus elétricos (trólebus). A Estrada de Ferro Araraquara foi fundada por um grupo de fazendeiros da região, liderados por Carlos Baptista de Magalhães, pai de Carlos Leôncio de Magalhães, ambos importantes proprietários de terras da cidade.Século XX[editar | editar código-fonte]
Em 1897, ocorre um episódio de coronelismo conhecido como Linchamento dos Britos. Este episódio influenciará na política local do início do século XX, além de gerar o "mito da serpente".[15]
Na década de 1930, com a vitória no pleito municipal de Bento de Abreu Sampaio Vidal e seu grupo, o poder local passa a investir na construção de praças e do Museu Municipal e na arborização de ruas, visando a construir uma outra representação sobre a cidade, que não a veicule ao episódio do linchamento.
Fato notável é a visita de Jean-Paul Sartre à cidade em 1960 para promover uma conferência no antigo Instituto Isolado de Ensino Superior - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, atualmente integrada à Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. A conferência gerou uma publicação bilíngue pela Editora Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, em 2005, chamada "Sartre no Brasil: a Conferência de Araraquara".[16]Geografia[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Geografia de Araraquara
Centro de Araraquara visto da rotatória do Jardim Martinez.
De acordo com a divisão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística vigente desde 2017,[17] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária e Imediata de Araraquara.[2] Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, o município fazia parte da microrregião de Araraquara, que por sua vez estava incluída na mesorregião de Araraquara.[18]
O município, juntamente com São Carlos e outras 25 cidades, integra a Região Administrativa Central do estado, compreendendo uma população de cerca de um milhão de habitantes.[19]
A cidade possui um distrito: Bueno de Andrada a noroeste do distrito-sede, e do subdistrito de Vila Xavier, este conurbado com o distrito-sede. O município possui uma área total de 1 006 quilômetros quadrados, sendo 77,37 quilômetros quadrados de área urbana. Destes, aproximadamente 39 quilômetros quadrados são relativos à área urbana consolidada. A cidade geograficamente apresenta défices em sua estrutura urbana, tendo nas últimas décadas crescido sem planejamento. Muitos prefeitos preferiram alocar a classe operária em bairros distantes e isso acabou acarretando vultosos investimentos em infraestrutura. Como resultado, a cidade se espalhou em meio a inúmeros vazios urbanos. O novo Plano Diretor aprovado pretende dirimir estes problemas. Atualmente, o município também está praticamente conurbado com Américo Brasiliense.Clima[editar | editar código-fonte]
O clima de Araraquara é tropical de altitude com invernos secos.TemperaturasMédia anual: 20,4 °C[20]
Mês mais quente: JAN/FEV - 28,1 °C (máxima média)[20]
Mês mais frio: JUL - 10,2 °C (mínima média)[20]
Máxima absoluta: 40,6 °C, 17 de outubro de 2014[carece de fontes?]
Mínima absoluta: -2 °C[carece de fontes?][quando?]
Dados climatológicos para Araraquara
MêsJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
Temperatura máxima média (°C)27,928,127,926,624,323,223,524,926,126,926,928 26,2
Temperatura média (°C)22,722,822,320,718,316,916,818,52021,321,922,4 20,4
Temperatura mínima média (°C)17,617,516,814,912,410,710,212,11415,71716,8 14,6
Precipitação (mm)237209160554436242251128158228 1 352
Fonte: Climate-Data.org[20]
Dados climatológicos para Araraquara (Bueno de Andrada)
MêsJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
Temperatura máxima média (°C)28,128,22826,824,623,523,925,326,427,127,128,2 26,4
Temperatura média (°C)22,822,822,420,918,617,117,118,720,221,422,122,5 20,5
Temperatura mínima média (°C)17,617,516,91512,610,810,312,214,115,817,116,8 14,7
Precipitação (mm)241217161544232232049125157223 1 344
Fonte: Climate-Data.org[21]
Dados climatológicos para Araraquara (Vila Xavier)
MêsJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
Temperatura máxima média (°C)27,82827,826,424,223,123,424,82626,826,827,8 26,1
Temperatura média (°C)22,822,822,420,918,617,117,118,720,221,422,122,5 20,5
Temperatura mínima média (°C)17,517,416,814,812,310,610,1121415,61716,6 14,6
Precipitação (mm)237209162544435242252129159229 1 356
Fonte: Climate-Data.org[22] Hidrografia[editar | editar código-fonte]Rio Anhumas
Rio Chibarro
Rio Cabaceiras
Rio Araraquara
Ribeirão das Cruzes
Córrego Ouro
Bacia hidrográfica
Rio Moji-Guaçu
Rio Jacaré-GuaçuPanorama da zona central de Araraquara, vista a partir do pontilhão da Avenida Pe. Antônio Cezarino.Demografia[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Bairros de AraraquaraCrescimento populacional
Censo
Pop.%±
1970100 438?1980128 12227,6%1991166 73130,1%2000182 4719,4%2010208 66214,4%Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)[23]Em 2013, a população do município foi contada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 222 036 habitantes, sendo o trigésimo quinto mais populoso do estado e apresentando uma densidade populacional de 207,90 habitantes por quilômetro quadrado. Segundo o censo de 2010, 100 733 habitantes eram homens e 107,992 habitantes eram mulheres. Ainda segundo o mesmo censo, 202 802 habitantes viviam na zona urbana e 5 923 na zona rural.
O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) de Araraquara, considerado elevado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), é de 0,815, sendo o 14° maior do Brasil, em igualdade com Santo André/SP. Considerando apenas a educação o índice é de 0,915 (muito elevado), enquanto o do Brasil é 0,849; o índice da longevidade é de 0,786 (o brasileiro é 0,638); e o de renda é de 0,79 (o do país é 0,723).
O coeficiente de Gini, que mede a desigualdade social, é de 0,42, sendo que 1,00 é o pior número e 0,00 é o melhor.[24] A incidência da pobreza, medida pelo IBGE, é de 9,92%, o limite inferior da incidência de pobreza é de 7,09%, o superior é de 22,14% e a incidência da pobreza subjetiva é de 12,76%.[24]Etnias[editar | editar código-fonte]
Área Central de Araraquara, vista a partir do Vila HarmoniaEtniaPercentagem
Caucasianos71,84%
Negros5,71%
Pardos21,33%
Asiáticos1,02%
Indígenas0,10Fonte: IBGE - Censo Demográfico 2010[25]Religião[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Diocese de São Carlos
Ver artigo principal: Paróquias da Diocese - Região Pastoral 2
Matriz São Bento (Futura Basílica)
O município de Araraquara está localizada no maior país católico do mundo em números absolutos. O município, pela Igreja Católica, que teve seu estatuto jurídico reconhecido pelo governo federal em outubro de 2009, e pertence à Diocese de São Carlos e é sede do Vicariato São Bento, criado em 20/03/2017, [26][27] ainda que o Brasil seja atualmente um estado oficialmente laico.[28]
De acordo com dados do censo de 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a população de Araraquara é composta por: católicos (61,22%), evangélicos (21,12%), pessoas sem religião (6,50%), espíritas (7,15%) e 5,01% estão divididas entre outras religiões.[29]
Tal como a variedade cultural em Araraquara, são diversas as manifestações religiosas presentes na cidade. Embora tenha se desenvolvido sobre uma matriz social eminentemente católica, é possível encontrar atualmente na cidade dezenas de denominações protestantes diferentes.[29]Política[editar | editar código-fonte]
Poder Executivo[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Lista de Prefeitos de Araraquara
Edinho Silva, o atual prefeito.
