abertura de site em Alecrim


Encontre abertura de site em Alecrim na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Abertura

Acto ou efeito de abrir.
Buraco.
Fenda.


Abertura

Sinfonia ou peça de música orquestral, que precede uma ópera, uma oratória, um drama com música, ou outra composição de grande desenvolvimento.


Abertura

Peça de música para orquestra, destinada a ser executada em concertos ou a servir de introdução ou de intermédio em qualquer espectáculo ou solenidade, e no estilo de abertura propriamente dita.


Abertura

Inauguração.

Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo. Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.?Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)Â Nota: Para outros significados, veja Alecrim (desambiguação).Alecrim
Classificação científica
Reino:Plantae
Filo:Magnoliophyta
Classe:Magnoliopsida
Ordem:Lamiales
Família:Lamiaceae
Género:Rosmarinus
Espécie:R. officinalis

Nome binomial
Rosmarinus officinalisL.


Sinónimos
Rosmarinus latifolius Mill.



















Rosmarinus officinalis - MHNT
Rosmarinus officinalis prostratus
As flores
O Wikispecies tem informações sobre: Alecrim
O alecrim (Rosmarinus officinalis) é uma erva aromática comum na região do Mediterrâneo ocorrendo dos 0 a 1500 metros de altitude, preferencialmente em solos de origem calcária. Devido ao seu aroma característico, os romanos designavam-no como rosmarinus, que em latim significa orvalho do mar.
Como qualquer outro nome vernáculo, o nome alecrim é por vezes usado para referir outras espécies, nomeadamente o Lavandula stoechas, que possui exactamente o étimo rosmarinus.[1] No entanto, estas espécies de plantas, alecrim e rosmaninho, pertencem a dois géneros distintos, Rosmarinus e Lavandula, respectivamente, e as suas morfologias denotam diferenças entre as duas espécies, em particular, a forma, coloração e inserção da flor.Índice1 Descrição
2 Cultivo
3 Plantio
4 Utilização culinária
5 Aplicações medicinais
6 Utilização religiosa
7 Ver também
8 Notas e referências
9 Ligações externasDescrição[editar | editar código-fonte]
Arbusto perene com altura média de 1,2 m[2] muito ramificado, sempre verde, com hastes lenhosas, folhas pequenas e finas, opostas, lanceoladas.
A parte inferior das folhas é de cor verde-acinzentado enquanto a superior é verde brilhante. As flores reúnem-se em espiguilhas terminais e são de cor azul ou esbranquiçada. O fruto é um aquênio. Floresce quase todo o ano e não necessita de cuidados especiais nos jardins.
Toda a planta exala um aroma forte e agradável. Utilizada com fins culinários, medicinais e religiosos, seu óleo essencial também é utilizado em perfumaria, como por exemplo, na produção da água-de-colônia, pois contém tanino, pineno, cânfora e outros princípios ativos que lhe conferem propriedades excitantes, tônicas e estimulantes.
A sua flor é muito apreciada pelas abelhas produzindo assim um mel de extrema qualidade. Há quem plante alecrim perto de apiários, para influenciar o sabor do mel.Cultivo[editar | editar código-fonte]

