criar site 1 centavo em Suzano

Encontre criar site 1 centavo em Suzano na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Criar

Dar existência a.
Originar.
Inventar.
Gerar; produzir: _criou muitos filhos_.
Instituir, fundar: _criar asilos_.
Amamentar.
Educar.
Promover a procriação de: _criar gado_.
Cultivar.
Adquirir.


Criar

Encher-se de pus (uma ferida), resultante de picada: _tenho um dedo a criar_.


Criar

Ter dinheiro.


Criar

Afagar, acarinhar.


Centavo

Centésima parte: centésimo.


Centavo

Moeda portuguesa, que é a centésima parte de um escudo e correspondente a 10 reis do anterior sistema monetário.


Suzano

Nota: Para outros significados, veja Suzano (desambiguação).Município de Suzano
"Cidade das Flores"
Suzano e o Rio TietêBandeiraBrasãoHino
Aniversário2 de abril de 1949 (70 anos)
Fundação17 de dezembro de 1919
Gentílicosuzanense
Prefeito(a)Rodrigo Kenji de Souza Ashiuchi (PR)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Suzano em São PauloSuzano Localização de Suzano no Brasil
23° 32' 34" S 46° 18' 39" O23° 32' 34" S 46° 18' 39" O
Unidade federativaSão Paulo
Região intermediária
São Paulo IBGE/2017 [1]Região imediata
São Paulo IBGE/2017Região metropolitanaSão Paulo
Municípios limítrofesFerraz de Vasconcelos (oeste), Itaquaquecetuba (norte), Mogi das Cruzes (leste/nordeste), Poá (noroeste), Ribeirão Pires (sudoeste), Rio Grande da Serra (sudeste) e Santo André (sul)
Distância até a capital34 km[2]
Características geográficas
Área206,236 km² [3]
População282 441 hab. Estimativa IBGE/2018[4]
Densidade1 369,5 hab./km²
Altitude749,43 m
Climasubtropical Cfb
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,765 alto PNUD/2010[5]
PIBR$ 9 468 888,33 mil (BR: 81.º) ? IBGE/2016[6]
PIB per capitaR$ 32 871,69 IBGE/2016[6]
Página oficial
Prefeiturawww.suzano.sp.gov.br
Câmarawww.camarasuzano.sp.gov.brSuzano é um município brasileiro do estado de São Paulo, localizado na Região Metropolitana de São Paulo e Alto Tietê. É formado pela sede e pelos distritos de Boa Vista Paulista e Palmeiras de São Paulo.[7][8]
A emancipação política do município de Suzano ocorreu em no final da década de 1940, e desde então destaca-se na Região Metropolitana de São Paulo por ser um polo industrial, especialmente do setor químico. Quando se tornou município, Suzano já abrigava 563 indústrias e 5.274 empresas;[9] juntando a isso o fato de ter um setor comercial diversificado, com centros comerciais nos distritos de Boa Vista e Palmeiras, além do Centro - que possui um shopping inclusive -, o município estava, em 2009, entre os vinte que mais arrecadam Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços - (ICMS), no estado de São Paulo.[10]
O crescimento industrial de Suzano foi impulsionado no passado em razão de possuir locais disponíveis para a instalação de empresas e por ter acesso a rodovias que levam ao interior e litoral do estado. Diretamente por Suzano, passam as rodovias Índio Tibiriçá, Rodoanel e Henrique Eroles. Suzano tem acesso direto à Rodovia Ayrton Senna, Rodovia Anchieta e acesso indireto á Mogi-Dutra e consequentemente a própria Dutra.
Destaca-se ainda em Suzano a produção agrícola e de flores, além do esporte. Suzano recebeu por toda a sua história influência da cultura japonesa, tendo recebido várias famílias do Japão no movimento migratório do começo do século. Hoje essas famílias fazem parte da economia e política de Suzano. Atualmente os principais problemas enfrentados pelo município são decorrentes da explosão populacional que ocorreu em Suzano e em toda a Grande São Paulo.Índice1 Etimologia
2 História2.1 Fundação e povoamento
2.2 Século XX
2.3 Massacre de Suzano
3 Geografia3.1 Clima
3.2 Demografia
3.3 Distâncias
3.4 Limites
3.5 Hidrografia
3.6 Formação geológica
4 Governo e política4.1 Cidades-irmãs
5 Economia
6 Infraestrutura6.1 Educação
6.2 Transportes6.2.1 Trens
6.2.2 Ônibus
6.2.3 Rodovias
6.2.4 Principais vias
6.3 Comunicações
7 Cultura7.1 Esportes
7.2 Turismo
7.3 Eventos e datas comemorativas
8 Ver também
9 Referências
10 Ligações externasEtimologia[editar | editar código-fonte]
O nome "Suzano" foi escolhido em homenagem ao engenheiro Joaquim Augusto Suzano Brandão, responsável pela conclusão das obras da estação ferroviária de Guaió em 1908. Segundo as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa este topônimo deveria ser grafado "Susano".História[editar | editar código-fonte]
Ver também: Cronologia da história de Suzano
Fundação e povoamento[editar | editar código-fonte]
O fundador do povoado que viria a se transformar no município de Suzano foi o padre jesuíta Francisco Baruel, que tinha por missão a catequese dos indígenas, em meados de 1660.[11] O Frei Baruel deu início à construção de uma capela, após disputas acirradas entre índios Pés Largos e os Guaianases, nativos daquela área, com o objetivo de apaziguar os ânimos dos indígenas. A construção atraiu novos moradores e logo se formou um povoado. O santuário foi reconstruído em 1750 pelo padre Antônio Sousa e Oliveira, que deu a ele o nome de Nossa Senhora da Piedade de Taiaçupeba. 135 anos mais tarde, a capela foi transformada em igreja. Em 1895 a igreja ruiu por conta de uma forte chuva e somente com a chegada da família Bianchi foi reconstruída. Desde então a área passou a ser conhecida como Baruel - nome escolhido pela presença da família Barweel, que chegou a Suzano no século XVI.
Na década 1870, foram implantados os trilhos da Estrada de Ferro São Paulo - Rio de Janeiro. Alguns anos mais tarde, em 1879, estabeleceu-se na região Antônio Marques Figueira, feitor da Estrada de Ferro. Em 1885, chegou à região o seu irmão Tomé Marques Figueira, que muito contribuiu ao povoado. Em 1890, os dois irmãos mandaram elaborar a planta da cidade, trabalho executado pelo Conde Romariz. A primeira denominação da localidade foi "Vila da Concórdia", nomeada posteriormente de "Vila da Piedade". Com a encampação da ferrovia pela companhia Estrada de Ferro Central do Brasil, em 1891, houve a consolidação do vilarejo. Monumento aos Expedicionários de Suzano.