Atualmente (2017-2020), o prefeito da cidade é Edinho Silva (PT) e o vice-prefeito é Damiano Netto (PP).
Após oito anos de gestão do prefeito Marcelo Barbieri (PMDB), a cidade elegeu novamente, na eleição de 2016, para o comando do poder executivo, o ex-prefeito, ex-deputado e ex-Ministro Edinho Silva (PT), que voltará a ocupar a cadeira que já foi sua entre os anos de 2001 e 2008. Edinho foi eleito com 41,71% dos votos válidos, tendo superado a ex-vereadora Edna Martins (PSDB), que obteve 28,93% dos votos válidos; o vereador e candidato do atual governo Aloísio Braz, o "Boi" (PMDB), que atingiu 12,46% dos sufrágios considerados; o ex-Secretário da atual gestão Nino Mengatti (PSB), que conseguiu 8,53% dos votos válidos; o estudante universitário Célio Peliciari (PSOL), que galgou 5,58% dos votos validados e, por fim, o vereador João Farias (PRB), que conquistou apenas 2,68% dos votos válidos.Poder Legislativo[editar | editar código-fonte]
Câmara Municipal de Araraquara.
Ver artigo principal: Câmara Municipal de Araraquara
O Poder Legislativo é representado pela Câmara Municipal, atualmente composta por 18 vereadores, com mandato de 4 anos. Cabe aos vereadores, especialmente, fiscalizar o orçamento do município, elaborar projetos de lei fundamentais à administração, votar propostas do Executivo e principalmente para beneficiar a comunidade. A presidência da câmara municipal é bienal, a cada dois anos os vereadores elegem, entre si, seu representante. O atual presidente da Câmara Municipal (2017-2018) é o vereador Jéferson Yashuda (PSDB).Economia[editar | editar código-fonte]
Fábrica da Cutrale.
Fábrica da Randon.
Araraquara está entre as cidades mais desenvolvidas do Brasil em termos de qualidade de vida, renda, saúde e educação, com base no índice FIRJAN. A cidade também é uma das mais industrializadas do estado, contando com mais de 500 indústrias de vários ramos. Em 2016, seu PIB foi estimado pelo IBGE em 8.932.928 mil reais,[30] enquanto seu PIB per capita em 39.065,74 reais.[30]
No Centro destacam-se a Rua Nove de Julho (conhecida historicamente por Rua 2) e Rua São Bento (Rua 3) e as avenidas e ruas próximas, além da Avenida Maria Antônia Camargo de Oliveira (Via Expressa). Além da grande quantidade de lojas varejistas na região central, os bairros vem notadamente desenvolvendo seus próprios corredores produtivos e comerciais em importantes artérias de suas localidades[31], como são os caso da Avenida Bento de Abreu, Avenida Luís Alberto, Rua Napoleão Selmi Dei e Rua Henrique Lupo na região da Fonte e Vila Harmonia; Avenida Padre Francisco Salles Culturato (Avenida 36) e Rua Armando Salles de Oliveira (Rua 5 e meio) na região do Santa Angelina e São Geraldo; Alameda Paulista, Avenida Francisco Vaz Filho, Avenida Estrada de Ferro Araraquara, Avenida São João e Avenida Padre Antônio Cezarino na região da Vila Xavier; Avenida Dr. Albert Einstein na região do Parque São Paulo; Avenida Padre José Anchieta na região da Vila Melhado; Avenida Alberto Santos Dumont na região do Yolanda Ópice; Avenida Sete de Setembro e Avenida Presidente Vargas na região do Carmo e Quitandinha; Rua Castro Alves (Rua 16) na região do Santana e Morumbi; Avenida Antonio Honório Real[32] na região do Vale do Sol, Avenida Dom Carlos Carmelo na região do Botânico, Rua Maurício Galli na região do Imperador e Selmi Dei, entre outros, que muitas vezes suprem as necessidades da população, evitando seu deslocamento até a região central.
Shopping Centers
Shopping Lupo
No setor de Shopping Centers, Araraquara se mostra como um dos mais fortes da Região Central do Estado, contando, atualmente, com duas instalações em funcionamento:Shopping Jaraguá, com aproximadamente 190 lojas em operação, é o maior e mais completo Shopping Center da Região Administrativa Central, oferece um mix de lojas completo com lojas de departamento, Supermercado, um grande Pet Shop, vestuário, lazer e mais de 30 opções de Alimentação.[carece de fontes?].
Shopping Lupo, localizado no coração de Araraquara, ocupa o antigo prédio da Fábrica de Meias Lupo, que foi totalmente adequado para abrigar o centro comercial, conta com cerca de 40 lojas. Tem como atração o relógio, que por décadas foi a referência da hora certa para os araraquarenses e três salas de Cinema.[carece de fontes?]
Shoppings desativados e empreendimentos futuros:Tropical Shopping, que atualmente se encontra desativado, teve sua área total comprada pelo grupo Aché[33], líder em produtos farmacêuticos no País, e, sob a administração da empresa imobiliária do grupo, a Partage, receberá parte dos 300 milhões de reais pretendidos em investimentos na cidade na revitalização do espaço, que contará com cinco lojas âncoras, nove semiâncoras, praça de alimentação, boliche, playground e cinco salas de cinema, sem previsão de entrega.
Um novo Shopping Center está projetado para ser construído no CEAR[34] (Centro de Eventos de Araraquara e Região), que pode atingir até 54,8 mil metros quadrados, de acordo com a diretoria do FUNCEF (Fundação dos Economiários Federais). Ainda não há previsão de construção e inauguração, pois depende do fim das operações da América Latina Logística no local.
Infraestrutura[editar | editar código-fonte]
Saúde[editar | editar código-fonte]
A mortalidade infantil[35] (mortalidade de crianças com menos de um ano de idade) no município passou de 16,8 por mil nascidos vivos, em 2000, para 10,2 por mil nascidos vivos, em 2010. Em 1991, a taxa era de 22,7. A esperança de vida ao nascer[35] é o indicador utilizado para compor a dimensão Longevidade do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M). No município, a esperança de vida ao nascer cresceu 4,0 anos na última década, passando de 73,6 anos, em 2000, para 77,6 anos, em 2010. Em 1991, era de 70,1 anos.Longevidade, Mortalidade e Fecundidade199120002010
Esperança de vida ao nascer (em anos)70,173,677,6
Mortalidade até 1 ano de idade (por mil nascidos vivos)22,716,810,2
Mortalidade até 5 anos de idade (por mil nascidos vivos)25,719,611,9
Taxa de fecundidade total (filhos por mulher)2,42,41,8Araraquara possui dois hospitais gerais? a Santa Casa de Misericórdia atuando com pacientes do Sistema Único de Saúde e convênio e o Hospital São Paulo - Unimed, atendendo exclusivamente a convênio. A cidade também possuí a Maternidade Gota de Leite[36] atendendo exclusivamente ao SUS e a clínica particular de cirurgia plástica Duo Day Hospital. O serviço de hemodiálise realizado no município encontra-se instalado no Hospital Cana-Sol. Possuí também o Hospital Psiquiátrico Cairbar Schutel que atende pacientes do SUS e de toda microrregião de Araraquara. Fachada da UPA Vila Xavier
Hospital da Beneficência Portuguesa de Araraquara.
