4web informatica em Autazes


Encontre 4web informatica em Autazes na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.


Município de Autazes
"Terra do Leite"
Comunidade Santa Luzia, Lago do TucunaréBandeiraBrasãoHino
Fundação19 de dezembro de 1955 (63Â anos)
Gentílicoautazense
Prefeito(a)Andreson Adriano Oliveira Cavalcante (PROS)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Autazes no AmazonasAutazes Localização de Autazes no Brasil
03° 34' 48" S 59° 07' 51" O03° 34' 48" S 59° 07' 51" O
Unidade federativaAmazonas
MesorregiãoCentro Amazonense IBGE/2008[1]
MicrorregiãoManaus IBGE/2008[1]
Região metropolitanaManaus
Municípios limítrofesOeste: Careiro e Careiro da Várzea; Norte: Itacoatiara; Leste: Nova Olinda do Norte;Sul: Borba
Distância até a capital108Â km
Características geográficas
Área7Â 599,282 km² [2]
População38 830 hab. (AM: 16º) ? estimativa populacional - IBGE/2018
Densidade5,11 hab./km²
ClimaEquatorial Aw
Fuso horárioUTC-4
Indicadores
IDH-M0,577 baixo PNUD/2010[3]
PIBR$ 199 332 mil (AM: 15º) ? IBGE/2013[4]
PIB per capitaR$ 5Â 606,45 IBGE/2013[4]Autazes é um município brasileiro localizado na Região Metropolitana de Manaus, no estado do Amazonas.
Ocupa uma área de 7Â 599,282Â km²[2] e sua população, estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2018, era de 38Â 830 habitantes, sendo assim o décimo-sexto município mais populoso do estado do Amazonas e o quinto de sua microrregião.[5] Autazes sedia a maior festa bovina da Amazônia Ocidental, a Festa do Leite.Índice1 História
2 Geografia2.1 Hidrografia
3 Economia3.1 Produção de leite de búfala
3.2 Agropecuária
4 Feriados municipais
5 Infraestrutura5.1 Saúde
6 Referências
7 Ligações externasHistória[editar | editar código-fonte]
Autazes era uma região bastante conhecida já no século XVIII, pela habitação dos índios Mura, famosos por resistirem ao sistema colonizador dos portugueses.
A origem do nome "Autazes" vem dos rios Autaz-Açú e Autaz-Mirim, ambos penetram e cortam o município de norte a sul. A exploração de suas terras iniciou-se por volta de 1637, através do Rio Madeira, pelos produtores de cacau e demais trabalhadores de produtos naturais. Porém, a ocupação definitiva de Autazes só aconteceu por volta de 1860. Inicialmente a cidade era chamada de Ambrózio Ayres, em homenagem ao fazendeiro bararoá que lutou contra os cabanos e desta luta teve a sua morte.
A Cabanagem também foi presenciada em suas terras, por volta de 1835 e 1840. Esse acontecimento, extraordinário na História do Brasil, envolveu índios, mestiços, negros e alguns brancos pobres que buscavam melhores condições de vida.[6]Geografia[editar | editar código-fonte]
Sua população estimada em 2015 era de 37Â 033 habitantes. Sua localização é latitude -3,57972° e longitude -59,13056°. Tem uma área territorial de 7Â 599Â km. Está noventa metros acima do nível do mar, e sua temperatura média é de 26Â °C. Fica a 108 quilômetros de Manaus.Hidrografia[editar | editar código-fonte]
São diversos rios que cortam os arredores de Autazes, além de mais de cem lagos, sendo todos propícios à pesca e ao pouso de hidroaviões.
Esses locais contam com uma forte presença de operadores de barcos para o turismo de pesca. O peixe mais cobiçado é o tucunaré, que se tornou o peixe-símbolo da pesca esportiva no Brasil. Os destaques são os rios Preto e Pantaleão, que têm por características principais as águas escuras e um lago com vinte quilômetros de área. Já o rio Mamori atravessa a cidade e faz sua ligação com o município de Careiro Castanho. O rio Tupana é um dos mais preservados e selvagens da região.Economia[editar | editar código-fonte]
Produção de leite de búfala[editar | editar código-fonte]
Segundo dados do IBGE, Autazes possui a maior produção de leite de búfala do Brasil, com 1,7 milhões de litros produzidos em 2006. (fonte: Censo Agropecuário de 2006 do IBGE)Agropecuária[editar | editar código-fonte]
A produção agropecuária baseia-se na criação de gado leiteiro, o que valeu a Autazes o título de cidade do leite e do queijo. Também há uma grande produção de queijo coalho, queijo manteiga e leite, bem como o cultivo de mandioca (farinha), cupuaçu, guaraná, laranja, feijão e milho.Feriados municipais[editar | editar código-fonte]
27 de junho - Dia do Mestiço.[7]
18 de agosto - Dia de São Joaquim e Sant'Ana (Padroeiros de Autazes)
Infraestrutura[editar | editar código-fonte]
Saúde[editar | editar código-fonte]