A via férrea que passa pelo Alto Tietê, conhecida na época como Estrada de Ferro do Norte ou São Paulo-Rio, foi construída por fazendeiros do Vale do Paraíba, com o propósito inicial de fazer o transporte do café. Na época, o local era conhecido como Guayó, mas anos mais tarde o nome foi alterado para Suzano em homenagem ao engenheiro Joaquim Augusto Suzano Brandão, que morava na central ferroviária. Como em todas as cidades da região, a estrada foi uma das principais responsáveis pelo desenvolvimento da área, que a partir dos trilhos registrou um número bem maior de visitantes. Com isso, iniciou-se a implantação de várias indústrias, atraídas pelas vantagens do transporte mais eficaz e rápido dos trens. Em 1869 a estação de trens foi oficialmente construída.
Em janeiro de 1897, foi realizada a primeira missa na nova igreja construída pelos irmãos Marques Figueira, passando a vila a ser conhecida por "São Sebastião do Guaió". As reivindicações por melhores nas instalações da parada de trens foram levadas ao engenheiro residente da ferrovia doutor Joaquim Augusto Suzano Brandão que, após desenvolver criterioso estudo, atendeu às reivindicações. Foi construída uma estação na localidade e a vila, a 11 de dezembro de 1908, passou a ser chamada oficialmente pelo nome de Suzano, em homenagem a ele. Em contrapartida, a rotina calma da estação ficou no passado. Com cerca de 18 mil usuários passando diariamente pela estação atualmente, o corre-corre e a agitação fazem parte do dia-a-dia nos trilhos.Século XX[editar | editar código-fonte]
Em 1908, desembarcaram do cargueiro Kasato Maru, no porto de Santos, os primeiros imigrantes japoneses no Brasil. Eles foram convencidos por um japonês chamado Ryu Mizuno de que o trabalho de poucos anos nas lavouras de café brasileiras lhes daria fortuna suficiente para voltar ao Japão e viver tranquilamente o resto de seus dias. Em Suzano, a colônia mantém suas tradições e está inserida definitivamente em todos os setores do município.[12]
Apesar de ser a principal influência de cultura estrangeira, e de sua predominância, não foram apenas os descendentes de japoneses que criaram a atual identidade de Suzano. Muitas famílias de origem italiana também vieram para a cidade e serviram como base para a criação de alguns bairros e indústrias importantes na história de Suzano. Os Raffo foram uma delas. O italiano Giovanni Battista Raffo veio para Suzano em 1915. Para não perder os laços com sua terra natal, deu início à fabricação de vinho no porão da sua casa, em um sobrado na Rodovia índio Tibiriçá. Anos mais tarde, em 1962, ampliou a empresa e deu a ela o nome de Viti Vinícola Irmãos Raffo Ltda., e depois, Indústria de Bebidas Irmãos Raffo Ltda. Hoje o bairro é conhecido como Raffo.[13] Paço Municipal de Suzano, inaugurado em 2001.
A partir do início do século XX, o povoado experimentou constante crescimento, com aumento expressivo de sua população, o que justificou sua elevação a categoria de Distrito, anexo ao município de Mogi das Cruzes, por meio da Lei Estadual nº 1705 de 27 de dezembro de 1919, promulgada pelo então presidente do estado de São Paulo, Altino Arantes. Também ficou registrado na história do município o dia 8 de dezembro de 1940, quando o então arcebispo de São Paulo, Dom José Gaspar d'Afonseca e Silva, determinou a elevação de Suzano a categoria de Paróquia, motivado pela importância do Distrito no contexto regional.
Após um longo caminho, em 8 de dezembro de 1948, Suzano atingiu a condição de município por meio de sua emancipação de Mogi das Cruzes, através de lei sancionada pelo então governador do estado de São Paulo, Ademar Pereira de Barros. Em 14 de abril de 1958, foi criada por lei estadual a Comarca de Suzano, cuja instalação ocorreu em 26 de maio de 1962.Massacre de Suzano[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Massacre de Suzano
Em 13 de março de 2019, a cidade se tornou notícia em várias partes do mundo devido ao massacre ocorrido na Escola Estadual Professor Raul Brasil, no qual um homem de 25 anos e um adolescente de 17 anos, ambos ex-alunos daquela escola, assassinaram oito pessoas, entre alunos, funcionários da escola e até mesmo o tio de um dos assassinos, e, ao perceberem que estavam cercados por policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo (GATE), cometeram suicídio.[14]Geografia[editar | editar código-fonte]
Clima[editar | editar código-fonte]
O clima da cidade, como em toda a Região Metropolitana de São Paulo, é o Subtropical. A média de temperatura anual gira em torno dos 18 °C, sendo o mês mais frio Julho (Média de 14 °C) e o mais quente Fevereiro (Média de 22 °C). O índice pluviométrico anual fica em torno de 1550 mm.
Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de 1983 (a partir de 1 de agosto) a 1993 (até 14 de junho), a menor temperatura registrada em Suzano foi de 2,4 °C nos dias 6 de agosto de 1983 e 9 de agosto de 1987,[15] e a maior atingiu 37,5 °C em 7 de março de 1990.[16] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 124,7 mm em 24 de janeiro de 1987. Outros grandes acumulados foram 111 mm em 8 de março de 1992, 105,7 mm em 2 de março de 1986 e 104,7 mm em 24 de março de 1993.[17] O menor índice de umidade relativa do ar foi de 16%, na tarde de 11 de setembro de 1990.[18]
Dados climatológicos para Suzano
MêsJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
Temperatura máxima recorde (°C)35,634,837,532,131,729,6293235,33535,733 37,5
Temperatura máxima média (°C)25,225,324,622,921,220,219,520,521,422,123,124,1 22,5
Temperatura média (°C)20,820,920,218,216,214,914,315,216,417,518,619,7 17,7
Temperatura mínima média (°C)16,516,615,913,611,39,79,11011,412,914,215,4 13
Temperatura mínima recorde (°C)10,214,29,71044,24,62,447,29,29,8 2,4
Precipitação (mm)239228190846852415189156146201 1 545
Fonte: Climate-Data.[19] e Instituto Nacional de Meteorologia (recordes de temperatura de 01/08/1983 a 14/06/1993).[15][16] Demografia[editar | editar código-fonte]
Rio Tietê, trecho de Suzano.
Índice de Desenvolvimento Humano: 0,775
Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 13,9
Expectativa de vida (anos): 71,06
Distâncias[editar | editar código-fonte]
12 km de Mogi das Cruzes
34 km da capital São Paulo.