Vista do DAAE Departamento Autônomo de Água e Esgotos
As Unidades de Pronto Atendimento - UPA 24h são estruturas de complexidade intermediária entre as Unidades Básicas de Saúde e as portas de urgência hospitalares, onde em conjunto com estas compõe uma rede organizada de Atenção às Urgências. Araraquara conta com três Unidades de Pronto Atendimento, UPA Dr. Antônio Alonso Martinez, mais conhecida como UPA Vila Xavier, UPA Central, localizada na Via Expressa e mais uma unidade no bairro Vale Verde, inaugurada em 12 de dezembro de 2016.[37]
A Estratégia Saúde da Família visa à reorganização da atenção básica no País, de acordo com os preceitos do Sistema Único de Saúde, e é tida pelo Ministério da Saúde e gestores estaduais e municipais como estratégia de expansão, qualificação e consolidação da atenção básica por favorecer uma reorientação do processo de trabalho com maior potencial de aprofundar os princípios, diretrizes e fundamentos da atenção básica, de ampliar a resolutividade e impacto na situação de saúde das pessoas e coletividades, além de propiciar uma importante relação custo-efetividade. Alguns bairros de Araraquara disponibilizam à população unidades de saúde ESF: Jardim Brasil, Paraíso, Hortênsias, Ieda, Marivan, Maria Luiza, Bueno de Andrada, Vale do Sol, Cruzeiro do Sul, Jardim Santa Lúcia, Parque das Laranjeiras, Santana, Jardim Pinheiros, Parque São Paulo e os Assentamentos Bela Vista e Vista Alegre.[38]
O município de Araraquara também possui os Centros de Atenção Psicossociais (CAPS), instituições especializadas no atendimento em saúde mental para adultos. Os CAPS são instituições destinadas a acolher pacientes com transtornos mentais, estimular sua integração social e familiar e apoiá-los em suas iniciativas de busca da autonomia, oferecendo-lhes atendimento médico e psicossocial. O objetivo dos CAPS é oferecer atendimento à população de sua área de abrangência, realizando o acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. É um serviço de atendimento de saúde mental criado para ser substitutivo às internações em hospitais psiquiátricos.[39] O Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e Drogas (CAPS-AD) é outro dispositivo para o atendimento especializado em saúde mental para adolescentes e adultos que apresentam quadros de dependência de drogas e de álcool.
O Serviço Especial de Saúde de Araraquara - SESA, foi criado pelo Governo do Estado de São Paulo, em 1947, para exercer dentro dos limites do município de Araraquara, as funções de Unidade Sanitária, simultaneamente com as de Centro de Aprendizado da Faculdade de Saúde Pública da USP. Foi transferido para a Universidade de São Paulo, como Instituto Complementar da mesma, pela Lei 4846, de 4 de setembro de 1958, estando subordinado diretamente à Faculdade de Saúde Pública. Consolidou-se como campo de estágio aos alunos do curso de Saúde Pública.[40]
Os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) são serviços de saúde que realizam ações de diagnóstico e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Nesses serviços, é possível realizar testes para HIV, sífilis e hepatites B e C gratuitamente. Todos os testes são realizados de acordo com a norma definida pelo Ministério da Saúde e com produtos registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e por ela controlados. O atendimento nesses centros é inteiramente sigiloso e oferece a quem realiza o teste a possibilidade de ser acompanhado por uma equipe de profissionais de saúde que a orientará sobre resultado final do exame, independente dele ser positivo ou negativo. Quando os resultados são positivos, os CTA são responsáveis por encaminhar as pessoas para tratamento nos serviços de referência.[41]Educação[editar | editar código-fonte]
Diretoria de Ensino
A cidade é sede da Diretoria Regional de Ensino e Educação que centraliza a coordenação da Educação do município e de 9 cidades vizinhas (Américo Brasiliense, Boa Esperança do Sul, Gavião Peixoto, Matão, Motuca, Nova Europa, Rincão, Santa Lúcia e Trabiju)
A rede de ensino público instalada no município é composta por 83 unidades escolares, distribuídas entre as modalidades de ensino Infantil, Fundamental e Médio. A rede municipal de ensino conta com 37 Centros de Educação e Recreação - Creche (C.E.R.), 11 Escolas Municipal de Ensino Fundamental (E.M.E.F.) e 3 unidades que acumulam os serviços de C.E.R. e E.M.E.F., totalizando 51 unidades.[42] A rede estadual de ensino é composta por 31 escolas, sendo 30 Escolas Estaduais (E.E.) administradas pela Secretaria Estadual de Educação e 1 Escola Técnica Estadual (E.T.E.C.) administrada pela Secretaria de Ciência e Tecnologia.[43] A rede federal tem uma unidade do Instituto Federal São Paulo (I.F.S.P.) que oferece a opção do ensino médio integrado a curso técnico.[44]
A cidade abriga duas instituições públicas de ensino superior: a Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP) e o Instituto Federal de São Paulo (IFSP). A UNESP possui 4 institutos: a Faculdade de Ciências e Letras, Faculdade de Ciências Farmacêuticas , Instituto de Química e Faculdade de Odontologia. O IFSP oferece 3 cursos de nível superior: Engenharia Mecânica, Licenciatura em Matemática e Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Também oferece 2 cursos de nível técnico: Mecatrônica e Informática, e 2 cursos de nível técnico integrado ao ensino médio (oferecidos integralmente por esta instituição): Mecânica e Informática. A Universidade Paulista (UNIP), a Universidade de Araraquara (UNIARA), as Faculdades Logatti e o Instituto Savonitti também estão instalados na cidade.Transportes[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Aeroporto de Araraquara
Terminal de integração.
Estação de Araraquara.
Descida do Chibaro, Rodovia Washington Luiz (SP-310).
Desde dezembro de 2013,[45] o aeroporto Estadual de Araraquara Bartolomeu de Gusmão passou a contar com as operações da Azul Linhas Aéreas, com voos comerciais, fazendo com que o aeroporto voltasse a oferecer esse tipo de serviço, que, desde 2007, havia sido cancelado[46] com o fim das operações da Pantanal Linhas Aéreas na cidade. Inicialmente, a Azul Linhas Aéreas ofereceu voos direto para Campinas - Viracopos[47], aeroporto que oferece viagens para mais de cem destinos diferentes[48] através da mesma empresa. Devido ao baixo número de passageiros, menos de um ano após iniciar suas operações na cidade a companhia Azul suspendeu seu serviço em Araraquara. O último voo ocorreu em 3 de novembro de 2014.Ferroviário
Estação de Araraquara
Linha Tronco (Estrada de Ferro Araraquara)
Linha Tronco (Companhia Paulista de Estradas de Ferro)
Rodoviário
Terminal Rodoviário de Araraquara
Terminal de Integração
Rodovias
SP-255 - Rodovia Antônio Machado Sant'Anna e Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros - liga Araraquara a nordeste com a região de Ribeirão Preto e a sudoeste com Jaú, Bauru e Marília.
SP-257 - Rodovia Deputado Aldo Lupo - liga Araraquara a Américo Brasiliense, Santa Lúcia e Rincão.
SP-310 - Rodovia Washington Luís - liga Araraquara a noroeste com a SP-331 Rodovia Deputado Vitor Maida (acesso a região de Ibitinga), com a SP-326 Rodovia Brigadeiro Faria Lima (acesso a região de Barretos), e a região de São José do Rio Preto; a sudeste com São Carlos, e a SP-348 Rodovia dos Bandeirantes ou SP-330 Rodovia Anhanguera, na região de Limeira, oferecendo acesso a Campinas e São Paulo.
