desenvolvimento sistema em Santo André

Encontre desenvolvimento sistema em Santo André na Web4business - Desenvolvimento de Sistemas e Sites Personalizados.

Desenvolvimento

Acto ou efeito de desenvolver.
Crescimento.
Ampliação.
Minuciosidade.


Sistema

Conjunto de partes, coordenadas entre si.
Conjunto de partes similares.
Forma de governo ou constituição política ou social de um Estado: _sistema republicano_.
Combinação de partes, por forma que concorram para certo resultado.
Plano.
Modo de coordenar as noções particulares de uma arte, ciência, etc.
Modo, hábito, uso: _o meu sistema de vida_.
Método.
Conjunto de leis ou de princípios, que regulam certa ordem de fenómenos: _o nosso sistema planetário_.
Conjunto de intervalos musicais elementares, compreendidos entre os dois limites sonoros extremos, apreciáveis ao ouvido.


Santo André


Município de Santo André
"SA" "Terra-mãe dos paulistas"
Vista da região central de Santo André, com destaque ao Paço Municipal.BandeiraBrasãoHino
Aniversário8 de abril de 1553 (466 anos)
Fundação14 de dezembro de 1910 (108 anos)[1]
Emancipação30 de novembro de 1938 (80 anos)[2]
Gentílicoandreense[3]
LemaPaulistarum Terra Mater"Terra-Mãe dos Paulistas"
Padroeiro(a)Santo André e Nossa Senhora do Carmo
Prefeito(a)Paulo Serra (PSDB)(2017 – 2020)
Localização
Localização de Santo André em São PauloSanto André Localização de Santo André no Brasil
23° 39' 50" S 46° 32' 16" O23° 39' 50" S 46° 32' 16" O
Unidade federativaSão Paulo
Região intermediária
São Paulo IBGE/2017 [4]Região imediata
São Paulo IBGE/2017Região metropolitanaSão Paulo
Municípios limítrofesSão Paulo, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Suzano, Mogi das Cruzes, Santos, Cubatão, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul.
Distância até a capital22 km[5]
Características geográficas
Área174,840 km² [6]
Distritosdistrito-sede e Paranapiacaba [7]
População716 109 hab. estimativa IBGE/2018[8]
Densidade4 095,8 hab./km²
Altitude760 m
Climasubtropical Cwa
Fuso horárioUTC?3
Indicadores
IDH-M0,815 (SP: 7°) ? muito alto PNUD/2010 [9]
PIBR$ 25 837 046,14 mil IBGE/2016[10]
PIB per capitaR$ 36 249,85 IBGE/2016[10]
Página oficial
Prefeiturawww.santoandre.sp.gov.brSanto André é um município brasileiro da Região do Grande ABC, localizado na Zona Sudeste da Grande São Paulo, parte da Região Metropolitana de São Paulo, em conformidade com a lei estadual nº 1.139, de 16 de junho de 2011[11] e, consequentemente, com o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de São Paulo (PDUI).[12]
Sua população estimada em 2018 é de 716109 habitantes.[13] Ocupa uma área de 175 km², o que resulta numa densidade demográfica de 4.030 hab/km2.
Santo André é a décima quinta cidade brasileira mais desenvolvida,[14] e a oitava cidade mais desenvolvida do estado de São Paulo, segundo a ONU.[15] É também a quinta melhor cidade do país onde criar filhos.[16]Índice1 História1.1 Fundação e ocupação
1.2 Município de São Bernardo
1.3 Emancipação
1.4 Sindicalismo
2 Geografia2.1 Clima
2.2 Áreas verdes
3 Demografia3.1 Composição étnica
3.2 Dados gerais
4 Governo e política4.1 Cidades-irmãs
4.2 Segurança pública
5 Subdivisões5.1 Distritos
5.2 Bairros
6 Economia
7 Infraestrutura7.1 Transportes7.1.1 Vias de acesso para outras cidades
7.2 Saúde
7.3 Comunicações
8 Cultura8.1 Patrimônio
8.2 Teatro, música e cinema
8.3 Esportes
9 Ver também
10 Referências
11 Ligações externasHistória[editar | editar código-fonte]
Fundação e ocupação[editar | editar código-fonte]
Estátua de João Ramalho, fundador da vila que originou Santo André, localizada no Paço Municipal.
O nome do município remonta à antiga vila de Santo André da Borda do Campo, que existiu na região do Grande ABC. Esta vila foi fundada por João Ramalho, que se uniu à índia Bartira, filha do cacique Tibiriçá, da tribo dos Guaianases. Em 8 de abril de 1553, o seu pedido de transformar a região em que vivia em Vila foi atendido pelo governador-geral Tomé de Sousa.
Em 1558, Ramalho passou a governar a vila como alcaide-mor. Em 1560, devido às rivalidades entre os padres jesuítas de Piratininga e o alcaide, além dos conflitos com os povos indígenas da Confederação dos Tamoios, o governador-geral Mem de Sá decidiu transferir a vila para os campos de Piratininga, onde, desde 1554, já se localizava o Colégio de São Paulo - erguido no atual Pátio do Colégio.[17]
O povoado que viria a constituir a cidade de Santo André surge com a inauguração da estação de trem São Bernardo, da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, em 16 de fevereiro de 1867. Esta estação se situava na então Freguesia de São Bernardo, vinculada à cidade de São Paulo[18]. Atualmente esta estação é denominada Estação Prefeito Celso Daniel-Santo André[19].Município de São Bernardo[editar | editar código-fonte]
Região do Grande ABC.
Em 1889, a freguesia de São Bernardo se emancipa de São Paulo, tornando-se um município que abrangia todo o território da "Região do Grande ABC"[20], que corresponde a Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.
Ao longo dos anos, vários distritos foram criados no município de São Bernardo, os quais dariam origem a atuais cidades da região. Em 1896 é criado o Distrito de Paz de Ribeirão Pires[21] e em 1907 é criado o Distrito de Paz de Paranapiacaba[22]. Em 1916 é criado o Distrito de Paz de São Caetano[23] e em 1934, é criado o Distrito de Paz de Mauá[24].Emancipação[editar | editar código-fonte]
O nome "Santo André" ressurge em 1910, com a criação de um distrito às margens da São Paulo Railway ou Estrada de Ferro Santos Jundiaí. Nesta época, a região constituía o Bairro da Estação, do município de São Bernardo. A seguir, por força da Lei nº 1.222-A de 14/12/1910, é criado o Distrito de Paz de Santo André[1], compreendendo o Bairro da Estação.
Em 1938, o interventor federal Ademar de Barros determina, pelo Decreto nº 9.775 de 30/11/38, que o Distrito de Santo André passa a ser a sede do município[2], e não mais a vila de São Bernardo, o que se justificaria pela maior prosperidade do Distrito de Santo André, em virtude da proximidade com a ferrovia. O próprio nome do município é alterado para Santo André e a antiga sede municipal passa a ser considerada como o Distrito de São Bernardo, que posteriormente reobtém sua autonomia, em 1944[25].Sindicalismo[editar | editar código-fonte]
"Monumento do Trabalhador", de Tomie Ohtake, no Paço Municipal.
Principalmente na época de maior demanda das indústrias metalúrgicas e de componentes, o sindicalismo no ABC Paulista, em especial nas cidades de Santo André, e São Bernardo do Campo, marcou a história política brasileira entre as décadas de 1970 e 1980, e lançou nomes de destaque, como o do ex-líder sindical e ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva. Com auxílio de alguns padres e bispos católicos, quando os metalúrgicos eram acuados nas manifestações pela polícia na época da ditadura, as portas de algumas igrejas católicas se abriam para abrigá-los. O ex-bispo da diocese de Santo André, dom Cláudio Hummes, ex-cardeal arcebispo de São Paulo, foi um dos religiosos a apoiar o sindicalismo na época.
Mas, se na época de crescimento da indústria metalúrgica o sindicato tinha um papel combativo, atualmente, devido ao desemprego, ele assumiu um papel mais assistencial. Além de reivindicações trabalhistas, há a preocupação com parcerias com redes de plano de saúde, colônias de férias e atendimento jurídico. Entre os sindicatos de destaque em Santo André estão: Sindicato dos Metalúrgicos, Sindicato dos Químicos, Sindicato dos Bancários, Sindicato dos Rodoviários (motoristas e cobradores de ônibus), Sindicato dos Ferroviários, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e Associações de Aposentados e Pensionistas.Geografia[editar | editar código-fonte]Gráfico climático para Santo AndréJFMAMJJASOND