46 km de Santos
Limites[editar | editar código-fonte]
Seus municípios limítrofes são Itaquaquecetuba a norte, Mogi das Cruzes a leste, Santo André a sul, Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires a sudoeste, Ferraz de Vasconcelos a oeste e Poá a noroeste. Apesar de amplamente difundido é incorreto dizer que o município faz divisa com Mauá. A região da antiga estrada de Sete Cruzes pertence ao município de Ribeirão Pires.Hidrografia[editar | editar código-fonte]
Rio Tietê
Rio Una
Rio Guaió
Rio Taiaçupeba
Formação geológica[editar | editar código-fonte]
Terciária ? formação São Paulo ? arenitos, argilas, folhelhos, pirobetuminosos.
Governo e política[editar | editar código-fonte]
Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]
Komatsu, Japão [20]
Lauderhill, Estados Unidos [21]
Economia[editar | editar código-fonte]
A economia suzanense é fortemente caracterizada pelas atividades industrial, comercial e hortifrutigranjeira. Suzano tem hoje o maior PIB per capita do Alto Tietê e é referência industrial e comercial da região.Setor primário
A produção agrícola no município de Suzano foi ancorada fundamentalmente na colônia japonesa existente. A olericultura e a produção de flores se faziam presentes na riqueza da cidade. Nas décadas de 80 e 90, Suzano era conhecida como a "Cidade das Flores", pois tanto produzia quanto exportava flores. Suzano faz parte do chamado Cinturão Verde da Região Metropolitana de São Paulo. Há uma forte presença de produtores rurais (cerca de 540 produtores rurais, metade deles de origem japonesa) que produzem verduras e legumes. Também está em Suzano o maior produtor da América Latina de poinsetia (folhagem vermelha utilizada principalmente nas decorações de Natal).Setor secundário
O município abriga indústrias de grande porte, tanto de capital nacional quanto estrangeiro, destacando-se a NSK, Mitutoyo, Suzano Papel e Celulose, Nadir Figueiredo (antiga Corning do Brasil), Clariant (antiga Hoescht), Orsa, Nalco do Brasil, Tsuzuki, CBD Mecânica Industrial, Komatsu, Kimberly-Clark Brasil e Formica. Devido a sua forte produção industrial, a arrecadação de ICMS no município é a maior da região e 20ª do Estado de São Paulo, superando, inclusive, a de Mogi das Cruzes. Atualmente há 327 indústrias em Suzano que geram quase 10 mil empregos diretos e 3.327 indiretos.[22] Suzano foi sede da Cerâmica Gyotoku, que chegou a ser uma das principais fabricantes de pisos e revestimentos do Brasil.Setor terciário
Nos últimos tempos tem havido um crescimento de investimentos empresariais nas áreas de comércio. As duas principais ruas de comércio no centro são as avenidas General Francisco Glicério e Benjamin Constant, onde estão as "lojas-âncora" e que atraem a população até de bairros da capital paulista. É o principal polo comercial de varejo de todo o Alto Tietê. No início dos anos 2000 foi inaugurado o Suzano Shopping, que contribuiu para a expansão comercial de Suzano. Atualmente há 3.423 estabelecimentos comerciais em Suzano.
O Município também possui um Parque Aquático com Hospedagem, o Magic City.
Há também um centro comercial no Jardim Dona Benta que está localizado no Distrito do Boa Vista na região norte da cidade, nessa região está ocorrendo um aumento de investimentos na área do comércio.Infraestrutura[editar | editar código-fonte]
Educação[editar | editar código-fonte]
ETEC de Suzano.
Suzano possui escolas de nível fundamental, médio, técnico e superior. Na educação básica há escolas públicas e privadas, incluindo unidades do SESI. Em 2008 foi inaugurada uma escola técnica estadual construída no antigo prédio do CEFAM (Centro de Formação e Aperfeiçoamento do Magistério) de Suzano. A ETEC de Suzano foi instalada no segundo semestre daquele ano. Na época da instalação, contava com dois cursos (Técnico em Gestão Ambiental e Técnico em Química).[23]
No município está instalada uma faculdade, a Faculdade Unida de Suzano - Unisuz, e unidades de educação a distância de instituições de outros municípios. Desde o segundo semestre de 2010 uma unidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - IFSP, no Jardim Monte Cristo[24][25], sendo que a princípio estão sendo ministrados dois cursos técnicos (automação industrial e comércio), que tem juntos 160 vagas. Quando as obras forem concluídas, serão ministrados mais cursos técnicos e cursos de nível superior.[26]
Ao lado do IFSP há o campus da UniPiaget Brasil.[27]
O campus da UniPiaget Brasil faz parte do Instituto Piaget, um instituto privado de origem portuguesa de educação superior espalhado em todo território português através de 12(doze) escolas e institutos, possui também campus em Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique.
Seu nome é em homenagem ao psicólogo suíço Jean Piaget.
Os alunos de Suzano estão distribuídos da seguinte forma:Matriculados na rede de ensino durante o ano letivo de 2012
Pré-Escola
7.716
Ensino Fundamental
45.353
Ensino Médio
16.168Escolas ativas em território suzanense:Números de escolas ativas em 2012
Pré-Escola
75
Ensino Fundamental
105
Ensino Médio
38Quantidade total de docentes nas escolas de Suzano:Matriculados na rede de ensino durante o ano letivo de 2012
Pré-Escola
926
Ensino Fundamental
2.169
Ensino Médio
367
Transportes[editar | editar código-fonte]
Trens[editar | editar código-fonte]
O município é servido pelos trens da Linha 11 da CPTM, por meio da Estação Suzano, que futuramente será terminal da Linha 12.Ônibus[editar | editar código-fonte]
As linhas de ônibus municipais são operadas pela empresa Radial Transporte[28].
O município também é servido por linhas de ônibus intermunicipais da EMTU-SP, através do Consórcio Unileste, que ligam Suzano às cidades de Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Santa Isabel e São Paulo. Além disso, existem linhas que ligam Suzano à cidade de Ribeirão Pires no Grande ABC e que são operadas pela empresa Rigras Transporte Coletivo, pertencente a Área 5.
Existem também algumas linhas de responsabilidade da ARTESP, que interligam Suzano aos municípios de São José dos Campos, Taubaté, Aparecida, Santo André, São Bernardo do Campo, Santos, São Vicente, Praia Grande, Guarujá, Bertioga e São Sebastião.Rodovias[editar | editar código-fonte]
O município é cortado e servido pelas seguintes rodovias:SP-31 - Rodovia Índio Tibiriçá;
SP-21 - Rodoanel Mário Covas;
SP-66 - Rodovia Henrique Eroles (Antiga Estrada São Paulo-Rio);
SP-43 - Estrada da Quinta Divisão.