O município possuía, em 2009, 10 estabelecimentos de saúde, sendo todos estes públicos municipais ou estaduais, entre hospitais, pronto-socorros, postos de saúde e serviços odontológicos. Neles havia 28 leitos para internação.[8] Em 2014, 96,79% das crianças menores de 1 ano de idade estavam com a carteira de vacinação em dia. O índice de mortalidade infantil entre crianças menores de 5 anos, em 2016, foi de 16,85 indicando um aumento em comparação a 1997, quando o índice foi de 15,42 óbitos a cada mil nascidos vivos. Entre crianças menores de 1 ano de idade, a taxa de mortalidade reduziu de 15,42 (1997) para 8,99 a cada mil nascidos vivos, totalizando, em números absolutos, 222 óbitos nesta faixa etária entre 1997 e 2016. No mesmo ano, 33,15% das crianças que nasceram no município eram de mães adolescentes. Conforme dados do Sistema Único de Saúde (SUS), órgão do Ministério da Saúde, a taxa de mortalidade devido a acidentes de transportes terrestres registrou 13,24 óbitos em 2016, revelando um aumento comparando-se com o resultado de anos anteriores, quando não se registrou nenhum óbito neste indicador. Ainda conforme o SUS, baseado em pesquisa promovida pelo Sistema de Informações Hospitalares do DATASUS, não houveram internações hospitalares relacionadas ao uso abusivo de bebidas alcoólicas e outras drogas, entre 2008 e 2017.[9]
A taxa de mortalidade infantil média na cidade é de 10,5 para 1.000 nascidos vivos. Em 2016, 62,50% das mortes de crianças com menos de um ano de idade foram em bebês com menos de sete dias de vida. Óbitos ocorridos em crianças entre 7 e 27 dias de vida não foram registrados. Outros 37,50% dos óbitos foram em crianças entre 28 dias e um ano de vida. No referido período, houveram 6 registros de mortalidade materna, que é quando a gestante entra em óbito por complicações decorrentes da gravidez. O Ministério da Saúde estima que 60% das mortes que ocorreram em 2016, entre menores de um ano de idade, poderiam ter sido evitadas, especialmente pela adequada atenção à saúde da gestante, bem como pela adequada atenção à saúde do recém-nascido. Cerca de 98,7% das crianças menores de 2 anos de idade foram pesadas pelo Programa Saúde da Família em 2014, sendo que 0,4% delas estavam desnutridas.[9][10][11]
Autazes possuía, até 2009, estabelecimentos de saúde especializados em clínica médica, obstetrícia e pediatria e nenhum estabelecimento de saúde com especialização em psiquiatria, traumato-ortopedia, cirurgia bucomaxilofacial, neurocirurgia ou outras especialidades médicas. Dos estabelecimentos de saúde, apenas 1 deles era com internação.[8] Até 2016, havia 36 registros de casos de HIV/AIDS, tendo uma taxa de incidência, em 2016, era de 5,30 casos a cada 100 mil habitantes, e a mortalidade, em 2016, 7,95 óbitos a cada 100 mil habitantes.[9] Entre 2001 e 2012 houveram 199 casos de doenças transmitidas por mosquitos e insetos, sendo as principais delas a leishmaniose e a dengue.[12]Referências? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008Â ? a b IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010Â ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 9 de setembro de 2013Â ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2010-2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 19 de dezembro de 2015Â ? «Autazes». cidades.ibge.gov.br. IBGE. Consultado em 15 de fevereiro de 2019Â ? " «Autazes, município do Amazonas». Portalamazonia.com. 14 de novembro de 2008Â ? «Autazes estabelece feriado pelo Dia do Mestiço». Nação Mestiça. 14 de janeiro de 2012Â ? a b Cidades@ - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Serviços de saúde - 2009». Consultado em 19 de dezembro de 2018Â ? a b c Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) (2014). «ODS 03: Saúde e bem-estar». Relatórios Dinâmicos. Consultado em 20 de dezembro de 2018Â ? Portal ODM (2015). «1 - acabar com a fome e a miséria». Consultado em 20 de dezembro de 2018Â ? @Cidades. «Saúde». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 20 de dezembro de 2018Â ? Portal ODM (2012). «6 - combater a Aids, a malária e outras doenças». Consultado em 20 de dezembro de 2018Â
Ligações externas[editar | editar código-fonte]
Portal Autazes
Autazes
Portal do Brasil

POSTAGENS RELACIONADOS


4WEB INFORMATICA EM AVAÍ


4web informatica em Avaí

Encontre 4web informatica em Avaí na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

4WEB INFORMATICA EM AVANHANDAVA


4web informatica em Avanhandava

Encontre 4web informatica em Avanhandava na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

4WEB INFORMATICA EM AVARÉ


4web informatica em Avaré

Encontre 4web informatica em Avaré na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO

4WEB INFORMATICA EM AVEIRO


4web informatica em Aveiro

Encontre 4web informatica em Aveiro na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

LER ARTIGO