231

25
16

221

26
17

184

25
16

87

23
14

60

21
12

54

20
10

41

20
9

46

21
10

82

22
12

141

22
13

131

24
14

197

24
16Temperaturas em °C ? Precipitações em mmFonte: Climate-Data.org
Santo André situa-se a uma altitude média de 760 m acima do nível do mar. Seu relevo, bastante acidentado nas regiões mais afastadas do centro, proporciona um belo espetáculo aos olhos dos ecoturistas. Está também inserido na região dos Planaltos e Serras do Atlântico Leste-Sudeste, possuindo áreas territoriais próximas à Serra do Mar. Devido a esse fator, alguns pontos do município atingem mais de 1 200 m de altitude.
A vegetação predominante no município é a Mata Atlântica, concentrada principalmente nos parques e em áreas de preservação ambiental. Entretanto, encontramos também pequenas manchas da Floresta Ombrófila Mista nas regiões acima de mil metros, apesar de estar praticamente devastada.Clima[editar | editar código-fonte]
Santo André possui um clima Tropical de Altitude[carece de fontes?], e de acordo com a classificação climática de Köppen-Geiger é do tipo Cwa (verões quentes e invernos amenos).
A temperatura média anual fica em torno dos 19 °C[carece de fontes?]. O mês mais quente (fevereiro) tem média de 23 °C, e o mês mais frio (julho) a média é de 16 °C[carece de fontes?]. A temperatura mais alta já registrada na cidade foi de 35 °C[carece de fontes?], e a mais baixa foi de -3 °C[carece de fontes?].Áreas verdes[editar | editar código-fonte]
Parque Regional Prefeito Celso Daniel.
Entre os parques, há o Parque Celso Daniel, na Avenida Dom Pedro II, no Bairro Jardim, e o Parque Central, na Rua Gamboa, no bairro Paraíso. O Parque Prefeito Celso Daniel era uma chácara pertencente à empresa General Electric. Encampada pela administração municipal, a chácara chamou-se Parque Duque de Caxias e depois Parque Prefeito Celso Daniel em homenagem ao prefeito assassinado em janeiro de 2002. Possui pistas para caminhadas, lagos com peixes, quadras poliesportivas e uma atração especial: uma figueira enorme com mais de 150 anos.
O Parque Central era um terreno muito extenso pertencente à Rede Ferroviária Federal e depois à Light, antiga companhia de energia elétrica do estado de São Paulo. Milhares de árvores, garças e outras aves, cinco lagos com peixes, pistas para caminhadas, ciclovias, parque de diversões para as crianças, espaço para aeromodelismo e uma concha acústica para espetáculos musicais são o destaque do parque.
Para as crianças, há também o Parque Regional da Criança "Palhaço Estremilique", na região da Avenida Itamarati, no segundo subdistrito de Santo André. O local conta com brinquedos para várias idades e em especial para menores no Projeto Guri. Também fica no parque a EMIA (Escola de Municipal de Iniciação Artística), que oferece cursos gratuitos para várias idades em diversas expressões artísticas.
A cidade conta ainda com uma associação voltada ao estudo e à divulgação das espécies vegetais da família das orquídeas, a Sociedade Orquidófila de Santo André - SOSA. Fundada em 1° de maio de 1956, foi reconhecida como de utilidade pública pela Prefeitura Municipal em 1982 e é a principal organizadora do Festival de Flores de Santo André, que faz parte do calendário de festividades em comemoração ao aniversário da cidade.Parque Regional da Criança Palhaço Estremelique.Demografia[editar | editar código-fonte]
Vista da Vila América, exemplo de bairro residencial densamente povoado.
Vista da Vila Gilda (esquerda) e Jardim Bela Vista (centro e direita), na região central do município.
Condomínios de alto padrão na Vila Assunção.
Composição étnica[editar | editar código-fonte]
Grande parte da população do município descende de imigrantes italianos, espanhóis, portugueses, japoneses e alemães. Mas não se deve desconsiderar a história paulista anterior à imigração, com formação de origens portuguesa, indígena e africana. De acordo com o Censo de 2000 feito pelo IBGE, a população do município era composta majoritariamente por brancos (65,8%), pardos (16,9%), negros (15,4%), asiáticos (1,2%) e indígena (0,1%).[26]
Desde a década de 1960, o fluxo migratório de pessoas de outros estados para o município aumentou consideravelmente. Estima-se que, atualmente, cerca de 20% da população de Santo André não seja paulista. Baianos, mineiros e paranaenses são os migrantes mais numerosos. O fluxo migratório mais recente que o município passou a receber foi o de haitianos, o que se deu por volta de 2012 segundo dissertação de mestrado defendida na UFABC em 2015. Os haitianos formam uma comunidade de aproximadamente 800 pessoas (entre as maiores do Brasil) e vivem sobretudo no Núcleo Ciganos, no bairro de Utinga.[27]Dados gerais[editar | editar código-fonte]
O município de Santo André, de acordo com o último censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, divulgado em 1 de dezembro de 2010, apresenta os seguintes dados:População masculina: 323 208 habitantes - 47,96%,
População feminina: 350 786 habitantes - 52,04%,
Total das populações por sexo : 673 914 habitantes - 100,00%.
Zona urbana: 673 914 habitantes - 100,00%,
Zona rural: 0 habitante - 0,00%,
Total da população do município: 673 914 habitantes - 100,00%
Fonte: Censo 2010
Densidade demográfica (hab./km²): 3714,71
Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 11,02
Expectativa de vida (anos): 74,61
Taxa de fecundidade (filhos por casal): 2,00
Taxa de alfabetização: 97,55%
Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,835
IDH-M Renda: 0,814
IDH-M Longevidade: 0,760
IDH-M Educação: 0,932
Fonte: IPEADATA*
Panorama geral da cidade.Governo e política[editar | editar código-fonte]
Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]
Santo André tem as seguintes cidades como cidades-irmãs:[28] Vouzela, Portugal
Braga, Portugal
Nueva San Salvador, El Salvador
São Nicolau, Cabo Verde
Sesto San Giovanni, Itália
Takasaki, Japão
Segurança pública[editar | editar código-fonte]
Santo André possui seis distritos policiais e é servido por dois batalhões de Polícia Militar, com várias companhias.
Homicídios Dolosos por 100 mil habitantes em Santo André[29]
Subdivisões[editar | editar código-fonte]
Distritos[editar | editar código-fonte]
Santo André possui 3 distritos. São eles: Santo André (distrito da Sede), Capuava e Paranapiacaba. O distrito de Santo André, por sua vez, é dividido em 2 subdistritos (1º Subdistrito - Santo André e 2º Subdistrito - Utinga).[30]Bairros[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Lista de bairros de Santo André
Economia[editar | editar código-fonte]
Fábrica de Moinho São Jorge.
Grand Plaza Shopping.
Como ocorreu com a maior parte dos municípios do ABC Paulista, região à qual a cidade de Santo André é integrante, a partir da segunda metade dos anos 1980, a economia da região que era marcada pela indústria metalúrgica, começou a enfrentar outra realidade. Com a "guerra fiscal", principalmente promovida por outras cidades do interior paulista, que ofereciam terrenos praticamente de graça e tributos bem menores, muitas empresas metalúrgicas começaram a sair da cidade. A maior parte destas empresas de Santo André produzia componentes para montadoras automobilísticas da região, como a Volkswagen, a Scania, Ford, Mercedes-Benz, em São Bernardo do Campo, e General Motors, em São Caetano do Sul.
Além do setor de autopeças, os de componentes para refrigeração, eletroeletrônicos, e produtos de borracha, como pneus, também formavam a característica industrial de Santo André. Mas o cenário econômico de Santo André, que se baseava na indústria, mudou bastante. Outros fatores, além da guerra fiscal, também fizeram com que este cenário mudasse: mão-de-obra mais barata em cidades do interior e mudança no perfil de consumo merecem destaque na análise da mudança do comportamento econômico de Santo André.