Principais vias[editar | editar código-fonte]
Avenida Antônio Marques de Figueira
Avenida Armando de Salles Oliveira
Avenida Brasil
Avenida Jorge Bey Maluf
Avenida Major Pinheiro Fróes (SP-66 lado norte)
Avenida Francisco Marengo
Avenida Miguel Badra
Avenida Mogi das Cruzes
Avenida Vereador João Batista Fittipaldi
Estrada dos Fernandes
Rua Baruel
Rua Benjamin Constant
Rua General Francisco Glicério
Rua Prudente de Morais (SP-66 lado sul)
Rua Nove de Julho
Rua Dr. Campos Salles
Comunicações[editar | editar código-fonte]
A cidade foi atendida pela Companhia Telefônica da Borda do Campo (CTBC)[29] até 1998, quando esta empresa foi privatizada e vendida juntamente com a Telecomunicações de São Paulo (TELESP) para a Telefônica[30], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[31] para suas operações de telefonia fixa.Cultura[editar | editar código-fonte]
Suzano é um dos municípios brasileiros que mais receberam influência da cultura japonesa, por causa da Imigração japonesa no Brasil. Atualmente, há 16 mil descendentes de japonês na cidade.[32]
Depois de desembarcarem do Kasatu Maru, primeiro navio de imigrantes japoneses a ancorar no Brasil, os 781 estrangeiros se distribuíram em várias regiões do estado de São Paulo. Os primeiros japoneses a se instalarem em Suzano foram Kisaku Haguihara e Noriyuki Oshima e dedicaram-se à agricultura. Daí por diante os japoneses tiveram intensa participação na história de Suzano, seja na cultura, economia ou política. Pedro Miyahira, que foi prefeito de Suzano na década de 1970, viabilizou a vinda de indústrias japonesas para a cidade, segmento econômico em que Suzano se destaca atualmente. Das empresas radicadas em nossa cidade podemos contar aproximadamente 30 empreendimentos conduzidos por japoneses e descendentes. Entre eles, há indústrias que estão entre as líderes de seus segmentos. Há clubes na cidade que mantêm as tradições do Japão em Suzano, promovendo festas e eventos esportivos e culturais como a Festa da Cerejeira e a gincana Undokai.
Em Suzano, parte da população residente tem origem nordestina. Um exemplo desta influência é a Festa Nordestina em Suzano (www.festanordestinadesuzano.com.br), que em 2013 reuniu cerca de 55 mil pessoas para prestigiar as comidas típicas (tapioca, buchada de bode, baião de dois, bobó de camarão, feijão tropeiro, sarapatel e caldo de mocotó) e shows de música regional. O evento é organizado pela Paróquia Santa Rita de Cássia com apoio da prefeitura.[33]Esportes[editar | editar código-fonte]
Atualmente Suzano possui dois times de futebol, União Suzano Atlético Clube (USAC) e Esporte Clube União Suzano (ECUS). Suzano ficou conhecida nos anos de 1990 como a "Capital do Volêi", por causa dos prêmios conquistados pelo time masculino de volêi Report/Suzano. Pela influência japonesa, a primeira academia de judô da América é situada na cidade. As equipes de kendô de Suzano vem ganhando adeptos e se destacando no cenário nacional [34].
No início dos anos de 1990 Suzano era casa do time de basquete Report/Suzano. Posteriormente foi para Mogi das Cruzes, onde foi renomeado Report/Eroles/Mogi e depois Valtra/Mogi.
O mesatenista Hugo Hoyama foi integrante do ECUS entre 1994 e 1996, depois entre 2002 e 2004[35].
No dia 26 de julho de 2016, a cidade participou do revezamento da tocha da Rio 2016. Foi o primeiro município daquele dia a receber a chama, que depois passou também por Mogi das Cruzes, Jacareí e São José dos Campos.[36][37]
Em 2019, a cidade recebeu três, dos cinco, jogos da final da Superliga Masculina de Vôlei, disputada entre Sesi e Taubaté, com a equipe do interior paulista conquistando o título inédito. Os jogos aconteceram na Arena Suzano e contaram com bom público. A decisão da Superliga não acontecia em Suzano desde a edição de 1999, quando Suzano e Ulbra disputaram o título.[38]Turismo[editar | editar código-fonte]
Arena Suzano.
A cidade de Suzano conta com alguns pontos turísticos. São eles:Aldeia Kaiowa, que fica na divisa com o município de Ribeirão Pires.
Arena Suzano, ginásio poliesportivo com capacidade para 4,5 mil pessoas, situado dentro do Parque Municipal Max Feffer.
Biblioteca Municipal Maria Elisa de Azevedo Cintra: Localizado dentro do Centro Cultural Francisco Carlos Moriconi, no Centro, tem uma grande variedade de livros de todos os tipos.
Centro Cultural Francisco Carlos Moriconi: Fica na Rua Benjamin Constant, no Centro, e possui sala de exposições, biblioteca, salão e auditório.
Estádio Municipal Francisco Marques Figueira.
Estádio Municipal Francisco Marques Figueira ("Suzanão") : Casa dos principais times da cidade, USAC e ECUS, tem capacidade para cerca de 2000 pessoas e se situa no Jardim Colorado
Ginásio Paulo Portela: Localiza-se no Centro e dispõe de piscina e quadras para os atletas da cidade
Ginásio Roberto Bianchi: Situa-se no bairro do Sesc e é usado como "segunda casa" dos atletas.
Igreja do Baruel: Primeira igreja do município está localizada às margens da Rodovia Índio Tibiriçá, no bairro homônimo.
Igreja Matriz de São Sebastião: Foi a segunda a ser construída no município mas é considerada a Matriz por estar localizada no Centro próximo a Estação.
Parque Aquático Magic City.
Parque Aquático Magic City: O maior parque aquático da Grande São Paulo, que fica no Bairro Clube dos Oficiais, no Distrito de Palmeiras.
Parque Max Feffer: Possui campos de futebol, futsal, pista de skate, pista de corrida. Localizado na Avenida Senador Roberto Simonsen, Jardim Imperador.
Praça Cidade das Flores: Localizada ao lado da Prefeitura é uma ótima opção de lazer. Possui várias fontes artificiais de água e por isso é popularmente conhecida como "Praça das Águas".
Praça João Pessoa: Uma das mais antigas da cidade. Conhecida por abrigar a Igreja Matriz, fica no centro da cidade, próximo à estação de trem.
Praça do Sol Nascente: Fica no cruzamento de três importantes vias da cidade, Rodovia Índio Tibiriçá, Rua Baruel e Marginal do Una. Possui obra de arte da artista japonesa Tomie Ohtake.
Reserva do Miraporanga: Esta é uma reserva que esta aberta a grupos interessados na prática de ecoturismo, bem como a Universidades e escolas que procuram um espaço para ter aulas de campo, em cursos de Turismo, Engenharia Ambiental e Biologia.
Templo Budista Daigozan Jomyoji (Templo Jomyoji): Localizado na Estrada dos Fernandes, na entrada do bairro Casa Branca, o templo é uma das marcas da cultura japonesa na região.