Estradas municipais
EM - Estrada Municipal Dr. Nelson Barbieri (Araraquara a Gavião Peixoto)
EM - Estrada Municipal Abílio Augusto Corrêa (Araraquara a Guarapiranga e Ribeirão Bonito)
EM - Estrada Municipal Graciano da Ressurreição Affonso (Araraquara a Bueno de Andrada e Matão)
EM - Estrada Municipal Araraquara a Américo Brasiliense com a SP-257 Rodovia Deputado Aldo Lupo
EM - Estrada Municipal Araraquara a Água Azul
EM - Estrada Municipal Araraquara a Motuca
Transporte coletivo
Controladoria do Transporte de Araraquara (CTA)[49]
Viação Paraty
Empresa Cruz
Comunicações[editar | editar código-fonte]
Telefonia
A cidade era atendida pela Companhia Telefônica Brasileira (CTB)[50], que construiu a primeira central telefônica da cidade, utilizada até os dias atuais. Em 1973 passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[51], que em 1998 foi privatizada e vendida para a Telefônica[52], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[53] para suas operações de telefonia fixa.Cultura[editar | editar código-fonte]
Museu de Arqueologia e Paleontologia de Araraquara (MAPA).
Museu do Futebol e Esportes.
Espaços culturais[editar | editar código-fonte]
Casa da Cultura "Luiz Antônio Martinez Corrêa?
Palacete da Esplanada das Rosas
Arquivo Público Histórico "Profº Rodolpho Telarolli?
Espaço Cultural "Paulo Mascia"
Chácara "Waldemar Safiotti"
Museus[editar | editar código-fonte]
Museu Ferroviário "Francisco Aureliano de Araújo"
Museu de Arqueologia e Paleontologia de Araraquara
Museu da Imagem e do Som "Maestro José Tescari"
Museu do Futebol e dos Esportes
Museu do Trólebus Araraquara
Museu Espaço do Boneco
Patrimônio histórico[editar | editar código-fonte]
Com quase 200 anos de história, Araraquara tem várias construções antigas, mas não há um mapeamento definido dos imóveis. O último imóvel considerado histórico e protegido por lei municipal aconteceu em 2005. Segundo a Coordenadoria de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural, há 28 imóveis tombados, sendo oito particulares.[54]Teatro[editar | editar código-fonte]
Teatro Municipal de Araraquara, com capacidade para 460 espectadores
Teatro "Wallace Leal Valentin Rodrigues"
Teatro de Arena "Prefeito Benedito de Oliveira" é dotado de excelente infraestrutura, e possui capacidade para acomodar 3 mil pessoas
Centro Internacional de Convenções "Dr. Nelson Barbieri"
Música[editar | editar código-fonte]
Orquestra Filarmônica Experimental Uniara
Orquestra Jovem de Araraquara
Bibliotecas[editar | editar código-fonte]
Biblioteca Municipal Mario de Andrade
Biblioteca Municipal Infantil Monteiro Lobato
Esportes[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Estádio Doutor Adhemar de Barros
Arena da Fonte
Araraquara tem grande tradição esportiva, principalmente no futebol com a Associação Ferroviária de Esportes (AFE). O time masculino disputa a série A1 do campeonato paulista, enquanto o feminino disputa tanto o campeonato paulista (campeonato o qual se sagrou tetracampeão paulista em 2013) quanto o campeonato brasileiro (campeonato o qual se sagrou campeão em 2014).
O basquete, que, no início dos anos 2000, foi uma grande potência nacional com a Uniara/Araraquara, atualmente está com o time profissional fechado, disputando apenas campeonatos pelas categorias juvenis. No vôlei destaque para o time feminino da Uniara/Fundesport, que, em 2013, estava disputando, pela primeira vez na história, a Superliga feminina. A cidade também investe em outras modalidades, como o futsal feminino. Esse sucesso se reflete nas várias conquistas de seus atletas e nos títulos dos jogos regionais.
O município conta com uma Arena Multiuso, a Arena da Fonte, com capacidade para mais de 20 mil pessoas, recebendo todos os anos partidas de campeonatos como o Brasileirão e o Campeonato paulista, além do Estádio Municipal "Dr. Cândido de Barros".[carece de fontes?]
Os principais ginásios poliesportivos da cidade são o "Gigantão" (Ginásio Municipal de Esportes Castelo Branco) e o "Ginásio da Pista" (Ginásio de Esportes Guilherme Fragoso Ferrão). A Pista de Atletismo "Armando Garllippe", o Kartódromo do Parque Pinheirinho e o Complexo Aquático Arena da Fonte são outros exemplos de aparelhos públicos tradicionais voltados para a prática esportiva. Desde 1980, no último dia de cada ano, é promovida a Corrida de Santo Onofre, uma prova de rua com 7 km de extensão. Em 2016 foi realizada a 37ª edição.Comunicação[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Mídia em Araraquara
Ver também[editar | editar código-fonte]
Região de Governo de Araraquara
Interior de São Paulo
Região Administrativa Central
Naturais de Araraquara
Lista de municípios do Brasil acima de cem mil habitantes
Referências? G1 (2 de outubro de 2016). «Edinho Silva (PT) é eleito prefeito de Araraquara, SP». Consultado em 30 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 30 de outubro de 2017 ? a b c Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 30 de outubro de 2017 ? OESP Mídia (2011). «Araraquara». iLocal. Consultado em 8 de março de 2011. Cópia arquivada em 19 de dezembro de 2013 ? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (15 de janeiro de 2013). «Áreas dos Municípios». Consultado em 30 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 30 de outubro de 2017 ? a b Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). «Araraquara - Histórico» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 19 de dezembro de 2013. Cópia arquivada (PDF) em 19 de dezembro de 2013 ? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (30 de agosto de 2017). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2017» (PDF). Consultado em 30 de outubro de 2017 ? Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 4 de dezembro de 2013. Cópia arquivada (PDF) em 8 de julho de 2014 ? a b Erro de citação: Código inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome IBGE_PIB_2016