A partir dos anos 1990, o setor de comércio e serviços começou a crescer e ser opção para o crescente desemprego na região, no período transitório da indústria para o setor de serviços. Vários galpões de fábricas tradicionais se transformaram em shopping centers, lojas de automóveis e até mesmo grandes templos de igrejas evangélicas. Exemplos são o terreno da Black & Decker, que atualmente é o Grand Plaza Shopping, na avenida Industrial, Bairro Jardim; onde era a empresa metalúrgica Festo, hoje é o supermercado Coop, na Avenida Pereira Barreto, Vila Gilda; o terreno antes ocupado pela KS Pistões, também na Avenida Pereira Barreto, Bairro Paraíso, hoje é um conjunto residencial de classe média, entre outros vários exemplos.
Uma maior abertura econômica ao capital externo, iniciada no governo de Fernando Collor de Mello contribuiu para a mudança do cenário econômico de Santo André e do ABC Paulista. A cidade busca parceria com outros entes federativos, como a Universidade Federal do ABC (UFABC), inaugurada em 2006, e o projeto do Parque Tecnológico de Santo André começar a ser implantado. Com o crescimento imobiliário na região, surgiram diversos empreendimentos que contribuíram para a geração de empregos na construção civil da cidade.[carece de fontes?]Infraestrutura[editar | editar código-fonte]
Transportes[editar | editar código-fonte]
Vista da plataforma da estação Prefeito Celso Daniel - Santo André da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos
Por fazer limite com várias cidades do ABC Paulista e com a capital do estado de São Paulo, a cidade de Santo André foi obrigada a implantar um variado sistema de transporte coletivo, embora visto ainda como insuficiente pela população. Com a mudança do perfil econômico da cidade de Santo André, com o fim do crescimento industrial, antes o emprego que era quase garantido na cidade, começou a ser buscado em outras cidades. Assim, foi necessário um implemento de uma rede maior de transporte intermunicipal. Santo André é formada por três subdistritos. Linhas de ônibus interligando estas regiões também tiveram de ser levadas até os bairros. Basicamente, o sistema de transporte coletivo de Santo André é formado por:Rede de linhas municipais, operadas por empresas particulares e gerenciadas pela SA Trans.
Rede de linhas intermunicipais operada por empresas particulares e gerenciadas pela EMTU - órgão do Governo do Estado de São Paulo. Estas linhas ligam Santo André a diversos municípios da Grande São Paulo e a várias regiões da capital paulista. Algumas destas linhas possuem ponto final no terminal de ônibus de Santo André e outras nos bairros.
Rede de linhas intermunicipais seletivas operada por empresas particulares e também gerenciadas pela EMTU, mas com veículos mais confortáveis e passagens mais caras. Entre as principais estão as que servem a região da Avenida Paulista, na Capital São Paulo, Terminal Rodoviário do Tietê e Aeroporto de Congonhas.
Corredor ABD de trólebus: considerado um dos mais eficientes da região, ônibus elétricos, movidos a diesel ou híbridos, movidos a eletricidade e diesel ao mesmo tempo, ligam os terminais Santo André Oeste no primeiro subdistrito e Santo André Leste, no segundo subdistrito, às Zonas Leste (São Mateus) e Sul (Jabaquara / Santo Amaro) da capital paulista e às cidades de São Bernardo do Campo, Diadema e Mauá. São corredores exclusivos e pontos denominados. Cada ponto possui um nome específico, como "Parada Paraíso", em Santo André, o mapa de todo o sistema, luminárias e lixeiras. É operado pela empresa particular Metra e gerenciado pela EMTU. É possível fazer baldeações gratuitas pelas várias linhas de ônibus e microonibus do sistema. Alguns veículos possuem piso baixo para idosos e deficientes, aparelhos de TV, ar condicionado e câmeras de segurança.
Trens da CPTM - que servem a linha 10-Turquesa (antiga linha D). A linha tem interligação com a linha 3-Vermelha do Metrô e com as linhas 11-Coral e 12-Safira da CPTM, na estação Brás, e com a linha 2-Verde do Metrô na Estação Tamanduateí. A cidade de Santo André possui três estações de trem em atividade: Utinga, Prefeito Saladino e Prefeito Celso Daniel-Santo André. A Parada Pirelli e a estação de Paranapiacaba não operam mais desde a década de 2000, sendo a Paranapiacaba usada ainda hoje para receber trens do Expresso Turístico da CPTM. Pelas estações em atividade é possível ter acesso aos terminais de ônibus da cidade, mas sem a possibilidade da transferência gratuita entre ônibus e trem.
Terminal Rodoviário de Santo André (TERSA) - recebe ônibus intermunicipais e interestaduais que servem o litoral norte, o litoral sul de São Paulo, cidades do interior paulista e outros estados de várias regiões brasileiras com linhas que são gerenciadas pela ARTESP e pela ANTT. Possui um acesso à Estação de Trem Prefeito Saladino.
Vias de acesso para outras cidades[editar | editar código-fonte]
Campus Santo André da Universidade Federal do ABC.
Por pertencer a uma região conurbada, ou seja, de habitação e uso contínuos, muitas vezes com linhas "imaginárias" de limite com outros municípios e pelo fato de muitas pessoas que moram em Santo André trabalharem em outras cidades e vice-versa, o município de Santo André foi obrigado a investir em vias rápidas de acesso. Embora que a quantidade de semáforos, cruzamentos, congestionamentos e até mesmo buracos no asfalto não tornam estas vias tão rápidas assim. No entanto, os principais acessos para Santo André de carro são:Avenida dos Estados, às margens do rio Tamanduateí, que liga a região central e a Zona Leste da cidade de São Paulo a Santo André. Liga a cidade também ao município de Mauá;
Avenida Pereira Barreto, que liga Santo André a região Central de São Bernardo do Campo e a rodovia Anchieta;
Avenida Dom Pedro II, que liga Santo André a região Central de São Caetano do Sul;
Perimetral (Av. Coronel Alfredo Fláquer - Av. Santos Dumont - Av. Giovanni Battista Pirelli), que liga a região Central de Mauá;
Rua Oratório, que liga a zona Leste de São Paulo ao segundo subdistrito de Santo André;
Avenida Prestes Maia, que liga a região do Bairro Campestre a São Bernardo do Campo e a rodovia Anchieta;
Avenida Atlântica, que liga Santo André (Jardim Bom Pastor) a São Bernardo do Campo (região do Rudge Ramos);
Rua dos Vianas, que liga São Bernardo à região da Vila Luzita, avenida São Bernardo do Campo e rua Carijós, em Santo André;
Avenida Valentim Magalhães, que liga o Bairro Sertãozinho e o Rodoanel Mario Covas em Mauá a região do Condomínio Maracanã em Santo André;
Avenida Lauro Müller, ligando Santo André (região da Sacadura Cabral) com São Caetano do Sul (região do Bairro Mauá e Jardim São Caetano).
Além disso, Santo André é servida pelas seguintes rodovias:Rodoanel Mário Covas (SP-21) - atravessa Santo André no sentido leste-oeste, sem permitir acesso direto ao município. Liga Santo André às Rodovias Ayrton Senna, Dutra, Anchieta, Imigrantes, Régis Bittencourt, Raposo Tavares, Castello Branco, Anhanguera e Bandeirantes.
Rodovia Índio Tibiriçá (SP-31) - atravessa o sul do município no sentido oeste-leste, e liga Santo André à Via Anchieta e a Suzano.
Rodovia SP-122 - liga o Distrito de Paranapiacaba a Ribeirão Pires, cortando parte de Santo André no sentido norte-sul.
Também é possível chegar à região central de Santo André por meio da saída 16 da Rodovia Anchieta (SP-150), localizada em São Bernardo do Campo, que dá acesso ao Anel Viário Metropolitano, formado pelas Avenidas Lions e Prestes Maia, dentre outras.Vista da Avenida Dom Pedro II, na região central da cidade.Saúde[editar | editar código-fonte]
A demanda por uma rede de hospitais, clínicas e postos de atendimento médico públicos e particulares é bastante grande em Santo André.
Em relação ao sistema público de saúde, destacam-se:Hospital Estadual Mário Covas - mantido pelo Governo do estado de São Paulo, o Hospital inaugurado em 2003, teve as obras paradas por mais de 20 anos, quando eram de responsabilidade do poder público municipal. No bairro Paraíso, em Santo André, o hospital tem papel semelhante ao Hospital das Clínicas de São Paulo. Tem especialidades médicas e é considerado de referência. As consultas são marcadas a partir do encaminhamento médico feito em outras unidades públicas do estado de São Paulo. Realiza exames de alta complexidade.