Eventos e datas comemorativas[editar | editar código-fonte]
20 de janeiro: Dia de São Sebastião ? padroeiro da cidade;
2 de abril: Dia de São Francisco de Paula ? emancipação político-administrativa.
Ver também[editar | editar código-fonte]
Parque Aquático Magic City
Região do Alto Tietê
Suzano Papel e Celulose
Lista de prefeitos de Suzano
Referências? «O recorte das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias de 2017» (PDF). Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2017. p. 20?34. Consultado em 10 de agosto de 2017 ? «Distâncias entre a cidade de São Paulo e todas as cidades do interior paulista». Consultado em 26 de janeiro de 2011 ? «Área territorial do município de Suzano». Consultado em 5 de março de 2019 ? «Estimativa Populacional 2018». Estimativa Populacional 2018. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2018. Consultado em 5 de março de 2019 ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 ? a b [1]? «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico ? «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ? Prefeitura de Suzano? [2]? : : Prefeitura Municipal de Suzano : :? História de Suzano? Prefeitura de Suzano? «Atiradores matam sete alunos e um funcionário em escola em Suzano, na Grande SP». Folha de S.Paulo. 13 de março de 2019. Consultado em 13 de março de 2019. Cópia arquivada em 13 de março de 2019 ? a b «BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Mínima (°C) - Suzano». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 20 de julho de 2015 ? a b «BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Máxima (°C) - Suzano». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 20 de julho de 2015 ? «BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Precipitação (mm) - Suzano». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 20 de julho de 2015 ? «BDMEP - Série Histórica - Dados Horários - Umidade Relativa (%) - Suzano». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 20 de julho de 2015 ? «Clima: Suzano». Climate-Data. Consultado em 20 de julho de 2015. Cópia arquivada em 20 de julho de 2015 ? Portal Nikkey - Província de Ishikawa? «: : Prefeitura Municipal de Suzano : :». Consultado em 23 de junho de 2008. Arquivado do original em 4 de outubro de 2011 ? Diário de Suzano - Suzano é a 20ª cidade do Estado com maior ICMS? Diário de Suzano - Cândido vistoria Etec e confirma entrega para segunda-feira? Diário de Suzano - Câmara aprova doação de terreno para Cefet? Diário de Suzano - Cefet será licitado em dois meses? Diário de Suzano - IFSP quer expandir Campus de Suzano? : : Prefeitura Municipal de Suzano : :? Diário do Alto Tietê - Prefeitura cancela contrato e substitui Visul pela Radial? «História da CTBC». Companhia Telefônica da Borda do Campo ? «Nossa História». Telefônica / VIVO ? GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 ? «16 mil japoneses e descendentes vivem e trabalham em Suzano | Diário de Suzano». www.diariodesuzano.com.br. Consultado em 1 de janeiro de 2016 ? Prefeitura de Suzano - Prefeito participa da abertura da 2ª Festa Nordestina? «Kendô de Suzano leva nove medalhas no Campeonato Brasileiro». globo.tv. Consultado em 1 de janeiro de 2016 ? «Orgulhoso, Hugo Hoyama relembra sua história no time de Suzano». globoesporte.com. Consultado em 1 de janeiro de 2016 ? «Rota do Revezamento». Rio 2016. Consultado em 21 de julho de 2016 ? «Percurso oficial da Tocha Olímpica é divulgado por Comitê Municipal». Diário de Suzano. Consultado em 21 de julho de 2016 ? «Ingressos para final da Superliga podem ser obtidos a partir desta 5ª». Prefeitura de Suzano. Consultado em 28 de maio de 2019
Ligações externas[editar | editar código-fonte]Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Imagens e media no Commons
CommonsPágina da câmara
Página da prefeitura
Portal de Suzano - Guia da Cidade
SuzanovdeSuzanoDistritosCentro ? Boa Vista ? PalmeirasArtigos relacionadosSuzano Shopping ? Estação Suzano ? Suzano Papel e Celulose ? Suzano Futebol Clube ? União Suzano Atlético Clube ? Esporte Clube União Suzano ? ETEC de Suzano ? Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia ? Estádio Municipal Francisco Marques Figueira ? Faculdade Unida de Suzano - UNISUZRodoviasRodovia Índio Tibiriçá ? Rodovia Ayrton Senna ? Rodovia Henrique Eroles ? Rodoanel Metropolitano de São PauloVer tambémBandeira de Suzano ? Brasão de Suzano ? Hino ? Cronologia da história de Suzano ? Categoria Suzano ? Lista de prefeitos de Suzano ? SuzanensesRegião Metropolitana de São Paulo, Estado de São Paulo , Brasil vdeMunicípios da Região do Alto TietêArujá ? Biritiba-Mirim ? Ferraz de Vasconcelos ? Guararema ? Itaquaquecetuba ? Mogi das Cruzes ? Poá ? Salesópolis ? Santa Isabel ? Suzanovde Região Metropolitana de São PauloSub-região norteCaieiras ? Cajamar ? Francisco Morato ? Franco da Rocha ? Mairiporã ? São Paulo (zona norte)Sub-região lesteArujá ? Biritiba Mirim ? Ferraz de Vasconcelos ? Guararema ? Guarulhos ? Itaquaquecetuba ? Mogi das Cruzes ? Poá ? Salesópolis ? Santa Isabel ? São Paulo (zona leste) ? SuzanoSub-região sudesteDiadema ? Mauá ? Ribeirão Pires ? Rio Grande da Serra ? Santo André ? São Bernardo do Campo ? São Caetano do Sul ? São Paulo (zona sudeste)Sub-região oesteBarueri ? Carapicuíba ? Itapevi ? Jandira ? Osasco ? Pirapora do Bom Jesus ? Santana de Parnaíba ? São Paulo (zona oeste)Sub-região sudoesteCotia ? Embu das Artes ? Embu-Guaçu ? Itapecerica da Serra ? Juquitiba ? São Lourenço da Serra ? São Paulo (zona sudoeste) ? Taboão da Serra ? Vargem Grande Paulista São Paulo, Brasilvde São Paulo Portal ? Geografia, Política, Cultura, EsportesCapitalSão PauloRegiões MetropolitanasComplexo Metropolitano Expandido ? Baixada Santista ? Campinas ? Ribeirão Preto ? São Paulo ? Sorocaba ? Vale do ParaíbaRegiões AdministrativasAraçatuba ? Barretos ? Bauru ? Campinas ? Central ? Franca ? Itapeva ? Marília ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Santos ? São Paulo ? São José do Rio Preto ? São José dos Campos ? SorocabaRegiões de GovernoAdamantina ? Andradina ? Araçatuba ? Araraquara ? Assis ? Avaré ? Barretos ? Bauru ? Botucatu ? Bragança Paulista ? Campinas ? Caraguatatuba ? Catanduva ? Cruzeiro ? Dracena ? Fernandópolis ? Franca ? Guaratinguetá ? Itapetininga ? Itapeva ? Jales ? Jaú ? Jundiaí ? Limeira ? Lins ? Marília ? Ourinhos ? Piracicaba ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Santos ? São Carlos ? São João da Boa Vista ? São Joaquim da Barra ? São José do Rio Preto ? São José dos Campos ? Sorocaba ? Taubaté ? Tupã ? VotuporangaRegiões geográficas intermediáriasAraçatuba ? Araraquara ? Bauru ? Campinas ? Marília ? Presidente Prudente ? Ribeirão Preto ? São José dos Campos ? São José do Rio Preto ? São Paulo ? SorocabaRegiões geográficas imediatasAdamantina-Lucélia ? Amparo ? Andradina ? Araçatuba ? Araraquara ? Araras ? Assis ? Avaré ? Barretos ? Bauru ? Birigui-Penápolis ? Botucatu ? Bragança Paulista ? Campinas ? Caraguatatuba-Ubatuba-São Sebastião ? Catanduva ? Cruzeiro ? Dracena ? Fernandópolis ? Franca ? Guaratinguetá ? Itapetininga ? Itapeva ? Ituverava ? Jales ? Jaú ? Jundiaí ? Limeira ? Lins ? Marília ? Mogi Guaçu ? Ourinhos ? Piracicaba ? Piraju ? Presidente Epitácio-Presidente Venceslau ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Santa Fé do Sul ? São José do Rio Pardo-Mococa ? Santos ? São Carlos ? São João da Boa Vista ? São Joaquim da Barra-Orlândia ? São José dos Campos ? São José do Rio Preto ? São Paulo ? Sorocaba ? Tatuí ? Taubaté-Pindamonhangaba ? Tupã ? VotuporangaMais de 1 000 000 habitantesSão Paulo ? Guarulhos ? CampinasMais de 500 000 habitantesSão Bernardo do Campo ? Santo André ? Osasco ? São José dos Campos ? Ribeirão Preto ? SorocabaMais de 200 000 habitantesMauá ? São José do Rio Preto ? Santos ? Mogi das Cruzes ? Diadema ? Jundiaí ? Carapicuíba ? Piracicaba ? Bauru ? São Vicente ? Itaquaquecetuba ? Franca ? Guarujá ? Taubaté ? Praia Grande ? Limeira ? Suzano ? Taboão da Serra ? Sumaré ? Barueri ? Embu das Artes ? São Carlos ? Indaiatuba ? Cotia ? Marília ? Americana ? Araraquara ? Jacareí ? Itapevi ? Presidente Prudente ? Hortolândia ? Rio ClaroMais de 100 000 habitantesAraçatuba ? Santa Bárbara d'Oeste ? Ferraz de Vasconcelos ? Francisco Morato ? Itapecerica da Serra ? Itu ? Bragança Paulista ? Pindamonhangaba ? São Caetano do Sul ? Itapetininga ? Mogi Guaçu ? Franco da Rocha ? Jaú ? Botucatu ? Atibaia ? Araras ? Santana de Parnaíba ? Cubatão ? Valinhos ? Sertãozinho ? Ribeirão Pires ? Jandira ? Catanduva ? Barretos ? Guaratinguetá ? Birigui ? Votorantim ? Tatuí ? Várzea Paulista ? Salto ? Caraguatatuba ? Itatiba ? Poá ? Ourinhos ? Assis ? Leme ? PaulíniaSudeste, Brasil vde Dados Estatísticos de São PauloPopulação
2018
2010
2007
2000
1996
1991
1985
1980
1978
1970
1966
1960
1958
1950
1946
1940
1937
1934
1929
1925
1920
1916
1910
1900
1890
1886
1872
Área e divisão territorial
Após 2016
2013?2015
1997?2012
1993?1996
1980?1992
1965?1979
1960?1964
1954?1959
1949?1953
1945?1948
1939?1944
1937?1938
1930?1933
1929
1920?1921
1911
1901
Processos de emancipação
Após 1996
1987?1995
1971?1985
1963
1958
1953
1948
Outros critérios
Altitude
PIB
IDH-M
Índice FIRJAN
Códigos de área (DDD)
Relacionados
Lista de municípios de São Paulo
Lista de distritos de São Paulo
vde Telecomunicações em São PauloEmpresaspaulistas
CETERP
COTESP
CTB
CTBC-Borda do Campo
TELESP
Telesp Celular
Código de área(DDD) 11
Alumínio
Araçariguama
Arujá
Atibaia
Barueri
Biritiba Mirim
Bom Jesus dos Perdões
Bragança Paulista
Cabreúva
Caieiras
Cajamar
Campo Limpo Paulista
Carapicuíba
Cotia
Diadema
Embu das Artes
Embu-Guaçu
Ferraz de Vasconcelos
Francisco Morato
Franco da Rocha
Guararema
Guarulhos
Igaratá
Itapecerica da Serra
Itapevi
Itaquaquecetuba
Itatiba
Itu
Itupeva
Jandira
Jarinu
Joanópolis
Jundiaí
Juquitiba
Mairinque
Mairiporã
Mauá
Mogi das Cruzes
Morungaba
Nazaré Paulista
Osasco
Pedra Bela
Pinhalzinho
Piracaia
Pirapora do Bom Jesus
Poá
Ribeirão Pires
Rio Grande da Serra
Salesópolis
