atualizar site em Cafarnaum

Encontre atualizar site em Cafarnaum na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Cafarnaum

Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde novembro de 2014). Ajude a inserir referências.O conteúdo não verificável pode ser removido.?Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico) Nota: Para outros significados, veja Cafarnaum (desambiguação).
Coordenadas: 32° 52' 52" N 35° 34' 30" E
Ruínas de Cafarnaum
Cafarnaum (em grego clássico: K?????????; transl.: Kapharnaoum; em hebraico: ??? ????; transl.: Kephar Nachûm , lit. "aldeia" ou "vila de Naum") é uma cidade bíblica que ficava na margem norte do Mar da Galileia, próxima de Betsaida (terra natal de Simão Pedro) e Corozaim.
Muito perto passava a importante Via Maris (Estrada do Mar), que ligava o Egito à Síria e ao Líbano e que passava por Cesareia Marítima.Arqueologia[editar | editar código-fonte]
A tradição situa-a em Cã Minia, 9,5 quilômetros a norte de Tiberíades, mas, mais recentemente, foi identificada com Tel Hum, a 4 km da nascente do rio Jordão, na margem noroeste do Mar da Galileia, versão que tem sido mais bem aceite. Foi escavada, em Tel Hum, uma sinagoga judaica e depois reconstruída parcialmente. Data do século IV, mas não é certo que se situe no mesmo local daquela em que Cristo ensinou (Marcos 1:21).
Escavações, levadas a cabo por V. Corbo, desde 1968, puseram a descoberto, em Cafarnaum, casas que remontam ao século I a.C., assim como outras estruturas. Entre elas encontra-se uma igreja cristã octogonal, contendo um baptistério (século V) e uma casa do século VI, que os arqueólogos acreditam ter sido construída no local em que então se pensava que ficara a casa de Pedro.
Grafites gregos, aramaicos, siríacos e latinos testificam do facto de a cidade ter sido frequentemente visitada por peregrinos cristãos no século IV.Relato bíblico[editar | editar código-fonte]
O facto de possuir uma alfândega (Mateus 9:9) e uma guarnição romana sugere que se tratava de uma cidade fronteiriça entre os estados de Filipe e Herodes Antipas. O centurião mostrou-se particularmente amistoso para com os judeus, construindo-lhes a sinagoga (Mateus 8:5-13; Lucas 7:1-10).
Atribui-se a Jesus a realização de milagres em Cafarnaum (o servo do centurião, a sogra de Pedro, um exorcismo ao pôr-do-sol e outro na sinagoga, a cura de um paralítico e do filho de um oficial) e aí ensinou frequentemente (cf. João 6:24-71; Marcos 9:33-50). Na verdade, ficou conhecida como o seu quartel-general durante seu ministério na Galileia e foi chamada a sua cidade, pelo fato de aí ter fixado residência (Mateus 9:1; cf. Marcos 2:1). Contudo, apesar do real impacto do seu ministério entre o povo, este acabará por se afastar; por isso, Cafarnaum, juntamente com Betsaida e Corazim foram amaldiçoadas por Jesus, que predisse a completa destruição das três. vdeLocais importantes do cristianismoOriente MédioAntioquia · Belém · Betsaida · Cafarnaum · Caná · Éfeso · Esmirna · Jerusalém · Decápole · Mar da Galileia · Mar Vermelho · Nazaré · Rio Jordão · Tarso · TiroOcidentePatmos · Vaticano · Fátima · Aparecida · Lourdes · Monte AtosTemplosBasílica da Natividade · Santo Sepulcro · CenáculoMontesMonte Carmelo · Monte das Oliveiras · Monte da Quarentena · Monte SinaiCapernaum ou Cafarnaum. Consta a primeira referência a esta cidade (João 2:12) quando, após a transformação de água em vinho em uma festa de casamento em Caná da Galileia, Jesus para lá se dirigiu com sua mãe Maria, seus irmãos e seus discípulos. ("Cf. Biblia Sagrada, tradução de João Ferreira de Almeida, Ed. revista e corrigida, Sociedade Bíblica do Brasil,1969")O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cafarnaum