Hospital e Pronto Socorro Municipal - mantido pela Prefeitura de Santo André, além de casos de urgência, atende especialidades médicas. Funciona na Avenida João Ramalho, na Vila Assunção.
Faculdade de Medicina da Fundação do ABC - faculdade, na Avenida Príncipe de Gales, na região do Bairro Príncipe de Gales, dispõe de atendimento médico de diversas especialidades com ajuda do poder público. Os atendimentos são feitos por residentes médicos supervisionados por professores e é considerado de referência, embora a procura seja muito alta, o que faz com que o atendimento possa demorar vários meses para acontecer.
Quanto à rede particular de atendimento médico, além de várias clínicas, que se concentram no Bairro Jardim e Vila Assunção, há os seguintes hospitais de referência:Hospital e Maternidade Beneficência Portuguesa, na Avenida Portugal, região central da cidade, próxima ao Paço Municipal. Tem diversas especialidades, realiza exames complexos, clínicas de fisioterapia, maternidade e pronto atendimento.
Hospital e Maternidade Brasil, entre os bairros Paraíso e Vila Santa Teresa, tem diversas especialidades, realiza exames complexos, clínicas de fisioterapia, maternidade e pronto atendimento.
Hospital e Maternidade Dr. Christóvão da Gama, na Vila Assunção, tem diversas especialidades, realiza exames complexos, clínicas de fisioterapia, maternidade e pronto atendimento.
Rede Santa Helena, na Vila Campestre e na Vila Alzira, tem diversas especialidades, realiza exames complexos, clínicas de fisioterapia, maternidade e pronto atendimento.
Casa da Esperança, na Vila Assunção, voltada para ortopedia, neurologia, oncologia e fisioterapia. Atende particular e de maneira assistencial.
Hospital e Maternidade Bartira, na Vila Francisco Matarazzo, realiza exames, tem diversas especialidades clínicas, pronto atendimento e realiza cirurgias de alta complexidade.
Comunicações[editar | editar código-fonte]
A cidade foi atendida pela Companhia Telefônica da Borda do Campo (CTBC)[31] até 1998, quando esta empresa foi privatizada e vendida juntamente com a Telecomunicações de São Paulo (TELESP) para a Telefônica[32], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[33] para suas operações de telefonia fixa.Cultura[editar | editar código-fonte]
Patrimônio[editar | editar código-fonte]
Vila de Paranapiacaba.
Para o turismo histórico, além do Museu Municipal e da Casa do Olhar, na região central de Santo André, uma opção é a Vila de Paranapiacaba. No Museu Ferroviário é possível saber da história do crescimento do estado de São Paulo através dos trilhos da SPR - São Paulo Railway, que ligam Santos, no litoral paulista, a Jundiaí, no interior do Estado. A época era a do café e da imigração, principalmente da Europa. A Vila de Paranapiacaba, com construções tipicamente inglesas, foi criada para ser uma vila de ferroviários. Além das exuberantes construções de madeira de lei, é possível conferir o sistema funicular de tração de trens do século retrasado e máquinas e composições em exposição, como o Locobreque. Há histórias de personagens simples, que através de atos heroicos em meio às dificuldades da época chegaram a salvar centenas de vidas. Em Paranapiacaba, também é possível realizar turismo ecológico, através das trilhas em meio à Mata Atlântica preservada, que reservam paisagens não comuns ao meio urbano, como cachoeiras, animais em extinção e vegetação nativa.Teatro, música e cinema[editar | editar código-fonte]
O Teatro Municipal de Santo André, à direita, localizado no Paço Municipal, recebe constantemente diversas peças e apresentações de danças, além de ser a casa da Orquestra Sinfônica de Santo André.
No bairro de Santa Terezinha no Teatro Conchita de Mores, se situa a primeira Escola Livre de Teatro do Brasil, a ELT, referência internacional na formação do ator e no seu método pedagógico colaborativo.
Muitos dos antigos salões de cinema em Santo André se transformaram em igrejas evangélicas ou foram demolidos para estacionamentos e mercados, como é o exemplo do Cine Tangará, do Studio Center e do Cine-Teatro Carlos Gomes, este último recuperado e tombado pelo município em 1998. Os cinemas agora ficam por conta dos shoppings. O Shopping Grand Plaza, na Avenida Industrial, e o Atrium Shopping, na Rua Giovanni Battista Pirelli, na Vila Homero Thon contam com a rede Cinemark e Shopping ABC, nas antigas instalações do Mappin, na Avenida Pereira Barreto, no bairro Paraíso, possuem salas de exibição da rede Playarte.
A música também é um lazer na cidade acompanhada por um grande números de jovens e adultos que formam suas bandas e se apresentam em festivais organizados por estúdios em bares no Bairro Jardim e no centro da cidade. Renomadas bandas e artistas nacionais e internacionais se apresentaram nas casas noturnas do município. Deep Purple tocou no Clube Atlético Aramaçan em 1997, enquanto os Ramones tocaram duas vezes neste mesmo local. Legião Urbana, de Renato Russo, também se apresentou no local. Há ainda a Concha Acústica da Praça do Carmo e o Saguão do Teatro Municipal que recebem regularmente grandes bandas nacionais e festivais gratuitos, além de exposições renomadas de artes plásticas. A Orquestra Sinfônica de Santo André, que apresenta temporadas regulares de concerto no Teatro Municipal da cidade, está entre as melhores do estado.
No carnaval da cidade, o ponto alto são os desfiles de escolas de samba, tais como Leões do Vale, Seci e a atual campeã Tradição de Ouro[34].Esportes[editar | editar código-fonte]
Em relação ao esporte, a cidade conta atualmente com o Esporte Clube Santo André, fundado em 18 de setembro de 1967. O clube disputou a Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol nos anos de 1984 e 2009, e a Série B nos anos de 1986, 1987, 1989, 2004 a 2008 e 2010. Atualmente o clube não disputa nenhuma competição nacional. O clube disputa a Série A-2 do Campeonato Paulista. Estádio Bruno José Daniel, casa do Esporte Clube Santo André, campeão da Copa do Brasil de 2004.
A maior conquista do clube foi a Copa do Brasil de 2004 (após um empate de 2X2 no 1º jogo, o Esporte Clube Santo André vence o Clube de Regatas do Flamengo, pelo placar de 2X0, no Maracanã, ficando com o título), tendo como destaques os jogadores Sandro Gaúcho, Romerito, Alex, Élvis e Osmar, que resultou na disputa da Taça Libertadores de 2005 e a quase classificação a segunda fase da competição, com destaque para uma goleada por 6 a 0 sobre o Deportivo Táchira;[35] também cabe destaque para o vice-campeonato paulista de 2010, em uma célebre final contra o Santos Futebol Clube,[36] para o vice campeonato da Série B do Campeonato Brasileiro de 2008 e o título da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2003, além de cinco títulos da Série A2 paulista (1975, 1981, 2008, 2016 e 2019).
Outros times se destacaram na cidade, tais como o Corinthians Futebol Clube, fundado em 15 de agosto de 1912, na época em São Bernardo do Campo, sendo conhecido como "Corinthians de São Bernardo", e somente em 1938 quando a cidade de Santo André se emancipou de São Bernardo do Campo o clube passou a ser o "Corinthians de Santo André", e o Primeiro de Maio Futebol Clube, fundado em 1913 em homenagem ao dia dos trabalhadores. Hoje em dia o Corinthians atua apenas no amador e o Primeiro de Maio é um clube social conhecido na cidade. Em 2013, também foi criado o Andreense Sport Club, atual Andreense Futebol Clube, que surgiu nos passos iniciados com o Projeto Ramalhinho que existia em formato de inclusão social.
Nos anos 1980, outro esporte se consagrou em Santo André, o voleibol, com o antigo time da Pirelli onde surgiram grandes estrelas do esporte nacional. Um dos últimos feitos do clube foi o acesso a série A do campeonato Brasileiro. Hoje dia a Associação Desportiva Santo André representa a cidade no esporte.