Devido à sua atratividade estética e razoável tolerância à seca, é utilizado em arquitectura paisagista, especialmente em áreas com clima mediterrânico. É considerada fácil de cultivar para jardineiros principiantes, tendo uma boa tolerância a Praga (organismo).
O alecrim é facilmente podado em diferentes formas e tem sido utilizado em topiária. Quando cultivado em vasos, deverá ser mantido de preferência aparado, de forma a evitar o crescimento excessivo e a perda de folhas nos seus ramos interiores e inferiores, o que poderá torná-lo um arbusto sem forma e rebelde. Apesar disso, quando cultivado em jardim, o alecrim pode crescer até um tamanho considerável e continuar uma planta atraente.
Pode ser propagado a partir de uma planta já existente, através do corte de um ramo novo com cerca de 10?15Â cm, retirando algumas folhas da base e plantando directamente no solo.
Várias variedades cultivares foram seleccionadas para uso em jardim. As seguintes são frequentes:Albus - flores brancas
Arp - folhas verde-claro, fragrância a limão
Aureus - folhas com pintas amarelas
Benenden Blue - folhas estreitas, verde-azulado-escuro
Blue Boy - anã, folhas pequenas
Golden Rain - folhas verdes, com raios amarelos
Irene - ramagem laxa, rastejante
Lockwood de Forest - selecção procumbente (rastejante) de Tuscan Blue
Ken Taylor - arbustiva
Majorica Pink - flores cor-de-rosa
Miss Jessop's Upright - alta, erecta
Pinkie - flores cor-de-rosa
Prostratus
Pyramidalis (também conhecida como Erectus) - flores azul-pálido
Roseus - flores cor-de-rosa
Salem - flores azul-pálido, resistente ao frio e semelhante à Arp
Severn Sea - baixa, espalhando-se e enraizando-se pelo solo, com ramos em arco; flores violeta profundo
Tuscan Blue - erecta ( Erecta ).
Plantio[editar | editar código-fonte]
Deve ser plantado, preferencialmente, na primavera ou no verão o ideal é por meio de mudas, mas pode ser plantado através de sementes neste caso a planta demora bastante tempo para se desenvolver, deve se irrigar a planta levemente apenas quando o solo estiver seco a mais de 2Â cm de profundidade.[3]Utilização culinária[editar | editar código-fonte]
Fresco (preferencialmente) ou seco, é apreciado na preparação de aves, caça, carne de porco, salsichas, linguiças e batatas assadas. Na Itália é utilizado em assados de carneiro, cabrito e vitela. Em churrascos, recomenda-se espalhar um bom punhado sobre as brasas do carvão aceso, perfumando a carne e difundindo um agradável odor no ambiente. Pode ser utilizado ainda em sopas e molhos.Aplicações medicinais[editar | editar código-fonte]
Flor do Alecrim.
A medicina popular recomenda o alecrim como um estimulante às pessoas atacadas de debilidade[carece de fontes?], sendo empregado também para combater as febres intermitentes[carece de fontes?] e a febre tifóide[carece de fontes?].
Uma tosse pertinaz desaparecerá com infusões de alecrim,[carece de fontes?] que também se recomendam a todas as pessoas cujo estômago seja preguiçoso para digerir.[carece de fontes?]
Também apresenta propriedades carminativas, emenagogas, desinfetantes e aromáticas.[carece de fontes?] É ainda relaxante muscular, ativador da memória e fortalece os músculos do coração. Cientistas[quem?] dizem que ramos de alecrim deveriam ser dependurados em oficinas e áreas onde crianças fazem tarefas escolares para um melhor funcionamento da memória.[carece de fontes?]
O alecrim também é útil para tratar problemas de cabelo (inclusive a queda). Além do seu alto teor em antioxidantes, esta planta ajuda a aumentar a circulação sanguínea, quando aplicada nas áreas capilares.[carece de fontes?]
Uma infusão de alecrim faz-se com quatro gramas de folhas por uma chávena de água a ferver. Toma-se depois das refeições.
Possui grande quantidade de hesperidina, um bioflavanóide com efeitos antinociceptivos comprovados contra gota (Integrative Medicine, pp. 612?3).[carece de fontes?]Utilização religiosa[editar | editar código-fonte]
Em templos e igrejas, o alecrim é queimado como incenso desde a antiguidade. Na Igreja Ortodoxa grega, o seu óleo é utilizado até aos nossos dias, para unção. Nos cultos de religiões afro, como umbanda e candomblé, é utilizado em banhos e como incenso.Ver também[editar | editar código-fonte]
Rosmaninho
Notas e referências? Dicionário Houaiss : rosmaninho? «Informações sobre a Planta de Alecrim». Wikifarmer. 11 de julho de 2017 ? Alecrim (Rosmarinus officinalis) Plantio e cultivo
Ligações externas[editar | editar código-fonte]
O Wikcionário tem o verbete alecrim.
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre AlecrimRemédios velhos e infusões: o alecrim (em alemão, em inglês e em francês)
Spice Pages: Rosemary (em inglês)
Alecrim para a queda de cabelo
Braga, Jorge Sousa; De Unamano, Miguel e Prevert, Jacques. Árvores e arbustos medicinais e aromáticos do sudoeste Europeu. Portugal: BeirAmbiente - Centro Profissional de Desenvolvimento Sustentável e Eco-turismo.2005. ISBN 972-99691-0-8.
Portal da botânica

POSTAGENS RELACIONADOS


ABERTURA DE SITE EM ALEGRE


abertura de site em Alegre

Encontre abertura de site em Alegre na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

ABERTURA DE SITE EM ALEGRETE


abertura de site em Alegrete

Encontre abertura de site em Alegrete na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

ABERTURA DE SITE EM ALEGRETE DO PIAUÍ


abertura de site em Alegrete do Piauí

Encontre abertura de site em Alegrete do Piauí na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

ABERTURA DE SITE EM ALEGRIA


abertura de site em Alegria

Encontre abertura de site em Alegria na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO