agência comunicação em Caparaó

Encontre agência comunicação em Caparaó na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Caparaó

Nota: Para outros significados de Caparaó, veja Caparaó (desambiguação).Parque Nacional do Caparaó
Categoria II da IUCN (Parque Nacional)Vista Sul do Parque Nacional do Caparaó. Fotografia tirada da trilha de acesso ao Pico da Bandeira. À direita e próximo, vê-se o Pico do Calçado, ao fundo aparece a Pedra Menina.
Localização
País Brasil Estado Espírito Santo Minas Gerais MesorregiõesZona da Mata e Sul Espírito-Santense MicrorregiõesAlegre e Manhuaçu Localidades mais próximasAlto Caparaó, Alto Jequitibá, Caparaó, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Espera Feliz, Ibitirama, Irupi, Iúna
Dados
Área&0000000000031762.93000031 762,93 hectares (317 6 km2)
Criação24 de maio de 1961 (58 anos) Visitantes28 933 (em 2011[1]) GestãoICMBio
Coordenadas20° 26' 5" S 41° 47' 2" O
Parque Nacional do Caparaó
















Vista do Pico da Bandeira ao anoitecer
Formação rochosa chamada de "Face de Cristo" vista do lado mineiro da serra
Pico da Bandeira principal atração do parque
Acampamento Tronqueira
Portaria do parque em Minas Gerais
O 'Parque Nacional do Caparaó' foi criado em 24 de maio de 1961 pelo decreto federal nº 50.646, assinado então pelo presidente Jânio Quadros. Abriga o terceiro pico mais alto do país, o Pico da Bandeira. É administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). O Parque possui 31.800 hectares de área.
O parque está localizado na divisa entre os estados do Espírito Santo e Minas Gerais e ocupa sete cidades do lado capixaba e quatro do lado mineiro. Cerca de 80% do parque está no estado do Espírito Santo.[2] O Pico da Bandeira, com 2.891 metros, ponto mais elevado do parque, localiza-se na divisa dos estados. O Pico do Cristal, com 2.769 metros fica exclusivamente em território mineiro. O parque abriga ainda outros picos, menores em tamanho, mas também de altitudes consideráveis, como o Morro da Cruz do Negro (2.658 metros), a Pedra Roxa (2.649 metros), o Pico dos Cabritos ou do Tesouro (2.620 metros), o Pico do Tesourinho (2.584 metros), e a Pedra Menina (2.037 metros) todos em território capixaba.
Este parque é uma das mais representativas áreas de Mata Atlântica em território capixaba, que além de cobrir boa parte da Serra do Caparaó, também é encontrada nas encostas das Serras do Castelo, do Forno Grande e da Pedra Azul. A Serra do Caparaó é uma ramificação da Serra da Mantiqueira, se interligando com as Serras do Brigadeiro e do Pai Inácio em Minas Gerais.Índice1 Topônimo
2 História
3 Geografia3.1 Localização
3.2 Municípios
3.3 Altitude
3.4 Clima
4 Acessos
5 Dentro do Parques
6 Referências
7 Ligações externasTopônimo[editar | editar código-fonte]
"Caparaó" é uma referência ao Rio Caparaó e à Serra do Caparaó.História[editar | editar código-fonte]
Por volta de 1859, o imperador Dom Pedro II determinou que fosse colocada uma bandeira do império no pico mais alto da Serra do Caparaó. Acredita-se que a denominação Pico da Bandeira se deva a este fato.
A Serra do Caparaó ainda foi palco da Guerrilha do Caparaó, instabilidade política ocorrida em 1964. Em 1967, a Guerrilha do Caparaó foi debelada pela Polícia Militar de Minas Gerais e não pelas Forças Armadas, que lá chegaram após comunicado da Polícia Militar relatando a prisão dos revolucionários.
Os guerrilheiros, já enfraquecidos e doentes devido ao clima e a dificuldades de sobrevivência num local tão inóspito, foram delatados por um dono de farmácia de Espera Feliz, na época pertencente ao município de Carangola. Os policiais comunicaram o fato ao comando do batalhão, que enviou apenas mais um pequeno efetivo, que foi ao local e os prendeu. Há relatos de que diversos feridos na Guerrilha foram levados ao hospital Casa de Caridade em Carangola.Geografia[editar | editar código-fonte]
Localização[editar | editar código-fonte]
Situa-se na divisa dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, sendo que 79,4% de sua área está dentro do território capixaba.[2] Suas coordenadas estão entre 20º19? e 20º 37? S de latitude e entre 41º43? e 41º53? O de longitude.
A região do parque está situada a 300 km da capital capixaba Vitória, com acesso pela localidade da Pedra Menina em Dores do Rio Preto, e a 340 km da capital mineira Belo Horizonte, com acesso pelo município de Alto Caparaó.Municípios[editar | editar código-fonte]
O Parque Nacional do Caparaó abrange cinco municípios no lado capixaba do Parque e quatro no lado mineiro. São os municípios capixabas:Jerônimo Monteiro, Iúna, Ibatiba, Ibitirama (onde fica o Pico da Bandeira), Irupi, Dores do Rio Preto, Divino de São Lourenço, Guaçuí e Alegre; enquanto os município mineiros são: Alto Caparaó, Caparaó, Alto Jequitibá e Espera Feliz.[carece de fontes?]Altitude[editar | editar código-fonte]
A elevação média é de 997 metros na sua cota mais baixa, atingindo 2.891 metros no Pico da Bandeira, sendo este o terceiro maior desnível do Brasil.Clima[editar | editar código-fonte]
O clima da região do parque é tropical de altitude, da variação Cwb e possui temperaturas amenas, com médias anuais entre os 19°C e os 22°C,[3] mas essa região serrana possui temperaturas médias anuais menores nas áreas de maior altitude.
Os cumes dos parques são lugares muito frios, sendo alguns dos pontos mais frios do Brasil, neles a temperatura pode variar de 25°C a até -10°C,[4] sendo que no inverno, os picos registram geadas e temperaturas de -4°C diariamente, porém há um guia do parque que diz ter registrado a temperatura de -14°C[5] no Pico da Bandeira (não foi considerada uma marcação oficial). Aos pés do Pico do Cristal existe um lago onde se registra pelo menos um dia por ano com cobertura de gelo no local[carece de fontes?].Acessos[editar | editar código-fonte]
O parque atrai muitos turistas, principalmente durante as férias de inverno. Os turistas vêm principalmente em busca do clima frio, e para chegarem ao cume do Pico da Bandeira por conta da sua conhecida vista do nascer do Sol no cume da montanha, do Pico do Cristal. Também há quem venha em busca de tranquilidade.
Os municípios possuem paisagens intocadas, tanto do lado mineiro, quanto do lado capixaba.
Seus principais acessos são o Portal Pedra Menina no município de Dores do Rio Preto(ES) por onde se chega a Casa Queimada, início da trilha via Caparaó-Capixaba para o Pico da Bandeira, e o Portal Alto Caparaó no município de Alto Caparaó(MG) com estrada até o mirante do acampamento Tronqueira, origem da trilha pela vertente mineira ao referido Bandeira.Dentro do Parques[editar | editar código-fonte]
O parque dispõe de áreas de educação ambiental, acampamento, escaladas ao Pico da Bandeira, visitação, estudos e pesquisas. Nem todo o parque é aberto ao público, pois ali tem recuperação de áreas degradadas e áreas destinadas a vida selvagem. O parque é um interessante ponto de visitação, possui vistas lindas de diversos pontos.Referências? «Ranking Visitação» (PDF). Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. 2011 ? a b Dados geográficos[ligação inativa]? Caparaó, MG/ES - Parques Nacionais, EcoViagem.? Eletronuclear Eletrobrás Termonuclear S.A.? Pico da Bandeira, andarilhos.mbc.nom.br.
Ligações externas[editar | editar código-fonte]
Prefeitura de Alto Caparaó
Prefeitura de Manhumirim
Fotos da região
Página no ICMBio
Portal do Caparaó - Sítio com maior conteúdo sobre a Região do Caparaó, mantido por moradores do local
Foto de satélite do parque (GoogleMaps)
[1]
[2]
vdeÁreas protegidas no Espírito SantoFederaisÁreas de proteção ambiental:Costa das Algas