? «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico ? «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ? «ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NO BRASIL E UNIDADES DA FEDERAÇÃO COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2018» (PDF) line feed character character in |titulo= at position 69 (ajuda)? «"Um país partido"». 26 de setembro de 2010. Consultado em 27 de setembro de 2010. Arquivado do original (HTML) em 28 de agosto de 2011 ? a b NAVARRO, E. A. Dicionário de Tupi Antigo? a Língua Indígena Clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 544.? FOLLIS, F. Mito e história de um posseiro do Brasil Colonial nos Sertões de Araraquara. Revista de História Regional 21(1): 148-169, 2016. Disponível em: .? FRANÇOSO, L. M. A modernidade é uma serpente. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) ? Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara, 2015. link.? Prefeitura Municipal de Araraquara. Disponível em http://www.araraquara.sp.gov.br/pagina/Default.aspx?IDPagina=2996 Arquivado em 3 de abril de 2016, no Wayback Machine.. Acesso em 22 de março de 2016.? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 30 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 30 de outubro de 2017 ? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1990). «Divisão regional do Brasil em mesorregiões e microrregiões geográficas» (PDF). Biblioteca IBGE. 1: 96. Consultado em 30 de outubro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 30 de outubro de 2017 ? Secretaria de Economia e Planejamento (novembro de 2007). «Região Administrativa Central» (PDF). Governo do Estado de São Paulo. Consultado em 28 de julho de 2008. Arquivado do original (PDF) em 30 de julho de 2007 ? a b c d «CLIMA: ARARAQUARA». Climate-Data.org. Consultado em 2 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 2 de janeiro de 2016 ? «CLIMA: BUENO DE ANDRADE». Climate-Data.org. Consultado em 2 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 2 de janeiro de 2016 ? «CLIMA: VILA XAVIER». Climate-Data.org. Consultado em 2 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 2 de janeiro de 2016 ? Sistema IBGE de Recuperação de Dados Automática (Sidra) (2010). «Tabela 200 - População residente por sexo, situação e grupos de idade - Amostra - Características Gerais da População». Consultado em 19 de dezembro de 2013 ? a b Cidades@ - IBGE (2003). «Mapa de Pobreza e Desigualdade - Municípios Brasileiros 2003». Consultado em 5 de abril de 2011 ? http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/tabela/protabl.asp?c=2093&i=P&nome=on&qtu8=137&qtu14=3¬arodape=on&tab=2093&opn8=0&opn14=0&unit=0&pov=1&poc2=1&opc1=1&OpcTipoNivt=1&opn1=0&nivt=0&orc86=3&poc1=1&sec58=0&orp=7&qtu3=27&qtu13=47&opv=1&poc86=2&opc2=1&sec1=0&pop=1&opn2=0&opn15=0&orv=2&orc2=4&opc58=1&qtu2=5&qtu15=4&sev=1000093&opc86=2&sec2=0&opp=1&opn3=0&qtu6=5565&opn13=0&sec86=0&ascendente=on&sep=36961&orn=1&qtu7=36&orc1=5&poc58=1&qtu1=1&opn9=0&cabec=on&orc58=6&opn7=0&decm=99&pon=1&qtu9=558&opn6=3&digt6=Araraquara&OpcCara=44&proc=1? «Cópia arquivada». Consultado em 10 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2010 ? Cristiane Agostine (8 de outubro de 2009). «Senado aprova acordo com o Vaticano». O Globo. Consultado em 5 de abril de 2011 ? Fernando Fonseca de Queiroz (Outubro de 2005). «Brasil: Estado laico e a inconstitucionalidade da existência de símbolos religiosos em prédios públicos». Jus Navigandi. Consultado em 5 de abril de 2011. Arquivado do original em 22 de setembro de 2011 ? a b http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/tabela/protabl.asp?c=2103&i=P&nome=on&qtu8=137&qtu14=3¬arodape=on&tab=2103&opn8=0&opn14=0&unit=0&pov=1&opc1=1&poc2=1&poc133=2&OpcTipoNivt=1&opn1=0&nivt=0&poc1=1&sec58=0&orp=7&qtu3=27&qtu13=47&opv=1&sec1=0&opc2=1&opc133=2&pop=1&opn2=0&opn15=0&orv=2&orc2=4&opc58=1&orc133=6&qtu2=5&qtu15=4&sev=1000093&sec2=0&sec133=0&opp=1&opn3=0&qtu6=5565&opn13=0&orc1=3&poc58=1&qtu1=1&opn9=0&cabec=on&orc58=5&opn7=0&decm=99&ascendente=on&sep=38558&orn=1&qtu7=36&pon=1&qtu9=558&opn6=3&digt6=Araraquara&OpcCara=44&proc=1? a b «IBGE | Cidades | São Paulo | Araraquara | Produto Interno Bruto dos Municípios - 2016». cidades.ibge.gov.br. Consultado em 14 de abril de 2016 ? «PD visa atrair investimentos com novos corredores produtivos». Consultado em 21 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 21 de dezembro de 2013 ? «Vale do Sol: um bairro autossuficiente em comércio e serviços». Consultado em 21 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 21 de dezembro de 2013 ? «Investimentos de hoje farão a cidade do amanhã». Consultado em 21 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 2 de novembro de 2013 ? «Funcef garante construção de hotel em Araraquara em curto prazo». Consultado em 21 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 21 de dezembro de 2013 ? a b «Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil» ? «Maternidade Gota de Leite» ? «Portal Saúde UPA» ? «Portal da Saúde» ? «Saúde Mental no SUS: Os centros de atenção psicossocial» (PDF). 2004 ? «Faculdade de Saúde Pública». Arquivado do original em 2 de setembro de 2011 ? «Centro de Testagem e Aconselhamento». Arquivado do original em 9 de outubro de 2016 ? «Prefeitura Municipal de Araraquara - SP». www.araraquara.sp.gov.br. Consultado em 26 de junho de 2016. Arquivado do original em 13 de agosto de 2016 ? «Central de Atendimento». www.educacao.sp.gov.br. Consultado em 26 de junho de 2016 ? «Técnicos Integrados». arq.ifsp.edu.br. Consultado em 26 de junho de 2016 ? «Enfim: Primeiro voo da Azul pousa no aeroporto de Araraquara]]» ? «Folha de S.Paulo - Ribeirão - Daesp inicia obra em terminal do aeroporto de Araraquara - 15 de abril de 2012]]» ? «aéreas: Aeroporto de Araraquara começa a operar voos comerciais nesta quarta-feira - EPNoticia.com - ViaEPTV.com]]» ? «Conheça a História da Azul Linhas Aéreas Brasileiras - Sobre a Azul]]» ? User, Super. «Controladoria do Transporte de Araraquara». www.ctaonline.com.br. Consultado em 28 de setembro de 2018 ? «Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo ? «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) ? «Nossa História». Telefônica / VIVO ? GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 ? Araraquara não faz tombamento há 4 anos - Folha de S.Paulo, 28 de fevereiro de 2010 (visitado em 28 de fevereiro de 2010).