Salto
Santa Isabel
Santana de Parnaíba
Santo André
São Bernardo do Campo
São Caetano do Sul
São Paulo
São Roque
Suzano
Taboão da Serra
Tuiuti
Vargem
Vargem Grande Paulista
Várzea Paulista
Código de área(DDD) 12
Aparecida
Arapeí
Areias
Bananal
Caçapava
Cachoeira Paulista
Campos do Jordão
Canas
Caraguatatuba
Cruzeiro
Cunha
Guaratinguetá
Ilhabela
Jacareí
Jambeiro
Lagoinha
Lavrinhas
Lorena
Monteiro Lobato
Natividade da Serra
Paraibuna
Pindamonhangaba
Piquete
Potim
Queluz
Redenção da Serra
Roseira
Santa Branca
Santo Antônio do Pinhal
São Bento do Sapucaí
São José do Barreiro
São José dos Campos
São Luís do Paraitinga
São Sebastião
Silveiras
Taubaté
Tremembé
Ubatuba
Código de área(DDD) 13
Bertioga
Cajati
Cananeia
Cubatão
Eldorado
Guarujá
Iguape
Ilha Comprida
Itanhaém
Itariri
Jacupiranga
Juquiá
Miracatu
Mongaguá
Pariquera-Açu
Pedro de Toledo
Peruíbe
Praia Grande
Registro
Santos
São Vicente
Sete Barras
Vicente de Carvalho
Código de área(DDD) 14
Águas de Santa Bárbara
Agudos
Álvaro de Carvalho
Alvinlândia
Anhembi
Arandu
Arco-Íris
Arealva
Areiópolis
Avaí
Avaré
Balbinos
Bariri
Barra Bonita
Bastos
Bauru
Bernardino de Campos
Bocaina
Bofete
Boraceia
Borebi
Botucatu
Brotas
Cabrália Paulista
Cafelândia
Campos Novos Paulista
Canitar
Cerqueira César
Chavantes
Conchas
Coronel Macedo
Dois Córregos
Duartina
Espírito Santo do Turvo
Fartura
Fernão
Gália
Garça
Getulina
Guaiçara
Guaimbê
Guarantã
Herculândia
Iacanga
Iacri
Iaras
Ibirarema
Igaraçu do Tietê
Ipaussu
Itaí
Itapuí
Itatinga
Jaú
Julio Mesquita
Lençóis Paulista
Lins
Lucianópolis
Lupércio
Macatuba
Manduri
Marília
Mineiros do Tietê
Ocauçu
Óleo
Oriente
Oscar Bressane
Ourinhos
Paranapanema
Pardinho
Paulistânia
Pederneiras
Piraju
Pirajuí
Piratininga
Pompeia
Pongaí
Pratânia
Presidente Alves
Promissão
Queiroz
Quintana
Reginópolis
Ribeirão do Sul
Sabino
Salto Grande
Santa Cruz do Rio Pardo
São Manuel
São Pedro do Turvo
Sarutaiá
Taguaí
Taquarituba
Tejupá
Timburi
Torrinha
Tupã
Ubirajara
Uru
Vera Cruz
Código de área(DDD) 15
Alambari
Angatuba
Apiaí
Araçoiaba da Serra
Barão de Antonina
Barra do Chapéu
Barra do Turvo
Boituva
Bom Sucesso de Itararé
Buri
Campina do Monte Alegre
Capão Bonito
Capela do Alto
Cerquilho
Cesário Lange
Guapiara
Guareí
Ibiúna
Iperó
Iporanga
Itaberá
Itaoca
Itapetininga
Itapeva
Itapirapuã Paulista
Itaporanga
Itararé
Jumirim
Laranjal Paulista
Nova Campina
Piedade
Pilar do Sul
Porangaba
Porto Feliz
Quadra
Ribeira
Ribeirão Branco
Ribeirão Grande
Riversul
Salto de Pirapora
São Miguel Arcanjo
Sarapuí
Sorocaba
Tapiraí
Taquarivaí
Tatuí
Tietê
Torre de Pedra
Votorantim
Código de área(DDD) 16
Altinópolis
Américo Brasiliense
Aramina
Araraquara
Barrinha
Batatais
Boa Esperança do Sul
Borborema
Brodowski
Buritizal
Cajuru
Cândido Rodrigues
Cássia dos Coqueiros
Cravinhos
Cristais Paulista
Dobrada
Dourado
Dumont
Fernando Prestes
Franca
Guará
Guariba
Guatapará
Ibaté
Ibitinga
Igarapava
Ipuã
Itápolis
Itirapuã
Ituverava
Jaboticabal
Jardinópolis
Jeriquara
Luiz Antônio
Matão
Miguelópolis
Monte Alto
Morro Agudo
Motuca
Nova Europa
Nuporanga
Orlândia
Patrocínio Paulista
Pedregulho
Pitangueiras
Pontal
Pradópolis
Ribeirão Bonito
Ribeirão Corrente
Ribeirão Preto
Rifaina
Rincão
Sales Oliveira
Santa Cruz da Esperança
Santa Ernestina
Santa Lúcia
Santa Rosa do Viterbo
Santo Antônio da Alegria
São Carlos
São Joaquim da Barra
São José da Bela Vista
São Simão
Serra Azul
Serrana
Sertãozinho
Tabatinga
Taiaçu
Taiuva
Taquaral
Taquaritinga
Trabiju
Vista Alegre do Alto
Código de área(DDD) 17
Adolfo
Altair
Álvares Florence
Américo de Campos
Aparecida d'Oeste
Ariranha
Aspásia
Auriflama
Bady Bassitt
Bálsamo
Barretos
Bebedouro
Cajobi
Cardoso
Catanduva
Catiguá
Cedral
Colina
Colômbia
Cosmorama
Dirce Reis
Dolcinópolis
Elisiário
Embaúba
Estrela d'Oeste
Fernandópolis
Floreal
Gastão Vidigal
General Salgado
Guaíra
Guapiaçu
Guaraci
Guarani d'Oeste
Guzolândia
Ibirá
Icém
Indiaporã
Ipiguá
Irapuã
Itajobi
Jaborandi
Jaci
Jales
José Bonifácio
Macaubal
Macedônia
Magda
Marapoama
Marinópolis
Mendonça
Meridiano
Mesópolis
Mira Estrela
Mirassol
Mirassolândia
Monções
Monte Aprazível
Monte Azul Paulista
Neves Paulista
Nhandeara
Nipoã
Nova Aliança
Nova Canaã Paulista
Nova Castilho
Nova Granada
Nova Luzitânia
Novais
Novo Horizonte
Olímpia
Onda Verde
Orindiúva
Ouroeste
Palestina
Palmares Paulista
Palmeira d'Oeste
Paulo de Faria
Pedranópolis
Pindorama
Pirangi
Poloni
Pontalinda
Pontes Gestal
Populina
Potirendaba
Riolândia
Rubineia
Sales
Santa Adélia
Santa Albertina
Santa Clara d'Oeste
Santa Fé do Sul
Santa Rita d'Oeste
Santa Salete
Santana da Ponte Pensa
São Francisco
São João das Duas Pontes
São João de Iracema
São José do Rio Preto
Sebastianópolis do Sul
Severinia
Tabapuã
Tanabi
Terra Roxa
Três Fronteiras
Turmalina
Ubarana
Uchoa
União Paulista
Urânia
Urupês
Valentim Gentil
Viradouro
Vitória Brasil
Votuporanga
Código de área(DDD) 18
Adamantina
Alfredo Marcondes
Alto Alegre
Álvares Machado
Andradina
Anhumas
Araçatuba
Assis
Avanhandava
Barbosa
Bento de Abreu
Bilac
Birigui
Borá
Braúna
Brejo Alegre
Buritama
Caiabu
Caiuá
Cândido Mota