Florestas nacionais:Goytacazes ? Pacotuba ? Rio Preto

Monumentos naturais:Pontões Capixabas

Parques nacionais:Caparaó

Refúgios de vida silvestre:Santa Cruz

Reservas biológicas:Augusto Ruschi ? Comboios ? Córrego do Veado ? Córrego Grande ? Sooretama

Territórios quilombolas:Comunidade de Quilombo de Linharinho
EstaduaisÁreas de proteção ambiental:Conceição da Barra ? Lagoa Guanandy ? Pedra do Elefante ? Pico do Goiapaba-Açu ? Praia Mole ? SetibaÁreas de relevante interesse ecológico:Morro da Vargem

Monumentos naturais:O Frade e A Freira ? Serra das Torres

Parques estaduais:Cachoeira da Fumaça ? Fonte Grande ? Pedra Azul ? Itaúnas ? Mata das Flores ? Forno Grande ? Paulo César Vinha

Reservas biológicas:Duas Bocas

Reservas de Desenvolvimento Sustentável:Concha d´Ostra
MunicipaisÁreas de proteção ambiental:Lagoa Jacuném ? Mestre Álvaro ? Morro do VilanteÁreas de relevante interesse ecológico:Degredo

Estações ecológicas:Barra Nova

Parques:Domingos Martins ? Asturiano Benito Castaño
ParticularesReserva Natural Vale ? Alimercino Gomes Carvalho ? Cachoeira Alta ? Córrego Floresta ? Fazenda Boa Esperança ? Fazenda Santa Cristina ? Fazenda Sayonara ? Lemke ? Mata da Serra ? Prati ? Três Pontões
Cadastro Nacional de Unidades de Conservação
vdeÁreas protegidas em Minas GeraisFederaisÁreas de proteção ambiental:Carste da Lagoa Santa ? Cavernas do Peruaçu ? Morro da Pedreira ? Serra da Mantiqueira

Florestas nacionais:Paraopeba ? Passa Quatro ? Ritápolis

Parques nacionais:Cavernas do Peruaçu ? Serra da Canastra ? Serra do Cipó ? Sempre Vivas ? Caparaó ? Grande Sertão Veredas ? Itatiaia

Reservas biológicas:Mata Escura
EstaduaisÁreas de proteção ambiental:Águas Vertentes ? Bacia do Rio Pandeiros ? Cachoeira das Andorinhas ? Cochá e Gibão ? Bacia Hidrográfica do Rio Machado ? Fernão Dias ? Lajedão ? Serra do Sabonetal ? Serra São José ? Sul-RmbhParques estaduais:Alto do Cariri ? Biribiri ? Caminho dos Gerais ? Campos Altos ? Lapa Grande ? Serra da Boa Esperança ? Serra do Cabral ? Serra do Ouro Branco ? Serra do Rola-Moça ? Serra Negra ? Montezuma ? Paracatu ? Parque Estadual do Ibitipoca ? Itacolomi ? Limoeiro ? Rio Doce ? Sumidouro ? Grão Mogol ? Lagoa do Cajueiro ? Mata Seca ? Nova Baden ? Pau Furado ? Pico do Itambé ? Rio Corrente ? Rio Preto ? Serra da Candonga ? Serra das Araras ? Serra do Brigadeiro ? Serra do Intendente ? Serra do Papagaio ? Serra Nova ? Serra Verde ? Sete Salões ? Verde Grande ? Veredas do Peruaçu

Estações ecológicas:Acauã ? Água Limpa ? Corumbá ? Fechos ? Sagarana ? Cercadinho ? Tripuí ? Mar de Espanha ? Mata do Cedro ? Mata dos Ausentes

Florestas estaduais:Uaimii ? São Judas Tadeu

Monumentos naturais:Peter Lund

Reserva de Desenvolvimento Sustentável:Veredas do Acari

Refúgios de vida silvestre:Libélulas da Serra de São José ? Mata dos Muriquis ? Rio Pandeiros

Reservas biológicas:Jaíba ? Serra Azul ? São Sebastião do Paraíso
MunicipaisÁreas de proteção ambiental:Santana do ParaísoParques ecológicosQuedas do Rio Bonito

Parques municipais:Alto Rio do Tanque

Reservas biológicas:Mata do Bispo ? Poço d'Anta
ParticularesRPPNAlto da Boa Vista ? Arara Vermelha ? Área de Proteção do Reservatório de Juramento ? Bonito de Cima I ? Bosque dos Samambaiaçus - Resgate V ? Brejo Novo ? Cabeceira das Flores ? Cachoeira do Cerradão ? Comodato Reserva de Peti ? dos Feixos ? Estação Biológica da Mata do Sossego ? Fazenda Alto da Boa Vista ? Fazenda Barra do Pirapetinga ? Fazenda Bom Jardim ? Fazenda Cachoeira ? Fazenda Caetano ? Caetano-Lugar Santo Agostinho ? Fazenda Chacrinha ? Natural Fazenda Cruzeiro ? Fazenda da Serra ? Fazenda do Iracambi ? Fazenda do Lobo ? Fazenda do Sino ? Fazenda Gana ? Fazenda Macedônia ? Fazenda Pedra Bonita ? Fazenda Ressaca ? Fazenda Samoinho ? Fazenda São Miguel ? Fazenda Serrote ? Fazenda Vereda Grande SA ? Feliciano Miguel Abdala ? Inhotim ? Itajurú ou Sobrado ? Joaquim Theodoro de Moraes ? Kahena ? Ly e Cléo ? Mata da Califórnia ? Mata da Cruz - Macuquinhos ? Mata do Bugio ? Mata dos Jacus - Resgate VI ? Mato Virgem do Lagradouro ? Mitra do Bispo ? Monlevade ? Morro da Cruz das Almas ? Nave da Esperança ? Panelão dos Muriques ? Parque Arqueológico da Serra do Santo Antônio ? Pé da Laje ? Poço Fundo ? Racho 55-I ? Rancho 55-II ? Reserva da Cachoeira ? Reserva do Jacob ? Reserva Ecológica do Panga ? Reserva Ecológica Fundação Rocha Loures ? Reserva Fazenda Bonito de Cima II ? Fazenda Bonito de Cima III ? Reserva Fazenda Bonito de Cima IV ? Reserva Fazenda Bonito de Cima V ? Reserva Fazenda Bonito de Cima VI ? Reserva Fazenda Bonito de Cima VII ? Reserva Fazenda HR - Douradinho ? Reserva Fazenda Recanto Das Águas Claras ? Reserva Fazenda São Bernardo I ? Reserva Fazenda São Bernardo II ? Reserva Fazenda São Miguel II ? Santuário Caraça ? Sarandi ? Segredo das Águas ? Semente do Arco Íris ? Sítio Cerro das Acácias ? Sítio Estrela da Serra ? Sítio Grimpas ? Sítio Pirilampo ? Sítio Raio Solar ? Sítio Sannyasim ? Sítio São Domingos/Agartha ? Sítio São Francisco ? Terra dos Sabiás ? Unidade de Conservação De Galheiros ? Usina Mauricio ? Vale das Arapongas - Resgate II ? Vila Amanda ? Vila Ana Angélica
Cadastro Nacional de Unidades de Conservação
vdeParques nacionais em Minas GeraisParque Nacional Cavernas do Peruaçu ? Parque Nacional Grande Sertão Veredas ? Parque Nacional das Sempre Vivas ? Parque Nacional Serra da Canastra Parque Nacional Serra do Cipó ? Parque Nacional do Caparaó ? Parque Nacional de Itatiaia