Ligações externas[editar | editar código-fonte]
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre AraraquaraPágina da prefeitura (em português)
Página da câmara (em português)
Araraquara no WikiMapia (em português)
Araraquara (SP) terá centro de pesquisa em energia elétrica (em português)
Araraquaravde Mercado Comum de Cidades ? MercocidadesMercado Comum do Sul ? Mercosul ArgentinaAvellaneda ? Bahía Blanca ? Barranqueras ? Bovril ? Bragado ? Buenos Aires ? Carlos Pellegrini ? Comodoro Rivadavia ? Córdova ? Florencio Varela ? General San Martín ? Gualeguaychú ? Guaymallén ? Hurlingham ? Junín ? La Matanza ? La Plata ? Rioja ? Las Bandurrias ? Lomas de Zamora ? Luján ? Malvinas Argentinas ? Mar del Plata ? María Susana ? Mendoza ? Montecarlo ? Morón ? Necochea ? Olavarría ? Paraná ? Pergamino ? Piamonte ? Quilmes ? Rafaela ? Reconquista ? Realicó ? Resistência ? Río Cuarto ? Rosário ? Salta ? Salto ? San Antonio de los Cobres ? San Fernando del Valle de Catamarca ? San Isidro ? San Jorge ? San Juan ? San Luis ? San Miguel de Tucumán ? San Salvador de Jujuy ? Santa Fé ? Santiago del Estero ? Tandil ? Trelew ? Ushuaia ? Vicente López ? Viedma ? Villa Gesell ? Villa María ? Villa Mercedes ? Zapala • Zárate BrasilAlvorada ? Anápolis ? Aracaju ? Araraquara ? Barra do Ribeiro ? Bela Vista ? Belém ? Belo Horizonte ? Brasília ? Camaçari ? Campinas ? Caxias do Sul ? Contagem ? Coronel Sapucaia ? Cuiabá ? Curitiba ? Diadema ? Dourados ? Esteio ? Florianópolis ? Fortaleza ? Foz do Iguaçu ? Goiânia ? Gravataí ? Guaíra ? Guarulhos ? Jacareí ? Joinville ? Juiz de Fora ? Londrina ? Macaé ? Maringá ? Mauá ? Mossoró ? Niterói ? Osasco ? Paranhos ? Penápolis ? Petrolina ? Piracicaba ? Porto Alegre ? Praia Grande ? Recife ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Rio de Janeiro ? Rio Grande ? Salvador ? Santa Maria ? Santa Vitória do Palmar ? Santana de Parnaíba ? Santo André ? Santos ? São Bernardo do Campo ? São Borja ? São Carlos ? São Caetano do Sul ? São José do Rio Preto ? São Leopoldo ? São Paulo ? São Vicente ? Sumaré ? Suzano ? Taboão da Serra ? Teresina ? Uberlândia ? Várzea Paulista ? Viamão ? Vitória ? Vitória da Conquista ParaguaiAssunção ? Bella Vista Norte ? Cambyretá ? Capiatá ? Carlos Antonio López ? Concepción ? Coronel Oviedo ? Fernando de la Mora ? Hernandarias ? Horqueta ? Jesús ? Limpio ? San Pedro del Ycuamandiyú ? Pedro Juan Caballero ? Pilar ? Salto del Guairá ? San Lázaro ? Villeta ? Ypehú UruguaiCanelones ? Cerro Largo ? Colônia do Sacramento ? Durazno ? Flores ? Florida ? Maldonado ? Montevidéu ? Paysandú ? Río Negro ? Rivera ? Rocha ? Salto ? San José de Mayo ? Tacuarembó ? Treinta y Tres VenezuelaBarquisimeto ? Caracas ? Cumaná ? Libertador BolíviaCochabamba ? La Paz ? Santa Cruz de la Sierra ? Tarija ChileArica ? Calama ? Chillán Viejo ? Concepción ? El Bosque ? Los Andes ? Puerto Montt ? Quilpué ? Rancagua ? Santiago ? Valparaíso ? Viña del Mar PeruJesús María ? Lima ? Lurin ? La VictoriaCidades fundadoras em itálico.Fonte: Red de Mercociudades: Ciudades MiembrosvdeRegião Administrativa CentralRegiõesAraraquara ? São CarlosMunicípios por regiãoAraraquaraAmérico Brasiliense * Araraquara * Boa Esperança do Sul * Borborema * Cândido Rodrigues * Dobrada * Fernando Prestes * Gavião Peixoto * Ibitinga * Itápolis * Matão * Motuca * Nova Europa * Rincão * Santa Ernestina * Santa Lúcia * Tabatinga * Taquaritinga * TrabijuSão CarlosDescalvado * Dourado * Ibaté * Porto Ferreira * Ribeirão Bonito * Santa Rita do Passa Quatro * São CarlosSão Paulo, Brasil vde Hierarquia urbana do Brasil
Demografia do Brasil
Municípios do Brasil
vdeMetrópolesMetrópoles globais
São Paulo
Metrópoles nacionais
Brasília
Rio de Janeiro
Metrópoles regionais
Belém
Belo Horizonte
Curitiba
Fortaleza
Goiânia
Manaus
Porto Alegre
Recife
Salvador
vdeCapitais regionaisCapitais regionais A
Aracaju
Campinas
Campo Grande
Cuiabá
Florianópolis
João Pessoa
Maceió
Natal
São Luís
Teresina
Vitória
Capitais regionais B
Blumenau
Campina Grande
Cascavel
Caxias do Sul
Chapecó
Feira de Santana
Ilhéus/Itabuna
Joinville
Juiz de Fora
Londrina
Maringá
Ribeirão Preto
São José do Rio Preto
Uberlândia
Montes Claros
Palmas
Passo Fundo
Porto Velho
Santa Maria
Vitória da Conquista
Capitais regionais C
Araçatuba
Araguaína
Arapiraca
Araraquara
Barreiras
Bauru
Boa Vista
Cachoeiro de Itapemirim
Campos dos Goytacazes
Caruaru
Criciúma
Divinópolis
Dourados
Governador Valadares
Ijuí
Imperatriz
Ipatinga/Coronel Fabriciano/Timóteo
Juazeiro do Norte/Crato/Barbalha
Macapá
Marabá
Marília
Mossoró
Novo Hamburgo/São Leopoldo
Pelotas/Rio Grande
Petrolina/Juazeiro
Piracicaba
Ponta Grossa
Pouso Alegre
Presidente Prudente
Rio Branco
Santarém
Santos
São José dos Campos
Sobral
Sorocaba
Teófilo Otoni
Uberaba
Varginha
Volta Redonda/Barra Mansa
vdeCentros sub-regionaisCentros sub-regionais A
Alfenas
Anápolis
Apucarana
Bacabal
Bagé
Barbacena
Barra do Garças
Barretos
Bento Gonçalves
Botucatu
Cabo Frio
Caçador
Cáceres
Caicó
Cajazeiras
Campo Mourão
Castanhal
Catanduva
Caxias
Colatina
Crateús
Erechim
Floriano
Foz do Iguaçu
Franca
Francisco Beltrão
Garanhuns
Guanambi
Guarabira
Guarapuava
Iguatu
Irecê
Itajaí
Itaperuna
Itumbiara
Jacobina
Jaú
Jequié
Ji-Paraná
Joaçaba
Lages
Lajeado
Lavras
Limeira
Macaé
Manhuaçu
Muriaé
Nova Friburgo
Ourinhos
Paranaguá
Paranavaí
Parnaíba
Passos
Pato Branco
Patos
Patos de Minas
Pau dos Ferros
Paulo Afonso
Picos
Pinheiro
Poços de Caldas
Ponte Nova
Quixadá
Redenção
Rio Claro
Rio do Sul
Rio Verde
Rondonópolis
Santa Cruz do Sul
Santa Inês
Santa Rosa
Santo Ângelo
Santo Antônio de Jesus
São Carlos
São João da Boa Vista
São Mateus
Serra Talhada
Sinop
Sousa
Teixeira de Freitas
Toledo
Tubarão
Ubá
Umuarama
Uruguaiana
Centros sub-regionais B
Abaetetuba