Castilho
Clementina
Coroados
Cruzália
Dracena
Echaporã
Emilianópolis
Estrela do Norte
Euclides da Cunha Paulista
Flora Rica
Flórida Paulista
Florínea
Gabriel Monteiro
Glicério
Guaraçaí
Guararapes
Iepê
Ilha Solteira
Indiana
Inúbia Paulista
Irapuru
Itapura
João Ramalho
Junqueirópolis
Lavínia
Lourdes
Lucélia
Luziânia
Lutécia
Marabá Paulista
Maracaí
Mariápolis
Martinópolis
Mirandópolis
Mirante do Paranapanema
Monte Castelo
Murutinga do Sul
Nantes
Narandiba
Nova Guataporanga
Nova Independência
Osvaldo Cruz
Ouro Verde
Pacaembu
Palmital
Panorama
Paraguaçu Paulista
Parapuã
Pauliceia
Pedrinhas Paulista
Penápolis
Pereira Barreto
Piacatu
Piquerobi
Pirapozinho
Planalto
Platina
Pracinha
Presidente Bernardes
Presidente Epitácio
Presidente Prudente
Presidente Venceslau
Quatá
Rancharia
Regente Feijó
Ribeirão dos Índios
Rinópolis
Rosana
Rubiácea
Sagres
Salmourão
Sandovalina
Santa Mercedes
Santo Anastácio
Santo Antônio do Aracanguá
Santo Expedito
Santópolis do Aguapeí
São João do Pau-d'Alho
Sud Mennucci
Suzanápolis
Taciba
Tarabai
Tarumã
Teodoro Sampaio
Tupi Paulista
Turiúba
Valparaíso
Zacarias
Código de área(DDD) 19
Aguaí
Águas da Prata
Águas de Lindoia
Águas de São Pedro
Americana
Amparo
Analândia
Araras
Artur Nogueira
Caconde
Campinas
Capivari
Casa Branca
Charqueada
Conchal
Cordeirópolis
Corumbataí
Cosmópolis
Descalvado
Divinolândia
Elias Fausto
Engenheiro Coelho
Espírito Santo do Pinhal
Estiva Gerbi
Holambra
Hortolândia
Indaiatuba
Ipeúna
Iracemápolis
Itapira
Itirapina
Itobi
Jaguariúna
Leme
Limeira
Lindoia
Louveira
Mococa
Mogi Guaçu
Mogi Mirim
Mombuca
Monte Alegre do Sul
Monte Mor
Nova Odessa
Paulínia
Pedreira
Piracicaba
Pirassununga
Porto Ferreira
Rafard
Rio Claro
Rio das Pedras
Saltinho
Santa Bárbara d'Oeste
Santa Cruz da Conceição
Santa Cruz das Palmeiras
Santa Gertrudes
Santa Maria da Serra
Santa Rita do Passa Quatro
Santo Antônio de Posse
Santo Antônio do Jardim
São João da Boa Vista
São José do Rio Pardo
São Pedro
São Sebastião da Grama
Serra Negra
Socorro
Sumaré
Tambaú
Tapiratiba
Valinhos
Vargem Grande do Sul
Vinhedo
Relacionados
Códigos de área (DDD) de todos os municípios paulistas
vde Mercado Comum de Cidades ? MercocidadesMercado Comum do Sul ? Mercosul ArgentinaAvellaneda ? Bahía Blanca ? Barranqueras ? Bovril ? Bragado ? Buenos Aires ? Carlos Pellegrini ? Comodoro Rivadavia ? Córdova ? Florencio Varela ? General San Martín ? Gualeguaychú ? Guaymallén ? Hurlingham ? Junín ? La Matanza ? La Plata ? Rioja ? Las Bandurrias ? Lomas de Zamora ? Luján ? Malvinas Argentinas ? Mar del Plata ? María Susana ? Mendoza ? Montecarlo ? Morón ? Necochea ? Olavarría ? Paraná ? Pergamino ? Piamonte ? Quilmes ? Rafaela ? Reconquista ? Realicó ? Resistência ? Río Cuarto ? Rosário ? Salta ? Salto ? San Antonio de los Cobres ? San Fernando del Valle de Catamarca ? San Isidro ? San Jorge ? San Juan ? San Luis ? San Miguel de Tucumán ? San Salvador de Jujuy ? Santa Fé ? Santiago del Estero ? Tandil ? Trelew ? Ushuaia ? Vicente López ? Viedma ? Villa Gesell ? Villa María ? Villa Mercedes ? Zapala • Zárate BrasilAlvorada ? Anápolis ? Aracaju ? Araraquara ? Barra do Ribeiro ? Bela Vista ? Belém ? Belo Horizonte ? Brasília ? Camaçari ? Campinas ? Caxias do Sul ? Contagem ? Coronel Sapucaia ? Cuiabá ? Curitiba ? Diadema ? Dourados ? Esteio ? Florianópolis ? Fortaleza ? Foz do Iguaçu ? Goiânia ? Gravataí ? Guaíra ? Guarulhos ? Jacareí ? Joinville ? Juiz de Fora ? Londrina ? Macaé ? Maringá ? Mauá ? Mossoró ? Niterói ? Osasco ? Paranhos ? Penápolis ? Petrolina ? Piracicaba ? Porto Alegre ? Praia Grande ? Recife ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Rio de Janeiro ? Rio Grande ? Salvador ? Santa Maria ? Santa Vitória do Palmar ? Santana de Parnaíba ? Santo André ? Santos ? São Bernardo do Campo ? São Borja ? São Carlos ? São Caetano do Sul ? São José do Rio Preto ? São Leopoldo ? São Paulo ? São Vicente ? Sumaré ? Suzano ? Taboão da Serra ? Teresina ? Uberlândia ? Várzea Paulista ? Viamão ? Vitória ? Vitória da Conquista ParaguaiAssunção ? Bella Vista Norte ? Cambyretá ? Capiatá ? Carlos Antonio López ? Concepción ? Coronel Oviedo ? Fernando de la Mora ? Hernandarias ? Horqueta ? Jesús ? Limpio ? San Pedro del Ycuamandiyú ? Pedro Juan Caballero ? Pilar ? Salto del Guairá ? San Lázaro ? Villeta ? Ypehú UruguaiCanelones ? Cerro Largo ? Colônia do Sacramento ? Durazno ? Flores ? Florida ? Maldonado ? Montevidéu ? Paysandú ? Río Negro ? Rivera ? Rocha ? Salto ? San José de Mayo ? Tacuarembó ? Treinta y Tres VenezuelaBarquisimeto ? Caracas ? Cumaná ? Libertador BolíviaCochabamba ? La Paz ? Santa Cruz de la Sierra ? Tarija ChileArica ? Calama ? Chillán Viejo ? Concepción ? El Bosque ? Los Andes ? Puerto Montt ? Quilpué ? Rancagua ? Santiago ? Valparaíso ? Viña del Mar PeruJesús María ? Lima ? Lurin ? La VictoriaCidades fundadoras em itálico.Fonte: Red de Mercociudades: Ciudades Miembros
Portal do Brasil Portal de São Paulo
Controle de autoridade
: Q737670
OSM: 298085
MusicBrainz: ID
WOEID: 452779
GeoNames: 3447212