Outro destaque esportivo da cidade é o basquete feminino, campeão nacional em 1999 e em 2011, campeão paulista em 1995 e em 2011 e única equipe a disputar todas as edições da Liga de Basquete Feminino. A cidade já contou com personalidades como a técnica Laís Elena e a jogadora Janeth Arcain, que hoje mantém um instituto voltado ao ensino do esporte na cidade.[37]Ver também[editar | editar código-fonte]
Universidade Federal do ABC (UFABC)
Universidade do Grande ABC (UNIABC)
Fundação Santo André
Sabina Escola Parque do Conhecimento
Grande ABC
Paranapiacaba
Parque do Pedroso
Estádio Bruno José Daniel
Imigração haitiana no Brasil
Naturais de Santo André
Diocese de Santo André
Referências? a b «Lei n° 1.222-A, de 14/12/1910 ( Lei 1222-A/1910 )». www.al.sp.gov.br. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? a b «Decreto n° 9.775, de 30/11/1938 ( Decreto 9775/1938 )». www.al.sp.gov.br. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? [1]? «O recorte das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias de 2017» (PDF). Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2017. p. 20?34. Consultado em 10 de agosto de 2017 ? «Distâncias entre a cidade de São Paulo e todas as cidades do interior paulista». Consultado em 26 de janeiro de 2011 ? IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 ? IBGE. «Formação administrativa do município». Consultado em 9 de janeiro de 2019 ? Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de agosto de 2018). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2018». Consultado em 29 de agosto de 2018 ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2018, referente ao ano de 2016. Consultado em 4 de março de 2019 ? «Lei Complementar nº 1.139, de 16 de junho de 2011». Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 ? «Região Metropolitana de São Paulo». Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de São Paulo. Consultado em 1 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2017 ? «Estimativas da população para 1 de julho de 2009» (PDF). Estimativas de População. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de outubro de 2010. Consultado em 16 de agosto de 2009 ? «O ranking definitivo das cidades mais desenvolvidas do país». EXAME. 8 de julho de 2014. Consultado em 8 de julho de 2014 ? «10 cidades mais desenvolvidas de cada estado, segundo a ONU». EXAME. 3 de agosto de 2014. Consultado em 3 de agosto de 2014 ? «As melhores e piores grandes cidades para criar seus filhos». EXAME. 2 de março de 2015. Consultado em 2 de março de 2015 ? «Agência USP de Notícias». usp.br ? http://www.metodista.br/rronline/noticias/entretenimento/2010/abril/santo-andre-completa-457-anos-de-historia? http://www2.santoandre.sp.gov.br/index.php/cidade-de-santo-andre/historia? «Lei n° 38, de 12/03/1889 ( Lei 38/1889 )». www.al.sp.gov.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Lei n° 401, de 22/06/1896 ( Lei 401/1896 )». www.al.sp.gov.br. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Lei n° 1.098, de 05/11/1907 ( Lei 1098/1907 )». www.al.sp.gov.br. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Lei n° 1.512, de 04/12/1916 ( Lei 1512/1916 )». www.al.sp.gov.br. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Decreto n° 6.780, de 18/10/1934 ( Decreto 6780/1934 )». www.al.sp.gov.br. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? «Decreto-Lei n° 14.334, de 30/11/1944 ( Decreto-Lei 14334/1944 )». www.al.sp.gov.br. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 ? Censo 2000? «REVE DE BREZIL: A INSERÇÃO DE UM GRUPO DE IMIGRANTES HAITIANOS EM SANTO ANDRÉ, SÃO PAULO - BRASIL Haitian immigration, migratory networks, migratory flow, Santo André, Brazil. (PDF Download Available)». ResearchGate (em inglês). Consultado em 30 de novembro de 2017 ? Departamento de Relações Internacionais. «Departamento de Relações Internacionais». Consultado em 7 de março de 2013. Arquivado do original em 5 de março de 2013 ? http://www.ssp.sp.gov.br/novaestatistica/Pesquisa.aspx? «Quais são os distritos existentes em Santo André/SP?». Geolugares. 26 de maio de 2016. Consultado em 2 de agosto de 2016 ? «História da CTBC». Companhia Telefônica da Borda do Campo ? «Nossa História». Telefônica / VIVO ? GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 ? «Tradição de ouro». www.facebook.com. Consultado em 12 de janeiro de 2019 ? «Santo André goleia mas não fica com a vaga». UOL. 12 de maio de 2005. Consultado em 29 de setembro de 2017 ? «Em jogo emocionante, Santos perde, mas é campeão paulista». Gazeta Esportiva - IG. 2 de maio de 2010. Consultado em 29 de setembro de 2017 ? «Instituto Janeth». Instituto Janeth. 19 de março de 2015. Consultado em 29 de setembro de 2017
Ligações externas[editar | editar código-fonte]Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Categoria no Commons
Guia turístico no Wikivoyage
Commons
WikivoyagePágina da prefeitura
Página da câmara
Santo André no WikiMapia
Santo Andrévde Mercado Comum de Cidades ? MercocidadesMercado Comum do Sul ? Mercosul ArgentinaAvellaneda ? Bahía Blanca ? Barranqueras ? Bovril ? Bragado ? Buenos Aires ? Carlos Pellegrini ? Comodoro Rivadavia ? Córdova ? Florencio Varela ? General San Martín ? Gualeguaychú ? Guaymallén ? Hurlingham ? Junín ? La Matanza ? La Plata ? Rioja ? Las Bandurrias ? Lomas de Zamora ? Luján ? Malvinas Argentinas ? Mar del Plata ? María Susana ? Mendoza ? Montecarlo ? Morón ? Necochea ? Olavarría ? Paraná ? Pergamino ? Piamonte ? Quilmes ? Rafaela ? Reconquista ? Realicó ? Resistência ? Río Cuarto ? Rosário ? Salta ? Salto ? San Antonio de los Cobres ? San Fernando del Valle de Catamarca ? San Isidro ? San Jorge ? San Juan ? San Luis ? San Miguel de Tucumán ? San Salvador de Jujuy ? Santa Fé ? Santiago del Estero ? Tandil ? Trelew ? Ushuaia ? Vicente López ? Viedma ? Villa Gesell ? Villa María ? Villa Mercedes ? Zapala • Zárate BrasilAlvorada ? Anápolis ? Aracaju ? Araraquara ? Barra do Ribeiro ? Bela Vista ? Belém ? Belo Horizonte ? Brasília ? Camaçari ? Campinas ? Caxias do Sul ? Contagem ? Coronel Sapucaia ? Cuiabá ? Curitiba ? Diadema ? Dourados ? Esteio ? Florianópolis ? Fortaleza ? Foz do Iguaçu ? Goiânia ? Gravataí ? Guaíra ? Guarulhos ? Jacareí ? Joinville ? Juiz de Fora ? Londrina ? Macaé ? Maringá ? Mauá ? Mossoró ? Niterói ? Osasco ? Paranhos ? Penápolis ? Petrolina ? Piracicaba ? Porto Alegre ? Praia Grande ? Recife ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Rio de Janeiro ? Rio Grande ? Salvador ? Santa Maria ? Santa Vitória do Palmar ? Santana de Parnaíba ? Santo André ? Santos ? São Bernardo do Campo ? São Borja ? São Carlos ? São Caetano do Sul ? São José do Rio Preto ? São Leopoldo ? São Paulo ? São Vicente ? Sumaré ? Suzano ? Taboão da Serra ? Teresina ? Uberlândia ? Várzea Paulista ? Viamão ? Vitória ? Vitória da Conquista ParaguaiAssunção ? Bella Vista Norte ? Cambyretá ? Capiatá ? Carlos Antonio López ? Concepción ? Coronel Oviedo ? Fernando de la Mora ? Hernandarias ? Horqueta ? Jesús ? Limpio ? San Pedro del Ycuamandiyú ? Pedro Juan Caballero ? Pilar ? Salto del Guairá ? San Lázaro ? Villeta ? Ypehú UruguaiCanelones ? Cerro Largo ? Colônia do Sacramento ? Durazno ? Flores ? Florida ? Maldonado ? Montevidéu ? Paysandú ? Río Negro ? Rivera ? Rocha ? Salto ? San José de Mayo ? Tacuarembó ? Treinta y Tres VenezuelaBarquisimeto ? Caracas ? Cumaná ? Libertador BolíviaCochabamba ? La Paz ? Santa Cruz de la Sierra ? Tarija ChileArica ? Calama ? Chillán Viejo ? Concepción ? El Bosque ? Los Andes ? Puerto Montt ? Quilpué ? Rancagua ? Santiago ? Valparaíso ? Viña del Mar PeruJesús María ? Lima ? Lurin ? La VictoriaCidades fundadoras em itálico.Fonte: Red de Mercociudades: Ciudades Miembrosvde50 cidades mais populosas do Brasil São Paulo
Rio de Janeiro
Brasília
Salvador
Fortaleza
Belo Horizonte
Manaus
Curitiba
Recife
Goiânia