Assu
Afogados da Ingazeira
Alagoinhas
Altamira
Andradina
Angra dos Reis
Araranguá
Araras
Araripina
Arcoverde
Ariquemes
Assis
Avaré
Balneário Camboriú
Balsas
Bom Jesus da Lapa
Bragança
Bragança Paulista
Breves
Brumado
Brusque
Cacoal
Cametá
Campo Maior
Capanema
Caratinga
Carazinho
Cataguases
Chapadinha
Cianorte
Concórdia
Conselheiro Lafaiete
Cruz Alta
Cruz das Almas
Cruzeiro do Sul
Currais Novos
Eunápolis
Frederico Westphalen
Guaratinguetá
Gurupi
Itabaiana
Itaberaba
Itaituba
Itajubá
Itapetininga
Itapeva
Itapipoca
Itaporanga
Ituiutaba
Ivaiporã
Janaúba
Linhares
Mafra
Palmares
Paragominas
Parintins
Pedreiras
Presidente Dutra
Registro
Resende
Ribeira do Pombal
Santana do Ipanema
Santo Antônio da Platina
São João del-Rei
São Lourenço
São Miguel do Oeste
São Raimundo Nonato
Senhor do Bonfim
Tefé
Teresópolis
Tucuruí
União da Vitória
Valença
Viçosa
Videira
Vilhena
Vitória de Santo Antão
Xanxerê
vdeCentros de zonaCentros de zona A
Acaraú
Açailândia
Adamantina
Além Paraíba
Almeirim
Almenara
Alta Floresta
Amparo
Aquidauana
Aracati
Aracruz
Araçuaí
Arapongas
Araxá
Assis Chateubriand
Barra do Corda
Barreiros
Bebedouro
Belo Jardim
Birigui
Bom Jesus
Caçapava do Sul
Cachoeira do Sul
Caetité
Caldas Novas
Camacan
Camaquã
Campo Belo
Campos Novos
Canindé
Canoinhas
Capelinha
Carangola
Carpina
Catalão
Catolé do Rocha
Caxambu
Ceres
Cerro Largo
Codó
Colinas do Tocantins
Conceição do Araguaia
Conceição do Coité
Cornélio Procópio
Corumbá
Corrente
Cruzeiro
Curitibanos
Cururupu
Curvelo
Diamantina
Diamantino
Dianópolis
Dois Vizinhos
Dracena
Encantado
Esperantina
Estância
Estrela
Fernandópolis
Formiga
Frutal
Governador Nunes Freire
Goiana
Goiás
Guanhães
Guaporé
Guaraí
Guaxupé
Ibaiti
Ibirubá
Icó
Imbituba
Ipiaú
Iporá
Irati
Itabaiana
Itabira
Itacoatiara
Itamaraju
Itapetinga
Ituverava
Jacarezinho
Jales
Jandaia do Sul
Januária
Jaru
Jataí
João Câmara
João Monlevade
Juína
Jundiaí
Lagarto
Lagoa Vermelha
Laranjeiras do Sul
Limoeiro
Limoeiro do Norte
Lins
Loanda
Macau
Macaúbas
Mamanguape
Marau
Maravilha
Marechal Cândido Rondon
Medianeira
Mineiros
Mirassol d'Oeste
Mogi Guaçu
Monteiro
Montenegro
Morrinhos
Mundo Novo
Naviraí
Nossa Senhora da Glória
Nova Andradina
Nova Prata
Nova Venécia
Oeiras
Olímpia
Osório
Ouricuri
Palmas
Palmeira das Missões
Palmeira dos Índios
Pará de Minas
Paraíso do Tocantins
Parauapebas
Patrocínio
Penápolis
Penedo
Pesqueira
Pinhalzinho
Pirapora
Pires do Rio
Piripiri
Pombal
Ponta Porã
Porangatu
Porto Nacional
Porto Seguro
Primavera do Leste
Propriá
Quirinópolis
Rolim de Moura
Russas
Salgueiro
Salinas
Santa Fé do Sul
Santa Inês
Santa Maria da Vitória
Santo Antônio de Pádua
Santiago
São Bento do Sul
São Borja
São Félix do Araguaia
São Gabriel
São Jerônimo
São José do Rio Pardo
São Luís de Montes Belos
São Luiz Gonzaga
São Miguel dos Campos
Sarandi
Seabra
Serrinha
Soledade
Sorriso
Surubim
Tabatinga
Taquara
Tatuí
Telêmaco Borba
Tijucas
Timbaúba
Timbó
Tocantinópolis
Torres
Três Corações
Três de Maio
Três Lagoas
Três Passos
Três Rios
Tupã
Unaí
União dos Palmares
Uruaçu
Vacaria
Venâncio Aires
Votuporanga
Xique-Xique
Centros de zona B
Abaeté
Abelardo Luz
Abre Campo
Afonso Cláudio
Água Boa
Água Branca
Águas Formosas
Aimorés
Alegrete
Alexandria
Alto Araguaia
Alto Longá
Alto Parnaíba
Amambai
Amarante
Amargosa
Andirá
Andradas
Anicuns
Anísio de Abreu
Aparecida
Apiaí
Apodi
Araguaçu
Araguari
Araguatins
Araioses
Araputanga
Arara
Araruama
Araruna
Arcos
Arinos
Arroio do Meio
Arvorezinha
Auriflama
Avelino Lopes
Baependi
Bambuí
Bariri
Barra
Barra Bonita
Barra de São Francisco
Barra do Bugres
Barras
Barracão
Bataguassu
Batalha
Bela Vista
Belém do São Francisco
Bicas
Boa Esperança
Boa Vista do Buricá
Bom Jardim de Minas
Bom Jesus do Itabapoana
Boquira
Braço do Norte
Brasileia
Brejo Santo
Buritis
Caculé
Camapuã
Cambuí
Camocim
Campina da Lagoa
Campo Novo do Parecis
Campos Altos
Campos Belos
Canguaretama
Canindé de São Francisco
Canto do Buriti
Capanema
Capão da Canoa
Capim Grosso
Capinzal
Capitão Poço
Capivari
Caracol
Carauari
Carmo do Paranaíba
Carutapera
Casca
Cassilândia
Castelo
Castelo do Piauí
Cerejeiras
Chapadão do Sul
Chopinzinho
Cícero Dantas
Coelho Neto
Colíder
Colinas
Coluna
Comodoro
Confresa
Congonhas
Constantina
Coronel Vivida
Coxim
Cristal do Sul
Crixás
Cruz
Cruzília
Curimatá
Delmiro Gouveia
Desterro
Dores do Indaiá
Entre Rios de Minas
Esperantinópolis
Espírito Santo do Pinhal
Espumoso
Euclides da Cunha
Eirunepé
Extrema
Fátima
Faxinal
Floresta
Fortaleza dos Nogueiras
Fronteiras
Gandu
Garça
Garibaldi
General Salgado
Getúlio Vargas
Gilbués
Goianésia
Goiatuba
Goioerê
Grajaú
Guaíra
Guajará-Mirim
Guaraciaba do Norte
Guararapes
Horizontina
Ibicaraí
Ibirama
Ibotirama
Ilha Solteira
Indaial
Inhumas
Ipanema
Ipu
Iracema
Itaberaí
Itacarambi
Itamonte
Itaocara
Itapaci
Itapajé
Itapiranga
Itápolis
Itapuranga
Itaqui
Itararé
Itaúna
Ituporanga
Iturama
Jaciara
Jacutinga
Jaguaquara
Jaguariaíva
Jaguaribe
Jaicós
Jardim
Joaíma
João Pinheiro
Juara
Jussara
Lábrea
Lago da Pedra
Lagoa da Prata
Lambari
Leme
Leopoldina
Livramento de Nossa Senhora
Lorena
Lucas do Rio Verde
Lucélia
Luzilândia
Machado
Malacacheta
Manga
Mantena
Maracaçumé
Matão
Matinhos
Miranda
Miracema do Tocantins
Mirinzal
Mococa
Monte Alegre
Monte Alto
Monte Aprazível
Monte Carmelo
Mostardas
Muçum
Nanuque
Natividade
Nazaré
Neópolis
Niquelândia
Nonoai
Nossa Senhora das Dores
Nova Londrina
Nova Mutum
Nova Petrópolis
Oliveira
Orlândia
Osvaldo Cruz
Olho d'Água das Flores
Ouro Fino
Ouro Preto do Oeste
Palmeira
Palmeira d'Oeste
Palmeirópolis
Pão de Açúcar
Paracatu
Paraguaçu Paulista
Paraisópolis
Paramirim
Paranacity
Paranaíba
Parelhas
Passa-e-Fica
Patu
Paulistana
Peçanha
Pedra Azul
Pedro II
Pedro Afonso
Peixoto de Azevedo
Piancó
Pinheiro Machado
Pio XII
Piraju
Piracuruca
Pitanga
Pitangui
Piumhi
Poções
Ponte Serrada
Pontes e Lacerda
Porteirinha
Porto Calvo
Porto União
Posse
Presidente Epitácio
Presidente Getúlio
Presidente Juscelino
Presidente Venceslau
Princesa Isabel
Prudentópolis
Quatis
Quedas do Iguaçu
Rancharia
Resplendor
Riachão do Jacuípe
Rio Bonito
Rio Negro
Rio Pomba
Rio Real
Rodeio Bonito
Roncador
Rubiataba
Salto do Jacuí
Salvador do Sul
Sananduva
Sanclerlândia
Santa Bárbara
Santa Cruz
Santa Cruz da Baixa Verde
Santa Cruz do Rio Pardo
Santa Filomena
Santa Helena
Santa Luzia
Santa Luzia do Paruá
Santa Maria do Suaçuí
Santa Vitória do Palmar
Santana
Santana do Livramento
Santo Antônio
Santo Antônio da Patrulha
Santo Augusto
Santos Dumont
São Bento (Maranhão)
São Bento (Paraíba)
São Benedito
São Domingos
São Francisco
São Gabriel da Palha
São Gotardo
São João Batista
São João do Ivaí
São João do Piauí
São João dos Patos
São João Nepomuceno
São Joaquim da Barra
São José do Cedro
São José do Egito
São João do Rio do Peixe
São João Evangelista
São José do Cedro
São Lourenço do Oeste
São Mateus do Sul
São Miguel
São Miguel do Araguaia
São Miguel do Tapuio
São Paulo do Potengi
São Sebastião
São Sebastião do Caí
São Valentim
São Vicente Férrer
Sapé
Seara
Sena Madureira
Senador Pompeu
Serafina Corrêa
Serra Dourada
Serro
Simões
Simplício Mendes
Sinimbu
Siqueira Campos
Sobradinho
Sombrio
Sumé
Tabira
Taguatinga
Taió
Taiobeiras
Tangará
Tapejara
Tapes
Taquaritinga
Tarauacá
Tauá
Tenente Portela
Terra Nova do Norte
Teutônia
Tietê
Tramandaí
Três Pontas
Tucumã
Tucunduva
Turmalina
Tutóia
Uiraúna
Umarizal
União
Uruçuí
Valença
Valença do Piauí
Valente
Várzea da Palma
Vazante
Venda Nova do Imigrante
Veranópolis
Viana
Vigia
Vila Rica
Virginópolis
Visconde do Rio Branco
Vitorino Freire
Xaxim
Xinguara
Wenceslau Braz
Zé Doca
Referências: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Regiões de Influência das Cidades 2007 (10 de outubro de 2008), [1] Configuração da Rede Urbana do Brasil (junho de 2001)vde São Paulo Portal ? Geografia, Política, Cultura, EsportesCapitalSão PauloRegiões MetropolitanasComplexo Metropolitano Expandido ? Baixada Santista ? Campinas ? Ribeirão Preto ? São Paulo ? Sorocaba ? Vale do ParaíbaRegiões AdministrativasAraçatuba ? Barretos ? Bauru ? Campinas ? Central ? Franca ? Itapeva ? Marília ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Santos ? São Paulo ? São José do Rio Preto ? São José dos Campos ? SorocabaRegiões de GovernoAdamantina ? Andradina ? Araçatuba ? Araraquara ? Assis ? Avaré ? Barretos ? Bauru ? Botucatu ? Bragança Paulista ? Campinas ? Caraguatatuba ? Catanduva ? Cruzeiro ? Dracena ? Fernandópolis ? Franca ? Guaratinguetá ? Itapetininga ? Itapeva ? Jales ? Jaú ? Jundiaí ? Limeira ? Lins ? Marília ? Ourinhos ? Piracicaba ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Santos ? São Carlos ? São João da Boa Vista ? São Joaquim da Barra ? São José do Rio Preto ? São José dos Campos ? Sorocaba ? Taubaté ? Tupã ? VotuporangaRegiões geográficas intermediáriasAraçatuba ? Araraquara ? Bauru ? Campinas ? Marília ? Presidente Prudente ? Ribeirão Preto ? São José dos Campos ? São José do Rio Preto ? São Paulo ? SorocabaRegiões geográficas imediatasAdamantina-Lucélia ? Amparo ? Andradina ? Araçatuba ? Araraquara ? Araras ? Assis ? Avaré ? Barretos ? Bauru ? Birigui-Penápolis ? Botucatu ? Bragança Paulista ? Campinas ? Caraguatatuba-Ubatuba-São Sebastião ? Catanduva ? Cruzeiro ? Dracena ? Fernandópolis ? Franca ? Guaratinguetá ? Itapetininga ? Itapeva ? Ituverava ? Jales ? Jaú ? Jundiaí ? Limeira ? Lins ? Marília ? Mogi Guaçu ? Ourinhos ? Piracicaba ? Piraju ? Presidente Epitácio-Presidente Venceslau ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Santa Fé do Sul ? São José do Rio Pardo-Mococa ? Santos ? São Carlos ? São João da Boa Vista ? São Joaquim da Barra-Orlândia ? São José dos Campos ? São José do Rio Preto ? São Paulo ? Sorocaba ? Tatuí ? Taubaté-Pindamonhangaba ? Tupã ? VotuporangaMais de 1 000 000 habitantesSão Paulo ? Guarulhos ? CampinasMais de 500 000 habitantesSão Bernardo do Campo ? Santo André ? Osasco ? São José dos Campos ? Ribeirão Preto ? SorocabaMais de 200 000 habitantesMauá ? São José do Rio Preto ? Santos ? Mogi das Cruzes ? Diadema ? Jundiaí ? Carapicuíba ? Piracicaba ? Bauru ? São Vicente ? Itaquaquecetuba ? Franca ? Guarujá ? Taubaté ? Praia Grande ? Limeira ? Suzano ? Taboão da Serra ? Sumaré ? Barueri ? Embu das Artes ? São Carlos ? Indaiatuba ? Cotia ? Marília ? Americana ? Araraquara ? Jacareí ? Itapevi ? Presidente Prudente ? Hortolândia ? Rio ClaroMais de 100 000 habitantesAraçatuba ? Santa Bárbara d'Oeste ? Ferraz de Vasconcelos ? Francisco Morato ? Itapecerica da Serra ? Itu ? Bragança Paulista ? Pindamonhangaba ? São Caetano do Sul ? Itapetininga ? Mogi Guaçu ? Franco da Rocha ? Jaú ? Botucatu ? Atibaia ? Araras ? Santana de Parnaíba ? Cubatão ? Valinhos ? Sertãozinho ? Ribeirão Pires ? Jandira ? Catanduva ? Barretos ? Guaratinguetá ? Birigui ? Votorantim ? Tatuí ? Várzea Paulista ? Salto ? Caraguatatuba ? Itatiba ? Poá ? Ourinhos ? Assis ? Leme ? PaulíniaSudeste, Brasil vde Região Geográfica Intermediária de AraraquaraRegião Geográfica Imediata de AraraquaraAmérico Brasiliense * Araraquara * Boa Esperança do Sul * Borborema * Cândido Rodrigues * Dobrada * Gavião Peixoto * Ibitinga * Itápolis * Matão * Motuca * Nova Europa * Rincão * Santa Lúcia * Tabatinga * Taquaritinga * TrabijuRegião Geográfica Imediata de São CarlosDescalvado * Dourado * Ibaté * Itirapina * Pirassununga * Porto Ferreira * Ribeirão Bonito * Santa Rita do Passa Quatro * São Carlos
Portal do Brasil Portal de São Paulo
Controle de autoridade
: Q626247
WorldCat
VIAF: 153066494
EBID: ID
GND: 1048625044
OSM: 298395
MusicBrainz: ID
GeoNames: 3471766