vdeÁreas protegidas no Brasil Sistema Nacional de Unidades de Conservação da NaturezaProteção integral:
Estação ecológica · Monumento natural · Parque nacional · Refúgio de vida silvestre · Reserva biológica Uso sustentável:
Área de proteção ambiental · Área de relevante interesse ecológico · Floresta nacional · Reserva de desenvolvimento sustentável · Reserva de fauna · Reserva extrativista · Reserva particular do patrimônio natural Sistemas de banco de dados: Cadastro Nacional de Unidades de ConservaçãoCódigo Florestal
Área de preservação permanente (APP) · Reserva legal · Parques nacionais · Parques estaduaisParques nacionais
Alto Cariri · Amazônia · Anavilhanas · Aparados da Serra · Araguaia · Araucárias · Boa Nova · Boqueirão da Onça · Cabo Orange · Brasília · Campos Amazônicos · Campos Ferruginosos · Campos Gerais · Caparaó · Catimbau · Cavernas do Peruaçu · Chapada das Mesas · Chapada Diamantina · Chapada dos Guimarães · Chapada dos Veadeiros · Descobrimento · Emas · Furna Feia · Grande Sertão Veredas · Guaricana · Iguaçu · Ilha Grande · Itatiaia · Jamanxim · Jaú · Jericoacoara · Juruena · Lagoa do Peixe · Lençóis Maranhenses · Mapinguari · Marinho das Ilhas dos Currais · Marinho Fernando de Noronha · Marinho dos Abrolhos · Montanhas do Tumucumaque · Monte Pascoal · Monte Roraima · Nascentes do Lago Jari · Nascentes do Rio Parnaíba · Pacaás Novos · Pantanal Matogrossense · Pau Brasil · Pico da Neblina · Restinga de Jurubatiba · Rio Novo · Saint-Hilaire · São Joaquim · Sempre Vivas · Serra da Bocaina · Serra da Bodoquena · Serra da Canastra · Serra da Capivara · Serra do Cipó · Serra das Confusões · Serra da Cutia · Serra das Lontras · Serra da Mocidade · Serra de Itabaiana · Serra do Divisor · Serra do Gandarela · Serra do Itajaí · Serra do Pardo · Serra dos Órgãos · Serra Geral · Sete Cidades · Superagüi · Tijuca · Ubajara · ViruáÁreas protegidas por unidade federativa
Norte: Acre · Amapá · Amazonas · Pará · Rondônia · Roraima · Tocantins Nordeste: Alagoas · Bahia · Ceará · Maranhão · Paraíba · Pernambuco · Piauí · Rio Grande do Norte · Sergipe Centro-Oeste: Distrito Federal · Goiás · Mato Grosso · Mato Grosso do Sul Sudeste: Espírito Santo · Minas Gerais · Rio de Janeiro · São Paulo Sul: Paraná · Rio Grande do Sul · Rio Grande do Sul · Santa Catarina Terras de ocupação tradicional
Terras indígenas · Parque indígena · Reserva indígena · Território federal indígena · Territórios quilombolas (lista)Áreas de reconhecimento internacional
Reservas mundiais da biosfera · Sítios Ramsar · Sítios do patrimônio mundial natural Outras áreas protegidas
Florestas públicas · Reservas ecológicas · Estações ecológicas Portal · WikiProjeto
Este artigo sobre Unidades de Conservação da Natureza é um esboço relacionado ao Projeto Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.vde