Belém
Porto Alegre
Guarulhos
Campinas
São Luís
São Gonçalo
Maceió
Duque de Caxias
Campo Grande
NatalTeresina
São Bernardo do Campo
Nova Iguaçu
João Pessoa
Santo André
São José dos Campos
Jaboatão dos Guararapes
Osasco
Ribeirão Preto
UberlândiaSorocaba
Contagem
Aracaju
Feira de Santana
Cuiabá
Joinville
Aparecida de Goiânia
Juiz de Fora
Londrina
AnanindeuaPorto Velho
Niterói
Belford Roxo
Serra
Caxias do Sul
Campos dos Goytacazes
Macapá
Florianópolis
Vila Velha
São João de MeritivdeMunicípios da Região do Grande ABCSanto André ? São Bernardo do Campo ? São Caetano do Sul ? Diadema ? Mauá ? Ribeirão Pires ? Rio Grande da Serravde Região Metropolitana de São PauloSub-região norteCaieiras ? Cajamar ? Francisco Morato ? Franco da Rocha ? Mairiporã ? São Paulo (zona norte)Sub-região lesteArujá ? Biritiba Mirim ? Ferraz de Vasconcelos ? Guararema ? Guarulhos ? Itaquaquecetuba ? Mogi das Cruzes ? Poá ? Salesópolis ? Santa Isabel ? São Paulo (zona leste) ? SuzanoSub-região sudesteDiadema ? Mauá ? Ribeirão Pires ? Rio Grande da Serra ? Santo André ? São Bernardo do Campo ? São Caetano do Sul ? São Paulo (zona sudeste)Sub-região oesteBarueri ? Carapicuíba ? Itapevi ? Jandira ? Osasco ? Pirapora do Bom Jesus ? Santana de Parnaíba ? São Paulo (zona oeste)Sub-região sudoesteCotia ? Embu das Artes ? Embu-Guaçu ? Itapecerica da Serra ? Juquitiba ? São Lourenço da Serra ? São Paulo (zona sudoeste) ? Taboão da Serra ? Vargem Grande Paulista São Paulo, Brasilvde São Paulo Portal ? Geografia, Política, Cultura, EsportesCapitalSão PauloRegiões MetropolitanasComplexo Metropolitano Expandido ? Baixada Santista ? Campinas ? Ribeirão Preto ? São Paulo ? Sorocaba ? Vale do ParaíbaRegiões AdministrativasAraçatuba ? Barretos ? Bauru ? Campinas ? Central ? Franca ? Itapeva ? Marília ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Santos ? São Paulo ? São José do Rio Preto ? São José dos Campos ? SorocabaRegiões de GovernoAdamantina ? Andradina ? Araçatuba ? Araraquara ? Assis ? Avaré ? Barretos ? Bauru ? Botucatu ? Bragança Paulista ? Campinas ? Caraguatatuba ? Catanduva ? Cruzeiro ? Dracena ? Fernandópolis ? Franca ? Guaratinguetá ? Itapetininga ? Itapeva ? Jales ? Jaú ? Jundiaí ? Limeira ? Lins ? Marília ? Ourinhos ? Piracicaba ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Santos ? São Carlos ? São João da Boa Vista ? São Joaquim da Barra ? São José do Rio Preto ? São José dos Campos ? Sorocaba ? Taubaté ? Tupã ? VotuporangaRegiões geográficas intermediáriasAraçatuba ? Araraquara ? Bauru ? Campinas ? Marília ? Presidente Prudente ? Ribeirão Preto ? São José dos Campos ? São José do Rio Preto ? São Paulo ? SorocabaRegiões geográficas imediatasAdamantina-Lucélia ? Amparo ? Andradina ? Araçatuba ? Araraquara ? Araras ? Assis ? Avaré ? Barretos ? Bauru ? Birigui-Penápolis ? Botucatu ? Bragança Paulista ? Campinas ? Caraguatatuba-Ubatuba-São Sebastião ? Catanduva ? Cruzeiro ? Dracena ? Fernandópolis ? Franca ? Guaratinguetá ? Itapetininga ? Itapeva ? Ituverava ? Jales ? Jaú ? Jundiaí ? Limeira ? Lins ? Marília ? Mogi Guaçu ? Ourinhos ? Piracicaba ? Piraju ? Presidente Epitácio-Presidente Venceslau ? Presidente Prudente ? Registro ? Ribeirão Preto ? Rio Claro ? Santa Fé do Sul ? São José do Rio Pardo-Mococa ? Santos ? São Carlos ? São João da Boa Vista ? São Joaquim da Barra-Orlândia ? São José dos Campos ? São José do Rio Preto ? São Paulo ? Sorocaba ? Tatuí ? Taubaté-Pindamonhangaba ? Tupã ? VotuporangaMais de 1 000 000 habitantesSão Paulo ? Guarulhos ? CampinasMais de 500 000 habitantesSão Bernardo do Campo ? Santo André ? Osasco ? São José dos Campos ? Ribeirão Preto ? SorocabaMais de 200 000 habitantesMauá ? São José do Rio Preto ? Santos ? Mogi das Cruzes ? Diadema ? Jundiaí ? Carapicuíba ? Piracicaba ? Bauru ? São Vicente ? Itaquaquecetuba ? Franca ? Guarujá ? Taubaté ? Praia Grande ? Limeira ? Suzano ? Taboão da Serra ? Sumaré ? Barueri ? Embu das Artes ? São Carlos ? Indaiatuba ? Cotia ? Marília ? Americana ? Araraquara ? Jacareí ? Itapevi ? Presidente Prudente ? Hortolândia ? Rio ClaroMais de 100 000 habitantesAraçatuba ? Santa Bárbara d'Oeste ? Ferraz de Vasconcelos ? Francisco Morato ? Itapecerica da Serra ? Itu ? Bragança Paulista ? Pindamonhangaba ? São Caetano do Sul ? Itapetininga ? Mogi Guaçu ? Franco da Rocha ? Jaú ? Botucatu ? Atibaia ? Araras ? Santana de Parnaíba ? Cubatão ? Valinhos ? Sertãozinho ? Ribeirão Pires ? Jandira ? Catanduva ? Barretos ? Guaratinguetá ? Birigui ? Votorantim ? Tatuí ? Várzea Paulista ? Salto ? Caraguatatuba ? Itatiba ? Poá ? Ourinhos ? Assis ? Leme ? PaulíniaSudeste, Brasil vde Dados Estatísticos de São PauloPopulação
2018
2010
2007
2000
1996
1991
1985
1980
1978
1970
1966
1960
1958
1950
1946
1940
1937
1934
1929
1925
1920
1916
1910
1900
1890
1886
1872
Área e divisão territorial
Após 2016
2013?2015
1997?2012
1993?1996
1980?1992
1965?1979
1960?1964
1954?1959
1949?1953
1945?1948
1939?1944
1937?1938
1930?1933
1929
1920?1921
1911
1901
Processos de emancipação
Após 1996
1987?1995
1971?1985
1963
1958
1953
1948
Outros critérios
Altitude
PIB
IDH-M
Índice FIRJAN
Códigos de área (DDD)
Relacionados
Lista de municípios de São Paulo
Lista de distritos de São Paulo
vde Telecomunicações em São PauloEmpresaspaulistas
CETERP
COTESP
CTB
CTBC-Borda do Campo
TELESP
Telesp Celular
Código de área(DDD) 11
Alumínio
Araçariguama
Arujá
Atibaia
Barueri
Biritiba Mirim
Bom Jesus dos Perdões
Bragança Paulista
Cabreúva
Caieiras
Cajamar
Campo Limpo Paulista
Carapicuíba
Cotia
Diadema
Embu das Artes
Embu-Guaçu
Ferraz de Vasconcelos
Francisco Morato
Franco da Rocha
Guararema
Guarulhos
Igaratá
Itapecerica da Serra
Itapevi
Itaquaquecetuba
Itatiba
Itu
Itupeva
Jandira
Jarinu
Joanópolis
Jundiaí
Juquitiba
Mairinque
Mairiporã
Mauá
Mogi das Cruzes
Morungaba
Nazaré Paulista
Osasco
Pedra Bela
Pinhalzinho
Piracaia
Pirapora do Bom Jesus
Poá
Ribeirão Pires
Rio Grande da Serra
Salesópolis
Salto
Santa Isabel
Santana de Parnaíba
Santo André
São Bernardo do Campo
São Caetano do Sul
São Paulo
São Roque
Suzano
Taboão da Serra
Tuiuti
Vargem
Vargem Grande Paulista
Várzea Paulista
Código de área(DDD) 12
Aparecida
Arapeí
Areias
Bananal
Caçapava
Cachoeira Paulista
Campos do Jordão
Canas
Caraguatatuba
Cruzeiro
Cunha
Guaratinguetá
Ilhabela
Jacareí
Jambeiro
Lagoinha
Lavrinhas
Lorena
Monteiro Lobato
Natividade da Serra
Paraibuna
Pindamonhangaba
Piquete
Potim
Queluz
Redenção da Serra
Roseira
Santa Branca
Santo Antônio do Pinhal
São Bento do Sapucaí
São José do Barreiro
São José dos Campos
São Luís do Paraitinga
São Sebastião
Silveiras
Taubaté
Tremembé
Ubatuba
Código de área(DDD) 13
Bertioga
Cajati
Cananeia
Cubatão
Eldorado
Guarujá
Iguape
Ilha Comprida
Itanhaém
Itariri
Jacupiranga
Juquiá
Miracatu
Mongaguá
Pariquera-Açu
Pedro de Toledo
Peruíbe
Praia Grande
Registro
Santos
São Vicente
Sete Barras
Vicente de Carvalho
Código de área(DDD) 14
Águas de Santa Bárbara
Agudos
Álvaro de Carvalho
Alvinlândia
Anhembi
Arandu
Arco-Íris
Arealva
Areiópolis
Avaí
Avaré
Balbinos
Bariri
Barra Bonita
Bastos
Bauru
Bernardino de Campos
Bocaina
Bofete
Boraceia
Borebi
Botucatu
Brotas
Cabrália Paulista
Cafelândia
Campos Novos Paulista
Canitar
Cerqueira César
Chavantes
Conchas
Coronel Macedo
Dois Córregos
Duartina
Espírito Santo do Turvo
Fartura
Fernão
Gália
Garça
Getulina
Guaiçara
Guaimbê
Guarantã
Herculândia
Iacanga
Iacri
Iaras
Ibirarema
Igaraçu do Tietê
Ipaussu
Itaí
Itapuí
Itatinga
Jaú
Julio Mesquita
Lençóis Paulista
Lins
Lucianópolis
Lupércio
Macatuba
Manduri
Marília
Mineiros do Tietê
Ocauçu
Óleo
Oriente
Oscar Bressane
Ourinhos
Paranapanema
Pardinho
Paulistânia
Pederneiras
Piraju
Pirajuí
Piratininga
Pompeia
Pongaí
Pratânia
Presidente Alves
Promissão
Queiroz
Quintana
Reginópolis
Ribeirão do Sul
Sabino
Salto Grande
Santa Cruz do Rio Pardo
São Manuel
São Pedro do Turvo
Sarutaiá
Taguaí
Taquarituba
Tejupá
Timburi
Torrinha
Tupã
Ubirajara
Uru
Vera Cruz
Código de área(DDD) 15
Alambari
Angatuba
Apiaí
Araçoiaba da Serra
Barão de Antonina
Barra do Chapéu
Barra do Turvo
Boituva
Bom Sucesso de Itararé
Buri
Campina do Monte Alegre
Capão Bonito
Capela do Alto
Cerquilho
Cesário Lange
Guapiara
Guareí
Ibiúna
Iperó
Iporanga
Itaberá
Itaoca
Itapetininga
Itapeva
Itapirapuã Paulista
Itaporanga
Itararé
Jumirim
Laranjal Paulista
Nova Campina
Piedade
Pilar do Sul
Porangaba
Porto Feliz
Quadra
Ribeira
Ribeirão Branco
Ribeirão Grande
Riversul
Salto de Pirapora
São Miguel Arcanjo
Sarapuí
Sorocaba
Tapiraí
Taquarivaí
Tatuí
Tietê
Torre de Pedra
Votorantim
Código de área(DDD) 16
Altinópolis
Américo Brasiliense
Aramina
Araraquara
Barrinha
Batatais
Boa Esperança do Sul
Borborema
Brodowski
Buritizal
Cajuru
Cândido Rodrigues
Cássia dos Coqueiros
Cravinhos
Cristais Paulista
Dobrada
Dourado
Dumont
Fernando Prestes
Franca
Guará
Guariba
Guatapará
Ibaté
Ibitinga
Igarapava
Ipuã
Itápolis
Itirapuã
Ituverava
Jaboticabal
Jardinópolis
Jeriquara
Luiz Antônio
Matão
Miguelópolis
Monte Alto
Morro Agudo
Motuca
Nova Europa
Nuporanga
Orlândia
Patrocínio Paulista
Pedregulho
Pitangueiras
Pontal
Pradópolis
Ribeirão Bonito
Ribeirão Corrente
Ribeirão Preto
Rifaina
Rincão
Sales Oliveira
Santa Cruz da Esperança
Santa Ernestina
Santa Lúcia
Santa Rosa do Viterbo
Santo Antônio da Alegria
São Carlos
São Joaquim da Barra
São José da Bela Vista
São Simão
Serra Azul
Serrana
Sertãozinho
Tabatinga
Taiaçu
Taiuva
Taquaral
Taquaritinga
Trabiju
Vista Alegre do Alto
Código de área(DDD) 17
Adolfo
Altair
Álvares Florence
Américo de Campos
Aparecida d'Oeste
Ariranha
Aspásia
Auriflama
Bady Bassitt
Bálsamo
Barretos
Bebedouro
Cajobi
Cardoso
Catanduva
Catiguá
Cedral
Colina
Colômbia
Cosmorama
Dirce Reis
Dolcinópolis
Elisiário
Embaúba
Estrela d'Oeste
Fernandópolis
Floreal
Gastão Vidigal
General Salgado
Guaíra
Guapiaçu
Guaraci
Guarani d'Oeste
Guzolândia
Ibirá
Icém
Indiaporã
Ipiguá
Irapuã
Itajobi
Jaborandi
Jaci
Jales
José Bonifácio
Macaubal
Macedônia
Magda
Marapoama
Marinópolis
Mendonça
Meridiano
Mesópolis
Mira Estrela
Mirassol
Mirassolândia
Monções
Monte Aprazível
Monte Azul Paulista
Neves Paulista
Nhandeara
Nipoã
Nova Aliança
Nova Canaã Paulista
Nova Castilho
Nova Granada
Nova Luzitânia
Novais
Novo Horizonte
Olímpia
Onda Verde
Orindiúva
Ouroeste
Palestina
Palmares Paulista
Palmeira d'Oeste
Paulo de Faria
Pedranópolis
Pindorama
Pirangi
Poloni
Pontalinda
Pontes Gestal
Populina
Potirendaba
Riolândia
Rubineia
Sales
Santa Adélia
Santa Albertina
Santa Clara d'Oeste
Santa Fé do Sul
Santa Rita d'Oeste
Santa Salete
Santana da Ponte Pensa
São Francisco
São João das Duas Pontes
São João de Iracema
São José do Rio Preto
Sebastianópolis do Sul
Severinia
Tabapuã
Tanabi
Terra Roxa
Três Fronteiras
Turmalina
Ubarana
Uchoa
União Paulista
Urânia
Urupês
Valentim Gentil
Viradouro
Vitória Brasil
Votuporanga
Código de área(DDD) 18
Adamantina
Alfredo Marcondes
Alto Alegre
Álvares Machado
Andradina
Anhumas
Araçatuba
Assis
Avanhandava
Barbosa
Bento de Abreu
Bilac
Birigui
Borá
Braúna
Brejo Alegre
Buritama
Caiabu
Caiuá
Cândido Mota
Castilho
Clementina
Coroados
Cruzália
Dracena
Echaporã
Emilianópolis
Estrela do Norte
Euclides da Cunha Paulista
Flora Rica
Flórida Paulista
Florínea
Gabriel Monteiro
Glicério
Guaraçaí
Guararapes
Iepê
Ilha Solteira
Indiana
Inúbia Paulista
Irapuru
Itapura
João Ramalho
Junqueirópolis
Lavínia
Lourdes
Lucélia
Luziânia
Lutécia
Marabá Paulista
Maracaí
Mariápolis
Martinópolis
Mirandópolis
Mirante do Paranapanema
Monte Castelo
Murutinga do Sul
Nantes
Narandiba
Nova Guataporanga
Nova Independência
Osvaldo Cruz
Ouro Verde
Pacaembu
Palmital
Panorama
Paraguaçu Paulista
Parapuã
Pauliceia
Pedrinhas Paulista
Penápolis
Pereira Barreto
Piacatu
Piquerobi
Pirapozinho
Planalto
Platina
Pracinha
Presidente Bernardes
Presidente Epitácio
Presidente Prudente
Presidente Venceslau
Quatá
Rancharia
Regente Feijó
Ribeirão dos Índios
Rinópolis
Rosana
Rubiácea
Sagres
Salmourão
Sandovalina
Santa Mercedes
Santo Anastácio
Santo Antônio do Aracanguá
Santo Expedito
Santópolis do Aguapeí
São João do Pau-d'Alho
Sud Mennucci
Suzanápolis
Taciba
Tarabai
Tarumã
Teodoro Sampaio
Tupi Paulista
Turiúba
Valparaíso
Zacarias
Código de área(DDD) 19
Aguaí
Águas da Prata
Águas de Lindoia
Águas de São Pedro
Americana
Amparo
Analândia
Araras
Artur Nogueira
Caconde
Campinas
Capivari
Casa Branca
Charqueada
Conchal
Cordeirópolis
Corumbataí
Cosmópolis
Descalvado
Divinolândia
Elias Fausto
Engenheiro Coelho
Espírito Santo do Pinhal
Estiva Gerbi
Holambra
Hortolândia
Indaiatuba
Ipeúna
Iracemápolis
Itapira
Itirapina
Itobi
Jaguariúna
Leme
Limeira
Lindoia
Louveira
Mococa
Mogi Guaçu
Mogi Mirim
Mombuca
Monte Alegre do Sul
Monte Mor
Nova Odessa
Paulínia
Pedreira
Piracicaba
Pirassununga
Porto Ferreira
Rafard
Rio Claro
Rio das Pedras
Saltinho
Santa Bárbara d'Oeste
Santa Cruz da Conceição
Santa Cruz das Palmeiras
Santa Gertrudes
Santa Maria da Serra
Santa Rita do Passa Quatro
Santo Antônio de Posse
Santo Antônio do Jardim
São João da Boa Vista
São José do Rio Pardo
São Pedro
São Sebastião da Grama
Serra Negra
Socorro
Sumaré
Tambaú
Tapiratiba
Valinhos
Vargem Grande do Sul
Vinhedo
Relacionados
Códigos de área (DDD) de todos os municípios paulistas Portal do Brasil Portal de São Paulo
Controle de autoridade
: Q191652
WorldCat
VIAF: 145427755
BRE: 4799856
EBID: ID
OSM: 298086
MusicBrainz: ID
GeoNames: 6322558